Ilusão escrita por Mellconde


Capítulo 20
Capítulo 19


Notas iniciais do capítulo

eu particularmente gosto desse capitulo, por mais mal escrito que esteja. espero que gostem tanto quanto eu boa leitura :*



Mais um sonho com Bella e meus olhos se abriram, mais um sábado, e ao meu lado na cama, Rosalie. Eu ainda me perguntava o que eu estava fazendo ali, mas até que ela tinha me ajudado a não pensar em Bella.

Eu debrucei na cama e de leve dei um beijo em seu rosto. Ela era linda, e gostava de mim, de verdade. Talvez fosse justo estar com ela, ela me dava atenção e fazia questão de mostrar que eu era dela, e ela era minha.

Levantei e fui tomar banho, acho que estava começando a gostar dela.

Três batidas na porta e de toalha eu fui atender.

-Edward, Reneé está perguntando se não pode dar uma carona a Bella. - Esme disse

-Mãe, agora?

-é Edward, ela não quer a filha dela saindo por ai sozinha.

-Ela tem namorado, peça para ele.

-Edward...

-ta bom, vou terminar de me arrumar.

-Ok querido, Bella te espera lá em baixo – disse e saiu.

Ok, isso tudo já estava armado? Esme tinha dito a Bella que eu poderia leva-la sem me consultar?

-Edward – Rose disse com a voz sonolenta – o que ouve.

-Tenho que dar carona a Swan.

-O que? - der repente ela estava acordada – como? Você é meu, e ela já deviria ter se conformado com isso!

-Rose, é só uma carona, te encontro a noite no bar. Está bem?

-ta … - ela continuou de cara fechada

-Vamos Rose, cadê o me sorriso?

Ela sorriu

-isso ai – eu disse e lhe dei um beijo. - agora se vista que eu tenho que sair.

-é só alguém falar dela que você se derrete.

-Está com ciumes?

-Ciumes não, está escrito nos seus olhos que ainda gosta dela.

-Não gosto.

-Então por que nunca disse que me ama? Não gosta de mim?

-Está ficando sentimental demais ultimamente. Vá, estou atrasado.

Ela, de mau humor, se vestiu e logo atrás de mim desceu as escadas.

A reação de Bella não foi da melhores me vendo descer as escadas olhando Rose descer logo atrás de mim. Ela já devia ter imaginado que Rose não tinha apenas dormido ao meu lado. Eram meninas completamente diferentes, talvez por isso que eu tenho começado a simpatizar mais com ela.

-Vamos?

-Vamos. - Bella respondeu.

Ok, devo mencionar que ela estava incrivelmente e perfeitamente linda, com o casaco preto daquele primeiro dia. Ninguém imaginava quanta saudade estava da voz da minha pequena, e do seu jeitinho meigo e doce. Saudade do abraço dela quando eu estava mal e de seu beijo... ROSALIE! Precisava pensar em Rosalie.

-Tchau meu amor – Rose se despedia com um beijo.

-tchau Rose – disse e entrei no carro com Bella.

-Está feliz com ela Edward? - Bella perguntou dentro do carro.

Eu não sabia responder, não sabia se era sincero ou se mentia. Era mais que obvio que Rose não me fazia feliz, e que eu não a amava. Era mais que certo que quem eu queria que estivesse em seu lugar, estava sentada ao meu lado dentro de um carro.

-Para onde vamos? - perguntei antes de ligar o motor

-Seattle.

- Ok.

Ela estava fria comigo, mas conseguia notar o sentimento em sua voz, estava nervosa. Estava querendo mostrar que era forte, que não sentia a minha falta, mas seu coração era meu, não havia como discutir.

O silêncio prevaleceu até chagarmos a Seattle, como não sabia onde ela queria ir, estacionei o carro em uma de suas pequenas ruas.

-Aonde vamos agora?

-Comer – ela disse – estou com fome.

Ela me guiou até uma rua, onde no final havia um restaurante. Mas antes que ela tivesse chance de continuar a andar, vi seu corpo congelar a minha frente. Seus olhos não estava querendo acreditar no que ela estava vendo.

Jacob beijava uma garota que eu não conhecia direito, apenas de vista. Beijava seu pescoço e manuseava seu corpo. Uma lágrima escorrei pelo rosto de Bella. Aquilo foi o suficiente para que meu punho fosse preparado para fazer algo que já deveria ter feito a muito tempo.

Caminhei até Jacob enquanto Bella, sem entender o que acontecia, me observava logo atrás de mim. O puxei pela camisa para que se soltasse da garota e lhe deu um soco no nariz.

-Edward! - Bella gritou – Pare!

O garoto caiu no chão com o impacto, confuso, tentou se levantar mas recebeu outro.

-Edward! Por favor! - Bella agora chorava. Por que ela queria tanto defender aquele cara?

Jacob se levantou e com raiva veio em minha direção. Seu punho acertou meu rosto, fazendo um corte em minha bochecha. Eu estava com tanta raiva dele que mal conseguia prestar atenção no corte.

-Para! - Ela gritou mais uma vez.

-Vá para o carro Bella! - eu gritei de volta. Eu não queria que ela visse aquela cena, não iriamos parar tão cedo.

E então, quando ele se preparava para me dar mais um soco Bella se meteu no meio . O soco que seria para mim acertou seu rosto, a deixou tonta e a fez cair no chão.

-Bella – Jacob gritou e se abaixou para ve-la

-Não toque nela. - saiu quase como um rugido

O garoto me olhou com raiva em quanto eu me ajoelhava para ver Bella, segurou a mão da menina que estava com ele e foi embora.

-Bella, desculpe. Não consegui me conter.

-Esta tudo bem – ela dizia com lágrimas nos olhos. Se levantou e me abraçou forte. O abraço que eu tanto senti falta. Suas lágrimas molhavam meu casaco, e em meio as lágrimas ela conseguiu falar – eu senti a sua falta.

Eu acabava de retirar tudo o que eu havia dito nos dois últimos capítulos. Eu não consegui viver sem ela.

-Eu também pequena – eu disse beijando o alto de sua cabeça

-Edward, desculpe pelo o que aconteceu, eu ia te contar.

-Ei ei , depois você me conta. Agora não importa mais.

-Pensei que tivesse me esquecido.

-Eu serei seu para sempre

-Edward.

-Fala pequena.

-Eu te amo – ela disse e se afastou para poder me olhar – eu te amo muito. - disse e voltou a chorar. As lágrimas caiam lentamente em silêncio.

-Eu vou te amar para sempre. Você sabe disso.

Ela sorri em meio as lágrimas e voltou a me abraçar

Eu ouvi a minha pequena dizer que me amava, ela estava em meus braços quando disse isso, e eu a deixaria ir?

Eu dei um beijo em sua bochecha e passei meu nariz por ela, sentindo seu cheiro de olhos fechados para que eu não pudesse esquecer daquele momento. Seus olhos se fecharam assim como os meus.

-Edward!

Meus olhos se abriram rapidamente e com as mãos na cintura estava Rosalie olhando para nós dois.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Ilusão" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.