1001 razões p/ nunca levar Isabella Swan para cama escrita por J S Dumont


Capítulo 19
Capitulo 19 - O Baile


Notas iniciais do capítulo

olá gente, ai mil perdões, não consegui voltar no fds tive problemas pessoais, e ainda para piorar esse fds terei um casamento para ir e então tomou muito meu tempo essa semana e só consegui escrever cap. dessa fic agora...
Bom, mas ainda farei o possivel para finalizá-la essa semana, se não conseguir pelo menos ficar perto para terminá-la...
Espero que gostem do cap. e peço que comentem, recomendem e favoritem!!!
QUERO TAMBÉM FAZER PROPAGANDA DE UMA NOVA FIC MINHA!
Como disse algum tempo atrás eu corri com essa fic junto de outras para começar novos projetos, começarei três e dois já foram postados
Uma já comentei aqui que é abrakdabra, aqui o link: https://fanfiction.com.br/historia/753674/Abrakdabra/
E a outra eu postei ontem chamada Imprevisivel, Inesperado e Improvavel, ai vai a sinopse:
Existem amores que nasce da convivência, outros a primeira vista, existem amores que nascem do primeiro beijo, já tem outros que consegue nascer através de uma mentira.

Edward sofre um grave acidente de carro e é dado como morto, enquanto sua família chorava pela sua morte ele fica em coma por duas semanas e ao acordar volta para casa, tudo pareceria igual se não houvesse um único detalhe: tem outra pessoa morando na casa. A única que ele não reconhece, sua família a apresenta como sua esposa, afirmando que eles se casaram a poucas semanas, entretanto, Edward não se lembra de nada relacionado a ela, não conseguindo reconhecer nem mesmo o seu rosto.

Desconfiado da situação e das atitudes estranhas de Isabella, que segundo a todos é sua esposa, ele começa a pensar que tem algo por trás disso tudo, inclusive até mesmo de seu acidente. Decidido a juntar as peças do quebra-cabeça, Edward chega a conclusão de que alguém está querendo mata-lo e ele sabe que Isabella mesmo sendo a maior suspeita é a única que poderá ter as pistas para ele descobrir o que realmente aconteceu, antes, que quem tentou assassiná-lo uma vez tente de novo .

Muito mistério e suspense, Isabella e Edward viverão um jogo de intrigas e segredos, onde tudo é possível, principalmente nascer entre eles uma atração irresistível.

O LINK DA FIC: https://fanfiction.com.br/historia/754282/Imprevisivel_Inesperado_e_Improvavel/

Caso tenham gostado, não esqueçam de comentar nelas por favor, os comentários são importantes para mim!!!

AGORA BOA LEITURA!



19. O Baile

Embora Bella não acreditasse que Edward levaria alguém de importante ao baile, ela não conseguia deixar de pensar em quem poderia ser a garota, ela chegou a conversar com bastante garotas nos corredores do colégio, na tentativa de escutar alguma fofoca que acabasse com essa sua duvida,  mas nada, ninguém tocava no nome de Edward Cullen quando o assunto é o baile. E isso a deixava bastante nervosa e ao mesmo tempo intrigada, ele é popular, o certo era alguém falar alguma coisa sobre ele.

Na hora da detenção, ela tentava se concentrar na apostila de Literatura Inglesa, agora faltava pouco, ela já tinha passado da metade da segunda apostila e ambas as apostilas já estavam corrigidas, trigonometria já estava totalmente finalizada.

No momento ela estava revendo as perguntas que na correção falavam que a resposta estava incorreta, Bella se dava conta de cada página que ela folheava, ela ficava mais próxima do fim da detenção, por um lado isso era bom, pois, ela iria recuperar suas noites. Nada de ficar quebrando a cabeça de besteira e nada de perder noites e mais noites nessa sala de aula, mas por outro lado, ela não queria dar fim a aquela detenção sem antes resolver um problema: Edward Cullen.

Ela precisava se resolver com ele...

