A New Life 2.0 escrita por L Angels


Capítulo 7
Capítulo 07 - Primeiro confronto.


Notas iniciais do capítulo

IT'S TIME...




** PDV Cameron

 

 

 

Estava indo para a aula, mas por algum motivo a Selina fez questão de que eu á esperasse para que fossemos para a sala juntos, não entendi muito bem porque ela fez isso, ela nunca tinha feito isso antes. Mas é claro que eu não me importei nem um pouco afinal que diferença faz entrar na sala sozinho ou acompanhado?

Assim que chegamos olhei para o Zach e ele fez uma cara de reprovação para a Selina, não entendo porque meus amigos odeiam tanto minha namorada. Tudo bem que ela é meio mimada e controladora as vezes, mas fora isso nunca vi ela fazendo nada de mais, que garota não tem meus momentos de maluquice?

Como a sala estava cheia, resolvi sentar no fundo longe da Selina. Até porque ela e as amigas nunca param de falar, e é impossível prestar o mínimo de atenção na aula com tanta fofoca rolando.  

É claro que ela protestou um pouco, ela sempre reclama quando eu não sento perto dela, mas no fim cada um sentou no seu canto.

Se tem uma coisa que eu não gosto no meu nome é que ele é um dos primeiros da chamada, e depois que eu respondo tenho que esperar um ano até que todos respondam também. Eu estava concentrado em fazer uma torre com minhas canetas esperando a chamada acabar, quando o professor chamou um nome, Sophia Albuquerque eu conheço esse nome, mas não pode ser quem eu estou pensando, a irmã do Bernardo na minha sala?

Comecei a olhar em volta para ver se alguém respondia, na minha frente nada, mas quando olhei para traz vi uma garota levantar a mão calmamente, bem ali, na carteira atrás de mim.

Olhei bem no fundo dos olhos dela, e realmente tinha alguma coisa familiar nela. Não tenho duvidas de que ela é a irmã do Bernardo, eles são muito parecidos, claro que ela é muito mais bonita, até porque eu não acho nenhum marmanjo bonito.

Sorri tentando ser simpático. Eu até queria falar alguma coisa, mas não conseguia pensar em nada, o que se diz para uma pessoa que você não vê á 10 anos? “Oi! Como você cresceu!?” Não... Isso parece a minha vó falando...

Enfim...  Antes que eu pudesse falar qualquer coisa, ela olhou para a minha cara e começou a jogar as coisas dela na mesa do Zach, me dando as costas logo em seguida.

 

— Troca de lugar comigo? Por favor! - Ela pediu e o Zach se derreteu todo.

— Claro Sophi, sem problemas. - Ele disse pegando as coisas e mudando de lugar com ela.

 

Sério isso? Trocar de lugar? Ela não gosta tanto assim de mim que tem que trocar de lugar com o meu amigo? Bom... Fique ela sabendo que ter fugido só me deu uma vontadezinha de provocar, virei minha cadeira de frente para o Zach e foquei em encarar a Sophia em quanto conversava com ele.

 

— Iae cara. – Cumprimentei o Zach.

— Iae Cameron... Tudo bom? – Ele perguntou enquanto colocava as coisas em cima da mesa.

— Tudo e com você? – Devolvi a pergunta.

— To ótimo. - Ele sorriu e olhou para trás discretamente.

 

Sério Zach? Você acha mesmo que está sendo discreto? Porque não tá!

 

— Era da Sophia que você tanto falava ontem? – Perguntei curioso.

— Era sim... Por quê? – Ele perguntou sem entender.

— Ela é a irmã do Bernardo cara. Já te contei àquela história que nossas famílias não se dão bem e tudo mais né? – Dei de ombros.

— Já sim... Então ela que é a irmã do Bernardo? Faz sentido, eu bem que achei ela familiar, eles são parecidos... – Ele disse assimilando as coisas.

— Pois é... – Concordei.

— Bom... Parece que ela leva a rincha das famílias a sério. – Ele disse fazendo uma cara estranha.

