Diário de Poesias de Uma Qualquer escrita por Frosty Girl


Capítulo 3
"Matar"





Quero te matar, quero muito te matar
Te sufocar, parar de respirar
Com sua vida acabar,
Fazer sua mente desmoronar.

Simplesmente te matar
Afinal, não é o suficiente?
Quero ver você sangrar
Te encurralar
E fazer você ver
Que eu quero você
Morto.

E eu vou te matar.
Não duvide.
Não fuja.
Não grite.

Aproveite suas últimas lembranças boas.
Em breve você estará a sete palmos...
Vejo você no inferno!

Com amor eterno, eu.

 

 ❤________________________❤__________________________ ❤

O Nyah não está me deixando postar esse poema, por ter menos de 100 palavras, então estou preenchendo as 100 palavras aqui, com este aviso! Hahaha... Eu sei que é contra as regras, mas esse é o poema, não posso mudá-lo ou acrescentar nada. Sinto muito ao Nyah, e se não deixarem, logo-logo excluirei, mas até então, quero deixar com que vejam esse novo poema curto! X'D



Notas finais do capítulo

– Por Jennifer Dias

Poeminha curto, porque né! Não tá fácil para ninguém! Kkkk Eu sei que demorei, mas sobre isso, deixei uma carta à vocês leitores no meu perfil: https://fanfiction.com.br/u/488366/
Está tudo explicado aí... E eu gostaria de agradecer o apoio pelos poemas que escrevo! Agradeço por tudo, seus kawaii! ♥

Se usar o texto, ou algum trecho deste poema, por gentileza, credite-me. Afinal, plágio é crime. E muito obrigada por sua atenção!

Beijinhos Gelados! ♥



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Diário de Poesias de Uma Qualquer" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.