Hogwarts; Um Recomeço escrita por AnnaGrandchamp007


Capítulo 3
Algumas coisas dão errado para nosso lado


Notas iniciais do capítulo

Oláaaa

Hoje que irá narrar é Maya Granger.

Esse pode ser chamado de capitulo um pouco eletrizante, por que tem uma luta em Hogwarts. Boa Leitura!



Primeira coisa: Detesto a partir de agora voar em uma carruagem sem freio.

Estávamos voando acima de Hogwarts, mais havia tanto fogo e tanto...Tanta luta que não tinha lugar para pousar. Eu estava começando a ficar enjoada, então Lory chegou perto de mim, ele estava verde.

—Definitivamente eu não nasci para voar - Disse ele.

Eu concordei com a cabeça.

Começamos a girar em câmera lenta na direção do chão, provavelmente alguma daquelas bolas de fogo que estavam lançando nos acertou. Eu comecei a ficar irritada por não chegarmos ao chão, porque só agora meu medo havia passado, sendo que eu achava que a carruagem e os pégasos iriam amortecer a queda. Porem, quando acertamos o chão o impacto foi tão grande que voei em cima de Lory. Nós dois ficamos super constrangidos. Quando me levantei, estavam todos no chão. Então nos levantamos e corremos para fora, varinhas em punho.

O que vimos foi pior do que eu poderia ter imaginado.

O patio e os terrenos de Hogwarts estavam lotados de alunos e professores, gritando e correndo. Haviam feixes de luz vermelha sendo lançados de todos os lados. Nós pousamos, aparentemente em cima da casa do Sr. Hagrid, nosso professor e guarda caça. Aonde pousamos tudo estava tão tranquilo que era difícil acreditar que Hogwarts estava em guerra. Corremos para ajuda-los até que... Zaap! Batemos em uma barreira invisível, e caímos. Só aí, começamos a perceber detalhes da luta.

Nossos combatentes lutavam com, bem, ninguém. Eles atiravam vários feitiços mais no meio do nada. Eu então tive uma ideia brilhante típica de mim.

Dei um grito e os mandei parar de atirar.

Os que estavam mais perto de nós pararam. Meio confusos, olharam para nós e seguidamente para o lugar que estavam atirando. Nosferius me puxou para trás.

— O que está fazendo? - Perguntou.

— O que eles estão fazendo? - Perguntou-se Thommy.

— Porque não conseguimos passar?... - Disse meu irmão meio abobado.

Eu respirei fundo e pus-me a pensar. Os combatentes pareciam estar enxergando algo que nós não víamos. Pareciam até estar atingindo alguém...

A resposta veio a mim, embora eu não saiba exatamente porque me ocorreu tão rápido que...

— A barreira está enfeitiçada. Tudo lá dentro está. E é por isso que eles pensam que estão lutando com algo sólido. Ou até talvez com fantasmas. Só sei que eles vão acabar ferindo uns aos outros se não pararem.

Eles concordaram com a cabeça. Não sei porque eles confiam tão cegamente em mim.

Começamos a gritar para pararem de atirar. No inicio ninguém nos ouviu acima de estampidos que saiam das varinhas. Então a mensagem foi se espalhando e aos poucos eles foram parando de atirar, e começaram a se virar para nós. A diretora, McGonagall veio falar conosco. Assim que eles pararam de atirar pudemos entrar em Hogwarts. Ela nos perguntou então, enquanto seguíamos para sua sala:

— Tudo aquilo, toda a luta então não foi real. A única coisa que não entendi, Sra. Granger, foi como você conseguiu descobrir que estávamos sendo enganados com a barreira e com os... bem seja lá o que forem.

Eu concordei então comecei a explicar. Como nós tínhamos chego na carruagem de Vivian. Como eu, sem querer, percebi que nossos combatentes estavam lançando feitiços no meio do nada, e acabavam se atingindo.

Ela se virou para nós.

— Bem, o importante é que vocês e todos estão bem, embora eu saiba que essa segurança é temporária. Porque seja quem for que está repetindo os passos de Lord Voldemord, mesmo cinquenta e nove anos depois de sua morte, é alguém que tem poderes mentais e isso só significa: Problema para nós.



Notas finais do capítulo

Oiiii

Gente, muito obrigada por ler mais um capitulo, um beijo....

Até a próxima, aonde quem narra é Seth Weasley....



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Hogwarts; Um Recomeço" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.