Love Of Friends, Love Of Lover.. escrita por Angelzinha, Angelzinha2


Capítulo 27
Capítulo 27- The reason


Notas iniciais do capítulo

Yooooo people! :D
Aqui estoy, e dessa vez nem demorei muito :D
Só demorei 19 dias, 5 horas e alguns minutos(?) ú.u
Bem, no capítulo anterior teve um erro GRAVÍSSIMO, mas não foi por minha culpa. O Nyah tah com mania de me sacanear na hora que eu toh postando os capítulos. Eu posto TUDO BONITINHO, aí quando vou conferir o capítulo, tem um monte de parágrafos com a ordem trocada. E isso aconteceu no último, eu postei, e um parágrafo foi repetido no finalzinho do capítulo, o que confundiu muitos leitores.. --'
Espero que perdoem esse erro, e prometo que não vou mais deixar acontecer >.<'
Bem, muito obrigado pelos reviews lindíssimos, que me animaram a continuar a fic^^
Chega de enrolação neh? Good reading! :D
Ps: Esse capítulo é o capítulo anterior, em Sasuke Pov's, beleza? =)




Música para capítulo:

http://www.kboing.com.br/hoobastank/1-200940/

Tradução(Para quem quiser :D):

http://letras.mus.br/hoobastank/82303/traducao.html

Obs.: Não levem em consideração toda a tradução. Ela não tem muuito haver com o capítulo, mas tem bastante haver com tudo o que já aconteceu na fic =)

........................................................................................

Capítulo anterior:

"-Você também é muito bonita, sabia?- Ele disse pegando na minha mão. Eu olhei para o lado, para disfarçar um pouco, e de repente me deparei com uma cena que me tirou o chão. Sasuke estava beijando a garota do decote. Aquilo realmente me doeu, não esperava por aquilo hora nenhuma. Kayto seguiu meu olhar, e ficou com a expreessão dura. Comecei a sentir uma enorme dor no peito, e uma vontade imensa de chorar. Meus olhos já estavam marejados, mas eu não queria chorar. Mas infelizmente senti uma lágrima teimosa descer por meu rosto, e logo senti alguém levantá-lo. Era Kayto, ele me olhava sério, mas com um olhar intenso de carinho e compaixão.

-Ele não merece suas lágrimas.- Ele disse limpando as lágrimas que insistiam em descer.- E também não merece seus sentimentos.- Ele disse fazendo um carinho em meu rosto. Fechei os olhos, e senti mais lágrimas escorrerem, e logo depois senti meus lábios serem selados. De início foi apenas um selinho casto, mas depois de um tempo ele pediu passagem para a lingua, e eu concedi sem hesitar. Eu sei que estava errado aquilo. Eu mal o conhecia, sabia apenas seu nome, e que ele era primo de Sasuke, mais nada. Mas apesar disso, naquele momento não queria pensar nisso, só queria aquele momento. Queria esquecer a cena que eu tinha acabado de ver, e se possível, esquecer de Sasuke também."

.....................................................................................................................................

Sasuke Pov's

         Estacionei o carro na garagem, e entrei em em casa. O cansaço me consumia, mas eu estava satisfeito. Tinha conseguido mais um contrato para a empresa, o que deixava todos na empresa felizes. Mas o que mais me deixava satisfeito era saber que hoje uma certa garota de cabelos rosados chegaria. Tinha que adimitir, estava ansioso para vê-la. Estava com certo receio, tinha medo dela ter mudado e talvez se esquecido de mim.

         Entrei em meu quarto, e vi uma movimentação estranha no quarto de Sakura, me aproximei da sacada sem ao menos acender a luz do meu quarto, queria me certificar de que tudo estava certo no quarto dela, sem que percebessem. De repente vi uma uma silhueta, e percebi que era uma mulher. Subi meu olhar, e me assustei quando vi o cabelo rosado. Era Sakura, e como ela estava diferente. Ela tinha crescido um pouco, e bem, o corpo dela também estava mudado. Tinha curvas, um pouco diferente de quando ela morava aqui. Nunca tinha a reparado direito, mas ela sempre foi muito bonita. Sem que eu percebesse, já estava no quarto dela, mas ela ainda não havia notado a minha presença, pois parecia bem ocupada com uma mala.

