30 Day OTP Challenge escrita por Kaline Bogard


Capítulo 10
Capítulo 10 - Febre do Lobo


Notas iniciais do capítulo

Título: Febre do Lobo
Autor: Kaline Bogard
Day 10: With animal ears
Genero: romance, humor
Aviso: realidade alternativa (não canon)
Link do desafio: http://30dayotpchallenge.deviantart.com/journal/30-Day-OTP-Challenge-LIST-325248585

— Mais um capítulo sem betar. Sorry



– Não pode ser! – Derek andava de um lado para o outro do consultório de Deaton, bufando a intervalos cada vez mais curtos de tempo.

– E agora?! – Isaac parecia desolado, ao contrário de Derek, que se mostrava irritado. Irritadíssimo na verdade.

– A gente vai dar um jeito nisso, caras. Eu prometo – Scott tentou aliviar, mas foi ignorado.

Stiles apenas observava, os olhos castanhos seguindo cada um dos passos de Derek enquanto uma das mãos cobria os lábios, evitando que um “Owwwnn” suicida escapasse sem querer. Suicida pois Derek estava uma pilha de nervos. Não aceitaria muito bem ser chamado de Fluffywolf.

E era justamente isso que Hale parecia!

Com a proximidade da lua cheia os lobisomens precisavam tomar medidas preventivas para a própria segurança e a segurança das pessoas que conviviam com eles. Até aí nada além do normal... o problema foi quando a fase da lua terminou... o satélite natural passou para a minguante, levando consigo a influência sobrenatural na vida do pack por completo.

Ou melhor... quase por completo.

Por alguma razão desconhecida as orelhas de Derek não estavam voltando ao normal, ficando como orelhas de lobo: felpudas e pontudas, cobertas de pêlo amarronzado. Com Isaac acontecia algo semelhante, mas ao invés das orelhas o que continuava no corpo do rapaz era um cauda! Uma cauda!

Ele nunca tivera uma cauda antes, desde que fora mordido. Agora aquilo estava atrás de si, se agitando de um lado para o outro quase como se tivesse vontade própria.

O único que parecia completamente normal era Scott.

– O caso de Isaac é mais fácil – Stiles resolveu falar, depois de limpar a garganta – Ele pode enfiar isso por dentro da calça e ninguém vai perceber... eu acho...

Lahey gemeu baixinho. Ele já tivera que fazer um corte na calça, para deixar a cauda escapar, justamente porque era incomodo mantê-la apertada dentro das roupas.

– Tentamos isso – McCall deu de ombros. Como Isaac estava morando em sua casa sentia-se meio responsável pelo garoto. Era impossível evitar.

– Já o caso do Derek – Stiles assumiu um ar pensativo, lutando com todas as suas forças para evitar derreter diante da imagem do namorado com aquelas orelhas peludinhas – Talvez uma toquinha de lã.

O mais velho rosnou irritado e voltou a andar de um lado para outro.

– Encontrei – Deaton entrou no consultório segurando um grande livro, muito velho, com capa de couro e páginas amareladas pelo tempo – Se chama “Febre do Lobo”.

Todos os presentes na sala aproximaram-se do Emissário, tentando enxergar o livro que ele colocou sobre a mesa usada para seus atendimentos.

– O que é isso? – Derek indagou com impaciência – Nunca ouvi falar.

– É grave? – Scott soou preocupado.

– Tem cura? – a pergunta de Isaac foi a mais importante de todas.

Deaton bateu com o dedo em uma página específica e balançou a cabeça.

– Não é grave. Quem carrega o vírus são as Kitsunes, mas raposas são imunes. Acredito que ao despertar seus poderes Kira acabou acordado o vírus incubado e contagiando Isaac e Derek com ele – o veterinário respirou fundo – Scott não pegou essa febre porque ele é um True Alpha e imune a ela. Não é grave e some mais ou menos em uma semana... até lá não há nada que possamos fazer.

– Se uma Kitsune carrega o vírus por que se chama “Febre do Lobo” – a pergunta partiu de Stiles, que coçava a cabeça intrigado com a dúvida.

– Talvez porque atinge apenas aos lobisomens – Deaton respondeu sem desviar os olhos do livro – Nenhuma outra criatura é afetada por essa doença. Ninguém sabe como começou ou o que é exatamente, mas essa Febre do Lobo causou a morte de muitos lobisomens na Europa, no decorrer da Idade Média. Quando um era infectado não podia esconder a maldição e era assassinado.

– E tinham Kitsunes na Europa na Idade Média? – Stiles era um poço de curiosidade, sua vontade de aprender não reconhecia limites – Como elas chegaram lá? Não lembro de ter visto isso nas aulas de História e...

