Foto de Juliet Bertrand
Juliet Bertrand nível 1
ID: 700095
Cadastro:
  • 29/09/2016

  • “O mundo inteiro é um palco / E todos os homens e mulheres não passam de meros atores / Eles entram e saem de cena /E cada um no seu tempo representa diversos papéis. ”

    — William Shakespeare

    Cara Pessoa que está lendo isso, 

    Quem sou eu? Essa é o tipo de pergunta que é complicadamente simples de se responder. Na maior parte do tempo quer dizer apenas "qual é o seu nome" e, pelo menos aqui no Nyah a resposta seria: Juliet Bertrand. Mas dadas as circunstâncias ela quer dizer muito mais que isso. E é, de certa forma, ridículo pensar que eu poderia responder agora o que milhares de pessoas levam uma vida inteira para descobrir, mas eu vou tentar.

    Meu nome de verdade não é Juliet, mas vocês não precisam saber qual é.

    Eu sou o tipo de pessoa que trata o Orgulho, a Consciência, entre outros valores, como se fossem pessoas reais, e que foi madrinha deles em seu casamento em Las Vegas.

    Minha cor preferida é azul escuro, eu morro de medo de cachorros, e amo gatos, tenho três, brancos de olhos azuis. Amo música, mas só ouso as em inglês (me processem), algumas em francês e as instrumentais. Sou da Sonserina, apesar do Pottermore continuar dizendo que minha casa é a Corvinal. Eu odeio o sol, então, como podem imaginar, sou branca que nem uma vampira. Esse talvez seja o motivo pra eu amar tanto a noite. Não sou uma grande fã de luz. E o mais importante de tudo: eu amo ler.

    Ok, não é nenhuma surpresa, tenho certeza que todos aqui dizem a mesma coisa, mas achei que seria importante colocar aqui a minha característica mais básica.

    Meus livros preferidos são: Harry Potter, Percy Jackson e os Olimpianos, Jogos Vorazes, Divergente, Crepúsculo, A Queda dos Reinos, Terra de Histórias, Artemis Fowl, Desventuras em Série, Só Perguntas Erradas, O Orfanato da srta. Peregrine para Crianças Peculiares, Pretty Little Liars, Magnus Chase e os Deuses de Asgard, O Colecionador de Cometas, Belas Maldições, A Culpa é das Estrelas, Canção do Cuco,... Nossa, acabei de perceber, se eu for colocar todos nós vamos ficar aqui para sempre!

    Eu sou do tipo que não chora por nada que acontece consigo mesma, mas que só falta entrar em depressão se algo acontecer com um personagem querido.

    Também sou do tipo que pra cada palavra que fala, esconde outras dez. Então é muito difícil dizer que alguém me conhece de verdade, e se alguém o disser... eu vou confirmar, não importa se é verdade ou não. E provavelmente não vai ser.

    Eu gosto de criminologia, embora aprecie mais ler alguma história que envolva o assunto, em vez de focar em casos reais.

    Meu poema preferido é O Jardim de Prosérpina, do Algernon Charles Swinburne.

    Eu gosto de desenhar, mas não é nada profissional, eu tive que aprender sozinha.

    Eu amo água, mas acho que afogamento é uma das piores formas de se morrer, junto com morrer queimada.

    Eu gosto de estudar sobre a Primeira Guerra Mundial.

    Eu não consigo confiar completamente nas pessoas.

    Eu queria ter nascido na Inglaterra.

    Eu tenho intolerância a soja.

    Eu amo chuva.

    Eu gosto de olhar as estrelas.

    Eu amo Drarry.

    E sou fã de Snames.

    Eu adoro Master Chef.

    Eu acho que os monstros que tememos quando crianças existem sim, e são os seres humanos.

    Eu estou passando por um dilema Jamesc x Dussesc, e tentando esquecer um Tesc inexistente, não que você se importe ou saiba o que é.

    Enfim, vamos as músicas. Ultimamente eu tenho ouvido bastante as composições do Brian Crain, que virou definitivamente meu pianista preferido. Eu também gosto bastante dos The Killers, The Strokes, Coldplay, Florence and The Machine, Tom Odell, U2, The Lumineers, e outras.

    Eu gosto de dar trilhas sonoras as histórias que eu leio. Por exemplo, a trilha sonora que eu dei pra Desventuras em Série foi A White Demon Love Song, dos The Killers. Mas as letras das músicas raramente tem algo haver com a história, é apenas o ritmo e a voz que fazem-me lembrar dela, geralmente porque eu estou ouvindo enquanto leio.

    Eu sofro de preguicite aguda, problemas de memória, vicio em chocolate, um leve traço de mitomania que me causa excesso de segredos.

    Então, por enquanto é isso.

    Muito peculiarmente,

    Juliet Bertrand

     

    “...Há coisas piores, muito piores do que a morte no mundo dos viventes.”

    — Alvo Dumbledore

     

    “Às vezes, os custos são feitos para serem suportados.”

