Os Domadores Sayajins escrita por BILSS O DESTRUIDOR, Matt Wagner 27, Sensei Oji Mestre Nyah Fanfic


Capítulo 7
O Significado de Sermos Parceiras!! Renamon Digi-Evolui


Notas iniciais do capítulo

Escrito por Bills o Destruidor
Revisado por Matt Wagner 27



No capítulo anterior de Digimon, Guilmon e Culumon estavam brincando no pátio da escola de Takato, isso fez com que seus professores achassem que ele estava vandalizando a escola, por sorte descobriram tudo depois e a situação foi esclarecida.

A brincadeira dos dois Digimons acabou abrindo um digiportal e criando um campo de distorção, do qual surgiu o Digimon mal-intencionado Vilemon, que os atacou imediatamente e, por sorte, os outros domadores chegaram a tempo, como Guilmon não conseguira derrotar Vilemon sozinho, Renamon acabou fazendo-o, mas infelizmente absorvera os dados do mesmo por ordens de Ruky, para variar.

Takato pensou rapidamente e atualizou seu d-ark para que pudesse purificar os dados de Vilemon assim impedindo que Renamon terminasse a absorção...

...

...

...

...

Ruki acabara de sair de sua escola, e seguira para sua casa; no meio do caminho ela começou a pensar.

Renamon, porque você não digievoluiu até agora... o que há de errado?? Estamos a tanto tempo absorvendo dados de outros Digimons, mas por alguma razão você não digievoluiu.

Ruki continuou caminhando em direção a sua casa, e chegando lá encontrou sua mãe que estava prestes a sair.

Quando Ruki chegou ao seu quarto, ela pegou suas cartas de Digimon e colocou-as sobre a mesa, fechou os olhos e começou a se lembrar dos dias em que jogava cartas e de como estava entediada por não ter um adversário bom o suficiente para jogar com ela; após ficar pensando nisso, retirou uma carta do baralho aleatoriamente, que acabou por ser a de Renamon, sua parceira.

— Ei Ruki, o que está fazendo aí? Está parecendo uma cartomante... - perguntou a mãe de Ruki.

— Não é nada disso mãe, só estava aqui pensando comigo mesma - disse Ruki.

— Pois para mim parece que você está jogando tarô, e a única diferença é que está usando essas cartas de Digimon... deveria procurar algo mais interessante para fazer - disse a mãe de Ruki.

De repente um campo de distorção se abriu próximo à casa de Ruki, vendo isso, ela se levantou.

— Ei aonde vai Ruki?? - perguntou a mãe da mesma.

— Ah, vou apenas fazer algo mais interessante... - disse Ruki, correndo pelos corredores da mansão de sua família; quando Ruki viu sua avó, ela a cumprimentou, e se despediu rapidamente.

Após alguns minutos a mais de correria pelos corredores da mansão, Ruki chegou aos portões do jardim, e continuou correndo pela rua até encontrar o campo de distorção que estava próximo ao prédio da Hypnos.

...

...

...

...

— Yamaki-sama, acabamos de detectar mais um Digimon selvagem - falou Agente 13.

— Certo Agente 13, diga-me a localização deste selvagem - falou Yamaki.

— Ele se localiza logo ao lado da nossa base, no primeiro andar - falou a agente 13.

— Certo, mande nossos agentes isolarem o local, e precisamos descobrir um jeito de batalhar e derrotar estes Digimons, pois não podemos deixar que aquelas crianças continuem a fazer isso! - falou Yamaki enquanto abria e fechava seu isqueiro.

...

...

...

...

Ruki acabara de adentrar no campo de distorção, e ao fazer isso chamou sua parceira.

— Vamos Renamon, só derrote o oponente e absorva seus dados - falou Ruki.

— Certo - respondeu Renamon se curvando, quando de repente elas avistaram um dinossauro azul com alguns enfeites indígenas em seu corpo.

Allomon: é um Digimon dinossauro de nível armadura/adulto. Atributo: dados; e suas famílias são os espíritos da natureza e os guardiões do vento; sua técnica principal é a Dino-explosão— dizia o analisador do d-ark.

