D.N.A Advance: Nova Ordem do Século escrita por Sensei Oji Mestre Nyah Fanfic


Capítulo 38
KaiserBarbamon - O inimigo com o poder de 1 milhão


Notas iniciais do capítulo

ÚLTIMOS CAPÍTULOS DA SAGA
Opa faz um tempinho que não postava esta fic, mas que estou fazendo meu livro para, se Deus quiser, publicá-lo no ano que vem. Por isso minha atenção se voltou diretamente para isso. Bom fim de ano está chegando e a falsidade também ahauahuah boa leitura ahuahauahua



Mia ficou atrás de uma casa enquanto acontecia a guerra. Ela observou bem os ataques contra o Exército Celestial. Seria praticamente impossível atingir um vilão de 30 metros daquele jeito. A garota programou seu DT-Vice no modo holograma. A imagem de Rose apareceu.

Colegas não vai dar para atingi-lo frente a frente não. Os ataques estão intensos e se nem um exército consegue detê-lo imagine a gente.

Mia cuidado! - Divermon a puxa para trás ao ver um raio cair perto dali.

Você está bem? - perguntou Rose.

Sim foi por pouco.

Então amiga, o que sugere?

Como disse... atacar ele diretamente vai ser suicídio. Espere um pouco!

A americana observou as costas do velho. Retirou um binóculo da sua bolsa e foi olhar. Viu uma engrenagem encravada nas costas do inimigo. Ela voltou à sua comunicação com a amiga.

Descobri algo que vai ajudar, acho.

Então diz logo garota!

Nas costas dele há uma peça de algo que parece engrenagem preta. Lembra-se da história que os antigos digiescolhidos disseram sobre a ilha? Pois é. Ouvi essa história da boca do Gennai há algum tempo.

Claro que me lembro. Quando um dos primeiros grupos veio em 1999. A Ilha Arquivo tem essas engrenagens para movê-la de um lugar para outro - disse Ruan.

Isso mesmo. Lembrem-se que eles não destruíam os digimons, mas as engrenagens. Talvez se atacarmos a retaguarda dele teremos uma chance de o fazer diminuir o tamanho.

Ok Mia fique aí. Vamos à sua direção - completou Ruan.

Será que venceremos?

Não sei Divermon. Pelo menos essa vai ser a nossa chance de expurgar esse maldito para sempre das nossas vidas.

Os três digiescolhidos restantes foram até o campo de batalha. A cena era devastadora, pois boa parte da Divina Providência estava destruída e muitos digimons foram derrotados sem ao menos tocar no inimigo.

Jin você fará dupla com a Mia. Rose, Lilamon vocês vêm comigo. Nós tentaremos acertar a esfera de energia das trevas para acabar com esses malditos raios. Quando isso acontecer Jin, use o Mugendramon e os demais para acertar a engrenagem nas costas do Barbamon. Tudo bem assim?

Tudo bem amigo - disse Jin. Karatenmon levou o garoto.

Suba senhorita Archibald - Rose sorriu e segurou na mão do amigo. Lilamon os acompanhou com seu poder de levitar.

Enquanto isso...

Venham, podem vir seus vermes. Nunca conseguirão me deter - falou Barbamon se referindo aos soldados celestiais que caíam um por um.

Jin se reencontrou com Mia minutos depois de entrar em acordo com Ruan. Eles esperaram até o momento certo para atacar.

Megadramon tentava chegar perto da esfera, no entanto era impedido pelos vários raios. Além disso havia alguns Chrysalimons que dificultavam e que não estavam dentro dos planos dos garotos.

Lilamon cuide deles por favor! - pediu Ruan.

Certo, está na hora de mostrar a eles do que os digiescolhidos são capazes - Lilamon criou uma lâmina no braço direito. Começou a atacar os Chrysalimons.

E agora? - perguntou Rose enquanto abraçava o amigo.

Megadramon vai acabar com aquilo. Está pronto?

Sim. Segurem-se.

O dragão deu uma alavancada que quase derrubou os dois em suas costas. Barbamon olhou para cima e os vê se aproximar. Os raios começavam a mudar de direção e ir ao encontro dos três no ar. SlashAngemon acertou Lilithmon que caiu no chão, depois foi ajudar os humanos criando um escudo de energia para parar os raios. Isso deixou o vilão surpreso.

Vão, acertem o desgraçado - disse Slash.

Ruan assentiu. Megadramon se aproximou da esfera o máximo que pode, apontou seus braços na direção do alvo.

Ataque Genocida!

Os dois mísseis foram direto até o centro da esfera causando uma grande explosão. Em segundos o objeto se expandiu e desapareceu para a alegria dos escolhidos.