 A garota suspirou e olhou disfarçadamente para trás, seus olhos pararam em Edward que estava apagando alguma coisa em sua apostila, ontem as apostilas haviam ido para correção, provavelmente ele estava fazendo o mesmo que ela, revisando as respostas e corrigindo os erros.

Ele não olhava para ela, e isso deixava a garota ainda mais nervosa. Será que ele ainda está bravo por ela estar namorando Jacob? Será que ele está ficando as escondidas com alguma garota e vai levar ela para o baile? Provavelmente, já que agora ele havia perdido Tanya, e não tinha mais ela para ele ficar e ter também intimidades quando tivesse com vontade.

Aquela duvida estava realmente massacrando Bella, tanto que quando ela viu Emmett voltando para sala, depois de ter saído dela alguns minutos – provavelmente para ir ao banheiro – ela o chamou discretamente com um “psiuuuu”, como sempre Bella estava sentada mais a frente, enquanto os demais estavam no fundo, concentrados com as ultimas páginas da apostila, a sala estava silenciosa, e infelizmente Emmett não fora o único ao escutar o “psiu” dela.

O garoto parou de andar e a encarou com as sobrancelhas arqueadas, Bella olhou para trás e viu que Rosalie e Jasper estavam olhando para ela com um olhar curioso, já os outros, inclusive Edward, pareceram não se importar com o “psiiiu” dela, Tanya estava pintando suas unhas, Alice folheando a apostila, Jasper também estava concentrado, apagando alguma coisa naquelas páginas.

Emmett enfim se aproximou, sentou-se ao lado dela, com um olhar bastante confuso.

— Olá Bella... – ele cumprimentou.

— Faz tempo que você não fala comigo... – ela disse.

— É que Rosalie é meio ciumenta, sabe! – Emmett falou, apontando com a cabeça para Rosalie, Bella então a olhou e realmente ela notou que Rosalie estava olhando para eles, sequer desgrudava os olhos.

— É... Eu entendo! – ela disse, passando a mão no cabelo. – Bom, imagino que vocês devam estar com dificuldades em responder as apostilas...

— Um pouco! Está difícil de terminar a de trigonometria... – Emmett falou.

— Bom, eu já finalizei a de trigonometria, e já venho da correção, está finalizada e corrigida... – Bella disse, pegando a apostila de trigonometria, Emmett sorriu.

— E como você é uma alma muito bondosa, vai emprestar a apostila para gente finalizar a nossa, não é? – Emmett perguntou, com um sorrisão no rosto, ele tentou pegar da mão dela, mas ela segurou a apostila, impedindo.

— Depende... – ela disse, e então Emmett franziu as sobrancelhas.

— Depende do que? – ele perguntou.

— Com quem Edward vai ao baile de inverno? – Bella perguntou, Emmett então sorriu maliciosamente.

— Então você está interessada em saber com quem Edward vai ao baile... – ele disse, Bella bufou.

— Não tem como você só dizer... – ela falou, sentindo o rosto esquentar.

— Você quer saber porque está interessada... – ele afirmou, ainda sorrindo maliciosamente.

— Estou apenas curiosa! – ela respondeu.

— É que você queria ir com ele...

— Eu não estou dizendo isso!

— Mas está obvio, você está interessada no Edward!

— Emmett, dá para você simplesmente responder a minha pergunta? – Bella perguntou, já ficando irritada. Emmett então lançou um sorriso que ela julgou um tanto maldoso, e ainda ficou quieto por alguns segundos, apenas para torturá-la.

— Eu não sei com quem ele vai ao baile! – ele finalmente respondeu, Bella o encarou totalmente inconformada.

— Como você não sabe? São melhores amigos! – ela disse, não acreditando muito nisso.

— Ele me disse que ainda não convidou ninguém... – Emmett disse.

— Como não convidou ninguém? Já está chegando o dia do baile! – ela respondeu.

— É sério, eu não sei! – ele insistiu, em seguida olhou em volta da sala, antes de voltar a olhar para Bella. – Mas posso te dar um conselho?

Ela encarou-o com as sobrancelhas franzidas.

