Just In One Direction escrita por CostaSalazar


Capítulo 65
Capítulo 65





- Já pensaram que talvez tenhamos de avisar os pais do Niall? – Elucida Mónica a todos os outros.

- Realmente… Ainda não tinha pensado nisso. – Responde Louis.

- Pois claro que ninguém pensa. – Diz Mónica revirando os olhos.

- Eu acho que devíamos primeiro falar com os médicos para ver a situação do Niall. Pode não haver necessidade de alertar os pobres coitados lá na Irlanda. – Intervém Harry.

- Eu concordo com o Harry. – Interfere Lúcia.

- É. Se calhar é o melhor a fazer. Muito bem Harry! Não é costume teu ter ideias destas! – Concorda também Mónica em tom de gozo para com o amigo.

- Olhem, vem aí o médico! – Avisa Débora.

- Bem… Estou a ver que o Niall tem realmente amigos muito dedicados. Tanta gente aqui! – Aprecia o médico bem-disposto.

- Senhor doutor, como ele está? – Pergunta logo a loira dos cabelos encaracolados.

- Calma, calma menina. O seu amigo está a recuperar realmente muito bem. Para o quadro clínico com que ele cá chegou até nos está a surpreender.

- E será que ainda falta muito para ele acordar? – Questiona Mónica olhando para a ansiedade de Débora.

O médico sorriu luminosamente:

- O vosso amigo já acordou.

A confusão gerou-se ali entre os amigos. Louis abraçou Lúcia, que o beijou apaixonadamente. Débora ficou sem grande reação, mas notoriamente feliz, com Mónica a tentar festejar com ela. Raquel festejou com Liam. Harry, meio tolinho de alegria, pôs-se aos saltinhos. Já Kelly pediu logo ao médico para o ver.

- Não podem ir todos vê-lo. As visitas encerram à meia-noite. Dá tempo para uma visita talvez. Só podem ir três pessoas de cada vez. – Explica o médico.

- Eu quero ir pessoal. – Diz Kelly como que pedindo.

- Pronto. Vais tu, a Débora e um dos rapazes, digo eu. – Propõe Mónica.

- Não. Eu vou embora. Já sei que ele está bem e… Vindes comigo, não vindes? - Pergunta Débora a Mónica e Raquel.

- Raquel, eu queria falar contigo. Eu vou com a Kelly ver o Niall e depois eu levo-te a casa e falo contigo pelo caminho. Aceitas? – Propões Liam.

- Claro! – Aceita Raquel com os olhos brilhantes.

- E então quem vai mais convosco? - Pergunta Harry a Liam e Kelly.

- Anda tu. – Respondeu Liam.

E assim subiram para verem o amigo irlandês.

Zayn e Sofia tinham caído no sono quando o telemóvel de ambos recebe uma mensagem.

- É a Débora! – Exclama Sofia ao olhar para o telemóvel dela.

- No meu também. – Diz-lhe Zayn ensonado.

- O Niall acordou! O Niall acordou! – Comemora a morena atirando-se para cima do amigo, dando-lhe o primeiro beijo daquela noite.

Zayn voltou a olha-la da mesma forma que a tinha deixado sem jeito da outra vez, beijando-a novamente de seguida.

- Temos de ir para lá! Quero ver se ainda consigo falar com ele hoje! – Interrompe ela o beijo.

Zayn riu-se da euforia de Sofia e concordou.

- Niall! – Grita Kelly ao entrar no quarto. – Que se passou trenguinho? Que andaste tu a fazer para cá vir parar?

- Kelly! Não foi nada. Eu agora estou melhor. Pronto para outra!

- Não digas isso nem a brincar! – Ralha-lhe Liam.

Os amigos foram conversando até que Kelly recebeu uma mensagem de Danielle. Niall aproveitou o facto de a amiga estar distraída para perguntar por Débora aos amigos.

- Ela esteve aí, mas foi embora. Contudo…

Kelly voltou à conversa:

- Era a Danielle a perguntar por ti.

- Agradece-lhe pela preocupação. E tu, como estás Kelly? Acho que ainda vamos ter de falar…

- Deixa isso agora. Eu quero ver-te bom. Depois vemos isso.

Niall sorriu-lhe e os amigos logo mudaram de assunto.

- Hey! Olá Raquel! Os outros? – Pergunta Zayn ao chegar.

- Metade já foi embora. Agora lá em cima estão o Liam, a Kelly e o Harry.

- E a Débora? – Estranha Sofia.

- Quis ir-se embora mal soube que o Niall acordara. A Mónica foi com ela.

Zayn e Sofia entreolharam-se. Era estranho. Depois de tanto tempo ali, quando finalmente acorda não vai falar com ele?

Como Zayn e Sofia queriam vê-lo e ainda faltavam quinze minutos para a meia-noite, Zayn telefonou a Harry e pediu para eles descerem para que ele e Sofia entrassem. E assim foi.

- Então irlandês? Grande partida esta, ah? – Brinca a rapariga.

- Não foi desta! Ainda tendes de me aturar mais uns tempos.

- Ainda bem que já estás com tão bom humor! – Diz-lhe Zayn.

- Desculpem ser assim tão direto, mas… A Débora?

Sofia e Zayn entreolharam-se novamente e Sofia avançou.

- Ela esteve aí. Muito tempo aliás.

- Foi ela a primeira a saber sobre ti ontem de madrugada. Ela ligou-me e eu trouxe-a cá.

- Ficou aqui até ainda há pouco.

- E porque não veio ver-me? – Pergunta o loiro com os olhos radiantes de alegria pelo que estava a ouvir.

- Não sabemos. Nós chegamos ainda agora. – Remata Sofia.

Niall desiludiu-se um pouco, mas ficou intrigado com o facto de ela lá ter estado tanto tempo.

Liam e Raquel saíram juntos do hospital. Harry e Kelly ficaram à espera de Sofia e de Zayn para irem juntos embora, visto que Kelly não tinha carro e Harry tinha ido de boleia com Louis.

Liam parou o carro em frente à casa de Raquel.

- O que é que tu tens hoje Liam? Estás esquisito.

Ele riu-se.

- Deve ter sido por causa desta confusão toda com o Niall. Mas agora acabou. Voltamos à vida normal.

- É. Isto foi um sust…

Liam interrompeu-a com um beijo apaixonado como ele nunca lhe dera desde que tinham terminado a relação deles no tempo do secundário.

- Liam…

- Shh… Não digas nada. – E assim voltou a beijá-la.

- Agora tenho mesmo a certeza que algo mudou. Mas eu estou a gostar…

- E achas que amanhã podemos almoçar juntos lá na universidade?

Os olhos dela brilharam de emoção.

- Claro Liam. Isso nem se pergunta!

Liam voltou a beijá-la.

- Bem, eu vou lá então. – Diz-lhe ela sorridente.

- Até amanhã!

- Até amanhã! Amo-te Liam. – E assim a rapariga saiu do carro, completamente feliz.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Just In One Direction" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.