Diário de Guerra escrita por Princesa Winchester


Capítulo 26
Capítulo 26 - A judia dos olhos tristes


Notas iniciais do capítulo

Olá meus amores :3
Ainda não respondi os comentários de vocês porque estou enrolada com um simulado que vou fazer amanhã...Direitos Humanos .-. mas, contudo, todavia e entretanto, devo colocar a leitura e os comentários em dia amanhã pela manhã :3
Desde já agradeço a força que vocês estão me passando, é de grande ajuda ♥

Palavra do dia: TREPANAÇÃO
Boa Leitura!



26 de Janeiro, Berlim, 1943.

Mais um ano de guerra e finalmente estávamos avançando. Algumas de nossas tropas ainda tentavam proteger a fronteira russa enquanto nós tentávamos continuar a aniquilação nazista nos campos de concentração.

Hoje, mais um episódio atípico e desnecessário ocorreu e novamente sob meus olhos atentos. Em uma das saletas da base nazista, que por custo conseguimos invadir, encontrava-se uma mulher branca como mármore e com uma Estrela de Davi entalhada em sua testa. Ela estava inconsciente enquanto mãos ágeis de um médico nazista a submetia a uma trepanação.

Meu estômago revirava com aquela cena, eu não sabia ao certo o motivo daquele procedimento, na verdade, nenhuma atitude nazista precisava ter um motivo para ser feita.

Aproximei-me devagar e acertei um tiro a queima roupa no médico em minha frente. Seu corpo caiu em questão de segundos ao meu lado e eu me pus a observar o rosto ainda mais pálido da moça. Focalizei meus olhos em uma muda de roupa jogada no chão e me atrevi a vasculhar as vestimentas.

No bolso de dentro de seu casaco, um medalhão destacou-se, e dentro dele, uma fotografia que identifiquei sendo ela.

Ethel Stein, a judia dos olhos tristes.



Notas finais do capítulo

A saga do Niko continua, preparados para as últimas emoções do nosso soldado? Quem aqui acha que ele merece um final feliz levanta a mão o/



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Diário de Guerra" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.