Saint Seiya: A batalha dos deuses escrita por Eleus


Capítulo 19
O sacrifício do cavaleiro de peixes




–Robert, temos que vencê-lo rápido. Não posso mais manter meu poder!

–Eu sei disso Narciso. Teremos que usar a caixa sagrada que Atena nos confiou. Destruiremos esse corpo mortal que é o receptáculo de Deimos para assim liberarmos sua alma. Vamos.

–VOCÊS AINDA QUEREM ME VENCER? OS DERROTAREI ANTES QUE ESSE CORPO APODREÇA DEVIDO AO VENENO DO CAVALEIRO DE PEIXES.

“ESFERA DA..”

–O QUE SÃO ESSES CRISTAIS DE GELO QUE ME RODEIAM? NÃO CONSIGO ME MEXER.

–Esse é o “Grande circulo de gelo” seus movimentos estão totalmente paralisados. Não adianta tentar escapar! Isso só fará com os cristais destruam seu corpo.

– EU JÁ DISSE QUE ISSO NÃO É O BASTANTE.

Rapidamente Deimos livrou-se do golpe do cavaleiro de aquário.

–Então nem esse golpe é capaz de para-lo?

–Robert cuidado!

O deus aproximou-se do cavaleiro e desferiu um poderoso soco que jogou o cavaleiro de ouro longe.

–Seu miserável! Não deixarei que nos vença assim tão fácil. Saiba Deimos, que uso três variedades de rosas. As rosas vermelhas das rosas diabólicas reais matam o inimigo lentamente, já as rosas negras das rosas piranhas o matam rapidamente, não existe escapatória. A terceira, porém, é a mais mortal de todas. As rosas brancas, ou melhor, as rosas sangrentas. Elas vão diretamente ao coração do inimigo e sungam todo o seu sangue tornando-se assim vermelhas. Não há como escapar desse golpe! E é com ele que destruirei esse seu corpo mortal! Receba a minha

“Rosa sangrenta”

A rosa de Narciso foi numa velocidade incrível de encontro à Deimos. Mas chegando perto dele ela pulverizou-se.

–Minha rosa! Mas como?

–EU DISSE CAVALEIRO, AQUI NÃO EXISTE VIDA! AGORA MORRA COMO SEU AMIGO.

“ESFERA DA DESOLAÇÃO”

O golpe atingiu em cheio o cavaleiro de peixes que caiu devido ao impacto.

– Será que não poderemos vencê-lo? Robert! Levante-se!

–Sim, eu preciso me levantar... Tenho que ajudar Narciso a vencer Deimos. Preciso chegar ao zero absoluto. Só assim para minha execução aurora para-lo. Eu tenho que conseguir! Narciso, vamos! Nós temos que cumprir nossa missão. Usaremos todo o nosso poder dessa vez!

–VOCÊS MORTAIS SÃO INÚTEIS. SUA OFENSA CONTRA OS DEUSES CUMINARÁ EM SUA RUINA! SEJAM ATINGIDOS MAIS UMA VEZ PELO MEU GOLPE

“ESFERA DA DESOLAÇÃO”

–Dessa vez pararei seu golpe.

“Grande esquife de gelo”

–ISSO NOVAMENTE? IDIOTA!

O golpe de Deimos não conseguiu atravessar a barreira de gelo dessa vez.

–MEU GOLPE FOI PARADO! IMPOSSIVEL!

–Robert! Será que ele alcançou o zero absoluto? Não... Seu cosmo começou a diminuir. Acho que ele usou todo o seu poder nesse esquife. O que faremos agora?-Pensou Narciso.

–VEREMOS SE VOCÊ CONSEGUE PARAR MEU GOLPE NOVAMENTE

–Não, Robert não conseguirá usar seu poder novamente? O que devo fazer? Deimos me escute! Eu serei seu adversário. Dessa vez sua armadura não conseguirá deter minhas rosas! Dancem rosas negras, dancem “Rosas Piranhas”

–NOVAMENTE ESSAS ROSAS? EU JÁ DISSE QUE NÃO ERAM O BASTANTE! MAS COMO ESSAS ROSAS... ELAS ARRANHARAM MINHA MÃO!

–Eu usei todo meu poder nesse golpe. Eu disse que elas iam sobrepujar seu poder.- Narciso mal conseguia ficar de pé enquanto falava.

–MORTAL IMUNDO. VOCÊ PAGARÁ POR ISSO! VÁ PARA O INFERNO!

“ESFERA DA DESOLAÇÃO”

–Então esse é meu fim? Robert use seu poder! Chegue ao zero absoluto e acabe a missão que nos foi dada. Não posso mais fazer nada. Cheguei ao meu limite. Adeus, amigo! Adeus, Atena!

O golpe de Deimos engoliu todo o corpo de Narciso.

–Narciso! Não! Como pode? Você não devia morrer!

–AQUELE MALDITO MORTAL OUSOU ARRANHAR MEU CORPO! AGORA É SUA VEZ DE ENCOTRAR A MORTE!

–Ouça-me Deimos! Narciso se sacrificou por mim. Eu te derrotarei! Eu alcançarei o zero absoluto e te selarei! Por Atena e por meus amigos! Sim, sinto minha cosmo energia expandindo! Esse será seu fim! Cosmo eleve-se ao infinito!

“Execução Aurora”

– JÁ DISSE QUE NÃO VAI ADIANTAR! SEGURAREI SEU AR FRIO COM MINHAS MÃOS.

–Não será assim tão fácil Deimos! AAAAAAAAAAAAAAA

–HAHAHAHA VIU O QUE DISSE?(...) MAS COMO? ESSE AR ESTÁ CONGELANDO MINHAS MÃOS! MEU CORPO...

–Narciso enfraqueceu esse seu corpo com o seu “aroma letal”. Com meu ar gelado chegando ao zero absoluto ele não conseguira suportar! Será destroçado! Obrigado Narciso, sem você isso séria impossível! Pena que não poderei viver para contar sobre nossa vitória-Robert sorriu enquanto lágrimas saiam dos seus olhos.

–ISSO É IMPOSSIVEL! EU NÃO POSSO SER VENCIDO POR MORTAIS! MAS COMO? NÃO ADIANTA. PEGAREI OUTRO CORPO. ISSO NÃO É PROBLEMA!

–Finalmente esse seu receptáculo morreu. Que sua alma seja selada dentro dessa caixa sagrada nos dada por Atena!

–NÃÃÃO. ATENA, SUA IDIOTA! AAAAAAAAAAAAAA

Finalmente o Deimos foi selado. Robert, congelado pela intensidade do seu próprio golpe jazia no chão. No lugar onde Narciso recebeu o golpe do deus, só restava a armadura de peixes vazia.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Saint Seiya: A batalha dos deuses" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.