A Nossa História de Amor escrita por Manu Pontes


Capítulo 8
O Desfile!


Notas iniciais do capítulo

Amei os 12 reviews.. e obrigada pelo apoio de todos..



 

Capitulo 8 – O Desfile!

 

 

Mais uma semana começava.. O final de semana passara rápido, mas não no começo, no começo estava lento, mais precisamente até sábado à noite, mas tendo amigos como Sasuke e Sakura isso não durava muito tempo.

 

 

Flash Back on:

 

 

Acabara de atender o telefone, era o Sr. Jaime avisando-o da chegada dos amigos, Naruto logo permitiu a entrada do casal de amigos ao seu apartamento. Sakura e Sasuke eram conhecidos pelo porteiro, mas seu trabalho obrigava-o a sempre verificar a permissão de entrada de qualquer visitante ao prédio, regra de segurança. Dois minutos depois, Naruto já estava a porta recebendo os amigos.

 

- Boa Noite, Dobe. - disse Sakura já adentrando o apartamento do loiro, junto com seu noivo, Sasuke.

 

- Hunf.. Sakura, você pegou a mania do Teme?! - os três amigos sorriram. - O que fazem aqui? - indagou curioso, enquanto recebia um forte abraço de Sakura.

 

Seus amigos apareceram na hora certa, não aguentava mais ficar em casa, estava entediado. Adiantara alguns documentos da agência para distrair-se, mas não funcionara muito bem, pois organizou os documentos com facilidade e em pouco tempo. Pensara em sair, geralmente saía com os amigos ou visitava os pais. Mas Minato e Kushina estavam em um cruzeiro comemorando mais um aniversário de casamento. Gaara estava cuidando de Ino que tivera um mal-estar decorrente da gravidez. Konohamaru estava trabalhando no restaurante Sarutobi's junto com o tio Assuma. Sakura e Sasuke, até minutos atrás não tinha notícias deles desde que fora ao apartamento do casal.

 

- Oras, você foi lá no apartamento e achou que eu não o procuraria? - indagou afastando-se do abraço do loiro.

 

- Eu cheguei a acreditar nesse milagre. Ai! - resmungou massageando o braço esquerdo após receber um soco da amiga rosada. - Teme, me lembre de comprar uma armadura. - disse o loiro enquanto se afastava rapidamente de Sakura para não receber mais um de seus “carinhos”.

 

- Eu não vou esquecer isso. - disse Sakura sentando-se no sofá branco com a face emburrada.

 

- Dobe, vou sentir a sua falta. - disse Sasuke fingindo tristeza.

 

- Diga mais uma palavra e você irá junto com ele, amor. - disse Sakura fitando Sasuke com um olhar mortal que vinha antes de uma gargalhada divertida.

 

- “Ótimo, ela sabe pôr medo em um homem.” - pensaram Naruto e Sasuke sorrindo.

 

- O que estava fazendo Naruto? - indagou Sakura.

 

- Estava pensando em vocês. - respondeu o loiro.

 

- Isso é um milagre! - exclamou Sasuke, irônico, sentando-se ao lado da rosada.

 

- E por quê? - indagou Sakura curiosa.

 

- Estava enjoado de ficar nesse apartamento sem nada pra fazer. - disse com uma careta de tédio.

 

- Ótimo, porque viemos até aqui lhe chamar para sair. - disse Sakura sorrindo.

 

E assim foi, eles saíram indo até uma inauguração de uma boate. Dançaram e se divertiram relembrando a adolescência. Depois foram até o restaurante Sarutobi's, encontrando assim com Konohamaru e uma deliciosa massa Italiana. Jantaram, conversaram e riram. Qualquer um que ouvisse as travessuras dos três amigos não conseguiria deixar de rir.

 

Assim a noite passou, divertida e rápida. Onde pôde em algumas horas esquecer os problemas, e principalmente uma Hyuuga..

 

 

Flash Back of.:

 

Agora já estava em sua sala revisando alguns contratos..

 

 

Segunda-feira, e mais uma semana de trabalho começava. O final de semana na casa do pai fora ótimo. Rever a família era sempre maravilhoso. Porém despedir-se dela era de machucar a alma. Sufocava o choro ao ver os olhinhos da irmã tristonhos, nenhuma criança deveria ter aquele olhar, muito menos seu anjinho. Mas era preciso voltar, era necessário. Era se castigar aos poucos impondo distância para com os que amava. Por isso não olhara para trás ao entrar no carro depois de despedir-se da família. Em Boston deixava metade de sua alma, metade de seu coração, pois a outra metade estava em New York, vizinho ao seu apartamento.