— Certo, Renamon... ataque! - falou Ruki.

— Arrrgg!!! - grunhiu Allomon correndo em direção a Renamon, e golpeando-a com a cauda.

— Foi por pouco... - falou Renamon pulando em uma árvore, e em seguida ela saltou de lá rodopiando e então pronunciou: - KUUCHUU KOYOUSETSU!! - assim ela invocou centenas de cristais de gelo, e rapidamente os disparou em Allomon.

— Ahhhhhhh, agora você vai ver... T.N.T. HEAD BUTT!! - disse Allomon, inflamando sua cabeça e correndo em direção a Renamon, que estava muito cansada para poder se desviar, e iria ser atingida em cheio por seu oponente, mas no último segundo Allomon foi atingido por um forte soco em seu rosto.

— Hawn, porque o atacaram?? Me deixem derrotá-lo sozinha, e parem de interferir em minhas batalhas!!! - falou Ruki enfurecida, e nem percebendo que o golpe desferido em Allomon viera de Goten.

— Nós acabamos de salvar a vida de sua parceira, e é assim que você agradece?? Talvez devêssemos ter deixado esse digimon derrotá-la e absorver seus dados, assim como você iria fazer com aquele Vilemon - falou Trunks sendo indiferente; ele havia surgido ao lado de Goten.

— Bom, se isso acontecesse apenas significaria que ela é uma fraca... - rebate Ruki com receio.

— F-Fiquem fora do meu caminho...! - falou Renamon séria, mas internamente implorava para que eles deixassem-na batalhar sozinha.

— Está bem, nós a deixaremos batalhar sozinha, mas se algo de grave acontecer nós mesmos derrotaremos ele - falou Goten apontando para si mesmo e para Trunks.

— Graarww, agora vocês vão ver... DINO BLAST!!! - disse Allomon cuspindo uma rajada de fogo.

Ruki nesse mesmo instante pegou um de seus vários cartões e pronunciou:

— DIGIMUDANÇA, ACESSÓRIO DE ENERGIA H!! - com isso Renamon foi envolta em uma aura verde, e rapidamente recuperou sua energia e escapou por pouco das chamas de Allomon.

— Foi por pouco... - disse Renamon antes de correr em direção ao grande dinossauro digital mais uma vez.

— DIGIMUDANÇA, YUKIAGUMON!! TEMPESTADE GÉLIDA!! - disse Ruki, e com isso Renamon foi envolta em uma aura branca, e continuava a correr na direção de Allomon, enquanto desviava dos vários golpes que o mesmo fazia com sua cauda.

— Dessa vez não irá escapar, tome essa...! DINO BLAST!! - dissera Allomon, disparando outra torrente de fogo em Renamon, mas Renamon em vez de desviar se aproveitou do poder do cartão que fora ativado antes.

— TEMPESTADE GÉLIDA!! - disse Renamon, e com isso ela disparou uma rajada de vento congelante na direção de Allomon.

Fogo e gelo se chocaram e, naquele instante, parecia que nenhum deles iria ceder; ambas as técnicas ficavam mais intensas a cada segundo, foi então que Ruki retirou uma carta de seu baralho.

— DIGIMUDANÇA, CARGA DAS TREVAS!! - disse Ruki, ao passar a carta no d-ark, e com isso Renamon foi cercada por uma aura sombria, isto fez com que ela conseguisse absorver a torrente de chamas lançada por Allomon.

Após absorver as chamas de seu oponente, Renamon deu um enorme salto no ar, e aproveitando o impulso de poder que a digi mudança lhe concedeu, realizaria mais um último ataque...

— TEMPESTADE CONGELANTE!! - dissera Renamon, evocando uma forte tempestade de gelo que congelou seu oponente em segundos.