— Qual? – ela perguntou meio curiosa.

— Tem uma forma de você descobrir quem é o par de Edward... – ele disse.

— Como? – ela perguntou ainda mais curiosa do que antes.

Emmett ficou quieto por mais alguns segundos, até enfim respondê-la.

— Pergunte a ele! – ele respondeu, e em seguida puxou a apostila da mão de Bella, e antes dela poder falar algo ou puxar de volta, ele levantou e foi quase correndo para o fundo da sala.

“MAS QUE DESGRAÇADO!”.

Bella pensou com raiva, afinal, se ela quisesse saber por Edward quem ele levaria ao baile, ela teria perguntado a ele, e se ela não perguntou, é porque ela não quer que ele saiba que ela está curiosa para saber quem será o par dele.

Mas naquele momento ela teve certeza de uma coisa: Emmett não contaria para ela quem é o par de Edward. Talvez ela fosse ficar curiosa até o dia do baile.

XxXxX

Depois de varias tentativas fracassadas de descobrir quem Edward levará ao baile, a garota acabou desistindo de descobrir quem será a tal garota, ela engoliu a curiosidade e acabou esperando chegar o grande dia.

Definitivamente a garota não estava tão animada assim com a festa, não demorou muito para ela se decidir pelo vestido, acabou escolhendo um vestido de baile azul, ele é comprido e chega a ser meio colado na cintura, ás costas são nuas e tem alguns brilhos na parte de cima. A garota preferiu ficar com os cabelos soltos e enrolou as pontas e passou uma maquiagem discreta, com uma sombra clara, um blush discreto e nos lábios apenas um gloss.

Não se sentia feia, mas ela também não achava que se arrumou tão bem assim para o baile, na verdade ela estava bem desanimada nesses últimos dias.

— Me deixa ver como você está! – disse Jéssica saindo do banheiro e observando Bella com atenção, ela olhou para garota de baixo para cima, e sorriu levemente.

Bella também reparou em Jéssica, ela estava usando um vestido vermelho escuro e comprido, a parte de cima era toda rendada, e embaixo ele ia tornando-se maior, Jéssica fez um penteado, prendendo quase todo o cabelo, na maquiagem ela passou uma sombra cor da pele, e caprichou mais no gloss e no batom que era da cor do vestido.

— Você está linda Jéssica! – Bella disse, sorrindo para ela, Jéssica ficou ainda mais animada.

— Agora eu prendo o Mike de vez! – ela disse toda feliz, o sorriso de Bella se alargou.

— Com certeza... – ela concordou.

— E você porque fez uma maquiagem tão sem graça? Deixa eu arrumar um batom para destacar mais essa sua boca... – Jéssica disse.

— Sinceramente eu nem estou muito animada com o baile! – Bella falou.

— Na verdade, eu acho que você não está muito animada com o Jacob! – Jéssica disse e logo se aproximou de sua cômoda, abriu a primeira gaveta e tirou um estojo de maquiagem ali de dentro, quando ela se aproximou, Bella soltou um longo suspiro. – Você tem que ir bem bonita, mesmo que Edward não seja o seu par, ele vai estar lá, e você tem que mostrar para ele o quanto você é poderosa! – ela acrescentou, fazendo Bella rir.

— Poderosa? – ela perguntou, abrindo a boca para que Jéssica passasse o batom.

— Você não disse que ele mesmo assumiu que tem uma atração louca por você? – ela falou terminando de passar o batom, Bella olhou-se no espelho e achou a cor bastante bonita, era um rosa claro que combinou muito com seu tom de pele.

— É, talvez ele só queira transar comigo, já que não deve se lembrar da nossa primeira vez... – Bella falou voltando a olhar para Jéssica.

— Por que você sempre quer pensar o pior do garoto? Fale com ele, tente lhe dar um voto de confiança! – Jéssica aconselhou.

Bella soltou um longo suspiro, enquanto pensava nas palavras de Jéssica.

