Love Of Friends, Love Of Lover.. escrita por Angelzinha, Angelzinha2


Capítulo 7
Capítulo 7- Shopping e.. amigo novo!! Parte 2


Notas iniciais do capítulo

Yoooo amores!! Estou aqui com mais um capítulo... não tenho muito o que dizer u.u só espero que gostem!!
Ps: Capítulo de presente de Ano Novo!! ( Principalmente para os fãs do casal mais lindo do Naruto!! Não posso dizer muito senão perde a graça, mas hoje as coisas voltam um pouco ao normal!! XD) Boa leitura!!




Capítulo anterior:


"Conversamos durante um tempo, o pessoal perguntou de onde ele era, o que veio fazer aqui e talz, aquelas típicas perguntas que sempre fazemos quando conhecemos alguém. Depois de um tempo ele já havia se agrupado, e parecia que já conhecia todos a muito tempo.


–Gente, vamos no cinema?- Tenten perguntou.


–É mesmo! Vamos?- Ino perguntou alegremente. Todos concordaram.


–Vem com a gente Kai.- Eu o chamei.


–Se eles não se importarem..- Ele disse olhando para o pessoal.


–Claro que voce pode vir com a gente! Vamos antes que perdemos a próxima sessão!- Naruto disse sorrindo.


Nós fomos assitir um filme de terror, eu e as meninas não queria, mas acabamos cedendo. O cinema estava lotado, tinha poucos lugares desocupados. Ino e Gaara sentou na parte de cima, Temari e Shikamaru sentou mais para o meio, Tenten e Neji embaixo, eu, Kai, Sasuke, Hinata e Naruto sentamos na fileira do meio. Hinata sentou do lado de Naruto, e eu sentei entre Kai e Sasuke."


........................................................................................................................................


O filme verdadeiramente era de terror! Tinha cenas muito fortes, e eu estava morrendo de medo, Kai percebeu isso, e pegou na minha mão. Eu me senti melhor segurando a mão dele, mas eu queria estar segurando a mão de Sasuke. Era sempre ele quem me acalmava quando eu estava com medo..


Finalmente o filme tinha acabado, fomos para a praça de alimentação. Lanchamos e cada um foi para um rumo. Eu peguei o telefone de Kai, e passei o meu. E fui embora sozinha e a pé, minha casa não era muito longe, e eu precisava ficara sozinha.


Eu estava em lugar que parecia uma praça/parque. Tinha bastante árvores e era quase deserta. Era bem bonita, mas não tinha ninguém. Mas mesmo não tendo ninguém,eu tinha a imprenssão que sentia a presença de alguém por perto. Eu não liguei muito a sensação, e continuei seguindo o meu caminho, até que derepente um cara saiu de trás de uma árvore.


–Me passa a bolsa e tudo o que voce tiver de valor!- O cara falava e eu me desesperava.


–Toma.. Mas eu não tenho mais nada de valor..- Eu disse quase chorando.


–Me passa suas pulseiras, brincos, anéis, e tudo o que voce tiver!- Eu passei só meus brincos.


–Eu só tenho isso..


–É pouco! Uma patricinha cheia de grana como você deveria ter mais!


–Mas eu só tenho isso..- Eu disse entrando em desespero.


–Mas bem que você poderia me dar mais..- Ele disse me olhando maliciosamente de cima em baixo.


–Por favor me deixe ir agora..


–Não, voce ainda será bem útil..- Ele disse sussurrando em meu ouvido e se aproximando de minha boca. Nessa hora eu gelei, até que alguém chegou por trás dele.


–Você não vai encostar nela!- Disse dando uma paulada no cara. Eu conhecia muito bem aquela voz.


–Sasuke!


–Sai daqui de perto.- Eu só fiz um sinal positivo com a cabeça e me afastei um pouco.