— KUUCHUU KOYOUSETSU!! - disse Renamon evocando e disparando centenas de cristais de gelo em direção a seu oponente, fazendo com que ele fosse despedaçado em milhares de partes, já que Allomon estava preso no gelo, este acabou explodindo em dados, e logo teve parte dos mesmos absorvidos por Renamon, que só não absorveu todos porque Trunks a interrompeu.

— ESPÍRITO CORROMPIDO PELAS TREVAS, TU SERÁS PURIFICADO!! - disse Trunks, e com isso os dados que estavam sendo absorvidos por Renamon formaram uma faixa de códigos e foram em direção ao dx-loader de Trunks.

— Nós já não te falamos para não absorver mais do que 30% dos dados?? - falou Trunks com raiva da menina.

— Isso mesmo, eles já não disseram que absorver dados apenas na quantia certa irá liberar novas evoluções para seu Digimon?? - falou Takato irritado. Lee e ele haviam chegado a tempo de ver o desfecho da luta, após também terem visto o sinal do campo de distorção surgir em seus digivices.

— Concordo com eles - falou Lee também irritado com a atitude da menina

Então Ruki voltou para cassa, pois já estava ficando escuro, e ao chegar em casa ela começara a pensar novamente sobre o motivo de Renamon não digievoluir.

— Droga, por que não digivolveu ainda Renamon, o que está faltando?? Estamos nessa há tanto tempo absorvendo dados de vários Digimons, e mesmo assim você não digivolve... - falou Ruki em pensamentos antes de ir dormir, e começou a sonhar com o dia em que conheceu Renamon.

...

...

...

...

— “E A VENCEDORA DO TORNEIO DIGIMON JINTRIX DESTE ANO É RUKI MAKINO, A RAINHA DE GELO!!!” - dizia o juiz da competição.

— Agora Ruki, nos conte como foi ser campeã do torneio e como é divertido participar do mesmo, e se teve alguma dificuldade para chegar até aqui? - falou o juiz para Ruki.

— Ora, mas é claro, que não - falou Ruki surpreendendo a todos os participantes do torneio.

Em seguida Ruki foi para casa, e ao chegar lá, ela pegou todas as suas cartas e o leitor de cartas do jogo e os jogou em uma mesa qualquer, mas quando estava prestes a ir dormir algo inesperado aconteceu.

Uma forte luz começou a emanar do leitor de cartas, e logo depois surgiram três janelas dimensionais em seu quarto.

— Então é esta a garota - dizia um Digimon aleatório com voz imponente. – A que foi coroada “Rainha Digimon”.

— Me torne forte... - dissera outro Digimon, este com a voz sombria.

— Seja minha domadora... - disse um Digimon com a voz rouca.

— O que está acontecendo...? EU SÓ QUERO UM DIGIMON QUE SEJA FORTE DE VERDADE PARA SER MEU PARCEIRO!! - gritou Ruki desesperada.

— E quem é este? Ahhhhhh... RENAMON, RENAMON, RENAMON!! - disseram os Digimons que estavam atrás das janelas, depois de se afastarem da janela central.

Daquela mesma janela pôde se ver a silhueta de uma raposa antropomórfica se aproximando, e quando estava perto o suficiente da janela dimensional ela pulou para fora da mesma, nesse mesmo instante as janelas desapareceram, Renamon começou a se materializar no mundo humano e o scanner do jogo de Ruki transformou-se em um d-arc.

Ruki entrando em estado de sonho lúcido por causa desse sonho específico perguntou:

— Renamon, é você mesma...?

Após a pergunta Ruki acordou na mesma hora. Renamon estava em cima de um poste refletindo sobre os acontecimentos recentes, e tentando descobrir porque não evoluía.

— Será que não sou realmente forte, ou talvez aqueles novos domadores estejam certos sobre as condições para a evolução quando se tem um parceiro...? Mas acho que ruki não entenderia isso, mesmo que talvez seja a verdade - pensava Renamon. - Caso contrário, irei derrotar Digimons fortes do jeito que conheço, absorver seus dados para isso... é o único jeito - refletia Renamon.