XxXxX

Bella e Jéssica encontraram seus pares na frente do salão, Jacob e Mike estavam usando roupas formais e Bella não podia negar que eles estavam lindos todos de negro, Jacob logo se aproximou de Bella, enquanto Mike se aproximou de Jéssica, o moreno pegou a mão da garota e Bella sentiu-se na obrigação de sorrir, sorriso da qual ele correspondeu.

— Você está linda! – Jacob elogiou, o sorriso de Bella se alargou.

— Obrigada! – ela agradeceu, e então eles entraram no salão, acompanhados por Mike e Jéssica.

A decoração não estava tão diferente do ultimo baile, havia varias bexigas azuis espalhadas pelo salão, às mesas estavam coberta por toalhas brancas, uma delas era onde ficavam as bebidas, havia no teto algumas decorações de estrelas brilhantes e no centro do salão um globo todo colorido e todo o ambiente estava esfumaçado, no momento tocava-se uma musica eletrônica.

— Bom, que tal procurarmos uma mesa para sentar? – Jacob perguntou para Bella.

— Pode ser! – ela respondeu.

— Bom, a gente vai pegar um pouco de ponche, já encontramos vocês... – Jéssica falou e logo puxou Mike pelo braço, para o fundo do salão.

Bella suspirou, ela e Jacob se entreolharam e então, eles começaram a andar em direção das mesas, sentaram-se em uma, e então Jacob colocou seu braço em volta do ombro da garota e deu um demorado beijo no seu rosto.

— Sinceramente eu não sou muito chegada a essas festas... – Bella falou para Jacob.

— Vai começar a falar que você é horrível dançando, o que eu acho nada haver... – ele falou.

— Mas é verdade, eu pareço uma minhoca tendo convulsão... – ela falou e Jacob deu risada.

— Nada haver! – ele disse, sorrindo para ela, sorriso da qual ela correspondeu. – Vamos lá dançar que eu tenho certeza que você vai se sair muito bem...

— Não, nem pensar, eu... – Bella dizia, até que então se calou, quando viu um casal entrando no salão, logo Tyler que estava acompanhado por Ângela, se aproximou para tirar uma foto dos dois, Bella na hora revirou os olhos, e em seguida sentiu seu sangue subir quando se deu conta de quem Edward estava acompanhado, ela não acreditava que Edward havia trazido a maldita da Victoria para o baile, a garota que publicou a foto de Bella e de Edward no jornal.

— Bella? Bella? Está tudo bem? – ela ouviu Jacob chamá-la, a garota o olhou. – Você está vermelha...

— É, não é nada! – ela disse, mas estava sentindo até suas mãos tremerem, ela colocou as mãos debaixo de suas pernas, e então respirou fundo. Ela voltou a olhar para Edward, e sua boca se entreabriu mais, quando ela viu Victoria, entrelaçar seus braços aos de Edward, e os dois caminharam pelo salão em direção a Emmett e de Rosalie que estavam conversando num canto do salão.

Os olhos de Bella pararam em Victoria, e ela reparou que a garota estava bastante bonita, ela usava um vestido muito bonito e elegante, um azul bem escuro e longo com um decote bem discreto, ele é extremamente apertado na parte de cima na onde também é cheia de brilho que ia até a cintura, já a parte da cintura para baixo o vestido ganhava mais volume.

Os cabelos loiros dela estavam todo cacheados e soltos, ela havia feito uma maquiagem bem feita, nos olhos ela usava um delineador e uma sombra azul e nos lábios um batom vermelho bastante chamativo. Ela estava linda, na verdade Victoria é tão bonita quanto Tanya, só que Bella tinha a consciência de que Victoria tem uma personalidade bem mais desprezível do que a ex de Edward, e ainda infelizmente Bella sabia que Victoria é do tipo de garota que Edward costumava desfilar por ai, ela não precisaria fazer muito para segurá-lo e mesmo não querendo isso a preocupou.

Bella desviou o olhar quando percebeu que enquanto os dois conversavam com Rosalie e Emmett, Edward chegou a olhá-la, a garota sentiu seu rosto esquentar, enquanto olhava rapidamente para Jacob.