 

 

Finalmente a Sexta-feira chegara, e com ela mais uma semana de trabalho se passara. Naruto e Hinata durante toda a semana trocaram poucas palavras que foram estritamente sobre assuntos da agência que tinham que se resolvidos e discutidos entre os dois. Os ensaios eram rápidos, e por mais que Gaara os pressionasse, a emoção tão esperada por ele não se mostrava reluzente, Gaara tinha esperanças que duram o desfile tudo mudasse. O Uzumaki e a Hyuuga não eram mais adolescentes para agir como tais, eles eram adultos, eles eram orgulhosos.

 

Porém nesse dia, não era uma sexta comum, e sim a sexta-feira tão aguardada por eles, hoje seria a noite do desfile. Por isso Hinata saíra mais cedo da agência, no horário do almoço. Ela aproveitara a parte da tarde para ir ao salão de beleza, onde fizera uma escova salientando mais seus fios negro-azulados já lisos, manicure e pedicure usando uma cor rosa bem carinho com francesinha em suas unhas, entre outras coisas.

 

Depois de horas no salão fora para casa tomar um banho, comer qualquer coisa e ir para o salão do desfile. Tempo corrido.

 

Naruto não tivera seu tempo tão corrido como o de Hinata. Homens. Naruto era um homem vaidoso, mas não chegava ao exagero, no máximo uma depilação no tórax, quando urgente, no caso em circunstâncias de trabalho como modelo. Fora isso, para ele, um bom banho relaxado e um bom perfume, que ele fazia questão, eram o bastante.

 

 

Estava na entrada do salão, Hinata acabara de chegar no local do desfile. Um salão bem amplo.. Que possui na entrada um espaço natural com uma grama aparada e verdinha, um jardim, nela um caminho era feito por pedras quadradas. A outra parte do salão era mais ao fundo, logo depois do jardim de entrada. Ela era toda coberta. Todo o ambiente estava decorado nas cores branco e diversos tons de vermelho. Em torno do lugar haviam corações, puffs vermelhos e brancos, tanto no salão quanto no jardim. No centro estava a passarela em “T”, já forrada com o tapete de vermelho, no começo da passarela as cortinas decoravam mais o lugar e ajudavam a esconder o corredor dos camarins que ficava atrás da passarela. O luga realmente estava lindo e muito bem iluminado. O DJ já testava o som a ser tocado durante o desfile e após o mesmo com a festa em comemoração ao desfile.

 

- Olá, eu sou Mika, organizadora do evento. - apresentou-se a mulher. Mika era uma mulher de pele clara, olhos castanhos claros e cabelo da mesma cor. Não era muito magra e tinha um sorriso simpático no rosto. Também não era muito nova, deveria ter por volta do 35 anos.

 

- Oi, sou Hinata Hyuuga. - apresentou-se também.

 

- Oh.. Que bom que chegou Hinata, vem, vamos para o camarim. Sua roupa está lá e você precisa se maquiar.

 

- Minha roupa?! - indagou Hinata, cheia de expectativa.

 

- Sim. - respondeu a mulher com um sorriso.

 

- Finalmente a verei. - comentou a Hyuuga.

 

- Sim, mas vamos à maquiagem primeiro. - disse a mulher guiando Hinata por um corredor, logo entraram em uma salinha que já estava toda equipada com materiais para maquiagem. Duas garotas estavam sentadas por ali em cadeiras de frente a um grande espelho. Hinata reconhece as duas meninas uma ruiva e uma negra, modelos gerenciadas pela H&U Models.

 

- Olá, Hinata. - cumprimentaram-na sorrindo.

 

- Oi, meninas. Vocês estão lindas. - as garotas sorriram e voltaram a maquiagem.

 

Hinata estava tão nervosa. Queria saber se a roupa ficaria bem nela, o que seria muita sorte, já que os ajustes da roupa foram feitos com um vestido e uma calça dela mesma.

 

- “Ainda bem que estou a um mês em dieta.” - pensou.

 

Hinata é uma mulher de personalidade, e com fama das empresária mais bonitas de New York, mesmo assim sempre achou um defeito em si própria, não que se achasse feia, mas que tivesse aquela mesma opinião de todas as mulheres em relação ao próprio corpo, “Isso poderia ser diferente”.

 

Para piorar seu nervosismo, Hinata ainda não vira Naruto. Ele não poderia se atrasar nessa noite. Como ela poderia desfilar sem ele?

 

- “Onde você está?” - Hinata estava tão perdida em seus desvaneio que nem percebeu já está maquiada. - Oh. Desculpe.

 

- Não precisa. Você já pode olhar-se no espelho.

 

Hinata fez isso. Olhou-se no espelho. Ela estava.. linda! Uma maquiagem bem leve, que realçava mais seus olhos com o delineador preto, o rímel incolor quedava um toque boneca aos seus cílios, na sombra fora usado um lilás com branco. Todos os pontos de luz estavam destacados com um iluminador, nada exagerado. A boca, seus lábios finos estavam com um gloss rosinha chiclete. Seu cabelo estava em um coque, com alguns fios soltos na frente. Realmente a maquiagem somente realçava sua beleza natural.