-Sua filha duma mosquita!- Ela disse chutando a mala, e cruzando os braços sem paciência. Sorri de canto. Apesar do corpo de mulher, ela parecia a mesma criança de sempre. Ela suspirou, e foi tentar de novo. Colocou a mão sobre a chave, e tentou girar novamente, mas não deu certo. Quando me dei conta, já estava com a minha mão sobre a dela. Girou a chave com as nossas mãos, e logo a mala foi destrancada. Ela olhou para trás, e sorri de canto com sua expressão suspresa.

-Você não mudou nada.- Eu disse enquanto ela ficava apenas me olhando. Queria muito saber o que ela estava pensando naquele momento.

-Sasu-sasuke?- Ela perguntou gaguejando. Era engraçado vê-la assim. Ela sempre foi tão segura de si.- O que você está fazendo aqui?

-Vim te ver, mas acho que não foi uma boa ideia.- Respondi me virando para sair do quarto. Mas essa não era a minha verdadeira intenção. Queria apenas ver a sua reação.

-Não!- Ela disse quase gritando.- Desculpa, eu apenas me assustei..- Disse com um sorriso sem graça.- Senta aí..- Ela disse se sentando em sua cama, e percebi que ela estava sem jeito. Era um pouco estranho estar ao lado dela depois de tantos anos. Não que eu não gostasse, mas nem assunto a gente tinha, e isso era mais estranho ainda. Sakura com certeza nunca foi o tipo de garota calada. Comecei a olhar para um ponto fixo em minha frente, e percebi que ela me deu um olhar de relançe.

-Nunca pensei que te veria assim.- Ela disse segurando o riso.

-Assim como?- Perguntei agora a olhando, com uma sombracelha levantada.

-De social.- Ela respondeu rindo.

-Fui obrigado a aprender a usar, por causa do trabalho.- Respondi com um meio sorriso.

-Mas combinou com você.

-Você acha?- Perguntei olhando para a minha própria roupa.

-Sim, te deu um ar de mais responsável.

-Mas sempre fui responsável.

-Eu sei, mas você ficou diferente.

-Você também mudou.- Disse a olhando. Vi suas bochechas ficarem avermelhadas. Ela estava corada.

-Para melhor ou pior?

-Para melhor, claro.- Respondi com um sorriso de canto. Ela sorriu sem graça, e fiquei a analisando. Ela realmente não tinha mudado muita coisa, ainda tinha o mesmo rosto angelical. Continuava linda.

-Sabe, senti muito a sua falta..- Ela disse baixo, mas ouvi perfeitamente. Aproximei um pouco meu rosto do dela, sentindo aquele cheiro de cereijas que eu tanto tinha saudade.

-Eu também.- Disse se aproximando mais. Quando nossos lábios estavam quase se tocando, ouvimos a porta sendo aberta.

-Sakura a mamãe tah te chaman..- Ele parou de falar quando olhou na nossa direção.- Desculpa, acho que cheguei na hora errada.- Ele disse com um sorriso malicioso.- Toh saindo, podem continuar o que vocês estavam começando.- Ele disse, e simplesmente fechou a porta.

-Er.. acho melhor eu ir ver o que minha mãe quer..- Ela disse se afastando de mim, sem graça.

-Também já estou de saída.- Disse me levantando.- Meu primo chegou de viagem, e hoje vou apresentar ele para nossos amigos. O que acha de ir junto?

-Ahn.. vou falar com meus pais, se eles deixarem.

-Tudo bem. Se você for, passo aqui ás 20:00 horas.

-Está bom então.- Ela disse sorrindo, e saí indo para meu quarto.

.....................................................................................................................................

         Como combinado, ás 20:00 eu já estava na frente da casa dela, tocando a campanhia. Konohamaru atendeu com um sorriso malicioso.