— Espera um pouco aí parceira, porque está deprimida hein?? Ahhhhh eu sei, você é um Digimon mantido por uma criança humana, não é?? Quer dizer que é um Digimon que não pode fazer nada segundo a própria vontade, certo?? Ahhhhhrg - dizia um pequeno Digimon a seu lado, semelhante a um pequeno palhaço/demônio.

Nesse mesmo momento, na casa de Ruki, ela foi acordada por uma imensa luz vinda de seu digivice.

— Hm, tem um Digimon por aí, Renamon onde está você?? – perguntou-se Ruki, quando o analisador de seu d-arc se ativou.

— Mas o que é isso? O que é isso aqui?? – perguntou-se Ruki. Já que não conseguira ler o que estava no analisador por que sua visão estava embaçada, tendo acordado de repente, e não o ouviu, pois estava no silencioso.

— Vamos, admita, você quer ser como eu!! Hihihi - dizia o pequeno ser de aparência semelhante a um pequeno demônio.

— Me diga Impmon, você não tem um parceiro? - perguntou Renamon.

— Ainda bem que perguntou, exatamente, sou diferente dos Digimons que não podem fazer nada sem que os humanos permitam, o que acha? É legal não é?? Tenho certeza de que você quer ser desse jeito também, ou não quer? - perguntou Impmon, sendo ignorado em seguida.

— Você está ouvindo???? - perguntou Impmon emburrado. - Ok, se estiver então está tudo bem, então tá... você está me ouvindo?? - tagarelava Impmon.

— O que estou dizendo se refere a Digimons que dependem de humanos como você... que decepção! - falou Impmon.

— Decepção...? - Renamon repetiu as palavras de Impmon.

— Isso mesmo, decepção, você é uma decepção, decepção!! E sabe o motivo de eu estar falando isso?? É que sempre que vejo algo decepcionante me dá nojo, você também não se sente assim?? Entendeu o que estou tentando dizer, eu me sinto mal!! Isso me irrita e me deixa enjoado!!! – exclamou Impmon.

— Desculpe, não compreendo nada do que está falando - respondeu Renamon, pulando do poste e indo para a casa de Ruki.

— Espere, onde está indo?? Volte aqui, o que estou querendo dizer é que é uma burrice ficar com humanos, não tem sentido, nenhum sentido!!! - disse Impmon, evocando uma bola de fogo em seu dedo indicador, e ao dispará-la fez com que ela explodisse ao quase atingir Renamon.

Então quando ela se virou, viu uma imensa luz surgindo no céu.

...

...

...

...

— Senhor Yamaki, detectamos mais um Digimon – falou Agente 13.

— Um selvagem?? – perguntou Yamaki, enquanto abria e fechava seu isqueiro.

— Ele está prestes a se libertar perto de uma região cheia de árvores, perto da rua Amaterasu – respondeu a outra agente.

— Certo, enviem alguns de nossos agentes ao local – ordenou Yamaki.

...

...

...

...

— Renamon, você está aí? Apareça! – ordenou Ruki entrando no campo digital.

— Cuidado, fuja ruki!! – falou Renamon salvando-a de um ataque súbito.

— Olhe Renamon, que Digimon será aquele? – perguntou Ruki ligando o analisador. - DOKUGUMON, um Digimon do tipo inseto de atributo vírus, ele pertence às famílias dos espíritos da natureza e das tropas selvagens; este Digimon é capaz de corroer o oponente com um único golpe, sua principal técnica é a Teia Venenosa— dizia Ruki lendo o que estava aparecendo no analisador.

— Deixe ele comigo! KUUNCHUU KOYOUSETSU!!! - disse Renamon disparando vários fragmentos de cristal em direção a Dokugumon, mas este subiu em uma de suas teias, e ao se virar de costas lançou suas teias venenosas, derretendo os cristais que foram lançados em sua direção, então ele se virou novamente e cuspiu um forte ácido em Renamon.

— Não, Renamon!! – falou Ruki.

— Ruki, não se aproxime, você tem que ficar longe da batalha!!! – falou Renamon preocupada com Ruki, e após isso Dokugumon disparou sua teia na garota.

