Home escrita por Daiana Caster


Capítulo 9
Aposta


Notas iniciais do capítulo

Feliz pra caraca que não enrolei pra postar e o intervalo desse pro anterior foi curto espero que gostem e please co0mentem sei que é chato pedir sempre pra vcs comentarem mais pra mim é tão tão gratificante que voces não tem noção espero que gostem




No dia seguinte Fabinho se espreguiça ainda de olhos fechados e se vira na cama
e não acha Giane.
– Merda.diz ele abrindo os olhos e saltando da cama.
Ele escuta o som ligado na sala e vai até lá.
' quando vi você quase não acreditei não vi você mudar nem vi você crescer mais nunca te imaginei assim ' ele ouve Giane cantando entrando na sala.
– To achando que essa historia de grávida dormir mais que a porta é mentira.diz ele sorrindo pra ela na porta.
ela levanta a cabeça, que estava baixa prestando atenção nas coisas que estava tirando da caixa e sorri pra ele, parado a sua frente.
– Acho que não cheguei nessa fase ainda.
ele se senta ao seu lado e lhe da um selinho.
– Tá melhor ? diz ele olhando pra ela .
– To. arrumei um enfermeiro que é muito bom.ela sorri.
ele ri dando um selinho nela.
– Ele agradece.vem vamos tomar café, depois agente termina de arrumar isso. Ele segura ela a puxando do chão e se sentam na mesa.
' Quando me aproximei não sabia o que falar ' Giane canta.
– Ei essa música.
– o que tem ela ? Pergunta Giane Comendo.
– É nossa. já reparou a letra ? diz ele sorrindo.
ela sorri.
– Já. por isso gosto.
– ih, já tamo virando casal melosinho. já temos até música.ele revira os olhos.
ela ri.
– É parte do casamento. eu tenho outra.
– Até poucos minutos não tínhamos nenhuma, agora temos duas.
ela ri.
– É temos. e não reclama fraldinha.
– Não to reclamando não. é bom, ai quando tiver longe escuto e lembro de você.diz ele abraçando ela e mordendo sua bochecha.
ela revira os olhos.
– Melosinhooo !
– grossaaa !
Eles riem e se Beijam.
– e aí cadê a outra ?
– depois te mostro.
– tudo bem.
eles terminam o café e voltam a arrumar as coisas.
Giane abre uma caixa e encontra a bola que deu pra ele.
– Mentira é ela ? diz ela levantando a bola pra ele e sorrindo.
Ele sorri.
– É.
– Caramba jurei que tinha muchado aquele dia que eu bati com ela forte na árvore.diz ela revirando a bola.
– E tinha. eu enchi denovo.
– Caramba, todo esse amor por uma bola.ela debocha.
– Sabe o que é ? ganhei de uma maloqueira muito gata que eu to afim.diz ele se aproximando dela.
– Ah é muito gata ? Pergunta Giane fazendo falsa cara de surpresa e rindo.
– Oh gata e gostosa. acho que eu to apaixonado por ela.diz ele rindo envolvendo ela em seus braços.
Ela ri e o beija.
– Maís é besta mesmo.
ele lhe da vários selinhos.
– Vem, quero jogar bola. diz ela puxando ele.
– Tá doida não da.diz ele segurando ela.
– Há, não da. eu dou um jeito. diz ela já correndo pra fora chutando a bola.
Ele ri balançando a cabeça.
– É uma maloqueira mesmo.
Ela ri e faz careta pra ele.
– Vai fica no gol, e eu chuto. quem perder paga um sorvete.
– Agente nunca vai apostar outra coisa.
– Que outra coisa Você quer ?
– Que tal um strip tease ?diz ele dando um sorriso malicioso pra ela.
– Muito safado. ela balança a cabeça.
– Não.eu quero sorvete.
– E que tal assim, se você ganhar eu te levo pra tomar sorvete e se eu ganhar agente toma sorvete aqui e faz coisas mais interessantes .diz ele abraçando ela e sorrindo.
– sua proposta é muito indecente.
ele ri.
– e aí topa ?
– Ah tá vai, eu topo.
– Ah, você fica aí fazendo doce. mais sei que você adora minhas propostas.
– Eu to topando por que sei que vou ganhar.ela ri debochada.
– Ah é metida ? ele a olha fingindo surpresa.
– Claro. você é o maior perna de pau.
– É ? só que você esquece que faz dois anos que to com você. só observando, aprendi muita coisa tá ?
– Ah é me espionando então ? vamos tirar a prova bora.diz ela correndo pelo quintal ele a segue.
– Já é pivete.
eles correm para o quintal
– Vai vamos jogar logo.
ela começa acertando.
– Cara você é tão ruim, que vou te vencer mesmo grávida e você não vai ter nada de coisas mais interessante.ri ela debochando.
– Cala boca vai maloqueira, a próxima vai. diz ele se posionando. ela chutá, ele pega. e assim eles vão jogando o jogo termina empatado.
eles entram.
– Cadê a madame que mesmo grávida me vencia.diz ele se sentando no sofa ela fica sua frente.
– Baixa sua bola amor. mesmo eu grávida você não venceu.diz ela se jogando no sofa tambem.
– Na próxima desconto.
– Tá apostado. diz ela.
– To exausto. me mato arrumando aqui e tenho que ficar jogando bola com moleque de rua maloqueiro ainda. diz ele se afundando no sofa.
– Ah para fraldinha que eu sei que você adora.
– Adoro tudo que faço com você.ele se vira pra ela.
– Melosinho.ela sorri
– Cavalo grosso.ele da selinhos nela.
Eles vão pro quarto ele tira a a camiseta.
– Nossa to exausto de verdade. diz ele se jogando na cama.
– Mais muito fraldinha mesmo. meio hora de trabalho duro e já tá chorando.
– ah é assim ? diz ele tentando ponta da cama.
– É o que fraldinha ? Diz ela colocando a mão na cintura sorrindo e fazendo cara de desafio.
ele da um salto da cama a agarra a prensa na parede e lhe da um beijão.