Seus idiotas vocês apenas me fizeram perder tempo. Formarei agora outra esfera de energia das trevas - levantou os braços.

Jin liberou Mugendramon do seu digivice. A máquina começou a tagarelar para a irritação de Mia que não aguentava mais ver aquela loucura que o seu amigo fez.

E isso porque não viu tudo - disse o japonês mexendo no digivice.

No mesmo instante Mugendramon Snopp Dogg começou a brilhar. Ao ver o resultado Mia quase cai pra trás.

Meu que merda é essa?!

Mugendramon estava bem diferente. Seu corpo metálico ficou dourado igual ouro escuro, usava uma corrente de prata no pescoço.

Snopp Dogg agora tá fazendo jus ao nome dele hehe - disse Jin.

E aí vamo ou num vamo matar logo esse velho carcomido? To louco pra meter uma bala do meu canhão no cunhão dele.

Calma Snopp, tudo ao seu tempo.

Divermon ficou em pé nas costas de Karatenmon como se estivesse surfando. O pássaro ficou voando com as asas bem planadas. Divermon apontou o seu arpão na direção das costas do inimigo e atirou. A arma enfiou nele.

Que? - ele parou de formar a outra esfera e olhou para trás.

Agora Snopp!

Agora o que bro?

Não acredito nisso - dizia Mia inconformada.

Atira nas costas dele.

Pô meu, tô sem vontade de atirar. A menos que o mano dê pra mim uma erva pra eu ficar relaxado.

Eu te dou tudo o que quiser, mas por favor atire logo de uma vez - implorou Jin.

Certo baby. Toma essa - ele começou a atirar sem parar na direção das costas do vilão.

A engrenagem foi destruída e dali saíram várias que antes de caírem ao chão eram destruídas instantaneamente.

Conseguimos - comemorou Ruan.

Barbamon começou a diminuir de tamanho até que todas as engrenagens foram destruídas e ele voltou à sua forma normal.

Lilithmon saiu dos escombros. Seus olhos brilharam por um instante. Ela foi na direção do seu mestre que aparentemente havia sido derrotado.

...

Para Gokuwmon foi desesperador ver Freddy caído e os outros digiescolhidos ajudando. Pensava que a culpa era toda sua, pois permitiu que o seu oponente o enganasse. A única coisa que sentiu no momento além do desespero foi o ódio com o ser desprezível perto de si que ria loucamente.

Matadormon não parava de rir da desgraça alheia. Com um golpe no ventre ele foi traspassado pelo bastão do oponente e morreu satisfeito de ter feito a desgraça.

Ajuda aqui. Ele tá sangrando - dizia Lúcia retirando um lenço do bolso e tentando estancar a hemorragia do colega.

Droga!

Lúcia vai pedir ajuda do Gennai rápido - disse Lucas.

Fiquem aí eu serei rápida. Sei onde eles estão.

A garota saiu correndo. Gokuwmon sentou perto do parceiro que agonizava com a lâmina enfiada no peito.

Por favor parceiro não morre. Não morre - disse aos prantos.

Lembra quando... roubamos o Cromo Digizoid... dos digimaus?

Não se esforce...

Desculpa Gokuwmon... desculpa por desc... descumprir noss trato de... enfrentarmos tudo sempre juntos.

Não, não, não. Não morre cara! Aguenta firme o socorro vem - Paulo.

Freddy deu um último suspiro e morreu nos braços de Gokuwmon que caiu em choro. Paulo, Lucas e Impmon ainda não acreditavam na morte do colega. O menos provável aconteceu. Um digiescolhido havia morrido numa guerra entre o bem e o mal. O garoto soltou o digivice, este que estava com sua tela fora do ar indicando o fim da parceria Freddy-Gokuwmon.

Lúcia trouxe Gennai, Linx veio acompanhada. A irmã de Paulo ficou melancólica e foi abraçar o seu irmão, pois aquilo era demais pra ela. Claro que foi compartilhar o sofrimento que todos ali sentiam.

Como isso aconteceu? - perguntou Gennai observando o garoto.

A culpa foi toda minha. Eu vacilei e deixei o meu oponente de luta tocar nele. A culpa é minha e toda minha. Estúpido, desprezível eu sou.

Não foi você. Creio que você tenha acreditado na bondade do outro mesmo que ele não o tivesse - disse Linx. - O Link não pode ajudar?

O rapaz está morto. Apesar de Link ser médico não vai poder fazer nada com suas poções. Lamento - disse Gennai.

