I Hate You?! escrita por JuYeon


Capítulo 3
Capítulo 3


Notas iniciais do capítulo

Voltei pessoalzinho



P.O.V Kiseop

A apertava contra meu corpo a beijando cada vez mais intensamente,sentindo que me faltava ar,separei um pouco meus lábios dos dela,sorri e a senti acariciar meu rosto então a beijei novamente,inverti as posições e ela sorriu,beijou meu pescoço e apertei suas coxas.

Passei minhas mãos  pelas costas dela,e comecei a retirar a calça que ela usava,a joguei em qualquer canto,e apenas a senti retirar minha calça e a ajudei,beijei seu pescoço e ela gemeu apertei suas coxas e  desci a calcinha da garota,a deitei e fiquei sobre ela.

Ele tirou minha cueca e em seguida seu sutiã,voltamos a nos beijar,já não estava aguentando mais,então penetrei meu membro em seu intimo,e seus gemidos se tornaram mais altos,sorri e mordi seu pescoço,ela segurou em minha cintura e então comecei a me movimentar vagarosamente enquanto ela gemia abafadamente.

P.O.V JiYeon

Seus movimentos se tornavam cada vez mais rápidos e fortes,minhas mãos passavam por todo seu corpo distribuindo arranhões em alguns lugares e deixando marcas de apertões,eu gemia descontroladamente,aos poucos ele começou a gemer,tão alto quanto eu,ele se segurava na cabeceira da cama para conseguir ter forças,senti que tinha chegado ao ápice,e mordi meu lábio inferior,poucos segundos depois ele chegou ao seu ápice,caiu ao meu lado na cama,ambos estávamos ofegantes,ele sorria e eu não conseguia nem me mexer.

-Se sente bem?-Ele me olhava preocupado.

-Sim,sim,só estou um pouco cansada...-Sorri mas logo o sono tomava conta de mim.

-Quer dormir um pouco?-Ele me cobriu e afagou meus cabelos.

-Uhum...-Foi apenas o que consegui dizer,meus olhos se fecharam e adormeci.

Quando finalmente açodei já era tarde,quer dizer,noite.Olhei para o lado e ele não estava ali,me sentei na cama ainda segurando o cobertor que cobria meu corpo,olhei ao redor e vi que minhas roupas estavam um pouco longe,então peguei uma camiseta e um casaco dele por conta do frio,vesti e fui até o banheiro.

Enquanto fazia minha higiene ouvi a porta do quarto se abrir.

-Está aqui?-Ele batia na porta e eu tentava controlar o riso.

-Sim,já estou saindo.-Terminei e abri a porta sorridente.

Em meus pensamentos ele perguntaria se foi bom,se eu estava feliz,e me trataria como uma espécie de namorada...Mas não foi bem o que aconteceu.

-Quer alguma coisa?-Ele passou por mim indo até a cozinha.

-Não...Não...-O olhava sem entender nada.-Foi bom pra você?-Tentei me aproximar dele.

-Muito,mas quero que saiba que tenho namorada e a amo muito e não quero estragar nossa amizade.-Ele me olhou e se deitou no sofá.

Naquele momento meu coração estava quebrado,eu sentia uma dor insuportável,todas as palavras possíveis passavam pela minha cabeça,mas me faltava voz para dizê-las,lagrimas rolavam por meu rosto enquanto eu soluçava,mas não entendia o por que,mas meu coração gritava para que eu saísse correndo,mas minha mente me segurava ali,queria que eu ficasse ali,sofrendo.

-Ah sim...Uma namorada...-Só disse isso e me sentei em outro sofá.

-É ela é bem legal,nos já namoramos a um bom tempo,e bem nos somos amigos não é?-Ele continuava deitado,enquanto a palavra amigos soava como uma faca que estava perfurando meu coração.

-S-S-Sim,amigos.-Eu gaguejava e enxugava minhas lagrimas.

-E não quero estragar isso que temos então,esqueça o que aconteceu aqui tudo bem?-Ele me olhou sorrindo.

Esquecer?Ele tinha me pedido para esquecer aquilo tudo?Como ele podia,era como se não tivesse significado nada para ele,eu queria dizer o que eu estava pensando,eu queria matá-lo mas não o fiz.Pensei comigo mesma.

“Se é assim que quer...”

-Claro!Tudo bem,seremos apenas amigos.-Sorri enquanto meu coração parava.

-Ótimo pequena do Seop.-Ele veio até mim e afagou meus cabelos,enquanto eu pedia para morrer em pensamento.

-Sem problema oppa.

Alguns minutos se passaram,eu já não estava mais aguentando fingir que  estava tudo bem,me levantei repentinamente o deixando um pouco assustado.

-O que foi?-Ele se levantou.

-Preciso ir embora...-Sorri para ele,beijei seu rosto e fui embora.

Eu caminhava rapidamente,tão rápido que acabei por começar a correr,as lagrimas rolavam rapidamente e intensamente,a respiração ofegante se misturava aos soluços,minha mente estava confusa,perturbada,por vezes quase fui atropelada tanto por carros e motos quando por pessoas.

Quando finalmente cheguei em casa,pude parar de correr,me sentei no chão abraçando a mim mesma,eu queria parar de chorar mas meus olhos não me obedeciam.

Escorei a cabeça na porta,olhava para o teto chorando e pensando no que tinha sido tudo aquilo para ele,passei as mãos por meus cabelos,o ar começava a me faltar por conta do choro.Eu não tinha forças nem para levantar quanto mais ir até o quarto,banheiro ou qualquer outro lugar,continuei no mesmo lugar do mesmo jeito pelo restante da noite até que o dia amanhecesse mas não dormi.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "I Hate You?!" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.