Survivor escrita por junn


Capítulo 28
S03E00: MEETING THE LOVED ONES x CONHECENDO AS DUPLAS!


Notas iniciais do capítulo

[C] Confessionário
[N] Narração



[N] Survivor is... back! Para a sua terceira temporada, o reality show resolveu testar o quão longe podem ir os limites familiares. Eles serão eternos, como o sangue? Ou passageiros como a água? Cada par foi deixado em uma ilha em Henan, próximo a um templo sagrado da China, para se conectar com seu interior e conversarem sobre sua estadia inicial no programa.

PAR 01 — ABBY AND CLARKE (THE 100) [MÃE E FILHA]

Enquanto Abby rezava em frente ao templo, Clarke achava aquilo uma verdadeira perda de tempo. Ela descia as escadas, deixando a mãe ali sozinha e ia em direção à praia a procura de algo.

[C] Clarke Griffin: Meu nome é Clarke Griffin. Jogar com a minha mãe pode ser um pouco complicado porque ela não tem a mesma atitude que eu tenho. Ela é sempre cheia de mimimi e disse-me-disse. Eu acho que ela irá mais atrapalhar do que ajudar.

Após fazer suas orações, Abby se juntava à filha na ilha deserta.

— Clarke, o que precisamos?

— Estou fazendo uma fogueira, mãe. Pega algumas pedras.

— Ok.

[C] Abigail Griffin: Minha filha Clarke é o meu orgulho. Ela é uma garota muito forte mas eu sei que por dentro ela é vulnerável. Ela pode se tornar instável a qualquer momento, e eu, como sua mãe, sou o equilíbrio que ela precisa.

Abby se desequilibra levando as pedras até a filha, que revira os olhos.

PAR 02 — KEVIN AND RANDALL (THIS IS US) [IRMÃOS ADOTIVOS]

Os dois estavam em frente a uma estatueta ajoelhados rezando. Kevin abriu os olhos para ver se Randall já havia se levantado, ele estava um pouco entendiado com a situação, mas fazia aquilo pelo irmão.

[C] Kevin Pearson: Eu e o Randall somos irmãos adotivos. Mas isso não quer dizer absolutamente nada. Ok, temos personalidade completamente diferentes, e quando éramos crianças tinhamos uma rivalidade, mas hoje, eu creio que isso é diferente.

— Obrigado, Kevin — Randall agradece ao irmão, enquanto seguem até a praia.

— O que você acha que devemos fazer agora? — Ele perguntou.

— Construir um acampamento, você é forte com isso.

[C] Randall Pearson: Eu sei que Kevin não é dos mais inteligentes, mas eu estou aqui para ajudá-lo. Nossa relação sempre foi conturbada, porque eu era o irmão negro no meio de dois gêmeos, mas hoje, somos adultos crescidos e encaramos tudo de outra maneira. Eu quero que seja uma experiência fenomenal para nossa família!

Kevin construía o acampamento com a ajuda do irmão.

PAR 03 — COOKIE AND LUCIOS (EMPIRE) [CASAL]

Cookie já descia a piramide imediatamente.

— Anda logo, Lucios, sai disso, quando a gente for pra casa a gente vai ter tempo de orar.

— Mas Cookie...

— Anda logo! — Ela grita.

Ele decide obedecer as vontades da mulher e os dois vão até a praia.

— Ok, vamos construir um acampamento — Ele sugere.

— Acampamento? THIS IS SURVIVOR!! — Ela fala loucamente — Vamos a procura de um idolo imediatamente para nos salvar.

— Cookie, o jogo nem começou, nem estamos divididos em tribos.

— Se você acabar com meu jogo, eu te mato. Cale a boca e comece a cavar até que não tenha um grão de areia neste lugar!

[C] Lucios Lyon: Infelizmente eu estou preso à Cookie neste jogo e terei que fazer o que ela manda, porque na nossa família é assim, se um cai, o outro vai atrás.

[C] Cookie Lyon: Eu e Lucios temos essa parceria há anos e, sejamos sinceros, eu sempre fui a cabeça dessa relação, então cara, se eu digo, vá procurar o ídolo... VÁ PROCURAR O ÍDOLO!

— Cookie eu tô cansado.

