Love Of Friends, Love Of Lover.. escrita por Angelzinha, Angelzinha2


Capítulo 28
Capítulo 28- Chapter 28


Notas iniciais do capítulo

Yooooooo amores da minha vida!^^
Mais capítulo que acaba de sair do forno! XD
Haha'
Dessa vez nem demorei ú.u
Good reading! :D




 Capítulo anterior:

"-Boa noite gato.- Ela disse se aproximando mais de mim.

-Boa noite.- Respondi indiferente.

-Então, quer me acompanhar em alguma bebida?- Ela disse se insinuando. Não gostava de mulheres oferecidas, e já iria dar um jeito de sair de perto dela, mas quando fui ver, todos já tinham saído e nos deixado sós. Olhei para o lado, e Sakura estava conversando animadamente com Kayto. Balancei a cabeça positivamente para a loira, e fomos para o barzinho mais próximo. Pedimos nossa bebida, e ela começou a falar sobre coisas banais. Não estava dando muita atenção á ela, só concordava com algumas coisas, e ás vezes falava meu monossilábico "hum". Minha atenção estava voltada mais para uma garota de cabelos róseos, que sorria abertamente para aquele cara que dizia ser meu primo.

-Então, posso?- A loira perguntou, e eu não fazia ideia do que ela estava falando. Apenas balancei a cabeça positivamente, e senti ela selar nossos lábios rapidamente. Fiquei meio sem reação na hora, pois fui pego de surpresa. Lembrei de Sakura e Kayto conversando animadamente, e com raiva, retribui o beijo. Mas a imagem de Sakura veio à minha mente. E flash backs de nosso passado, nossas brincadeiras e todos os beijos, passou na minha cabeça rapidamente, fazendo me separar da loira imediatamente.- Não gostou, gato?- Ela perguntou com um sorriso malicioso.

-Não.- Disse friamente. Olhei para a direção em que Sakura e Kayto estava antes, e eles não estavam mais lá. Aquilo me deixou com um mal pressentimento. Kayto queria Sakura, e aquilo estava na cara. E o que eu faria agora?

Agora mais do que nunca sei que preciso dela, e não sei se suportaria vê-la com outro cara. Mas sei que ela pode não corresponder, o que me desanima. Mas tenho que fazer algo, antes que Kayto consiga primeiro."

................................................................................................................................................................................................................

Sakura Pov's

 

O que eu pensava que estava fazendo? Achava que um beijo com um quase desconhecido iria resolver meus problemas? Eu deveria estar pirando de vez. Me afastei de Kayto rapidamente, e saí sem nem olhar para trás. Ouvi ele me chamando, mas ignorei. Precisava de respirar ar puro, e foi o que fiz. Saí me esgueirando entre as pessoas que dançavam, e fui em direção da saída.

Quando estava na calçada, respirei fundo. Começei a pensar em tudo o que aconteceu até agora, dos anos de faculdades que se basearam somente em estudar e pensar em Sasuke. Pelo visto eu tinha perdido meu tempo achando que quando eu voltasse, tudo se resolveria. Eu realmente tinha me apaixonado pelo cara errado. Isso que dar ser burra! Esse é o preço pago por você se apaixonar pelo seu melhor amigo! Se apaixona, sofre durante anos, e ainda é obrigada a ver ele com outra..

-Sakura!- Saí dos meus desvaneios quando ouvi alguém me chamando. Me virei, e era Kayto.- Olha, me desculpe. Eu não deveria ter me aproveitado do seu momento de tristeza..- Ele disse com um olhar arrependido.

-Não, tudo bem Kayto. A culpa não foi sua. Eu que deveria largar de ser boba..- Disse respirando fundo.

-Você não é boba, apenas não se apaixonou pela pessoa certa.- Ele disse com um sorriso meigo. Respondi com um sorriso fraco. Ele se aproximou mais de mim, e pegou minha mão.- Você acredita em amor à primeira vista?

-Acho que nem acredito mais no amor..- Disse com um sorriso triste.