— Estou com a boca seca... – ela inventou.

— É então eu vou pegar um pouco de ponche, já volto! – Jacob falou, levantando-se da mesa logo em seguida, a garota suspirou e voltou a olhar para Edward, que ainda conversava com Emmett e Rosalie, e agora os quatro se aproximavam de uma mesa bem distante da dela, eles se sentaram e para o azar de Bella, Edward e Victoria ficaram de costas para ela.

— Droga! – ela resmungou.

Não demorou muito para Jéssica e Mike chegarem à mesa onde Bella estava sentada, os dois sentaram-se na frente dela, e logo Jacob também se aproximou com o ponche, Bella bebeu rapidamente, enquanto ainda olhava discretamente para mesa onde Edward estava. Ela queria disfarçar, mas estava difícil de controlar a raiva.

Os três começaram a falar e Bella manteve-se em silencio, na verdade ela praticamente nem escutava o que os três falavam, depois de alguns minutos naquela tortura, ela disse que iria ao banheiro e então se levantou rapidamente da mesa, pediu licença e até mesmo ficou tentada a olhar a mesa onde Edward estava sentado com os amigos, mas ela não teve coragem.

XxXxX

No banheiro a garota ficou alguns minutos olhando-se no espelho, ainda ela se perguntava como Edward teve coragem de trazer Victoria ao baile, ela já imaginava que ele iria vir acompanhado por uma garota extremamente bonita, mas tinha que ser justo Victoria?

Bella bufou, passou a mão embaixo de seus lábios para arrumar o batom e depois passou o dedo embaixo dos seus olhos, e enquanto estava distraída no espelho, ela percebeu a entrada de Rosalie, ela observou-a pelo espelho, segundos depois, ela virou-se na direção da loira e a encarou seriamente.

Rosalie estava usando um vestido cinza, ele não ganhava volume, era mais discreto, mas também mais sensual assim como ela, ele era comprido, mas extremamente apertado, era rendado na parte de cima e até mesmo um pouco transparente e as costas era nua.

A loira estava com a metade dos cabelos presos por uma presilha brilhante e muito bonita, ela usava um batom vermelho e já seus olhos estavam com uma sombra discreta.

Assim que viu que Bella estava a olhando, a loira cruzou os braços e encarou-a com um olhar sério.

 - Você está morrendo de ciúmes do Edward, não é? – ela perguntou num tom confiante, Bella encarou-a com as sobrancelhas franzidas.

— Como é que é? – Bella perguntou.

— Eu vi você olhando para nossa mesa, conheço um olhar de ciúmes muito bem... – Rosalie disse, parecia bastante segura disso, o que deixou Bella bastante desconcertada.

— Eu não estou com ciúmes não! – Bella falou, cruzando os braços e desviando o olhar rapidamente para o chão, Rosalie então suspirou, revirou os olhos e até mesmo pensou em acabar com a conversa entrando em uma divisória do banheiro, mas só foi dar uns passos que ela desistiu e voltou a olhar para Bella.

— Olha garota, depois que comecei a namorar o Emmett eu comecei a me tocar de quanto tempo ele e eu perdemos apenas querendo negar o que sentíamos um pelo outro, confesso que eu estava com raiva dele e ficávamos nos provocando... – Rosalie falou e em seguida suspirou e discordou com a cabeça. – Por isso, não faça isso com o Edward, ele gosta de você e você gosta dele, não vale á pena, pois vocês só vão ficar magoando e machucando um ao outro com essas provocações, um conselho que eu dou é se resolva com ele, não fique ai se iludindo com o Black, se você está com ele achando que ele vai te fazer esquecer o Edward, te garanto que você só vai se frustrar mais, porque eu tentei fazer isso para esquecer o Emmett e não consegui...

— Por que você está me aconselhando se nem somos amigas? Além do mais, quem te disse que eu gosto do Edward? – Bella perguntou, e Rosalie então revirou os olhos.

