Just In One Direction escrita por CostaSalazar


Capítulo 53
Capítulo 53





Depois daquele animado jantar, aquele grupo de amigos continuaram a festa num bar de karaoke. Apesar de nem todos terem uma boa voz, sempre era bom fazerem algo diferente. Estava um bom ambiente naquele lugar, e até já havia quem estivesse a cantar.

- Olhem eu não sei o que vocês vão fazer mas eu primeiro quero beber alguma coisa!- Avisa Sofia. - Ainda não estou suficientemente... ahm, qual é a palavra?

- Louquinha? - Completam em uníssono Lúcia e Gina.

- Atenção! Peço desculpa por ter interrompido esta fantástica cantora... Mas hoje vamos ter um programa diferente. - Alerta o homem que estava no palco de microfone na mão. - Esta noite haverá concurso de karaoke! Podem-se increver agora individualmente. Daqui a uma hora começaremos o espetáculo, por isso hoje fechamos mais tarde!

As pessoas aplaudiam com entusiasmo. Era sempre divertido quando programas daquele género aconteciam.

- Quem é que se vem increver comigo? - Pergunta Louis.

Apenas Harry, Liam e Sofia se quiseram increver.

- Porque é que tu não vais Kelly? - Questiona-lhe Niall.

- Estou um bocadinho rouca. - Finge-se ela.

- Desculpas... - Ri-se Niall.

- Niall, queres vir comigo beber uns copos?

- Já estou lá, Sofia!

A noite estava a passar e faltavam poucos minutos para o concurso começar. Sofia e Niall ainda estavam no bar a beber. Ela era mais cuidadosa e não estava a beber muito, até porque ainda tinha de ir cantar; mas ele, que gostava de beber, já estava um pouquinho mais descontrolado. Não estava bêbedo, mas não faltava muito para atingir esse estado. Harry também se tinha juntado a eles, e tal como Sofia não podia exagerar.

- Que música é que vocês vão cantar? - Interessa-se Niall.

- Runaway, do Bruno Mars. - Diz-lhe Harry.

- Everytime, da Britney Spears. - Responde-lhe Sofia.

Entretanto é chamado a cantar o primeiro concorrente. O nervosismo começava a aumentar para Sofia, que era gozada pelos amigos adversários.

Raquel estava um pouco cabisbaixa. Ela nem queria muito ter ido, mas Mónica fez de tudo para a convencer.

- Que tens? – Preocupa-se Débora.

- Eu? Nada, nada.

- O que é que ela tem? – Pergunta a loira a Mónica.

- Oh! Eu depois explico-te. – Acalma-a Mónica. – Deixa-a estar. Ela está bem. E tu? Estás a gostar?

- Está a gozar? Estou a amar! Obrigada.

- Pois… Não é que mereças, mas coise…

- Estúpida…

- Também te amo loira…

- Olhem, o Liam vai cantar agora. – Chama Gina a atenção das duas.

Todos ficaram boquiabertos com a forma de cantar de Liam. Aquele Cry me a River de Michael Bubble na voz dele ficava simplesmente fenomenal! Uma pequena lágrima correu o rosto de Danielle quando ele a olhou. Aliás, ele passou a maior parte do tempo a olhar Danielle, o que deixou Raquel ainda mais desanimada. Sabia que eles eram muito amigos, mas não conseguia evitar os ciúmes que sentia da relação deles.

A seguir ao Liam foi Louis que cantou Look After You de The Fray.

- Oh! Foste tão lindo! Aposto que vais ganhar!

- Oh! Não foi nada.

- Não sejas tão modesto! Tu és espetacular, amor!

Louis arrebatou-a com um beijo e de seguida comentou com ela o facto de Niall estar a beber desalmadamente.

- Mesmo! Já está todo louquinho!

- A culpa é aqui da Sofia! – Brinca Louis ao vê-la passar por perto deles.

- Estão a falar de mim? – Pergunta Sofia

- Estávamos a comentar o facto de o Niall estar já a beber demasiado.

- Por acaso… Mas ele até está porreirinho. Só diz asneiradas.

- E quê? Já está preparada para subir ao palco. – Questiona Louis.

- Vamos a ver… Estou um bocadinho mais calma, mas espero que corra tudo bem.

A música de fundo começa a ser um cromo qualquer a cantar Sexy And I Know It dos LMFAO, enquanto dançava como no videoclip. Todos se começaram a rir até porque Niall ficou completamente possuído! Ninguém o parava, a dançar de um lado para o outro com o copo na mão.