– Stiles – Derek cortou a enxurrada de palavras, sentindo (e não apenas ele) como Deaton estava desconfortável com o interrogatório. O veterinário era o mais velho entre eles, o que tinha mais experiencia e sabedoria. Sentia-se responsável por aqueles garotos, pelo bem estar dos membros do Pack de Scott. Pensar que era uma coisa pequena como a Febre do Lobo não diminuía a sensação de fracasso. E se eles estivessem contagiados com algo grave que colocasse suas vidas em risco? Bem, quando (e se) acontecesse teria que enfrentar usando todas as suas habilidades e fazer o seu melhor...

– Desculpe, Stiles. Não tenho todas as respostas.

O clima pesou por alguns instantes e até Stiles percebeu que pressionar o veterinário demais não ajudaria em nada. Talvez nunca soubessem todas as informações. Mas de um jeito ou de outro precisavam enfrentar a situação com o pouco que sabiam.

– Uma semana isso? – Isaac fungou, a longa e peluda cauda se agitando a suas costas como o pendulo invertido de um relógio.

– Nem um antidoto? – Derek soou sofrido.

– Nada descrito nesse livro. Posso procurar em outros, mas talvez quando achar já tenha passado os dias e o efeito sumido sozinho. A febre mantem uma parte do lobo ainda na forma humana por esse tempo, mas nenhum outro efeito acontece.

– Uma semana passa rápido – nem bem terminou a fraca frase de motivação e o Alpha recebeu olhares rancorosos tanto de Derek quanto de Lahey.

– Droga! – foi a vez de Isaac lamentar. Com essa história nenhum dos dois poderia sair de casa nos próximos dias. O que não era exatamente um grande incomodo, se pensar bem. O adolescente desistira do colégio e Derek... bem... Derek era o Derek.

– Podia ser pior Flu... digo, Sourwolf – a afirmação do filho do xerife soou um pouco animada demais.

Stiles aproximou-se do namorado e coçou de leve atrás da orelha transformada. A resposta foi imediata: o lobisomem esticou a orelha e agitou de leve, exatamente como um cachorro faria. A cena foi tão engraçada que causou um ataque de risos em todos. Até Deaton sorriu largo, surpreso de ver alguém como Derek tão mansinho nas mãos de Stiles.

Hale, que fechara os olhos sem perceber, voltou a abri-los, cortando o carinho gostoso atrás da orelha.

– STILES! – ralhou falhamente com o namorado.

– O que foi...? – Stiles fingiu-se de inocente – Descobri um ponto fraco! Nessa semana é melhor fazer todas as minhas vontades ou eu coço a sua orelha até você ficar sem forças!

Derek bufou diante da ameaça bobinha. Sua resposta foi passar as mãos pela cintura do menino e trazê-lo para mais perto de si.

– E quando é que eu não faço suas vontades...? – resmungou levando o rosto a curva do pescoço de Stiles e aspirando o cheiro do adolescente.

– Eca, caras! – Scott bronqueou – Tem menores de idade no recinto. Eu vou embora. Já descobrimos que não é nada grave, aguentem firme essa semana.

E o Alpha se foi, feliz por não ter pegado a tal Febre do Lobo. Pensava também em ver Peter e os gêmeos, verificar se estava tudo bem com eles ou alguma parte da anatomia não voltara ao normal ainda. Seria divertido rir deles, agora que sabiam não ser nada perigoso ou permanente.

Imagina pensar em Derek com as orelhas peludas para sempre? Ou em Isaac com aquela cauda que parecia ter vida própria, agitando-se de um lado para o outro?

Derek e Stiles permaneceram indiferentes a escapada de Scott e Isaac, que seguia o Alpha como um filhotinho perdido e Deaton que também saiu da sala para dar mais privacidade ao casal.

– Abraço quentinho Fluffywolf.

– STILES! Do que me chamou? – Derek rosnou.

– Ops... escapou!

O lobisomem apenas gemeu sofrido, intuindo corretamente que aquele “escapou” seria o primeiro de uma longa lista de situações inusitadas no decorrer da semana. Tudo graças a Febre do Lobo.

Fim



Notas finais do capítulo

Gostou? Não gostou? Deixa um review!!

Trabalhar com as orelhas foi chato. Eu pensei em um plot, mas travou. Apaguei tudo, recomecei e deu nisso... o ponto positivo: 1/3 do desafio já foi! Faltam apenas 20 dias.

Próximo da lista:

11 - Wearing kigurumis

Como eu vou usar esse tema...? Good Lord...



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "30 Day OTP Challenge" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.