-E então, veio buscar a Sakura?

-Sim, ela já está pronta?

-Acho que ainda não. Você sabe como é neh? Mulheres..- Ele disse como se fosse um homem já experiente no assunto. Era engraçado ver Konohamaru dessa maneira, sempre o vi como uma criança, mas pelo visto ele já se achava bem mais grandinho para a idade dele. Ele me deu espaço para passar, e eu entrei em sua casa.- Então, quais são suas intenções com a minha irmã?- Ele perguntou enquanto a gente andava em direção à sala, agora mais sério.

-São as melhores, pode ter certeza.- Respondi sorrindo. Quando chegamos, o pai da Sakura estava me olhando estranho.- Boa noite senhor Tenshi.- Disse o cumprimentando.

-Boa noite.- Ele respondeu seco. Me sentei no sofá de frente para a poltrono em que ele estava sentado, e ele continuou me observando.

-Caham.- Ouvimos a voz de Sakura na escada, e agradeci metalmente ela ter aparecido. O clima estava muito estranho.- Acho que já podemos ir.- Ela disse para mim. Assim que a olhei, senti meu coração disparar, sem eu entender o porque. Ela estava verdadeiramente linda.

-Vamos.- Disse saindo do transe.

-Quero a senhorita em casa as 21:00.- O senhor Tenshi disse.

-Pai, já é 20:05.- Sakura disse, dona Lenny o olhou com cara feia, e ele suspirou.

-Tudo bem, pode chegar até as 23:00.

-23:30.- Dona Lenny disse. Ele fez careta, e ela lhe lançou um olhar de dar medo.

-23:30, sem atrasos.- Ele disse carrancudo.

-23:25 estaremos aqui.- Disse por fim, e saímos. Quando chegamos perto do meu carro, Kayto estava nos esperando encostado no carro.

-Sakura?- Kayto perguntou com uma sobrancelha levantada.

-Kayto?- Sakura perguntou confusa. E eu fiquei ,ais confuso ainda. Eles se conheciam?

-Vocês já se conhecem?- Perguntei com uma sobrancelha levantada.

-É ela que eu disse que conheci no avião.- Kayto respondeu sorrindo. Então era ela a garota que ele tanto falava.- É um prazer reencontrá-la.- Ele disse pegando a mão dela, e dando um beijo. Sakura sorriu sem graça. Não gostei muito daquilo. Já tinha entendido as intenções dele.

-Prazer.- Sakura respondeu sorrindo. Entramos no carro, e um silêncio se instalou.

-O que houve com o seu pai? Ele analisou cada gesto meu.- Disse quebrando o silêncio.

-Digamos que houve um mal entendido.- Sakura respondeu.

-O que houve?- Perguntei, e percebi que ela ficou pensativa.

-O Konohamaru estava nos escutando atrás da porta, e a peste contou tudo para o meu pai, mas na versão dele é claro. E disse que a gente estava...- Ela disse sem graça, e não terminou a frase.

-Que a gente estava..- Disse a encorajando.

-Queagenteestavanamorando.- Ela disse rapidamente, e quase não entendo.

-E vocês estão namorando?- Kayto perguntou.

-Claro que não!- Sakura respondeu sem graça. Kayto deu um sorriso de canto, e apertei minhas mãos no volante do carro, tentando me controlar. Aquele.. Mal chega, e já fica com graça.

-Chegamos.- Disse estacionando em frente a boate Koru's.

-Viemos para uma boate?- Sakura perguntou levantando uma sombrancelha.

-O pessoal que escolheu.- Respondi dando de ombros. Sai do carro, e logo em seguida Kayto e Sakura saíram também. Era incrível como mal era oito da noite, e já tinha uma fila gigantesca do lado de fora da boate. Não sei para quê escolheram esse lugar, poderiam ter escolhido um lugar menos barulhento e com menos pessoas. Falei com os seguranças, e já estava entrando quando senti falta de uma certa rosada. Olhei para trás, e ela estava lá perto do carro, olhando a fila e fazendo careta. "Vai ficar aí?" perguntei para ela, e ela veio em minha direção.