 

- Obrigada.

 

- De nada. Fiz uma maquiagem e um penteado bem simples em você. Seu rosto é lindo, eu somente realcei. - a maquiadora sorriu vendo a expressão de Hinata pelo espelho, ela parecia uma criança. Hinata retribuiu o sorriso para a maquiadora ainda se olhando pelo espelho.

 

- Agora vamos colocar a primeira roupa, Hinata. - disse Mika, que havia saído para ver alguns ajustes do evento, mas que já estava de volta para assessorar as modelos.

 

- Sim.

 

 

Naruto que chegara dez minutos depois de Hinata, também estava nervoso, não tanto quanto a Hyuuga.

 

- “Onde ela está?” - esse era o seu principal pensamento. Onde Hinata estava? Sabia que a morena já havia chegado. Queria vê-la. Precisava se acalmar, achava que se a visse isso ocorreria. Precisava dela. “Idiota!” se xingou por estar dando aquele tipo de cena. Parecia um noivo preocupado se a noiva não teia desistido do casamento. “Idiota!²” se xingou mais uma vez, não poderia ter si comparado justamente a um noivo. Logo foi tirado dessa briga interna que estava travando consigo mesmo.

 

- Naruto?

 

- Sim?! - a resposta foi automática.

 

- Vamos sua roupa do primeiro desfile está aqui. - disse a mulher.

 

Naruto olhou com mais atenção para as mãos da mulher, nelas a mulher segurava um cabide com uma capa protetora para roupas, a capa era transparente e dava para ver um conjunto uma camisa laranja e preto e uma bermuda xadrez na cor beje. Um par tênis beje e meias brancas.

 

Tinha receio que roupa não ficasse boa, mas assim eram alguns desfiles, onde modelos eram somente cabides para as roupas e os modelos tinham que se ajustar as roupas, e não elas à eles.

 

- Essa maquiagem ficou ótima em você. - disse a mulher repando na maquiagem básica usada no loiro, que assim como na Hyuuga, fora usada somente para realçar seus lindos contornos faceais.

 

- Obrigado. - disse o loiro com seu sorriso típico, já com as roupas em mãos. Agora queria ver Hinata, como será que a morena estava?

 

 

Estava cada vez mais ansioso. Já estava pronto. Em um estilo despojado e lindo. A roupa ficara perfeita em seu corpo delineado por músculo por natureza. Agora faltava poucos minutos para a entrada do primeiro casal de modelos na passarela, no total seriam três casais.

 

Mika, a organizadora e ouradora do evento estava na passarela agradecendo e anunciando o começo do desfile.

 

- Você está muito nervoso, Naruto. - disse uma das duas modelos que estavam próximas à ele.

 

- Está tão visível assim? - indagou Naruto. As modelos riram, assim como outros dois modelos que também estavam ali, naquele corredor atrás das cortinas vermelhas da passarela. Todos eram modelos agenciados pela H&U Models.

 

- Onde está a Hinata? - indagou um dos modelos.

 

- Estou aqui. - disse uma voz doce, na qual todos reconheceram.

 

Todos se viraram para olhar Hinata que ainda se aproximando deles com um um sorriso tímido por estar sendo fitada com tanta intensidade.

 

Ela estava com um vestido lilás frente única, o busto era franzido e a barra rodada, em sua estampa havia um desenho de uma rosa delineada na cor branca, a rosa ficava mais para o lado direito do tecido, ia da altura de seu à coxa, era um vestido um palmo acima do joelho, perfeito para o verão. Usava uma sandália de salto alto na cor prata. Um par de brincos roxos.

 

- Como ela estava linda?! - pensaram todos. Não que em algum momento houvessem duvidado, mas era diferente. Para os modelos, ela era a chefe, uma das donas da agência onde trabalhavam, além de um ícone como modelos, pois todos sabiam da carreira de modelo que Hinata tivera antes, assim como Naruto. Era diferente desfilarem juntos com os presidentes que sempre acreditaram neles, isso ninguém poderia discutir.. Para Naruto aquilo era bem mais complexo, nostálgico.

 

- Você está linda. - disse o outro modelo.

 

- Obrigada. - corou, os modelos a fitavam intensamente, enquanto as modelos tinham sorrisos nos rostos. - “Crianças!” - pensou, todos os quatro modelos tinham na faixa de 17 à 19 nos.

 

- Vocês já podem começar. - disse a assistente da organizadora enquanto direcionava o primeiro casal de modelos para a passarela.

 

Depois que o primeiro casal desfilou, foi a vez do segundo casal.

 

Enquanto isso, Naruto e Hinata estavam em silêncio, e nem se olhavam. Crianças. Eles agiam piores que duas crianças. Mas agara não havia tempo para briguinhas infantis.