Contrastando com este momento tão engraçado, entra Sofia. A morena amava desde há muito aquela música, mas já não a ouvia há bastante tempo. Lembrou-se de cantá-la porque a viu no livro das opções e pensou que talvez fosse uma boa escolha. O certo é que não conseguiu cantá-la sem se relembrar do seu passado, de que Vitor fazia parte. Não voltara a pensar nele depois daquela mensagem que ele lhe enviara, mas não o conseguiu evitar ao cantar aquela música.

Enquanto isso, também os sentimentos de Gina foram abalados. Dificilmente uma música a fazia chorar, mas aquela música conseguira essa proeza.

- Estás a chorar? – Espanta-se Lúcia.

- Não… Estou a suar dos olhos.

- Oh linda… - Goza-a Lúcia enquanto a abraça.

Harry preparava-se para subir ao palco, olhando Gina porque a música que escolhera era dedicada a ela, apesar de ela não saber. Ele começou a cantar e nunca parava de olhar para a morena pelo qual ele estava apaixonado. Gina também olhava para ele, e os seus olhos brilhavam, mas tentava que ninguém percebesse isso.

Niall, muito animado, por estar bêbedo, dizia tudo o que lhe ia na alma. Contudo, toda a gente pensava que ele estava a dizer mentiras e nunca era levado a sério. Mas num impulso descontrolado ele sobe ao palco interrompendo Harry:

- Parem tudo! Parem tudo! Eu quero dizer uma coisinha!

- Niall? O que estás a fazer? – Susurra Harry, que estava ao seu lado.

- Shh! Parem tudo!

A música parou e toda a gente ficou atónica a olhar para ele. Alguns dos seus amigos, os que estavam a achar piada, riam-se; outros estavam perplexos.

- É assim: eu sou que vocês vão dizer que eu estou bêbedo, mas! Eu amo uma pessoa! Uma pessoa, uma rapariga! Porque eu sou macho! Ela está aqui… presente… hoje.

O coração de Kelly disparou. Tudo o que ela mais desejava era que ele dissesse que ela era a tal rapariga.

- Eu sei que ela não gosta de mim e é a pessoa mais difícil do mundo, mas ela tem uma coisa que faz o meu coração bater… E por isso, Débora, esta canção que eu vou cantar, escrita pela minha grande amiga Kelly… Ela está ali pessoal! Esta é para ti Deborazinha!

So get out, get out, get out of my head

And fall into my arms instead

I don’t, I don’t, don’t know what it is

But I need that one thing

And you’ve got that one thing.

Kelly começou a chorar e correu para a saída. A sua amiga Danielle correu atrás dela. Niall acabara de se declarar a outra com uma das músicas escritas por Kelly. Danielle nem conseguia imaginar o que a amiga estaria a sentir.

Débora ficou a olhar para Niall chocada enquanto Mónica se ria dela.

- Eu. Não. Acredito! Que camelo, pff… Ainda hoje lhe tinha dito… Só pode estar a gozar com a minha cara!

Entretanto os seguranças tiram Niall do palco e levam-no para o exterior enquanto ele gritava “Eu amo-te, Débora”. Sofia foi socorre-lo, olhando algumas vezes para trás para ver a reação da amiga.

Por entre toda esta confusão, Harry teve de voltar a cantar, mas já ninguém do grupo estava interessado no concurso. A festa já tinha dado tudo o que tinha a dar e tinha acabado da pior forma… O que todos queriam era ir embora.

Enquanto Harry cantava, Sofia ainda veio pedir ajuda a um dos rapazes. Niall estava no exterior do bar a vomitar e era por isso necessário que alguém o levasse a casa. Zayn dispôs-se logo. Ambos ajudaram Niall e levaram-no a casa.

O resto dos amigos ficou ainda no bar, mas sem disposição para festa. Então Débora… Estava completamente furiosa! Foi a forma de ela e as companheiras de casa se irem embora, sendo levadas por Dylan. Liam tinha ido embora já antes destes. Tinha ido tentar perceber o que se tinha passado com Kelly e com Danielle para saírem dali disparadas. Sobravam portanto o casalinho maravilha e os dois complicados. Era óbvio que Lúcia e Louis iam arranjar uma forma de deixar os outros 2 sozinhos, até porque tinham já combinado passarem algum tempo os dois sozinhos depois da festa. Por essa razão é que Louis tinha levado o carro. Era, sem dúvida, a melhor oportunidade de juntar Harry e Gina novamente: ele levava-a a casa enquanto Lúcia e Louis davam uma volta, juntinhos, para acabarem o fim-de-semana da forma mais romântica possível.



Notas finais do capítulo

Acho que todas conhecem a música transcrita neste capitulo...
Aqui passou por ser a Kelly a escreve-la, mas sabeis que é One Thing dos 1D. :)