— Você nem precisa dizer, isso está estampado na sua cara... Além do mais, podemos não ser amigas, mas Edward é meu amigo, e se ele gosta de você o que podemos fazer se não desejarmos sorte? – ela disse dando de ombros.

— Ele disse para você que gosta de mim? – Bella perguntou bastante surpresa com a atitude de Rosalie.

— Você ainda duvida que ele goste de você? Isso está tão obvio! – Rosalie respondeu, parecendo estar impaciente. – Vê se você não seja besta e o deixa escapar, não vai querer perder o Edward para Victoria, não é? – Rosalie acrescentou, agora aproximando do espelho e reparando em seu batom. – Por enquanto, você está em vantagem, mas se a gente não tomar cuidado, é muito fácil ser passada para trás... Nós garotas temos que ser espertas!

Bella ficou encarando-a com o coração disparando, agora Rosalie falava como se as duas fossem amigas, e aquilo era um tanto estranho, mas ela não podia negar que Rosalie tinha razão, ela não podia deixar que aquela vadia da Victoria se saísse na melhor e ainda conseguisse ficar com o garoto que ela gosta, ah não mesmo.

— Você tem razão, obrigada Rosalie... – Bella agradeceu, Rosalie olhou para ela com um leve sorriso no rosto, sorriso que Bella correspondeu antes de se virar e sair do banheiro, enquanto pensava no que Rosalie falou, ela começou a caminhar pelo pequeno corredor para voltar para o salão, mas no meio do caminho ela parou ao se deparar com ele, Edward, ela não podia encontrá-lo em momento melhor.

Ele também parou de andar para encará-la seriamente, Bella não podia deixar de notar o quanto ele estava lindo, de terno, de calça social e com aqueles cabelos molhados de gel e bem arrumados, ele era perfeito e ainda passava um ar sensual. Bella ao olhá-lo sentia vontade de agarrá-lo e teve que desviar o olhar para não acabar caindo em tentação e fazer isso mesmo.

— Eu quero falar com você... – ela logo começou, voltando agora a olhá-lo.

Ele a encarou com as sobrancelhas franzidas.

— Sobre o que? – ele perguntou.

— O que você acha?Tantas garotas nessa escola, como você pode escolher logo a Victoria para ser o seu par? – Bella perguntou, cruzando os braços, e tentando disfarçar raiva, coisa da qual ela não conseguiu.

— Qual é o problema da Victoria? Ela é bonita, é popular, é simpática...

— Foi ela que colocou a nossa foto no jornal, por culpa dela ficamos em detenção... – ela o lembrou.

— Isso é passado e eu já a perdoei! – ele disse com indiferença, e depois deu um passo na direção dela.

— Seu... Seu... – Bella começou, mas não conseguiu arrumar um xingamento descente para soltar naquele momento, então, Edward riu.

— Você se incomodaria com qualquer garota que fosse ser o meu par, por que você não admite logo? – Edward perguntou, a interrompendo.

Bella o encarou, boquiaberta.

— Não é verdade, você a convidou de propósito! – ela retrucou.

— É claro que não... – ele disse. – E também, se formos parar para pensar nós estamos quites, você não está namorando o patético do Black? Eu não gosto dele, e não é por isso que eu estou fazendo um escândalo... – Edward falou e Bella o olhou com uma expressão de ofensa no rosto.

— Olha só, não estou fazendo escândalo nenhum... – Bella respondeu, com dedo em riste, Edward abaixou o dedo dela com sua própria mão e então a puxou pelo braço. – Hei aonde você vai me levar?... – ela perguntou, enquanto era arrastada por ele.

— Vem, vamos conversar em outro lugar, antes que nos flagrem conversando... – ele disse. Bella por um momento quis puxar o seu braço e não permitir ser levada por ele, mas ela não conseguiu, deixou ser conduzida por ele e logo notou que Edward estava a levando em direção ao jardim da escola.

Continua...



Notas finais do capítulo

N/A: Espero que tenham gostado e farei o possivel para voltar bem rápido!



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "1001 razões p/ nunca levar Isabella Swan para cama" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.