    Severo Snape – A Criança Amaldiçoada 

     

    "O Caos é uma escada. Muitos que tentam subir nela caem e nunca tentam novamente. A queda acaba com eles. Oferecem-lhes a chance de tentar subir de novo, mas eles recusam. Preferem prender-se a coisas como Reino, Deuses ou Amor. Ilusões. Apenas a escada é real. A subida é tudo o que existe."

    — Lorde Petyr Baelish.

     

    “As pessoas desejavam a guerra porque não sabiam o que ela realmente significava. Não sabiam que era muito provável que seus familiares jamais pudessem voltar para casa, não sabiam que eles mesmos podiam perder seus lares e coisas muito mais valiosas. Tudo isso da forma mais dolorosa que se pode imaginar. Bem, eu mesmo não imaginava todas essas coisas porque nos livros de história ninguém explicava o que acontecia em uma batalha, só se dizia que um lado vencia e outro perdia – ou que, eventualmente, ocorria um empate, e os dois lados acabavam perdendo. Guerra. Não me pergunte por que, mas essa palavra não me parecia muito boa, pois, de alguma forma, eu sabia que estava associada com a morte.”

    Nikodemos – O Colecionador de Cometas

     

    "Se não decidirmos lutar contra as coisas erradas que existem no mundo, passamos a ser essas coisas erradas.”

    A Ascensão das Trevas – A Queda dos Reinos

     

    "Nós, loucos, dizemos um monte de bobagens, inúmeras coisas sem importância, desconexas entre si e, entre todas essas coisas, colocamos também algumas outras que são importantíssimas para nós e ficamos vendo se os outros notam a diferença."

    Klara Klimt – A Irmã de Freud

     

    "Existe crueldade no mundo, Eliza, você vê isso, não vê? À nossa volta. Respirando na nossa nuca. Passamos a vida inteira tentando fugir dela.”

    Madge Toxley - A Casa Assombrada

     

    “Na verdade, aqueles suplícios que dizem existir / no profundo Inferno, estão todos aqui, nas nossas vidas.”

    — Lucrécio

     

    “O inferno são os outros.”

    — Jean-Paul Sartre

     

    “Esse é o problema da dor. Ela precisa ser sentida.”

    Augustus Waters – A Culpa é das Estrelas

     

    “Vai chegar um dia — eu disse — em que todos vamos estar mortos. Todos nós. Vai chegar um dia em que não vai sobrar nenhum ser humano sequer para lembrar que alguém já existiu ou que nossa espécie fez qualquer coisa nesse mundo. Não vai sobrar ninguém para se lembrar de Aristóteles ou de Cleópatra, quanto mais de você. Tudo o que fizemos, construímos, escrevemos, pensamos e descobrimos vai ser esquecido e tudo isso aqui vai ter sido inútil. Pode ser que esse dia chegue logo e pode ser que demore milhões de anos, mas, mesmo que o mundo sobreviva a uma explosão do Sol, não vamos viver para sempre. Houve um tempo antes do surgimento da consciência nos organismos vivos, e vai haver outro depois. E se a inevitabilidade do esquecimento humano preocupa você, sugiro que deixe esse assunto para lá. Deus sabe que é isso o que todo mundo faz.”

    Hazel Grace Lancaster – A Culpa é das Estrelas

     

    “Pessoas, humpf! Como se o mundo precisasse delas...”

    Autor Desconhecido

     

    “Mentiras podem ser fatais. A verdade também.”

    Silo

     

    “Todo salvamento é temporário. Eu proporcionei a elas mais um minuto. Talvez esse seja o minuto que vai proporcionar a elas mais uma hora, que é a hora que vai proporcionar a elas mais um ano. Ninguém vai dar a elas uma quantidade infinita de tempo, Hazel Grace, mas a minha vida deu a elas mais um minuto. E isso não é pouco”

    Augustus Waters – A Culpa é das Estrelas

     

    “Ainda existem monstros por ai Spencer, só não estão mais embaixo de nossas camas.”

    Alison D.

     

    "Um filósofo disse que a vida não passa de sombras. Que as pessoa estavam apenas sentadas em uma caverna observando sombras na parede. Sombras de alguma coisa muito maior e mais imponente do que elas."

    Capitão Andarré - A Gruta Gorgônea

     

    “O inferno está vazio e todos os demônios estão aqui.”

    — William Shakespeare

     

    “Pessoas escondem coisas umas das outras. Elas mentem, enganam, contam piadas, dizem aquilo que acham que você quer ouvir. Observem um pouco mais as pessoas ao seu redor. Olhe para elas de maneira diferente. Você confia nelas?”

    Heda – We Must be Killers

     

    “Nem todos os que vagueiam estão perdidos.” J.R.R. Tolkien - O Senhor dos Anéis



    “A verdade liberta, mas só depois de acabar com você.”

    David Foster Wallace - Graça Infinita

     

    "A paz é uma situação irreal, falsamente assegurada por outra situação irreal, a própria segurança."

    James Potter – Cinzas do Crepúsculo

     

    “Se você nos envenena, não morremos? E se você agir errado conosco, não devemos nos vingar?”

    — William Shakespeare

     

    “Se você quer um final feliz, isso depende, naturalmente, de onde você para sua história.”

    — Orson Welles