— Ruki, não!! – falou Renamon percebendo a situação de sua domadora.

— Renamon, socorro!! – gritou Ruki desesperada.

— KOYOUSETSU!! - disse Renamon disparando seus cristais de gelo em Ruki para tirá-la da teia.

— Graahhh!! – gritou Ruki, pois alguns dos cristais atingiram-na de raspão. - A Renamon me salvou... – dizia Ruki com medo.

Dokugumon, que estava observando, aproveitou-se deste momento para disparar suas teias em Renamon, prendendo-a nas mesmas.

— Ruki, por favor, saia daqui...!!! – implorava Renamon, que estava presa em um casulo de teias.

— Não posso fazer isso Renamon...! DIGIMUDANÇA, SNIMON A LÂMINA DE AÇO!!! – disse Ruki passando uma carta no scanner de seu d-arc, então os braços de Renamon foram substituídos por duas foices.

Renamon usou as foices adquiridas com o poder da carta para se libertar da teia, então ela se virou em direção a Dokugumon e pronunciou:

— FOICES GÊMEAS!! - usando ambas as foices para disparar raios cortantes contra Dokugumon.

— Ahhhhhh... hoje irei me empanturrar... adoro me alimentar de Digimons fracos como você!!! - disse Dokugumon usando seus chifres para se desviar dos raios cortantes lançados por Renamon, em seguida ele desceu de sua teia e abocanhou a Digimon raposa.

— Renamon...!! – gritou Ruki preocupada com a mesma.

— Hmmmmm, uma criança humana... me pergunto qual seria o gosto de uma criança humana!! - disse Dokugumon, jogando Renamon em algum canto.

— Garth... Veneno Corrosivo!!— disse Dokugumon disparando seu veneno em direção a Ruki, mas Renamon se jogou em frente ao ataque, e por isso acabou sendo atingida em cheio.

— Renamon, mas... mas porque?? Mas por quê? – perguntou Ruki.

— Porque você é... minha parceira – falou Renamon desmaiando.

— Renamon aguente firme... – falou Ruki desesperada.

— Rápido, fuja...! – falou Renamon antes de desmaiar de vez

— Não, Renamon!!!!! – gritou Ruki apavorada, então de repente seu d-arc começou a emitir um intenso brilho, que combinado com a luz de Culumon, restaurou as energias de Renamon.

— RENAMON DIGIVOLVE PARA... KYUUBYMON!! - ao dizer isso Renamon foi envolta em uma cúpula de dados, e quando esta sumiu, em seu lugar estava uma majestosa raposa amarela quadrúpede de nove caudas em seu lugar.

— Groaw, parece que não poderei ter meu jantar! – disse Dokugumon virando-se de costas. - TEIA VENENOSA!! - disse Dokugumon disparando sua teia.

— Grwww... ONIBIDAMA!! – disse Kyuubimon com suas caudas estendidas, e em seguida disparou os nove espíritos de fogo que queimaram as teias de Dokugumon.

Então ambos os Digimons correram em direção um ao outro, e Kyuubimon enunciou:

— DRAGÃO DE GELO!! - e como sugere o nome, Kyuubimon foi envolta por chamas azuis que logo a transformaram em um dragão azul, que ao atingir seu oponente fez com que seus dados explodissem, e então Kyuubimon absorveu parte dos dados de seu oponente, pois o resto se aglomerou e foi em direção ao céu.

...

...

...

...

— ESPÍRITO CORROMPIDO PELO MAL, AGORA SERÁS PURIFICADO!! – disse Trunks armazenando os dados de Dokugumon em seu dx loader. - Ei Goten... parece que ela está começando a aprender a lição! – falou Trunks, se animando com a perspectiva de Ruki e Renamon.

— Verdade, mas ela ainda precisa parar de ficar absorvendo esses dados compulsivamente – alertou Goten.



Notas finais do capítulo

Revisado em 01.02.2016



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Os Domadores Sayajins" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.