 

- Naruto e Hinata, vocês serão os próximos. - disse a assistente assim que o segundo casal começou a desfilar.

 

- Certo. - disseram em uníssono, mas em seus pensamentos concluíram aquela resposta como um desperdício de tempo, pois a mulher tão logo aparecera naquele corredor e os avisara, tão logo saíra, assim que os avisou indo para o camarim ajudar, ou apressar o primeiro casal de modelos.

 

- É a nossa vez. - disse Naruto caminhando até Hinata que estava mais próxima a entrada da passarela.

 

- É.. Estou uma pilha de nervos. - confessou vendo Naruto se aproximar, o olhar dele estava mais simpático, pois desde o primeiro ensaio ele mantivera um olhar gélido, ela não o culpava.

 

- Você não é a única. - sorriram. - Vem, vamos dar o nosso show. - eles sorriram mais uma vez, nostálgico. Sempre tão prestativos um com o outro nos desfiles quando eram de fato modelos.

 

Com as mãos entrelaçadas e com pequenos sorrisos eles surgiram na passarela, onde começaram a desfilar.

 

Mais que mostrarem uma roupa, todos viam e se envolviam na magia que eles tinham. Impossível. Impossível era a facilidade que tinham em transformar passos simples em um show único.

 

Desfilavam envolvidos por olhares atentos a simples detalhes, flashs de fotógrafos. Alguns que ali estavam presenciando encantavam-se pensando se era a roupa estilo primavera/verão ou se eram os modelos, que alguns presentes naquele desfile reconheceram o casal. Mas odos optaram pela terceira opção, o conjunto modelos + roupa. Assim que a Hyuuga e o Uzumaki desfilaram, voltaram ao corredor atrás da passarela.

 

- Você foi perfeita. - disse Naruto assim que chegaram ao corredor ainda com as mãos unidas.

 

- Nós fomos. - Hinata o corrigiu enquanto desvencilhava-se da mão de Naruto.

 

O loiro não ligou muito, ainda tinham que correr, pois ainda faltava desfilarem mais uma vez.

Foram para os seus camarins, vibrantes de alegria pareciam crianças, o que em parte não era mentira.

 

 

- Oh.. Parabéns, Hinata. Todos amaram o desfile. - disse Mika que acabava de ajudar a modelo do segundo casal, pois a primeira já estava de novo no corredor esperando o fim do breve intervalo em que as três fases do desfile teriam entre uma fase e outra.

 

- Obrigada. - agradeceu com um sorriso gentil.

 

- O Naruto estava mais lindo que nunca. - comentou a modelo, já pronta.

 

- Verdade. - concordou Mika com um breve sorriso nos lábios. - Agora, Hinata, sua roupa está naquela cabine. - apontou para o fundo da salinha, onde havia uma cabine para troca de roupa. - Eu vou ajudá-la a vestir-se, a Sora já está pronta. - a Sora, a qual Mika, era a modelo que estava ali no camarim com elas. Sora usava uma lingerie vermelha que era perfeita nela, que tinha pele clara e cabelos ruivos.

 

- Ok. - disse caminhando até a cabine. - Boa Sorte, Sora. - disse antes de entrar na cabine sendo seguida por Mika.

 

- Obrigada. - disse Sora saindo do camarim.

 

- O quê? Não acredito. - Hinata arregalou os olhos assim que olhou a roupa que usaria naquele desfile. Ela não acreditava que aquela seria a sua roupa.

 

- Eu sei, é perfeito. - disse Mika sorrindo, a organizadora também olhava a rupa, era de se esperar esse tipo de reação de qualquer mulher que visse aquela roupa tão linda, na sua opinião aquilo era plausível.

 

 

- Naruto, a Mika deixou uma roupa pra você na cabine, ela disse que há uma etiqueta com seu nome. - disse um modelo que estava saindo do camarim no momento em que Naruto estava chegando.

 

- Obrigado, Ken. - agradeceu o loiro indo direto para a cabine.

 

Naruto entrou na cabine com um lindo sorriso, a parte mais tensa do desfile, pensava ele antes de seu segundo desfile.

 

Encontrou um cabide com uma etiqueta, nela esta seu nome escrito, pegou a roupa tirando-a do plástico de proteção, deu uma olhada com atenção para a roupa. Era uma roupa fina, bonita, e parecia confortável.

 

Logo em seguida começou a trocar de roupa. Ele e Hinata seriam os últimos a desfilar na terceira fase, pois na segunda eles não desfilariam, assim tinham sido informados por Gaara. Hinata e Naruto seriam uma surpresa para o fim do desfile.

 

- “Loucuras do Gaara.” - pensou já vestido, olhou-se para o espelho da cabine para checar como os cabelos estavam. Depois de pronto foi em direção ao corredor atrás da passarela.