Sasuke começou a dar murros e chutes no cara. Apesar do cara já estar bem machucado, ainda consegui dar um murro no Sasuke, quase morri do coração nessa hora. Mas o cara já estava bem fraco, Sasuke deu mais um murro nele. Ele caiu no chão, e Sasuke finalizou com mias uma paulada e ele desmaiou. Nessa hora eu corri e abracei Sasuke.


–Voce está bem?- Sasuke perguntou ofegante.


–Estou.. Você machucou a boca..- Eu disse preocupada, olhando um fio de sangue escorrendo no canto da boca dele.


–Isso não é nada. O importante é que voê está bem.- Ele disse me abraçando mais forte e dando um beijo na minha testa.


–Obrigada Sasuke! Eu não sabia o que seria de mim se você não tivesse aparecido..- Eu disse quase chorando.


–Eu só protejo quem eu gosto de verdade. Agora vamos antes que ele acorde e eu mate ele!- Ele disse olhando o cara com raiva. Ele pegou minha coisas que estavam no chão, me entregou e fomos embora. Cheguei em casa minha estava na sala.


–O que aconteceu minha filha? Você estava chorando?- Minha mãe veio até mim preocupada.


–É que eu fui assaltada..- Eu disse meia hesitante. Eu sabia como ela reagiria.


–O QUE? COMO FOI? ONDE? TE FIZERAM ALGUMA COISA?- Ela se desesperou, e começou a me olhar procurando algo.


–Não. O Sasuke apareceu na hora e me ajudou.


–Que bom que ele apareceu!- Ela disse me abraçando como se o mundo fosse acabar.


–Mãe, vou subir e tomar banho..


–Então vá que eu vou fazer um chá para você ficar mais calma.-( Para mim ficar mais calma? Ela quem está precisando.. ¬¬) Subi, tomei um banho, vesti uma roupa e desci.


–Mãe, vou na casa do Sasuke.


–Ta bom. Juízo hein?!- Ela disse com um sorriso malicioso.


–Mãe! Eu só vou lá fazer um curativo nele, que ele se machucou um pouco.


–Está bem filha.


Fui, parei na porta da casa dele, e toquei a campainha. Itachi quem atendeu.


–Oi princesa!- Disse sorrindo.


–Oi Itachi.- Eu fui curta e grossa.- O Sasuke esta aí?- Eu disse entrando.


–Está. Mas porque voce insiste em preferir aquele gay?


–Itachi, ponha na sua cabeça, que eu e o Sasuke somos APENAS amigos!


–Ta bom, não precisa ficar irritada. E eu, posso ser mais que um amigo?- Disse com um sorriso malicioso se aproximando de mim.


–Já estou aqui Itachi. Não precisa ficar dando em cima dela.- Ele disse sério descendo as escadas.


–Larga de ser egoísta! O que custa dividir ela comigo?- Disse maliciosamente. Isso fez meu sangue ferver! O que ele pensa que eu sou para falar de mim assim?


–Não sou do seu tipo!- Eu disse dando um tapa na cara de Itachi.- Ah, e só para lembrar, nunca mais fale assim de mim!- Eu subi com os Sasuke, e o Itachi ficou com a maior cara de bunda.


–Você fez muito bem com o Itachi.- Ele disse com um sorriso vitorioso.


–Eu só o coloquei no seu devido lugar.- Eu disse indiferente.


–O que isso?- Ele disse olhando para as minhas mãos.


–É meu kit de primeiro socorros.


–Você tem um kit de primeiro socorros?- Ele disse com uma sobrancelha levantada.


–Na verdade não..- Eu disse pensativa.- Mas roubei esse no armário do banheiro da minha mãe. Vim fazer um curativo em você.


–Não precisa. Não machucou muito.


–Precisa sim! Senta aí.- Eu disse apontando para a cama dele.


Ele se sentou, eu passei um remédio primeiro ele gemeu um pouquinho porque ardeu, e eu só fiquei rindo dele, e ele ficou bravo comigo. E para finalizar coloquei um curativo.