– Vamos tomar banho por que eu não vou na sorveteria assim.
– É vamos. diz ele puxando ela.
– Ow vamos mais separados.diz ela empurrando ele.
– ah maloqueira fala sério.diz ele emburrado.
– Falo. você vai primeiro. vai. diz ela empurrando ele pro banheiro e fechando a porta.
– Você me paga. diz ele na porta fechada.
– Ah eu sei. por que você acha que eu fiz isso ? aí já pago tudo de uma vez.ela ri.
– Pão dura.
– Chato.
Ele sai do banho já de calça.
– Vai oh pentelha sua vez.diz ele tacando a toalha nela.
– Vamos logo. e não dorme em ? senão não pago minha parte no acordo.diz ela tacando a toalha devolta.
– Tá isso é um estímulo ótimo.
– Safado. ela da um tapinha nele.
Ela toma banho e sai do banheiro de camiseta.
– Ei fraldinha tá pronto ?
– Quase e você ?
Ele aparece do mesmo jeito ela também.
– Você não falou que tava quase pronto ?
– Ah você falou também. sou mentiroso você também É.
– Ah vai te catar fraldinha. ele vai se aproximando dela que sorri. - tá já sei que você vai me catar.
– Ah é por isso que você fala então ? Já com segundas intenções.ele sorri.
ela ri.
– Como você é babaca cara impressionante.
– Tá sou babacá cretino ridículo o que você quiser, vem cá. diz ele puxando ela e abraçando por traz e dando um beijo no seu pescoço.
– Já disse que primeiro meu sorvete fraldinha.diz ela se impulsionando pra se afastar.
– Não da tempo nem pra uma foto em família pra enlouquecer a galera do stagran ?
– Há, eu assim só de camiseta e você só de calça ?
– E daí ? você fica na minha frente e eu quero só sua barriga na foto.
– Daqui a pouco minha barriga tá mais famosa que da Angelina Jolie.diz ela revirando os olhos.
ele ri.
– É essa a intençao. já quero meu moleque causando que nem o paí.
– Ah é ? aí nasce menina e você vai ficar se mordendo de ciúme que nem é comigo.ela ri.
– Há você tá se achando em pivete ?
– Não to não. você morre de ciúmes de mim.
– ah só eu ne ? Fui eu que dei uma surra na Mel e na Amora por sua casa ne ?
– Bati mesmo e bateria denovo.
– Aí ciumentinha. ele a enche de beijos.
Ela segura a máquina e bate a foto.
ela da vários selinhos nele e se separa.
– agora uma direito vai.
ele se posicionam e ela tira.
– Tá vamos se arrumar agora.
eles se arruman e vão.
– Ow você vai virar uma bola desse jeito.
Ele diz vendo ela encher o potinho.
ela da um tapa nele.
– Cala a boca. to com vontade, ou você quer filho com cara de sorvete ?
– Não. não quero filho com cara de sorvete. que filho com a sua cara.
ela ri
– Melosinho.
ele da um selinho nela.
– Vamos. senão você vaí explodir de tanto tomar sorvete.
– Idiota. vai compra um pote pra eu levar.
– Caramba, cabe mais aí ?
ela faz careta.
