Laços Perigosos escrita por MariaClara


Capítulo 13
Capítulo 13


Notas iniciais do capítulo

Oi, tudo bom?
Espero que sim!
( vcs já estão cansados de ler isso né?)




Eu e Natalie estávamos voltando do intervalo quando no meio do corredor vi aqueles caras que tinham invadido minha casa transformados em lobos, fiquei paralisada, iriam estudar ali?

— Elizabeth? - Perguntou Natalie estalando os dedos na frente do meu rosto me tirando do meu transe.

— Sim, sim... Eu já volto - Falei indo em direção ao James que estava falando com dois garotos, puxei ele pelo braço e fomos em direção á piscina, que seria o único lugar vazio.

Estava escuro exceto por uma luz que vinha dos vestiários, eu não conseguia vê-lo e nem a mim, o silêncio dominava o lugar até que resolvi quebrá-lo.

— Aqueles três lobisomens estão estudando aqui - Falei rapidamente.

— O quê?

— Os três que tentaram me matar e invadiram minha casa estão aqui.

— E o que você quer que eu faça? - Perguntou grosso.

— Estava apenas te avisando, você mesmo me pediu isso, mas pelo visto não se importa com o fato de eles tentarem me matar.

— E eu deveria? - Disse grosso mais uma vez, eu queria dizer sim, ele deveria se importar ou não teria me salvado naquela noite.

— Suas mudanças de humor e opinião são ridículas - Falei saindo dali, ele não me impediu o que agradeci mentalmente.

Tive que correr para passar no banheiro, a aula já tinha começado mas eu precisava dar um tempo antes de ver aquele babaca de novo.

Lá dentro não tinha ninguém o que me fez suspirar de alívio, me encostei no balcão e me encarei através do espelho, eu estava com raiva, com muita raiva. Um choro baixinho estava vindo de uma das cabines, o cheiro de sangue era perceptível pra mim, ao me olhar novamente no espelho meus olhos estavam pretos e a ânsia por sangue estava tomando conta do meu corpo me fazendo ir até a pessoa.

— Tem alguém aí? - Perguntei já sabendo a resposta.

— Meredit? -Perguntou a menina.

— Sim sou eu, onde você está? - Perguntei me passando pela tal Meredit, eu não fazia ideia do que estava fazendo, era apenas instinto.

— Não vem aqui por favor, eu não quero que me veja nesse estado - Disse a garota, perecia que ela ia chorar a qualquer momento.

Não respondi apenas continuei andando até a última cabine e o cheiro só aumentando, abri a porta encarando a menina que estava com os pulsos cortados, ela só encarou meus pés e disse:

— Meredit, eu avisei pra não vir - Disse com raiva.

— Eu não sou a Meredit - Falei quando a garota me olhou em pânico, meu olhos deveriam estar pretos pois ela começou a gritar antes que eu a calasse atacando seu pescoço ato que me arrependi na hora, mas parar naquele momento era impossível.

Depois de muito tempo presa ao pescoço dela finalmente a soltei fazendo com que o corpo agora morto tombasse para o lado e caísse no chão, saí dali e limpei meus lábios ensanguentados pensando em como horrível e ao mesmo tempo bom aquilo era, estava com uma sensação de alívio por descontar toda minha raiva, fui embora o mais rápido possível chegando na sala atrasada e fazendo a professora me olhar irritada, seria aula de história e novamente teríamos que nos sentar em grupo eu, Natalie e James.

Eles me olhavam de um jeito estranho, já estava começando a ficar desconfortável e quando fui perguntar o porque disso ela me respondeu soando bem irritada:

— Você está vinte minutos atrasada, poderia me falar o porquê?

— Me atrasei porque precisava escolher um livro pra aula de literatura e acabei perdendo a noção do tempo - Falei o mais natural possível.

— Então onde o livro está? 

— No meu armário - Ela apenas deu de ombros acreditando na minha resposta.

A aula aconteceu normalmente, entregamos nosso trabalho para a professora que ficou muito feliz com o resultado, depois que ouvimos o sinal todos saíram apressados e uma rodinha começou a se formar em volta do banheiro feminino até médicos e policiais começarem a entrar impedindo a visão do banheiro. 

Uma maca saiu de lá com um lençol em cima do corpo da menina, só eu sabia desse detalhe ao olhar pro lado e perceber que não, James me fitava com raiva.



Notas finais do capítulo

Esse James é muito bipolar né?



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Laços Perigosos" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.