 

Enquanto caminhava encontrou-se novamente com os modelos, eles trocariam novamente de roupas e desfilariam novamente. Depois seria a sua vez, a vez dele e de Hinata.

 

Agora depois de um minuto, estava no corredor esperando o fim do breve intervalo, esperando por Hinata, que ao seu pensamento já deveria estar ali, mas no mundo da moda, imprevistos sempre acontecem.

 

 

- Onde ela está? - Naruto sussurrava pra si. O desfile já avia recomeçado, o segundo casal já iria entrar na passarela, logo seria a vez dele e a Hyuuga. Aí encontrava-se o problema, Hinata ainda não estava pronta, foi o que Sora lhe disse. Estava nervoso demais para continuar ali parado e esperando.

 

Já estava virando-se para começar a caminhar, decidira ir ao camarim feminino em busca de novas notícias, porém mal se virou e viu uma cena que certamente não esqueceria jamais. Hinata estava ali na sua frente com um olhar tão surpreso quanto o seu.

 

Hinata vestia um lindo vestido branco tomara-que-caia longo. N tecido d vestido havia cristais que davam um toque delicado e luxuoso ao vestido. Uma tiara prateada também com cristais delineava seu coque. Uma gargantilha de diamantes molduravam o colo e faziam um perfeita combinação com os pequenos e delicados brincos de diamantes. Um par de sandálias prateadas de salto alto eram escondidas pela barra do vestido. Hinata estava perfeita como uma bela noiva.

 

Hinata assim como Naruto estava surpresa com toda aquela situação, e agora ainda mais.

 

Naruto também estava lindo. O loiro vestia uma camisa social branca, por cima um terno azul bem escuro como os cabelos da morena, a calças comprida da mesma cor do terno. Uma gravata branca com listras pretas, com um nó bem feito. Meias brancas quase invisíveis por causa da barra da calça, um par de sapatos pretos bem engraxados. O cabelo loiro ainda desgranhado mesclando com a personalidade do loiro à roupa. Naruto estava perfeito como um maravilhoso noivo.

 

Sim, eles estavam perfeitos vestidos de noivos, desfilariam de noivos. Hinata e Naruto seriam noivos. Isto realmente era confuso, nostálgico e extremamente estranho. De fato uma brincadeira do destino.

 

- Vocês estão lindos. - disse Mika, Hinata saíra na frente dela no camarim a pedido da própria organizadora para que não atrasassem o desfile. A voz de Mika os fez quebrar o contato visual que mantinham a quase 30 segundos. Hinata sorriu timidamente, enquanto Naruto caminhava até ela, segurando sua mão, na qual depositou um leve beijo enquanto Hinata corava com o gesto do loiro.

 

Mika olhou-os com atenção, ali, entre eles, havia mais que uma simples relação de sócios, ela tinha certeza, constatou sorrindo.

 

Logo o segundo casal terminava seu desfile, finalmente seriam eles, e leve frio na barriga os avisou disso.

 

- Ainda estou nervosa. - ela sussurrou baixinho só para Naruto ouviu, enquanto subiam os pequenos degraus da escadinha da passarela. Naruto sorriu, apertando carinhosamente a mão da Hyuuga, demonstrando que ela não estava sozinha nisso, e ela entendeu perfeitamente o gesto dele, isso realmente a acalmava.

 

E assim o desfile ocorreu. Com muito mais magnetismo que o primeiro, certamente. Sayuri que estava na plateia sorriu, realmente seu desfile havia sido um sucesso, e não negava participação da Hyuuga e do Uzumaki contribuíra muito para o sucesso. Seu pensamento estava certo desde o começo.

 

Depois de desfilarem, voltaram ao corredor, felizes com aquela sensação de liberdade, poder. Assim se sentiam quando desfilavam. Assim que surgiram no corredor receberam aplausos rápidos, pois todos os modelos e Mika retornariam a passarela com um lindo buque de rosas vermelhas que presenteariam Sayuri. E assim fizeram, foi uma surpresa para estilista e um momento bem descontraído entre todos, apesar das lágrimas de alegria e emoção de Sayuri.

 

Logo os modelos voltaram ao camarim, onde trocaram suas roupas, e depois retornaram ao salão aproveitando a bela festa o desfile.

 

Apesar do momento de paz entre Naruto e Hinata eles poucos se falaram durante a esta, era necessário lembrar a distância entre eles, acreditava Hinata. Naruto as vezes olhava furtivamente ara Hinata, era difícil esquecer tudo e levantar o muro entre eles, e isso o deixava um pouco irritado, mas a lembrança da mesma Hyuuga só que trajando um lindo vestido, era uma lembrança que o acalmava.

 

- “Destino irônico.” - ele pensava.