         Peguei na mão de Sakura, e entramos. Logo nos aproximamos de nossos amigos, e as meninas olharam diretamente para nossas mãos entrelaçadas. Vi um sorriso malicioso formar em seus lábios, e fiquei pensando, porque dizem que os homens que tem a mente poluída? O que há de demais em dois amigos de mãos dadas? Mulheres.. Vai entender. Sakura começou a puxar a mão dela de leve, percebi que ela estava sem graça e logo a soltei. Sakura foi para perto das meninas, e fiquei conversando com os idiotas que eu chamava de amigos.

-Então finalmente se acertou com a rosada?- Gaara perguntou com um sorriso malicioso.

-Não.- Respondi tentando parecer o mais indiferente possível. Na verdade, queria muito que isso acontecesse, mas não sabia se Sakura queria o mesmo.

-Não é o que parece. Chegaram até de mãos dadas.- Neji disse também com aquele sorriso malicioso. Idiotas.

-E o que há de demais nisso?- Perguntei dando de ombros.

-AH TEME! QUAL É?!- Naruto disse, escandaloso como sempre.- TODOS NÓS JÁ SABEMOS QUE VOCÊ E A SAKURA-CHAN SEMPRE TIVERAM UMA QUEDA UM PELO OUTRO!- Meu sangue ferveu, e não pensei duas vezes antes de dar um cascudo bem dado na cabeça daquele idiota.

-Cala boca Dobe. Você não sabe de nada!- Respondi irritado.

-Boa noite meninos!- Uma loira com roupas bem prpvocantes, disse se aproximando.

-Boa noite.- Disseram em unissono.

-Boa noite gato.- Ela disse se aproximando mais de mim.

-Boa noite.- Respondi indiferente.

-Então, quer me acompanhar em alguma bebida?- Ela disse se insinuando. Não gostava de mulheres oferecidas, e já iria dar um jeito de sair de perto dela, mas quando fui ver, todos já tinham saído e nos deixado sós. Olhei para o lado, e Sakura estava conversando animadamente com Kayto. Balancei a cabeça positivamente para a loira, e fomos para o barzinho mais próximo. Pedimos nossa bebida, e ela começou a falar sobre coisas banais. Não estava dando muita atenção á ela, só concordava com algumas coisas, e ás vezes falava meu monossilabico "hum". Minha atenção estava voltada mais para uma garota de cabelos róseos, que sorria abertamente para aquele cara que dizia ser meu primo.

-Então, posso?- A loira perguntou, e eu não fazia ideia do que ela estava falando. Apenas balancei a cabeça positivamente, e senti ela selar nossos lábios rapidamente. Fiquei meio sem reação na hora, pois fui pego de surpresa. Lembrei de Sakura e Kayto conversando animadamente, e com raiva, retribui o beijo. Mas a imagem de Sakura veio à minha mente. E flash backs de nosso passado, nossas brincadeiras e todos os beijos, passou na minha cabeça rapidamente, fazendo me separar da loira imediatamente.- Não gostou, gato?- Ela perguntou com um sorriso malicioso.

-Não.- Disse friamente. Olhei para a direção em que Sakura e Kayto estava antes, e eles não estavam mais lá. Aquilo me deixou com um mal pressentimento. Kayto queria Sakura, e aquilo estava na cara. E o que eu faria agora?

Agora mais do que nunca sei que preciso dela, e não sei se suportaria vê-la com outro cara. Mas sei que ela pode não corresponder, o que me desanima. Mas tenho que fazer algo, antes que Kayto consiga primeiro.



Notas finais do capítulo

Haha'
Agora é Sasuke-kun e Kayto disputando o coração da rosada *---*
E então, o que acharam desse capítulo?/DizSeEscondendoDeProvavéisTomatesPanelasPedrasESapatos(?)
Bem, sei que não ficou lá essas coisas, mas eu tinha que atualizar neh? .-.
Espero não ter desapontado tanto vocês '-'
Digam o que acharam ok? *--*
Kisses♥'