Ela dá um olhar fuzilante a ele o fazendo voltar imediatamente a busca.

PAR 04 — RAGNAR AND BJORN (VIKINGS) [PAI E FILHO]

Sequer haviam perdido tempo no templo, construiam o local onde ficariam por um único dia, com bastante garra e agilidade.

— Isso, Bjorn, não para.

[C] Ragnar Lothbrok: O lema na nossa família é: sem dor, sem ganho. Tudo que conquistamos, guerras, inimigos, escravos, foi na base da luta e aqui não será diferente. Nós viemos para vencer.

Bjorn ajudava seu pai que assumia total controle do local. Só havia os dois ali e ele estava completamente incomodado com a situação, mas ainda assim obedecia.

— Assim está bom? — Ele ajeitava as folhas no teto e o pai acenava com a cabeça, enquanto amarrava dois cipós.

— Perfeito!

[C] Bjorn Lothbrok: Meu pai é muito mandão. Ele é um líder nato, é claro. Eu tenho um senso de liderança também, mas eu também tenho senso do ridículo. Espero que ele não me prejudique no jogo.

PAR 05 — ALEC AND IZZY (SHADOWHUNTERS) [IRMÃOS]

Depois de orarem, os dois irmãos estavam abraçados em frente a fogueira que haviam feito. Não estava boa. Na verdade, estava péssima, mas eles haviam se esforçado.

— Só quero que esse jogo comece logo — Izzy dizia ansiosa.

— Eu me sentiria completamente perdido se você não estivesse aqui.

A irmã sorriu.

[C] Izzy Lightwood: Eu e Alec temos uma relação maravilhosa. Eu o amo e ele me ama também. Eu sinto que podemos ser um poderoso time, pois somos fortes juntos. Mas separados, eu não sei.

[C] Alec Ligthwood: A Izzy sempre foi a pessoa que esteve do meu lado, principalmente depois que eu saí do armário, ela foi a primeira a me apoiar, então ela tem um local especial no meu coração.

PAR 06 — ARIZONA AND CALLIE (GREY'S ANATOMY) [NAMORADAS]

Callie rezava no templo, acompanhada de Arizona, sua namorada. As duas terminavam as orações e olhavam o cenário belo.

— Nós somos tão abençoadas, Arizona, de estar nesse local de paz. As pessoas deveriam valorizar esses momentos.

— Sim, sinto que é uma nova etapa em nossa vida.

[C] Arizona Robbins: Eu e Callie passamos por altos e baixos em nosso relacionamento, mas o nosso amor falou mais alto e estamos juntas aqui.

Elas descem o templo lentamente, tomando cuidado com a prótese de Arizona.

[C] Callie Torres: Estar aqui com a Arizona é um momento único e especial. É uma forma de nos reconectarmos e nos conhecermos mais ainda. Eu quero voltar para casa junto dela e abraçar nossa filha e mostrar para ela o quanto nos amamos.

— Nós estaremos na final, eu acredito nisso — Callie falou, segurando as mãos dela enquanto estavam sentadas observando o mar.

— Eu também.

PAR 07 — EVEN E ISAK (SKAM) [NAMORADOS]

Isak fazia suas orações enquanto Even trabalhava do lado de fora, construindo o acampamento e pegando pedras para a fogueira. Isak estava bastante concentrado e o namorado tentava não atrapalhar.

[C] Even Bech: Eu e o Isak somos diferentes um do outro, mas o melhor é que não precisamos forçar a barra. Não é porque ele gosta de uma coisa que eu tenho que fazer essa coisa, e isso torna a nossa relação mais saudável e natural.

Isak agora se juntava ao namorado, eles davam um selinho e ele o ajudava.

— Se sente melhor? — Even perguntou.

— Sim. E você? — Ele indagou.

— Com você aqui, sempre.

[C] Isak Valtersen: Eu me sinto preocupado às vezes, porque Even tem bipolaridade. Então eu não sei o que pode acontecer quando eu não estiver por perto. Mas ao mesmo tempo eu sinto que meu amor é maior que essa doença e eu só quero cuidar dele.

PAR 08 — NORMA AND NORMAN (BATES MOTEL) [MÃE E FILHO]

Norma fazia suas orações, ao lado do filho, que estava abraçado em seu ombro. Ela tentava se concentrar, mas não conseguia muito. Ele, entretanto, estava completamente confortável.