 

A festa se passou animada com o DJ e todos se divertindo muito, na pista de dança muitos dançavam enquanto outros comentava sentados em cadeiras ou puffs sobre o maravilhoso desfile. Já era quase duas d manhã de sábado quando a festa teve de fato seu fim.

 

Naruto estava cansado, mas também feliz. Se sentia bem por relembrar os tão bons tempos de modelo. No começo achou estranho por voltar a desfilar, mas depois se sentiu de volta ao “lar” por desfilar novamente, ainda mas com sua eterna parceira de passarela, Hinata Hyuuga. Mas a festa já havia acabado, porém seu corpo ainda estava elétrico quando decidiu ir embora.

 

O loiro estava distraído e acabou esbarrando-se em uma mulher, muito conhecida por ele.

 

- Me descul.. Naruto? - disse a mulher.

 

- Hinata. - o loiro sorriu, dando a Hyuuga um de seus melhores sorrisos.

 

- Err.. Boa Noite. - a Hyuuga logo se despediu afim de evitar ficar ali, próxima ao loiro.

 

Naruto sorriu de canto, e começou a andar até o estacionamento que ficava fora do salão. Hinata estranhou, e esperou o loiro desaparecer do seu campo de visão, afinal iria na mesma direção que o loiro.

 

Depois de já não mais ver o loiro, fora para o portão de entrada do salão, o lugar estava iluminado e havia algumas pessoas ali, então não havia perigo. Agora ela teria de esperar por Hana que estava com seu carro, de novo. Haviam concordado de que duas horas, horário estimado entre elas para o fim da festa. Depois de alguns minutos escutara uma buzina de automóvel. Hana! Virou-se para ver o seu carro e sua irmã, porém encontrou um loiro com um lindo sorriso travesso a fitando de dentro de um carro lindo e moderno na cor preta.

 

- O-o quê? - assustou-se, pois pensara que o loiro já houvesse ido embora.

 

- Entra. - disse Naruto abrindo a porta de seu carro.

 

- Como? - não estava realmente entendendo nada.

 

- Entra no carro. - disse Naruto. - Vou lhe dar uma carona. - explicou.

 

- Não precisa. Hana, já deve está chegando para me buscar. Obrigada. - tinha que se manter longe do loiro.

 

- Ela não virá. - disse o loiro.

 

- Como assim, ela não virá? - indagou desconfiada.

 

- Ela me ligou mais cedo, pedindo que lhe avisasse, pois você não atendia nenhuma ligação. Acho que esqueci-me de lhe passar o recado. - sorriu.

 

- Como você.. Hunf.. - bufou. - “Aquilo só poderia ser brincadeira.” - pensou enquanto entrava no carro. Ligaria para Hana vir buscá-la, mas a irmã estava cansada pela semana de provas na faculdade, então resolveu ir como loiro, era só manter distância e nada daria errado.

 

- Eu não mordo sabia?! Claro só se você quiser. - disse Naruto na intenção de irritá-la oque certamente dera certo.

 

O trajeto até o prédio fora feito em total silêncio. Enquanto Hinata olhava a bela madrugada de New York, Naruto dirigia com um sorriso de canto nos lábios. Apesar do silêncio a companhia um do outro era o bastante para aqueles corações orgulhosos.

 

Depois de meia hora já estavam no prédio, mas precisamente no elevador. Naruto impedira Hinata de caminhar pelo àquelas horas e sozinha, segurança é tudo.

 

Hinata já preparava-se para despedir-se o loiro, após saírem do elevador.

 

- Err.. Obrigada pela carona.

 

- Você quer entrar? - Hinata arqueou uma sobrancelha, surpresa com o convite. - Pra toar uma bebida? - Hinata sorriu timidamente, Naruto tentava ser gentil e ela sabia o quanto aquele desfile havia sido importante pra ele, pois sentia que ele.

 

O loiro abriu a porta de seu apartamento dando passagem para a morena hesitante que estava parada em frente a sua porta.

 

- Vamos, é só um drink. - disse o loiro, ele queria atrasar a despedida entre eles, pois àquela noite tudo estava indo tão bem. Ainda hesitante, Hinata entrou no apartamento do loiro. - Sente-se, eu vou preparar algo. - disse Naruto enquanto ia em direção ao mini-bar que havia em sua sala. Hinata em um os banquinhos do balcão do mini-bar. Há dois anos não entrava no apartamento do loiro, lembrou-se enquanto olhava o lugar.

 

- Vejo que não mudou a decoração.. - comentou.

 

- Verdade. Gosto do jeito que está. A cor do ambiente é ótima. - disse ele pegando algumas taças.

 

- Que bom. - sorriu. - Porque lembro-me que deu muito trabalho achar esse tom avermelhado que você inventou de última hora.

 

- Mas no final ficou ótimo. - retrucou sorrindo.