O silêncio tomou conta por alguns minutos. Lucas, Impmon, Lúcia e Paulo ainda tentavam um consenso de como iriam enfrentar o maior inimigo se já não tinham mais forças para tal. Gennai teve uma ideia.

Só há um jeito de talvez,digo talvez, trazer o garoto de volta.

Todos incluindo Linx olharam para ele.

Eu ia me sacrificar para absorver os poderes da pedra sagrada a fim de viver como guardião desta zona. Só que se você quiser eu te dou a minha vaga e você vai no meu lugar. Aceita ou não?

Gokuwmon segurando seu ex-parceiro olhou para o homem.

Aceito.

Tem certeza? Nunca mais poderá ter um parceiro humano. Se quiser salvar o menino vai ter que sacrificar sua parceria com ele - explicou Gennai.

Se for pra salvá-lo faço o céu e o inferno por ele.Gennai gostou da resposta.

Pois então venha. Não podemos perder mais um segundo sequer.

...

MANSÃO MATSUNAGA

Depois de muito encher o saco de seu pai, Ako Matsunaga resolveu pedir aos cozinheiros que fizessem ótimos pratos para o jantar. A grande mesa de cristal foi bem decorada. O cientista ficou surpreso ao ver que um simples jantar ficou com muita pompa.

Posso saber qual a ocasião? - perguntou sentando-se à mesa.

Será que não posso agradar o meu pai?

O que quer em troca? Um cheque bem gordo, aposto.

Não, um abraço de pai ou já se esqueceu que eu também sou sua filha?

Não me esqueci. Hiroíto era o meu primogênito e herdaria a empresa se não tivesse morrido. Sei que você quer que a sua fatia do bolo da empresa fique maior, mas contente-se com seus 40% quando eu morrer. Os outros 60 são da sua sobrinha.

Por favor papai até parece que a garota do apê tem o seu sangue de verdade. Uma bastarda que sabe lá de quem é filha.

Apesar de eu ter quase oitenta anos de idade parece que sou o mais novo de nós dois aqui. Esse seu conservadorismo vai acabar te matando filhinha. Nos tempos de hoje não importa se o filho é adotivo ou não, o que importa é ter o sobrenome dos pais. - falou levando o hashi com o pedaço de salmão à boca.

Tudo bem não vou mexer nesse assunto. Mesmo sabendo que Naomi não tem meu sangue, mesmo sabendo que ela nem adotiva é, mesmo que a Susuka a tenha trocado na maternidade e mesmo sabendo que ela não merecia ser acionista majoritária da Genetech. Por falar nisso, segunda eu já começarei a trabalhar na empresa. Melhor arranjar a sala pra mim. A propósito que tipo de projeto o senhor está tão envolvido que merece até um Nobel?

Keniyako é melhor não saber disso por enquanto. Para o seu bem.

Tudo bem. Aproveite a salada, está ótima. A receita é coreana.

Ambos jantavam enquanto Nakawa escutava da sala de estar. O péssimo dessa história não é Naomi não ser neta biológica de Matsunaga, mas ela ter sido fruto de uma enganação que foi enterrada desde quando a mãe que lhe roubara, Susuka, falecera.

...

DIGIMUNDO

Não cantem vitória antes do tempo - disse Barbamon lançando um raio negro da sua mão na direção dos digiescolhidos.

Karatenmon com suas duas espadas desvia todos os ataques. Barbamon se irritou.

Idiotas nunca vão me vencer - com sua telecinésia ele consegue mover os escombros de casas destruídas e lançou na direção de Karatenmon.

SlashAngemon formou mais uma vez o escudo para proteger os escolhidos. Lilamon lançou um feixe de luz que atingiu Barbamon causando-lhe um certo dano. Depois foi a vez de Divermon lançar o seu arpão que passou raspando no velho. Em seguida Megadramon lança seu foguete genocida que atingiu em cheio o inimigo fazendo cair longe. Por último Mugendramon lança seu poder causando uma explosão e poeira.

Vencemos - disse Ruan.

Eles ficaram satisfeitos com esse último ataque que causou muito estrago. Entretanto a silhueta do inimigo apareceu entre a fumaça.

Hahahahahahaha... Não cantem uma falsa vitória - a voz de Barbamon.

Não poder ser! Ele ainda está de pé depois de tantos ataques diretos - disse Mia.

De algum modo eu sabia que ele não iria ser destruído tão facilmente - Jin.

Barbamon apareceu diante de todos em pé, mas com algumas escoriações devido aos golpes diretos. Apesar dos ferimentos ele permanecia arrogante.

Como disse, não será tão fácil me derrotar.

Cala a boca! Se reunirmos todas as nossas forças poderemos te derrotar sim - disse Rose.