-Pois eu acredito. E acho que é uma ironia do destino, porque acabei me apaixonando justamente pela garota que é apaixonada pelo meu primo.- Ele disse com um sorriso fraco.- Sakura, você pode me achar louco, mas me apaixonei desde a hora em que te vi entrar naquele avião.- Ele disse acariciando minha mão.

-Eu.. eu não sei nem o que te dizer..- Disse olhando para o chão, sorrindo sem graça.

-Diga apenas que me dá uma chance. Quero te mostrar que o amor realmente existe, e que você pode ser muito feliz se tiver ele.- Ele disse, e eu fiquei calada, refletindo o que ele disse. Na verdade eu estava confusa, não sabia nem o que pensar direito. Estava triste pelo o que aconteceu, mas eu não podia sair ficando com qualquer por um momento de fraqueza.

-Olha Kayto, você me pegou de surpresa, e... bem... eu não esperava nada disso. Não quero que você fique chateado comigo, mas não sei se isso é uma boa ideia. Não quero te usar para esquecer o Sasuke.

-Só uma chance Sakura. Você não vai estar me usando, sei o que eu estou fazendo.- Ele disse convicto.

-Então..- Eu disse pensando no que eu iria falar.- Você me dá um tempo? Preciso pensar, colacar as ideias no lugar..

-Todo o tempo que você precisar.- Ele respondeu sorrindo.

-Está bom. Acho que vou embora, não estou mais no clima para ficar aqui.

-Posso te acompanhar?

-Não. Obrigado, mas quero ir sozinha.

-Tudo bem então. Se cuida.- Ele disse me dando um beijo na testa. Fui para perto da rua, e pedi um táxi. Aquela noite com certeza não tinha sido nada legal. E eu não sabia o que responder à Kayto. Uma parte dizia para aceitar, e tentar ser feliz com ele. Outra gritava dizendo que isso seria mais uma burrada minha. Que eu amava Sasuke, e ficar com Kayto seria uma enganação tanto para mim, quanto para ele. Aquilo estava me deixando cada vez mais confusa.

................................................................................................................................................................................................................

 

23: 15, casa dos Uchihas

 

Sasuke chegou em casa, e subiu diretamente em direção de seu quarto. Passou em frente ao quarto de Kayto, e luz estava acesa. Resolveu bater, e ver se Kayto já havia chegado.

-Ah, você.- Kayto disse com indiferença, assim que abriu a porta.

-O que você fez com a Sakura?- Sasuke tentou esconder sua irritação, o que ficou bem explícito em sua voz.

-O que eu fiz?- Kayto perguntou com uma risada irônica.- Você deveria perguntar isso para si mesmo, não acha?

-Do que você está falando?- Sasuke perguntou confuso.

-Não sei. Talvez do fato de você ter magoado sua melhor amiga hoje.

-Não fiz nada com a Sakura.

-Não diretamente.- Kayto disse, e viu a expressão de Sasuke ficar mais confusa.- Ela te viu com aquela loira.

-Droga.- Sasuke disse passando a mão pelos cabelos impaciente.- Ela disse alguma coisa?

-Não se preocupe priminho, já consolei ela.- Kayto respondeu com um sorriso de lado.

-Olha aqui, se você encostar em um fio de cabelo dela novamente, está morto.- Sasuke disse tentando controlar sua irritação.

-Isso é uma ameaça?- Kayto perguntou com uma sobrancelha levantada.

-Entenda como quiser.

-Pois saiba que eu não tenho medo de você. Você não a valorizou antes, então agora se conforme.

-Você não sabe de nada!- Sasuke disse irritado.

-Sei o suficiente para te dizer que você não a merece.

-Não pense que você vai conquistá-la da noite para o dia. Você não conhece a Sakura.- Sasuke disse com um sorriso de lado.

-Não me interessa o tempo que vou levar. Só quero que entenda uma coisa: ela vai ser minha.- Kayto disse convicto.

-Isso é o que veremos.- Sasuke disse saindo eu direção do seu quarto.

Entrou em seu quarto, e olhou em direção à sacada de seu quarto, com a esperança de encontrar a porta da sacada do quarto de Sakura aberta. Viu que estava fechada, mas sabia que ela não estava dormindo. Dava para ver uma luz bem fraca, através das finas cortinas. Pegou seu celular, e ligou para o de Sakura, mas chamou até cair.

