Terra Incognita Online escrita por Haruyuki


Capítulo 3
Nível 2




Manutenção de Sistema programada para 17/12/2017

Caros jogadores, lamentamos informar que será impossibilitado o login no jogo Terra Incognita Online no período de 0h até às 06h (horário de Nova Iorque) do dia 17 de Dezembro. Nessa manutenção, estaremos adaptando o jogo para o Natal, então espere por novidades!

Agradecemos a preferência.

Empresas Feltsman.

~x~

Ótimo. Tudo o que foi dito na reunião de semana passada sobre o evento de natal será posto no jogo agora. Victor está satisfeito com sua equipe e a equipe de Chris, que fizeram um ótimo trabalho no planejamento e design do evento de Natal. Os jogadores não sabem o que vem pela frente.

A única coisa que foi estranha na tal reunião foi o fato de Chulanont ter sido o porta voz da equipe de engenharia, papel que até pouco tempo era de Yuuri Katsuki, que apesar de ser tímido e às vezes, gaguejava, dava sua opinião sobre os objetivos da reunião. Nessa reunião, ele apenas fica de rosto abaixado.

Ao mesmo tempo, na seção de engenharia do sistema, Yuuri Katsuki, Phichit Chulanont, JJ Leroy, Seung-gil Lee e Celestino Cialdini trabalham para atualizar o jogo para o evento. Na mesa de Katsuki, há um laptop também conectado à rede de dados da empresa Feltsman, filtrando os comandos digitados pelos 5 e os jogando para o sistema. Graças a isso, ele pode identificar que alguém dos 5 está escrevendo comandos para corromper os dados do evento.

“Ah, que saco!” Ele reclama, sendo que os outros quatro acham que é sobre a manutenção.

Mas na verdade é que é sobre o hacker que está tentando manipular o sistema criado por ele.

“Bom trabalho a todos!” Celestino fala, liberando o acesso ao jogo.

“Quero dormir~!” Phichit fala, bocejando.

“Meu corpo dói!” JJ choraminga, se alongando.

“Katsuki, você pode checar o resultado?” Celestino pergunta, e o japonês sorri.

“Sim, senhor.”

“O quê? Mais trabalho para ele?” Seung-Gil pergunta, franzindo a testa.

“Está tudo bem. É só verificar os comandos digitados e verificar a conectividade com o jogo.” Yuuri fala, olhando para eles.

“Ok, voltaremos mais tarde.” Phichit fala, acenando para o amigo.

“É impressão minha ou Katsuki não dorme?” Leroy pergunta, franzindo a testa.

“Ele dorme sim.” Phichit afirma, sério. “Só que ninguém percebe.”

Quando os quatro se retiram, Yuuri se levanta e tranca a porta. Ele pega o óculos de realidade virtual e o pluga no laptop, entrando em Terra Incognita Online e fazendo o login. Logo ele coloca os óculos e fecha os olhos.

Sejam Bem Vindos!

De hoje até 30 de Dezembro, Terra Incognita Online está em modo natal! Todas as cidades estão enfeitadas, as lojas possuem itens natalinos para enfeitar suas casas e guildas. Você pode comprar de graça roupas de Papai Noel na nossa loja de cash e, se você estiver logado entre às 20h  e 24h do dia 25 de Dezembro, irá automaticamente participar do evento troca de presentes! Nesse evento, você pode mandar para seus amigos qualquer item de seu inventário como presentes e receberão um presente especial da equipe Feltsman! Divirtam-se!

Victor sorri ao ler a mensagem. A equipe de engenharia fez um bom trabalho. Ele se lembra do japonês, a quem ele ajudou duas semanas atrás e que parece estar evitando ele, e isso o faz soltar um suspiro.

“Por que eu falei aquilo? Eu sou tão estúpido.”

E ele é tão fofo!

“Ah, melhor conferir como anda o jogo.” Ele fala, se logando como ‘Vicchan' e colocando os óculos, piscando ao ser conectado no jogo.

