Just In One Direction escrita por CostaSalazar


Capítulo 86
Capítulo 86





“Estou de ida para Portugal. Ontem à noite não deu para falarmos muito bem, mas eu continuo a lutar por ti. Beijinhos. Feliz ano novo.” – Foi a mensagem que Sofia recebeu no seu telemóvel de manhã, mas que só leu ao meio-dia, hora em que acordou. Leu e apagou. Não mais quis saber daquilo. Tinha de ser preocupar com a sua horrível dor de cabeça porque tinha uma festa para ir naquela noite. Estava ansiosa por ver Zayn! Já morria de saudades dele!

Chegara a grande noite da festa secreta de passagem de ano na universidade.

Na casa dos rapazes, todos estavam prontos para a festa, até mesmo Louis que mesmo tendo pouca vontade de ir, via-se obrigado a tal por fazer parte da organização. Só Zayn insistia em ficar em casa.

- Já está aí muita gente na universidade?

- Débora, eu não vou à festa…

- O quê?! Deves estar a gozar comigo

- Não insistas, a sério. Estou sem disposição para festas.

- Tu nem penses que vais faltar. É a passagem de ano!

- Não quero ir e ponto final.

- Não falas assim comigo! Já te disse que vais e quem manda sou eu. Por isso, até já.

Zayn, desde que chegara na noite anterior trazia um mau humor insuportável. Os outros quatro não querendo contrariá-lo, estavam já prontos para sair. Apenas Niall estava a terminar de comer.

- Por amor de Deus, Niall! – Grita Louis, quando viu que o amigo tinha virado um copo de sumo por si abaixo.

- E agora? – Pergunta Harry.

- Vão andando que eu depois vou lá ter. – Resolve Niall.

Quando Niall procurava uma roupa para vestir, a campainha toca, e Zayn, que estava na sala, vai abrir. Débora entra toda apressada exigindo ao amigo que arranjasse uma roupa decente para irem à festa. Zayn recusa-se e Débora dirige-se ao quarto sem mais pensar. Ao entrar encontra Niall de boxers.

- Oie, oie! – Exclamou Débora rindo-se.

- O que é que estás aqui a fazer?

- Olha é assim: o Zayn não quer ir e tu vais-me ajudar a escolher uma roupa para ele.

- Primeiro tenho que arranjar uma roupa para mim.

- Sim… E chegamos à festa no próximo ano…

- Tens aí o armário dele. É só escolher. Eu fico aqui a vestir-me.

- Claro, eu vou ficar aqui a ver-te vestir!

- Tens que procurar a roupa não ficar a olhar para mim.

- E para que é que eu ia ficar a olhar para ti? Pff… Mas deixa estar! Eu procuro a roupa para ele.

A loira pegou numa roupa e dirigiu-se para a sala onde estava o amigo.

- Veste isto.

- Débora…

- Oh… Anda! Por mim…

Zayn cedeu, pegou na roupa e vestiu-se na casa de banho.

- Vês? Diz lá que eu não tenho bom gosto em escolher roupa para ti, ahn?

- Nada mau… - Elogia o rapaz com uma notável falta de disposição.

- Ainda me vais explicar o que se passou para estares assim… Mas agora: vamos?

- O Niall?

- Ele depois vem, vamos mas é.

Eles começaram a descer as escadas quando Débora se lembrou que se tinha esquecido da bolsa na casa dele.

- Vai andando lá para fora que eu já vou.

Débora chegou e Niall abriu a porta já preparado para sair.

- Só preciso de ir aí buscar a minha bolsa.

Ela pegou na bolsa, Niall fechou a porta e ela dirigiu-se às escadas.

- A sério que vais pelas escadas?

- Eu não gosto de elevadores.

- Mas é menos cansativo.

- Mas eu não gosto.

- Anda comigo que ficas a gostar.

- Que gracinha… Não vou.

- Anda!

- Não!

 - Vens e calas-te. – Diz-lhe Niall pegando nela ao colo para entrarem no elevador.

Zayn esperava Débora quando viu um táxi parar perto dali. Dele saiu Sofia. O seu coração bateu mais forte, mas ele sabia que tinha de ser duro para ela.

- Zayn, a Débora disse-me que não querias ir…

- É, mas mudei de ideias.

- E estás à espera de alguém? Assim podíamos ir juntos.

- Não, eu tenho de ir. Já estou atrasado, tenho uma pessoa à minha espera. Xau.

Sofia sentiu que ele estava diferente e não gosto de ouvir falar naquela “pessoa” que estava à espera dele. Não tendo mais nada para fazer, meteu-se no táxi novamente e foi para a festa, pensativa.

Débora gritava e batia no irlandês. Ela estava furiosa e ele ria-se disso.

- Ah! Finalmente chegamos!

- Não, não chegamos…

- O quê?

- O elevador parou. – Constatou ele preocupado. 





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Just In One Direction" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.