— Como assim? - Perguntei confuso.

— Cameron... Você sorriu pra garota e ela pediu pra trocar de lugar comigo. Você acha mesmo que eu não percebi? Ta na cara que ela te odeia. - Ele me fez pensar.

— É... Mas isso é ridículo. – Respondi meio irritado.

— Isso é uma pena porque a Sophi é de mais, você não faz ideia. Ela chegou ontem na escola já botando mó banca, ela é maluca! – Ele começou a falar.

— Tá bom Zach, eu já entendi. – Bufei.

— Não, você não entendeu. Ela te odeia e odeia a sua namorada também. Você não vai conseguir nem chegar perto dela. – O Zach riu.

 

Ele começou a falar sem parar, mas eu já não estava escutando mais nada. Não entendo porque a Sophia me odeia, ou porque ela odeia a Selina, ela não nos conhece. Isso não faz sentido! Ela odiar uma pessoa por causa de uma brincadeira de criança, ou porque a porcaria do avô dela era maluco? Ninguém me odeia, eu sou um cara legal...

Não sei ao certo porque isso está me incomodando, mas eu sei que está me incomodando bastante, não quero ninguém me odiando, muito menos a Sophia, poxa eu conheci ela antes mesmo de conhecer os meus melhores amigos...

 

— Cameron!! - Fui despertado por um belo tapa na testa.

— Mas que merda! Você está maluco? - Perguntei assustado.

— Você não estava escutando nada do que eu falei né? Aff... Vira pra frente ai! Vamos fazer a lição... – O Zach respondeu irritado.

 

 

 

** PDV Sophi

 

 

 

O Resto do dia até que passou bem rápido, a última aula mal tinha acabado e a maioria das pessoas já estavam saindo da sala. Mas eu só comecei a arrumar minhas coisas quando o sinal já tinha batido, ainda não peguei o ritmo das aulas direito, eu não estou acostumada a estudar em inglês, muitas vezes eu tenho que fazer algumas anotações em português para não esquecer.

O Zach e as meninas já tinham saído da sala e quando olhei para a minha frente o Cameron já tinha guardado as coisas dele, mas estava encostado na mesa olhando as pessoas saírem da sala. Tentei enrolar o máximo possível para ver se ele saia logo da sala, mas como sempre foi uma péssima ideia.

Eu tenho que entender que o universo não está do meu lado, todas as pessoas saíram da sala menos ele. Ele estava me esperando, que legal.... Você é um gênio em Sophia.

Eu não estava me sentindo nem um pouco a vontade ali no mesmo ambiente que aquele idiota. Resolvi tentar sair o mais rápido que eu conseguisse para ver se ele não conseguia me acompanhar. Fechei minha mochila bem devagar, e do nada eu passei por traz da mesa onde ele estava encostado.  

 

— Ei... Espera. - O Cameron disse me puxando pelo braço.

 

Eu não entendo. Como ele fez isso? Eu tinha certeza de que ele não estava olhando. Na minha mente estava tudo certo, eu ia passar pelas costas dele e pronto...

 

— Que foi? - Falei com uma cara de poucos amigos em quando ele segurava, estávamos penas por uma mesa de distancia. 

— Quanto tempo em... 10 anos. – Ele riu e eu continuei séria.

— Acho que você está me confundindo com outra pessoa. Eu não te conheço. Será que dá para me soltar? – Tentei soltar o meu braço, mas ele era mais forte que eu.

— Claro que você me conhece Sophia. Isso não vai funcionar, você não me engana. – Ele disse com segurança e eu bufei.

— É... Você tem razão! Infelizmente eu te conheço, mas preferia não ter conhecido! – Disse rude e ele ficou sério.

 

Minhas palavras acertaram o Cameron como um soco no estomago, pude ver nos olhos dele que ele não esperava por essa. Aproveitei o momento e tentei me soltar novamente, dessa vez ele não me impediu.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "A New Life 2.0" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.