> Terra Incognita Online - Intermediario ( Níveis 35 - 70)

“Ai meu Deus!” Eu xclamo ao ver a cidade toda enfeitada. “Está perfeito!”

Começo a andar pelas ruas, admirando tudo ao meu redor. Árvores de natal de todos os tamanhos, sinos, guirlandas, neve, tudo de natal. Até alguns jogadores já estão usando a roupa de Papai Noel! E a BGM foi trocada por músicas natalinas.

Uma grande tela no meio da cidade mostra imagens das outras, também decoradas para o natal. Uma idéia interessante, eu acho, para os jogadores que quiserem ver como estão as cidades sem precisar se transportar para elas. Mas isso não foi comentado na reunião, o que o faz deduzir ter sido idéia de Yuuri Katsuki.

Eu, nível 43, decido fazer novas quests. Para isso, ele vai no edifício administrativo de guildas, onde as quests mais complicadas estão expostas. Uma lhe chama a atenção.

Nome da missão: Mate os Dragões Gêmeos

Local: Colinas do Esquecimento

Nível necessário: 40+

Recompensa: 5.000 moedas de ouro

“Você vai fazer essa quest sozinho?” Uma maga de longos cabelos pretos pergunta, quando ele pega o cartaz.

“Sim. Não deve ser difícil.” Eu respondo, decidido.

“Hmm. Tome cuidado” Ela se afasta, me deixando a sós.

Não deve ser difícil? Parece até uma piada de mal gosto. Afinal quem ia adivinhar que os tais dragões estão juntos?

Depois de morrer duas vezes e perder XP e dinheiro, Victor decide se deslogar do jogo.

~x~

25 de Dezembro chega, e à medida que as horas passam, os servidores começam a lotar. Se logando, eu volto para a cidade. Abro minha janela de Quests e solto um gemido ao ver a dos dois dragões.

“Oh!” Eu escuto e viro o rosto para a direita, vendo a moça de antes.

“Olá.” Digo, acenando para ela.

“Conseguiu completar a Quest?” Ela pergunta, se aproximando de mim.

“Não. É difícil fazer sozinho.” Respondo, deprimido.

“Oh!” Ela exclama, surpresa. “Você foi mesmo sozinho? Eu achava que você tinha uma Party.”

“Eu achava que ia conseguir.” Digo, ficando ainda mais deprimido.

“Então, aqui.” Ela fala, adicionando ele como amigo e solicitando Party. “Eu posso te ajudar. Não to fazendo nada mesmo.”

“Mesmo?” Pergunto para ela, surpreso.

Ela afirma com a cabeça, sorrindo quando ele aceita os convites.

K@TSU Nível 94

HP: 123000/123000

MP:152000/152000

Vicchan Nível 43

HP: 4200/4200

MP: 630/630

“Nível 94?”

“Estou jogando desde a versão beta.” Ela sorri, embaraçada.

Espera, não teve alguém que disse a mesma coisa?

“Vamos?” Ela pergunta, inclinando o rosto e o olhando.

“Ok.” Falo, saindo da cidade com ela.

— Axel Flin - Ele escuta a moça recitar e se surpreende ao vê-la usando asas. “Assim será muito mais rápido!

E ela aponta para mim, recitando o mesmo feitiço e me fazendo também ter asas.

“Obrigado.” Ele fala, sorrindo para ela, que apenas acena com a cabeça.

— Barrier Jacket - Divine Energy - Physical Heal - Flyer Fin -

Me vejo sendo bufado e algo naquelas técnicas lhe é estranho. Deja vú?

“Como meu nível é alto, eu posso atrair os dragões e você os pega por trás.” Ela fala, já entrando no ninho deles.

Eu respiro fundo e a segue, vendo que os dragões estão mirando nela, que fica no meio do caminho. Eu a vejo de mãos estendidas, como se estivesse digitando algo, e franze a testa. Essa sensação de novo?

