Projeto Lovers 2.0 escrita por Nina


Capítulo 9
Leo Valdez/Reyna Avila Ramírez-Arellano


Notas iniciais do capítulo

Coloquei o nome completo da Reyna porque eu acho ele tão lindinho kkkk
Espero que gostem, porque eu amo esse casal e foi uma das mais divertidas de escrever :)
[Link: http://www.vagalume.com.br/cher-lloyd/dirty-love-traducao.html]



Ela o viu caminhando, tão angelical que só faltava a auréola, mas não era nisso que ela estava interessada, Reyna estava interessada mesmo era no fogo que se passava pelos seus olhos e a malícia encoberta pelo seu sorriso de anjo, mas Leo os tinha escondido, e ela não via necessidade, o menino não precisava ser um super-herói, ela já estava cheia de caras assim.

O garoto tinha um lado meio selvagem, talvez um pouco mais que isso, e era o que a morena desejava, ela queria a emoção e sabia que ele tinha, só tinha que deixar aparecer. A menina já estava mais do que cansada daquela monotonia, queria um menino rebelde, queria bagunçar aqueles cabelos e ver os tão bonitos olhos castanhos incendiados como da primeira vez em que se viram, mas ele era certinho demais.

Leo já estava interessado em Reyna muito tempo antes dela se interessar de volta, mas já tinha reparado que a menina sempre ficava com os mocinhos, não com caras do tipo dele, por isso mudou completamente, passou a cuidar do cabelo sempre tão rebelde e também a usar roupas ajeitadas, qualquer coisa que a fizesse reparar nele, mal sabia que a garota o queria exatamente do jeito que era.

Ele se esforçava cada dia para deixar a natureza rebelde de lado e fazer tudo certo, e isso a deixava entediada, fazia tudo tão certinho que a deixava mais entediada ainda, e então colocava alarmes no celular para se lembrar de ligá-la, o que a fazia quase dormir de tanto tédio, a menina estava pouco se importando para os bons modos e a delicadeza com que ele a tratava.

Ela estava tão cansada dos garotos bonzinhos, queria os selvagens, desejava um garoto igualzinho a Leo. Queria que ele agisse como um homem das cavernas, imprevisível, ela queria seu amor, por mais indecente que fosse, queria com todas as forças que tinha.

Ele também não era muito chegado em garotas certinhas, e sabia que Reyna não era uma, mesmo com toda aquela fama de boa moça, o menino tinha certeza que ela era tão errada quanto ele, mas o que poderia fazer se era aquilo que ela queria? O menino faria de tudo por aquela garota.

Leo tentava tratá-la como uma dama, por mais que achasse ridículos os garotos que faziam isso, e ela também achava, então resolveu dar basta, disse em alto e bom som que não queria um bom garoto, queria ele do jeito que era, com o sorriso malicioso no rosto e um olhar tão indecente quanto seu amor.

O garoto sorriu, aquele sorriso que ela tinha acabado de dizer que amava, por mais que estivesse confuso com o que a garota dizia, entendia o que ela desejava e, por Deus, ninguém queria mais isso do que ele mesmo.

Então lhe deu todo o seu amor, do jeito que bem entendia e achava bom, e então a única coisa que ela conseguia pensar era em como era possível amá-lo ainda mais.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Projeto Lovers 2.0" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.