Highway to Hell escrita por FoxGrey


Capítulo 4
Rega do deserto





linha do tempo Nº 616

666 Mundo deste universo

Em uma estrada no deserto para uma cidade

—Atrás deles vamos!- disse o nariz de porco-Não se esqueçam de atacar a barriga e de manter a cabeça baixa!!

—OUVIRAM O PORCO SEUS MACACOS E NÃO FAÇAM A MESMA COISA QUE OS ÚLTIMOS SE NÃO QUEREM MORRER-disse a chefe enquanto sacava a sua katana agora desempenhada vemos que a lamina da katana é  extremamente afiada e de cor preta com uma chama azul no topo e outra vermelha mais abaixo.

Os primeiros a ficar proximos ao segundo verme foram mortos pelas seus tentáculos mais uma vez seus companheiros não ligaram mas sua chefe começou a agarrar mais forte a sua katana como se tivesse com raiva e acelerou a moto.

A chefe e mais 6 motoqueiros entre eles o nariz de porco conseguirão chegar perto do segundo verme este ataca os que estão mais próximos com os tentáculos mas apesar deles terem bloqueado com suas armas elas partiram-se e dois foram mortos menos o nariz de porco que apesar ter sido derrubado da moto conseguiu bloquear com o enorme marchado que carregava.Depois a chefe e mais 3 homens conseguiram alcançar o segundo verme este mais uma vez ataca com seus tentáculos mas estes são melhores treinados apesar de um ter caido da moto os outros dois conseguiram aguentar, outro tentáculo tentou atacar a chefe mas esta o corta sem dificuldade  assim conseguindo chegar a ponta da barriga do verme, ela se equilibra sobre os dois pés e se atira para a barriga do mostro este por vez transmite um grito de dor sem igual uma mistura entre um cão a ganir e de uma gaivota ampliado 100X.

—SENTES DOR NÃO É SEU FILHO DA P***

Ao dizer isto o verme começou a ficar afelito e começou a se abanar todo a tentar retirar a bela de cima, mas o verme só fez pior ao se mexer ele fazia que a motoquera voce puxada assim rasgava ainda mais a barriga uma cascata de sangue começou,era tanto sangue que parecia que estava a regar o deserto com ele.A chefe continuava a segurar a katana firme mas via-se que estava a ficar com dificuldades em manter a postura, bem afinal não é fácil ficar afixada a um animal de 45 m a 55 kmh e a 11 cm do chão, mas velocidade do verme ajudava a chefe a ir para trás e abrir cada vez mais a barriga em segundos já estava a sair da barriga  suas entranhas e outros órgãos,por causa da ferida e de já estar cansado o verme para, a chefe ao ver que o verme parou põe os pés no chão e começa a correr para cortar o resto da barriga encanto só se podia ouvir os berros do mostro de dor e só parou até que cabelos vermelhos parou de cortar sua barriga, retira a espada sacode o sangue nela e volta a guardar-la, olha para o mostro e dá um pontapé  nele para confirmar se tá realmete morto e põe se a olhar para o horizonte para ver onde estavam  seus companheiros. Estavam longe, eles não conseguiram acompanhar a velocidade da criatura.

—Hum a camada de inúteis não sabem acompanhar sua chefe-diz ela sorrido ao ver-los de longe.

De súbito a terra começa tremer

—M***A-diz ela ao olhar para o chão

De repente de baixo dos seus pés abre se um buraco e sai a toda a velocidade o primeiro verme mas ela consegue-se desviar com um salto e ela fica de frente a frente com a criatura de 45 m

—(suspiro) Bem acho que é o segundo round.

Fim do capitulo   





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Highway to Hell" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.