 

E era verdade a sala de estar não era exageradamente grande, ela era confortável. As paredes tinham um tom branco, mas em uma em especial tinha um tom avermelhado dando um destaque, esta ficava atrás do sofá de três lugares. Uma mesinha ficava ao centro da sala, sobre um tapete também vermelho e bem macio. Todos os móveis eram na cor creme, deixando o lugar mais alegre, tipicamente Naruto.

 

- Aqui. - disse o loiro entregando uma taça de champanhe gelado, a noite, ou melhor, a madrugada estava quente.

 

- Obrigada. - ela olhou a taça com o espumante, antes de bebericar um gole, apreciando assim o delicioso sabor.

 

Naruto estava encantado vendo-a ali com ele, e não estavam brigando ou indiferentes um com o outro. Decidiu que mereciam um brinde àquela noite.

 

- Um brinde ao nosso pequeno momento de fama. - sorriu com a taça a frente do corpo, erguida na altura do seu rosto.

 

- Um brinde a nossa idade que não afetou em nada ao nosso desfile. - disse Hinata com um tom divertido enquanto se levantava do banquinho e em seguida tilintava as taças.

 

- Esta se chamando de velha. - ele provocou-a com o mesmo tom de voz que o dela.

 

- Bobo. - disse ela rindo, o sorriso dela era encantador, ao menos à Naruto.

 

- “E a outros tantos homens.” - lembrou-se, e logo fez uma careta que Hinata não percebeu, pois estava saboreando a taça com champanhe.

 

- Estou falando a NOSSA verdade. - disse ela ainda na brincadeira, trazendo de novo a realidade, tirando-o dos desvaneio.

 

- Verdade?! Quanta bobagem. - disse ele rindo.

 

- Há dois anos atrás você não classificava assuntos relacionados a idade como meras bobagens. - a frase dita de maneira inocente fez Hinata perder o sorriso ao perceber o que havia dito.

 

- Eu mudei. - disse Naruto com a face séria e a voz um tanto amarga.

 

- Eu sei. - sussurrou Hinata, arrependida por ter tocado naquele assunto, seu olhar estava triste.

 

Nenhum deles sabia mais o que dizer ou agir. Eram tantas coisas que mereciam, precisavam ser ditas, que no final nada era realmente dito. Ms o que a boca não proferia, os olhos transmitiam. Saudade, medo, angústia, paixão, desejo,.. ternura, amor.

 

Após quase um minuto de silêncio torturante, o loiro pôs sua taça sobre o balcão, em seguida caminhou até a Hyuuga que mantinha seu olhar fixo ao chão. Ele estava de frente à Hyuuga, tirou-lhe a taça da mão delicada, pondo-a também sobre o balcão. Hinata assustou-se ao sentir o toque da mão do loiro na sua. Naruto tinha um olhar decidido, o que deixou Hinata meio hesitante, trêmula.

 

- Sinto saudades. - disse Naruto pondo um fim naquele silêncio. Os dois se olhavam, nenhum gesto ou palavra quebrava aquele contato visual.

 

- Do quê? - indagou Hinata, estavam tão confusa que não tinha certeza sobre o que exatamente o loiro responderia.

 

- De nós.. - ele respondeu de forma simples e direta, aproximando sua face à da morena.

 

- Naruto.. - ela estava muito confusa.. Tinham um passado.. E no presente eram como óleo e água, não podiam se misturar.

 

- Eu não ti esqueci. - confessou num sussurrou no ouvido da morena que estremeceu ao ouvir aquelas palavras e de um maneira tão sedutora, provocante.

 

Naruto percebeu o quanto ainda mexia com a Hyuuga e não deteve um sorriso ao comemorar o fato.

 

- Preciso saber. - ele continuava a sussurrar com a voz rouca.

 

- O-o q-quê? - ela praguejou em pensamento por estar gaguejando.

 

- Você sente saudades de nós? - ele perguntou se afastando um pouco da Hyuuga, porém mantendo-se à sua frente a olhando nos olhos.

 

- N-não so-somos mais dois j-jovens. - tinha que lembrá-lo, assim manteiam uma distância.

 

- Responda a minha pergunta. - queria saber a resposta real, e não uma desculpa que tirasse o foco daquela conversa.

 

Hinata ficou em silêncio, afinal o que deveria responder? Que sentia muito mais que saudades? Tinha medo de sofrer mais uma vez, pois de nada valeria aquela resposta do que trazer mais sofrimento para ambos os corações. Preferiu o silêncio enquanto baixava a cabeça tentando evitar o olhar suplico de Naruto. Porém sentiu o rosto sentiu o rosto sendo erguido com delicadeza e firmeza fazendo-a a encontrar novamente as safiras. Safiras e Pérolas mesclados a vários sentimentos.