– Tem duas bocas comendo aqui esqueceu ?
– É. da pra ver. você sempre comeu que nem uma louca, agora tem desculpa.
– Cala a boca vai vamos embora .
Esse sorvete tá com um cheiro ótimo acho que eu vou comer
– Eca, deve tá derretido fraldinha. põe na geladeira espera .
– não vou comer assim.
ele se serve e senta do lado dela no sofa. ela o olha com cara de nojo.
– ah tá com nojinho é modelete ? ele olha pra ela
ela faz careta
– você é nojento cara.
– ah é assim ? diz ele pegando o sorvete com a mão e passando na cara dela.
– ah filho da ... Você não fez isso. diz ela com as mãos pra cima.
– Fiz você vai fazer o que ? Ele sorri desafiando.
ela sorri sacana.
– Não Giane ....já é tarde ela enche a cara dele de sorvete que revida ela revida denovo..
eles levantam até a cozinha rindo.
– você é um idiota. ela ri.
– ninguém manda você revidar.
– eu não sou idiota ? pra levar paulada e não revidar.
– ah é ? e se eu fizer isso você revida ?
ele a puxa a agarra e lhe da um beijão.
– É. ela diz rindo e devolvendo o beijo.
– Você tem uma dívida pra pagar lembra ? Ele a olha com um sorrisão
ela sorri abraçada a ele.
– Agente da sujo de sorvete.
ele ri beijando ela
– Eu gosto de você com gosto de sorvete.ele beija seu pescoço.
ela ri.
– Eu também gosto de você com gosto de sorvete. diz ela beijando ele, que começa a beijar o pescoço dela. eles andam até o quarto ele interrompe o beijo.
– Que foi ? diz ela olhando preocupada pra ele.
– Vou abrir a porta. diz ele dando um selinho nela e abrindo a porta.
– E o velho e bom se chocar com a porta. ela ri.
– Ir com cuidado lembra ? diz ele voltando a abraça-lá e beija-lá e entrando quarto. ele a guia com cuidado e eles se amam e adormecem Giane acorda. Mais continua deitada abraçando mais forte o marido que também acorda.
– acordou ? Que foi ? diz ele.
– Nada. só gosto de sentir essa sensação. eu assim abraçada com você sentindo sua pele.
– Ih melosinha. brinca ele.
– Ah cala a boca. não é isso, é que dessa vez foi diferente sei lá mais ...
– Calmo... interrompe ele rindo.
ela ri.
– É mais romantico, mais doce. sei lá.
– mais foi ruim ? tipo perdendo nossa identidade ? jeito Giane e Fabinho de ser ?
Ela ri
– Nao. claro que não. foi ótimo de um jeito novo e bom.diz ela beijando ele que ri
– Eu também achei. ele a traz mais junto de si e a beija suas bochechas e lhe da um selinho.Eles ficam ali abraçados e voltam a dormir.



Notas finais do capítulo

Desculpa qualquer erro espero que curtam e se quiserem comentar no tt quem não tem conta aki é @julliearruda

bjos até mais



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Home" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.