.................................................................................................................................................................................................................

Sakura Pov's

 

Estava em meu quarto, pensando na vida e jogando o jogo da cobrinha no meu celular. De repente sinto meu celular vibrar, e fico muito irritada. Quem era o ser que ousava me artomentar durante um momento tão importante?(?)

O nome de Sasuke apareceu no visor, e senti meu coração disparar, e uma irritação tomar conta de mim. Se ele achava que eu iria atender, ele estava muitíssimo enganado!

Deixe o celular tocando, até que parou. Quando pensei que ele tinha desistido, o celular começou a tocar novamente. E assim foi mais umas cinco vezes seguidas. Será que ele não ia desistir? Já sem paciência, desliguei o celular, e fui tentar dormir.

.................................................................................................................................................................................................................

Sasuke Pov's

 

Tentei ligar 7 vezes, e nada dela me atender. Quando fui tentar na oitava vez, caiu na caixa de mensagem. Ela tinha desligado o celular. Garota cabeça dura! Mas eu não iria desistir assim tão fácil. Amanhã mesmo vou tentar falar com ela novamente.

Depois de tentar planejar algo para conseguir falar com ela, acabei pegando no sono. Tive um sonho muito confuso, em que ela dizia que nunca gostou de mim de verdade, e que amava Kayto. No sonho ela também dizia que iria voltar para Londres, porque Konoha só trazia aborrecimento para ela. Acordei tentando me convencer que aquilo era apenas um sonho, mas algo me dizia que era um aviso. Depois disso não conseguir mais dormir, tentando achar uma forma de solucionar isso.

O despertador tocou às 06:00, mas eu já estava de pé a um bom tempo. Já tinha me arrumado para o trabalho, e estava sentado de frente para o quarto de Sakura, esperando ela abrir aquela maldita porta. Fiquei quase uma hora esperando, e nada. Resolvi descer e tomar café da manha, pois me atrasar para o trabalho não seria uma boa ideia.

Kayto ainda não tinha levantado, o que era muito bom. Não queria ver aquela cara sínica dele logo de manha, me causaria indigestão. Fui para a garagem pegar meu carro, e nenhum sinal de Sakura. Fui para a empresa inconformado, precisava falar com ela, mas com ela me evitando, estava complicado.

Quando cheguei na empresa, subi direto para minha sala, sem cumprimentar ninguém. Não estava com paciência para ouvir puxações de saco, e reclamações. Cheguei perto de minha sala, e Sayu me lançou um olhar malicioso. Não gostava do jeito dela, mas infelizmente não conseguia encontrar alguma pessoa eficiente para acupar o cargo de secretária.

-Bom dia senhor Uchiha.- Ela disse com aquele voz de "taquara rachada", como Sakura diria se estivesse aqui. Sakura.. como precisava ela me ouvisse.

-Bom dia.- Respondi seco, e fui para a minha sala. Olhei a papelada que estava sobre minha mesa, e suspirei. Eu teria um dia cheio. Olhei para meu celular sobre a mesa, e acabei tento uma ideia. Sem pensar duas vezes comecei a digitar uma mensagem.

"Sakura, sei que está chateada comigo, mas preciso muito falar com você. Você não quis me atender ontem, por isso pensei em te enviar essa mensagem. Se puder, por favor, me encontre hoje no parque da cidade às seis da tarde. Tenho muita coisa para te falar, então por favor me dê essa chance. Se mesmo depois disso, você quiser se manter afastada tudo bem, mas primeiro ouve o que eu tenho a te dizer. Espero te encontrar lá."



Notas finais do capítulo

E então, o que acharam? >.<'
Será que a Sakura vai se encontrar com Sasuke-kun? O que será que ele vai dizer? Será que ela vai ouví-lo? Só lendo próximo para saber XD
Me digam como esse ficou, e se quiserem, me deem ideia para o próximo, que será o capítulo FINAL T.T
Nos vemos nos review^^
Kisses♥