— Vamos, Norman, temos uma fogueira para construir — Ela diz se levantando em seguida.

— Você não irá orar, mãe? Você precisa orar.

— Eu já orei, Norman, querido, tudo ficará bem — Ela vira para ele e passa a mão em seu rosto. Ele assente com a cabeça e os dois se levantam.

[C] Norma Bates: Norman é completamente dependente de mim. Mesmo maior de idade, as vezes parece que ele é uma criança. Mas eu o amo. Ele é meu filho, meu bebê e precisa de mim.

— Eu não vou deixar nada acontecer com você, mãe — Ele dizia.

— Como assim, Norman? O que poderia acontecer?

[C] Norman Bates: Minha relação com a minha mãe vai além de qualquer outra coisa. Quem ousar nos atrapalhar irá pagar caro por isso! Nós chegaremos na final do programa e dividiremos o prêmio.

— Eu te amo, mãe. — Ele dizia lentamente.

— Eu também... Norman.

PAR 09 — CHERYL AND TONI (RIVERDALE) [NAMORADAS]

Toni rezava e Cheryl estava com pouca paciência para isso. Ela pega a estatueta e vira para o lado contrário enquanto a namorada ainda está ajoelhada rezando.

— Toni, vamos logo — Ela disse após minutos de tédio.

— Cheryl! Sério isso? — Ela colocou a imagem de volta ao local.

— Toni, não temos tempo a perder. Esse é um jogo imprevisível.

— Imprevisível, Cheryl? Só se for você. Está tudo tranquilo, nada começou ainda.

— Não estou falando disso — Ela puxou Toni e a beijou — Eles vão nos separar, eu sei como isso funciona. Vamos aproveitar.

— Eca, Cheryl, você é podre. Não no templo, ok? — Elas riram.

— Eu sempre tive um fetiche.

[C] Toni Topaz: Eu e a Cheryl somos bem diferentes. Mas eu gosto dessa diferença, é o que nos une. Ela é muito ousada. Não que eu não seja, mas eu gosto do modo que ela vive a vida, essa adrenalina que ela tem no sangue. É o que me fascina nela.

[C] Cheryl Blossom: Minha relação com a Toni é recente, mas isso não significa nada. Eu gosto dela. E é isso. Eu não sou boa em ficar demonstrando sentimentos, então não esperem que eu fique falando que amo ela toda hora. Porque não vou.

PAR 10 — CHANDLER AND MONICA (FRIENDS) [CASAL]

— Chandler! Chandler! Precisamos fazer algo urgente — Monica dizia enquanto o esposo rezava. Ela estava na ilha olhando embaixo das pedras.

— Monica, se está me procurando embaixo das pedras, eu não sou uma concha.

— Engraçadíssimo. Eu estou procurando um ídolo e você deveria fazer o mesmo.

— Ídolo? O jogo nem começou, Monica.

— Chandler, você está dizendo que eu estou sendo abafada?

— Nah-nah-na.... — Ela olha para ele — Eu só estou dizendo para irmos devagar. Vamos começar orando, calmamente, tudo tranquilo — Ele diz com sutilidade.

— Isso! O templo! Você está certo — Ela beija ele e corre pro templo.

— Estou? — Ele sorri — Estou!

Chegando no templo, Monica pega a estatueta e começa a revirar. Ela chacoalha procurando pelo idolo, mas nada está ali.

— Monica, o que está fazendo?

— O ídolo deve estar aqui.

— Monica, é só um buda!

— Isso é o ídolo!

— Meu Deus! Monica, isso é só um... Quer saber? Vá em frente.

Monica pega a estatueta e carrega consigo.

— Meu idolo! Só MEU!

[C] Chandler Bing: Eu amo Monica, mas as vezes ela é surreal, paranoica e... bem, ela não bate muito bem da ideia. Mas ainda assim é a minha Monica, não é?

[C] Monica Geller: EU ACHEI O ÍDOLO DA IMUNIDADE!!!



Notas finais do capítulo

E aí, o que acharam das duplas? Quais os favoritos inicialmente?
Em breve o primeiro episódio oficial!



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Survivor" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.