Hinata o olhava hesitante, surpresa, sentindo a face corar de leve pelo intenso olhar de Naruto. Fechou os olhos antes antes que as lágrimas começassem a surgir.

 

Naruto a olhava com um olhar intenso, firme. Queria esquecer céu e mundo, mágoa e passado. Queria somente tê-la em seus braços. Queria sentir o doce dos seu lábios.

 

Hinata ainda mantia as orbes peroladas fechadas quando sentiu uma respiração quente chocar-se contra a sua pele, imediatamente abriu os olhos que se arregalaram ao ver o loiro tão próximo de si. Tentou recuar um passo atrás, mas foi detida quando sentiu o braço do loiro circundado um sua cintura. Sua respiração já começava a ficar descompassada. Naruto a puxou para perto de si, ele tinha um sorriso maroto nos lábios. O loiro se aproximou mais, enquanto Hinata ainda tinha suas orbes arregaladas e a respiração falha. Diferente de um dos pensamentos que penetravam Hinata, ele não a beijou, seus lábios seguiram outro caminho até Hinata sentir uma mordidinha de leve no lóbulo da orelha, seguida de mais um sussurro.

 

- Nós queremos isto. Não negue. - Hinata estremeceu, de novo aquela voz rouca, provocante. A Hyuuga por dois segundos esquecera de respirar sentindo os lábios do loiro roçarem levemente na curva de seu pescoço. Tortura.

 

A respiração cada vez mais descompassada, o olhar do loiro novamente direcionado a ela, fazendo-a se perder entre o certo e o proibido. O que fazer agora?

 

Fechou os olhos tentando controlar a respiração, porém seus planos foram derrotados ao sentir os lábios do loiro. Selinhos que a provocavam, induziam-na a aprofundar aquele contato. Aquilo já estava fora de seu controle, constatou, enquanto enlaçava seus braços no pescoço do loiro, aprofundando assim o beijo. O beijo doce, molhado, intenso. Tão aguardado e necessitado por seus corpos.

 

Naruto a puxou para mais perto de si, colando seus corpos sem interferir no beijo. Eles caminharam em meio a desiquilíbrios até o sofá, onde por mais um desiquilíbrio, ou simplesmente intencional, eles caíram no sofá de três lugares. Naruto sobre Hinata. O maldito ar já estava no fim, mas o desejo entre eles parecia somente aumentar. Naruto desceu o beijo para o queixo, onde dera uma leve mordidinha. Enquanto Hinata tinha a respiração arfante. Como era bom sentir aquele desejo mutuo, mas dentro de si uma vozinha a lembrava que aquilo não deveria acontecer.

 

- “O que fazer?” - se perguntava sentindo aqueles lábios avermelhados provando sua pele e mãos ágeis envolta de seu corpo.

 

Naruto descia aos poucos os beijos, e leves mordidinhas formando uma trilha pela boca, queixo, pescoço e ombro. Suas mãos já desciam a alça da blusa, enquanto Hinata aos poucos se rendia entre os gemidos abafados provocados pelas caricias que recebia do loiro. Ambos queriam aquele momento há tempos em silêncio e agora estavam se entregando ao desejo comprimido.

 

- Na-Naruto.. Pa-pare.. - pediu Hinata com muito esforço.

 

Naruto ficava cada vez mais empolgado por ouvir seu nome entre os soluços de desejos da Hyuuga, e não esperava que ela lhe pedisse para parar. Logo afastou os lábios da pele alva e fitou as lindas orbes da mulher à sua frente.

 

- N-Não podemos. - Hinata estava arfante.

 

- Por quê? - a voz de Naruto estava rouca de desejo.

 

- Não quero repetir o passado.

 

Aquilo foi um choque ara o loiro. Então esse “não quero repetir o passado”, se referia que o amor realmente não mais existia entre eles? Por mais racional que fosse, estava agindo por somente extinto?

 

- Então se retire imediatamente do meu apartamento. - Naruto estava com voz a fria, parecia realmente furioso.

 

- Naru.. - Hinata queria que ele a entendesse, mas nem ela mesma se entendia. E o loiro não queria ouvir seus argumentos.

 

- Agora. - ordenou.

 

Hinata se levantou do sofá, ajeitando o vestido e pegando suas sandálias, que havia tirado antes de entrar no elevador. Antes de ir olhou Naruto mais uma vez e sentiu um aperto no peito como da vez em que terminara com o loro, porém preferiu tentar ignorar isso e ir para o seu apartamento tomar um banho bem gelado e esquecer, mais uma vez tinha que esquecer o loiro.

 

 

 

 



Notas finais do capítulo

Espero que tenham gostado.. ;P
Podem deixar reviews me xingando se quiserem..
Mas eu quero reviews, heein?
Vocês vão amar o próximo capitulo, garanto..
Mas só posto se o capitulo 8 tiver 15 reviews.. ;P