Quanto barulho, por isso eu decidi traí-los. Vocês são de dar dó, digiescolhidos. Porque não conseguem me derrotar eu assim com poderes limitados e velho. O que acha se me enfrentarem novo e com um poder além da imaginação.

O que? - Karatenmon.

Isso é um blefe - SlashAngemon.

Será que é?

Lilithmon apareceu do lado de Barbamon.

Já se perguntaram o porquê dela estar diferente? Pois direi a verdade. Quando destruí a pedra do deserto eu passei a controlar seus poderes. Não absorvi porque queria brincar um pouco com a cara de vocês fazendo uma cópia de digimon, mas acho que para poder controlar esse digimundo e a pedra celestial eu preciso chegar ao meu poder extremo. Pois bem vocês conseguiram me incentivar a fazê-lo.

O que? - Ruan.

Uma aura escura surgiu envolvendo os dois. Começou uma ventania intensa e a aura se fechou formando uma espécie de casulo preto. O chão tremia e o céu infinito ficou vermelho. Os digiescolhidos ficaram apavorados, pois tudo ficou vermelho.

Na Ilha Arquivo Aiko, Dynasmon e RizeGreymon juntavam os digimons para saírem da ilha que começava a desgastar. Nesse meio tempo eles perceberam algo errado.

Um raio caiu sobre o templo. Os digiescolhidos que lá estavam levaram um susto.

O que foi isso?

Está acontecendo uma guerra lá fora Paulo. E nós perdendo tempo aqui.

Impmon você devia se sensibilizar mais. O nosso colega morreu você não viu?

Vi, mas a gente veio pra lutar.

Calma daqui a pouco a gente vai. Quando o Gennai voltar com o Gokuwmon.

Estou com um mau pressentimento - disse Lúcia. Seu irmão e os demais a olharam. - Como se as trevas se personificasse num corpo físico.

A tempestade ainda continuava. Foi tão intensa que arrastou todos ali perto. Depois de alguns minutos tudo voltou ao normal. Ruan sai de baixo de uma tábua para ver o que aconteceu. O casulo estava mais longe, mas era visível.

Droga eu me relei toda - reclamou Rose.

Olhem aquilo. Parou - Mia apontou.

De dentro do casulo surgiu uma mão que com um soco apareceu, além de um braço trajado por um bracelete roxo em forma de vários morcegos. Segundos depois o casulo inteiro explode até surgir uma nova forma do Barbamon.

Rejuvenesceu bastante. Deixou de ter a barba longa para ter um pequeno cavanhaque branco no lugar. Sua pele era de um tom verde, usava um elmo em forma de crânio humano com dois chifres parecidos com os de um Devimon. Seus olhos eram totalmente vermelhos. O demônio trajava uma armadura preta com o símbolo de uma espada com duas asas de morcego bem no meio do peito da armadura. Além disso havia alguns detalhes dourados em toda a armadura com desenhos de algo que parecia ser o mundo das trevas. Uma capa branca ia até seu tornozelo. Suas botas lhe vestiam até a coxa. Seu corpo estava fisicamente mais forte ganhando músculos que era perceptível nos braços, pernas, tórax e ombros. A única coisa preservada foi seu cabelo branco que era longo agora amarrado no meio com um prendedor no formato de um morcego.

Parece que vamos enfrentar dois digimons extremos em um. Minha vida já foi muito melhor - ironizou Jin.

O inimigo sorriu.

Eu disse, não acreditaram. Se querem uma luta de verdade então eu lhes darei um bom motivo para não terem me provocado. Provocado o KaiserBarbamon.

Ruan observou no seu digivice que alertou. A pior parte veio a seguir.

DIGIMON: KAISER BARBAMON

Atributo: Vírus;

Nível: Extremo;

Tipo: Desconhecido;

Família: Desconhecida;

NPD: 1.000.000

Continua...



Notas finais do capítulo

Nossa 2 anos de Nyah já. O tempo passa voando. Eu fiz mais um ano em 1 de novembro. Cadê meus presentes? Enviem por Sedex por favor.
Bom gente próximos capítulos serão os últimos três da saga graças ao meu bom pai do céu. Não aguentava mais essa saga hehe

Mudando de assunto vcs sabem que próximo ano vai estrear o novo digimon. A continuação fo Zero Two, to na ansiedade. Claro que talvez a dublagem não seja a mesma, resta saber.

Tenham um bom dia, semana, mês e resto de ano. Talvez seja minha última atualização esse ano. Aproveitem.

SENSEI OJI



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "D.N.A Advance: Nova Ordem do Século" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.