Amigo noturno escrita por Angelina Dourado


Capítulo 19
Décima nona Noite


Notas iniciais do capítulo

Palavra do dia: reiterar
O desafio já está acabando? Nãoooooo
Vou ter que me acostumar com isso ;-;



Seus pais fizeram questão de reiterar inúmeras vezes que ela deveria estar dormindo, o sermão pareceu durar séculos para Naomi que como qualquer pessoa esperava impaciente para que acabasse.

Eles saíram, sem antes dizer que se pegassem ela acordada novamente com certeza Naomi ficaria de castigo, o que para uma criança seria a pior coisa que pudesse acontecer. Por conta disso, Naomi ficou quietinha na cama pensando com seus botões se deveria continuar sua conversa com o monstro ou fazer o que seus pais desejavam.

Ficara vários minutos neste dilema, tanto que começou a se perguntar por que o monstro não se manifestara desde que se escondera no armário. Temeu que o monstro tinha ido embora.

Imaginando isso resolveu levantar ficando sentada na cama, tentando enxergar na escuridão do quarto, pois não queria machucar o monstro com a luz da lanterna.

– Você está ai? – Perguntou sussurrando. Mesmo assim o monstro pareceu ouvir muito bem, já que saíra do armário e se locomoveu até subir em sua cama, ambos ficando de frente um para o outro novamente.

Estava tão imóvel que não pude saber onde estavas. – Explicou o monstro, fazendo Naomi sorrir alegremente ao saber que ele não havia a abandonado.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Amigo noturno" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.