If not us, who? If not now, when? escrita por KaahLerman


Capítulo 18
"Love Storie"


Notas iniciais do capítulo

Decepcionada pela falta de comentários no último capítulo! Como sempre fielmente só a Sakurita1544 comentou, obrigado por sempre estar aqui acompanhando e comentando! Agora vamos ao capítulo...



Mansão dos Marra

Pamela - Já pensou em como vai dar o anúncio de que está viva em seu programa? Já adiamos demais.

Megan - I know, mom! Mas precisava de um tempo para pensar em como fazer isso, afinal ninguém sabe que estou viva.

Dorothy - Mas você tem pesquisado para o programa.

Megan - Yeah, Tuca tem me ajudado. Ele é um filantropo. Mas hoje mesmo podemos colocar o programa on air e vou falar com o público. Será, like, one surprise. - O celular de Pamela tocou.

Pamela - Hi Jonas! What the problem? Ok, ok. See you later. - Desligou. - Your dad precisa fazer uma viajem de negócios e quer que eu vá com ele. Disse que é muito importante para Marra.

Megan - Go, mom! Pode ser, like, uma lua-de-mel. - Riram.

Pamela - Tem certeza de que não quer que eu fique para te ajudar com o programa?

Megan - Dorothy, Brian e Tuca can help me.

Pamela - Thanks, sweetie!

Parker TV

Tuca - Está tudo pronto para o programa ir ao ar.

Megan - Thanks! Estou muito nervosa. Tenho medo que as pessoas achem que sou um fantasma.

Tuca - Que isso, Megan? - Riu. - Todos vão te ver e te ouvir e você vai poder contar o que aconteceu.

Megan - Ok.

Moreira - Entrando no ar em vinte segundos! - Anunciou.

Tuca - Vai lá, boa sorte! - Desejou. Ela entrou no palco. Rodaram a vinheta de abertura e Megan apareceu sorridente, o público assustou-se.

Megan - Hi guys! Eu sou Megan Lily Parker-Marra e estou aqui hoje para esclarecer fatos de two months ago. Não, eu não morri. Sei que essa noticia foi publicada e autenticada, but i'm not dead. E estou aqui para explicar para vocês o que realmente aconteceu...

Davi estava na Marra Brasil, na sala de conferências assistindo ao programa com Ernesto e Vicente. Todos na Marra haviam parados seus afazeres para acompanhar aquela transmissão da Parker inédita. Reis assistia tudo feliz, finalmente a verdade seria esclarecida. A garota estava mais linda do que se lembrava. Não a via fazia uma semana. Desde que Arthur havia chegado, ela arrastara o gringo para todas as partes do Rio de Janeiro. E o nerd havia morrido de ciúmes dos dois...

Megan - Fui vítima de uma mente suja e desprezível. De uma nerdestina ridícula. Manuel Yanes, a ex concorrente para sucessora de meu dad sabotou os freios de my car, por isso sofri o acidente. Brian foi o primeiro a descobrir. Tive algumas lesões and my parents ainda não haviam me encontrado. Estava abrigada num sítio no interior do Rio com peoples very goods, but estava muito confusa. My dad and my mom me rastrearam e me encontraram one week later. Demoramos tanto para contar isso por que queríamos ter provas concretas sobre todas as maldades daquela nerdestina brega. Finally provamos que ela era culpada de my aciddent and her is locked up. This is the real history!

Todos estavam surpresos com as revelações da loira. Vicente olhava para a tela e parecia estar ciente do que ouvia. Não parecia surpreso, como Davi estava esperando.

Vicente - Não olha pra mim com essa cara, não, Davi. Eu sempre te disse que a Yanes não prestava, você que nunca me escutou.

Davi - Eu sei, me desculpa, cara. Devia ter ouvido vocês.

Ernesto - É mais agora tudo já se ajeitou. Você tem falado com a Megan?

Davi - Ela anda fugindo de mim desde a nossa última conversa no dia que a Manuela foi presa. Não entendi o que ela quis dizer com "finalmente me libertei".

Vicente - Ela anda te ignorando?

Davi - Pessoalmente sim, virtualmente não. Ainda responde meus e-mails e mensagens. Mas não consigo chegar perto dela ou ligar, por que ela não me atende.

Ernesto - Será que a patricinha não está interessada nesse Arthur Nigri? Desculpa Davi, mas a Megan tem esse direito.

