Cotidiano escrita por Ariane Munhoz


Capítulo 81
Um futuro pela frente


Notas iniciais do capítulo

81 – Especial de Natal

Até 2019 o final sai!



As primeiras vezes nem sempre eram tão boas e Kiba descobriu isso ao reunir-se com a mãe e a família Aburame diante da farta ceia de Natal para a qual Naruto também havia sido convidado.

A animação era evidente, claro, exceto pela cadeira vaga ao lado de Tsume; o lugar de Hana.

As buscas haviam sido suspensas sem sucesso, Kiba soubera pela mãe. E o inverno havia se tornado mais rígido, varrendo quaisquer esperanças de que Hana voltasse para casa.

A dor era grande, mas Kiba tentou manter o sorriso no rosto durante toda a noite enquanto fazia brincadeiras, embora as traquinagens com Naruto tivessem ficado um pouco para trás. Agora ele era um aclamado herói de guerra, querido por todos. E embora todo o episódio com Sasuke tivesse sido ruim, ele continuava sendo seu amigo, certo?

Após a refeição e um bento reforçado, o Uzumaki despediu-se com a promessa de visita-los logo, afinal, Sasuke ficara sozinho em sua casa. Essas palavras ele não disse, mas todos subentenderam no pedido de desculpas para sair cedo.

— Eu vou dar uma volta com o Shino, mamãe. – Kiba anunciou, deixando os dois adultos com as bebidas depois de lavarem a louça. No passado, isso era algo que Kiba sequer cogitaria, mas as mudanças que o menino Aburame causara nele e em sua rotina eram perceptíveis. E Tsume só conseguia pensar no quanto Hana ficaria orgulhosa do garoto que agora se tornava homem.

— Vão com cuidado, moleque.

— Haai. – Kiba respondeu, caminhando de mãos dadas com Shino para longe da casa, na direção da floresta, Akamaru no encalço de ambos, latindo feliz por poder sair de casa apesar do tempo frio.

Olhava de esguelha para Shino a todo momento, mais taciturno e silencioso do que sempre. Não era apenas o jeito quieto Shino, mas como se houvesse algo mais.

— Aconteceu alguma coisa? – perguntou quando haviam se afastado o bastante da vila da Folha para não serem ouvidos por ninguém.

— Apenas pensando no futuro. – Shino murmurou, não querendo parecer incomodado demais. Mas a verdade é que a visita de Naruto o incomodara. O garoto sempre havia estado presente nas comemorações, mas é como se naquele momento tivesse sido invasivo e Shino sentia-se mal por pensar daquela maneira conquanto não pudesse evitar a mesquinhez.

— O que exatamente? – Kiba parou de caminhar encarando o namorado pensativo.

— Nas coisas que quero fazer com você. – Shino encolheu um pouco os ombros dando um passo na direção de Kiba. – Em como quero que meu futuro inclua o seu e em como as coisas tem caminhado para isso.

As palavras pegaram Inuzuka desprevenido, tanto quanto a aproximação de Shino ao segurar-lhe o queixo.

— Amo você e a ideia de compartilhar a vida com você. – Ele colou os lábios de ambos, findando a distância enquanto Akamaru brincava de cavar buracos na neve, aprofundando o contato aos poucos enquanto a neve caía ligeira pelo céu. O visco, planta tão querida nas épocas natalinas era a única testemunha do amor juvenil que desabrochava naquele natal.



Notas finais do capítulo

Essa vida adulta é tão chata que me tira até a vontade de escrever, mas a gente segue tentando. Vamos que vamos, 2019!



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Cotidiano" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.