~x~

Naquele momento na sala de Engenharia de Sistema, Yuuri Katsuki está acordado, digitando algo no computador à sua frente. Ele então aperta enter, dando risada, no exato momento que um bip surge no seu laptop, o fazendo franzir a testa. Ele então observa que alguém está tentando colocar comandos no sistema e seu laptop está filtrando porque ele se esqueceu de fechar o programa. Ele solta um suspiro.

“Tsk.”

“Tsk.” K@TSU diz, erguendo a mão. “Desculpa, mudança de planos.”

“Do que você…” Eu começo a dizer, mas paro ao ver ela mirando no dragão com mais HP.

“Se foque no outro.” Ela fala, franzindo a testa. — Divine Buster -

De repente, um grande raio de luz surge, e atinge o dragão em cheio, o perfurando e o matando. Ela então bufa ambos de novo.

“Pega ele!” Ela grita, servindo de alvo para o dragão de novo.

Com sua atenção no notebook, ele passa a ler os comandos não filtrados. Comandos que pretendem corromper a programação do evento de natal. Yuuri usa seu laptop para ver a lista de computadores ativos naquela sala trancada e logo tem sua resposta. O PC de seu amigo, Phichit Chulanont. Ele o desativa ali mesmo, franzindo a testa. Tem algo de errado ali.

Eu derroto o dragão e ambos sobem de nível. K@TSU aceita os itens dropados e manda para Vicchan um presente.

“Feliz natal.” Ela diz, sorrindo. “E feliz Aniversário, Nikiforov.”

Me assusto e vejo ela se deslogar. Ele busca por K@TSU e vejo que ela desapareceu de sua lista de amigos. Procurando, ele recebe a mesma mensagem que Katsudon: Este personagem não existe..

“K@TSU era Katsudon. Era Eros.” Digo, surpreso. “Ela dropou dicas o tempo todo e eu não percebi!”

Abro o presente e ergo as sobrancelhas, surpreso.

katsukidon_y@xxxxxx.com

Um endereço de e-mail?

Yuuri retira os óculos e se levanta, indo até a CPU de seu amigo. Nela, ele observa uma antena bluetooth conectada via USB.

“Entendo.” Ele apenas diz, retirando o dispositivo e indo até seu armário,.pegando uma sacola com sanduíches e suco de laranja, e um outro laptop com um adesivo escrito [S.k.Y] na parte de cima. Sentado na mesa, ele liga o laptop e conecta o dispositivo. Colocando as pernas cruzadas na mesa e tomando seu café da manhã, ele assiste em primeira mão seu laptop copiar todos os dados do dispositivo e do aparelho compartilhado, ao mesmo tempo que um vírus corrompe os dois. Ele sorri, pois logo logo saberá quem é o desgraçado que está querendo danificar seu ‘filho'. No seu primeiro laptop, ele abre seu e-mail e vê uma mensagem de v-nikiforov@feltsman.com e lê.

Yuuri Katsuki?

Ele responde.

Sim. Sou eu. Eu era Katsudon, K@TSU e Eros.

Logo Victor responde.

Por que me deu seu e-mail?

Yuuri olha para o outro laptop e abre um sorriso.

Lembra do que eu te disse quando era Katsudon? Que tinha alguém tentando modificar o sistema de Terra Incognita Online? Ele tentou de novo. E dessa vez, ele tentou transferir um vírus com os presentes dado pelo sistema. Tive de cancelar essa parte do evento temporariamente para reparar essa parte e assim lançar no jogo. Decidi manter contato com você por precaução. Se precisar de ajuda, pode pedir aqui.

Meia noite, Yuuri observa o sistema distribuir para as contas logadas um anel especial que dá o dobro de XP. Tal anel estará no sistema até dia 30. No jogo, Vicchan recebe a recompensa e decide dividir com Kasuki na próxima vez que se encontrarem. Se ele se lembrar, é claro.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Terra Incognita Online" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.