–Sasuke..- Eu disse me sentando do lado dele.


–O que?


–Quero te pedir desculpas por aquele dia..- Eu disse abaixando a cabeça.


–Não.- OOOO QUEEE? Eu peço desculpas e ele diz que NÃO? Filho duma mosquita!(?)


–Eu sei que eu fui muito infantil fazendo aquilo mas..- Ele colocou o dedo indicador na minha boca, dando sinal para mim ficar calada e me abraçou.


–Eu é que tenho que pedir desculpas. Não devia ter feito aquela brincadeira com você.


–Então você não ficou com raiva de mim?


–Não. Porque eu ficaria?- Ele perguntou com uma sobrancelha levantada.


–Voce ficou estranho.. Nem falava comigo direito..


–Eu fiquei com medo de você ainda estar com raiva de mim.- Ele disse olhando para o chão.


–Na hora eu fiquei mesmo com raiva. Mas depois fiquei muito triste...


–É eu sei.


–Como voce sabe? Nossa! Agora voce lê mente? Me ensina pooor favooor?!- Eu disse meio suplicando.


–Não. É que eu vi você chorando naquela noite.


–Hum.. voce ficou me espionando?- Eu disse saindo dos braços dele.


–Não. Quer dizer.. Mais ou menos..- ele disse com um sorriso de lado.


–Sem graça!- Eu disse rindo e dando um tapa no braço dele.


–Você não sabe o que eu senti quando te vi chorando. Me senti o cara mais idiota do mundo.. Te fiz chorar sem necessidade.. - Ele disse passando a mão no meu rosto.- Me perdoa?


–Não precisa pedi perdão..- Eu disse com olhos marejados e uma lágrima escorreu.


–Preciso sim. Ei, não precisa chorar..- Ele disse dando um sorriso fraternal ele limpando minha lágrima.


–Desculpa eu estar chorando, mas é que eu sou uma bobona.- Eu disse fitando o chão.


–Não.- Ele disse levantando o meu rosto.- Voce é linda..- Ele disse se aproximando, eu podia sentir a respiração dele. Fechei os olhos e senti ele tocar meus lábios. Quando percebi o que estava acontecendo, me afastei.


–Er.. desculpa..- Ele disse sem graça.


–Acho melhor eu ir. Boa noite..- Eu disse saindo sem olha-lo.


Desci e minha sorte era que a sala estava vazia. Fui para casa e subi direto para meu quarto. Tomei um banho e vesti uma roupa leve, e fui dormir. E adivinhem com quem eu sonhei.. Isso mesmo que voces devem estar pensando. SONHEI COM O EMO! Não sei se era um sonho ou pesadelo, porque sonhei com o selinho que ele me deu. AH É! Esqueci de lavar minha boca com com água sanitária! (Inner: Avá! Vai me dizer que você não gostou?/ Sakura: Não, eu não gostei!/ Inner: Ah é, voce não gostou, você adorou neh?/ Sakura: Eu já disse que não gostei e pronto! E o selinho não significou nada porque somos só amigos!/ Inner: Não foi isso que vi na hora../ Sakura: Hum.. Boa noite e me deixe em paz!/ Inner: Estão vendo? Eu falo a verdade e ela me põe para correr! T.T/ Sakura: Pára de ser dramática! Boa noite!¬¬)


Fiquei pensando no que a chata da minha Inner disse. Será que não signifcou nada mesmo? Ah, com certeza não. Ainda mais se tratando de Sasuke Uhiha.. Tirando o Itachi , o Sasuke fica sendo o maior galinha que eu já conheci. Bom, vou dormir que dá mais futuro do que ficar pensando naquele emo!



Notas finais do capítulo

E aí, gostaram da reconciliação?? Rsrs
Ficou meio melodramática neh?! Mas eu pelo menos até que gostei.. espero que voces tambem tenham gostado!! Deixem reviws com sua opinião ok?! Até o próximo!! Kisses ^.~