Davi - Eu sei, e isso é o que me dá mais medo. Ela não desgrudou desse cara desde que ele chegou. E para piorar ele está hospedado na mansão dos Marra. Isso só pode ser um pesadelo.

Vicente - Acho que deveria falar com ela, sem deixá-la fugir. Se ela correr, você corre atrás. Mas tem que resolver isso logo.

Ernesto - É uma boa ideia, cara. Depois do programa ela certamente vai para mansão. Pode falar com ela por lá e não vai ter como escapar.

Davi - Vocês tem razão. E querem saber? Estou indo para lá agora mesmo. Não posso perder mais tempo e dar a vantagem para o Tuca. - Frizou com desgosto.

Vicente - Boa sorte, Davi! - Desejou. Davi saiu.

Mansão dos Marra

Dorothy - Oh, God! A audiência da Parker TV foi as alturas! Megan, sweetie, estava maravilhosa! Perfeita!

Brian - Acalme-se, mommy.

Dorothy - Nem pensar, Brian Roberto. Nós temos que celebrar. Champagne pra quem tem sede! - Anunciou e foi para cozinha buscar uma garrafa.

Brian - Vou até lá contê-la. Divirtam-se crianças. - Saiu.

Megan - Dorothy está muito empolgada. Parece até que ela make the program.

Tuca - Ela nunca perde uma chance para beber champagne. - Riu.

Megan - Ela bebe em good and bad days. Resumindo, all day!

Tuca - E agora? Vamos ficar aqui parados no meio da sala sem fazer nada?

Megan - Oh, little correct boy, it's time of show! - Foi a cozinha, pegou duas garrafas de champagne, ligou o som.

Tuca - Festa á essa hora da noite, Lily? - Riu.

Megan - Para relembrar the old times...

Titanium de David Guetta feat. Sia tocava na maior altura...

Megan - "You shout it loud, but I can't hear a word you say. I'm talking loud, not saying much. I'm criticized, but all your bullets ricochet. You shoot me down, but I get up... I'm bulletproof, nothing to lose. Fire away, fire away. Ricochet, you take your aim. Fire away, fire away. You shoot me down, but I won't fall. I am titanium!

As luzes estavam baixas. Os dois dançavam, rindo e se divertindo. Megan cantava, as vezes desafinando com o champagne, mas cantava bem. Já haviam feito algo assim na Califórnia um milhão de vezes. Eram amigos desde sempre, uma coisa que Jonas havia feito de melhor era ter apresentado os dois oito anos antes. Ela tinha doze e ele dezesseis, e estava começando sua carreira nesta época. Tornaram-se amigos quase instantaneamente. Eram quase como irmãos. Mas para alguém que visse a cena de fora, acharia que era só mais um casal se divertindo juntos. Era isso que Davi via do lado de fora da casa, na área próxima á piscina. Ali via aquela cena e já tirava suas próprias conclusões. Ela não estava mais interessada nele, deixara bem claro no dia em que se reencontraram. Agora teria que seguir em frente. Aquela história de amor nem havia começado e o destino já havia colocado um fim nela.

Marra Brasil

Dia seguinte...

Davi - Murphy, me traga esses relatórios depois do almoço. Quero revisar tudo antes de mandar para a fábrica.

Murphy - Claro, senhor Reis. - Saiu.

Ernesto - Ainda não disse o que aconteceu na casa dos Marra ontem.

Davi - Não aconteceu nada, ok? - Disse irritado. - Cheguei lá e ela estava dançando e se divertindo com o tal Arthur Nigri.

Vicente - Essa cara de novo, Davi?

Davi - Eu tenho que esquecer essa garota. Afinal a fila já andou pra ela. Eu é que tenho de desencanar.

Ernesto - Para o que você precisar, nós estaremos aqui, Davi. Os três mosqueteiros da Gambiarra.

Vicente - É isso aí, cara. Se a fila andou pra lá, faça andar aqui também.

Davi - A minha história com a Megan nem começou, por isso não vou ter problema em procurar uma nova pessoa. Se ela quis assim, é como vai ser.



Notas finais do capítulo

Por que o Davi precisa sempre complicar as coisas? Espero que dessa vez haja mais comentários, é importante para que os próximos capítulos saíam logo. Deixem reviews!