Just In One Direction escrita por CostaSalazar


Capítulo 43
Capítulo 43





Passaram-se 5 dias desde a última vez que aqueles amigos tinham estado todos juntos.

Era sábado e Kelly aproveitava esse dia para ir tocar para a rua. Havia mais movimento, logo havia mais pessoal a contribuir para encher-lhe a carteira. A rapariga de cabelos longos aloirados já não tinha tanta vergonha de tocar na rua, já se sentia mais à vontade e às vezes até fazia com que o público começasse a dançar e a bater palmas.

“What you want, what you need

Has been right here, yeahh

I can see that you’re holding back those tears”

Esta era uma das canções que Kelly escrevera a pensar em Niall. A maioria das canções que ela compunha eram a pensar nele. O que o amor faz…

- Sr. Martin?!

- Então Kelly, não mudaste de ideias em relação à minha proposta? – O Sr. Martin estava mesmo empenhado em convencer Kelly a colaborar com ele. Falta de talento é que ela não tinha de certeza e ela ia render-lhe muito.

- Eu já lhe expliquei que neste momento eu quero dedicar-me aos estudos, não estou pronta para essa vida que o senhor me está a propor.

- Olha fazemos assim: no próximo domingo vens jantar comigo para eu te falar sobre as vantagens e desvantagens de trabalhares comigo, e eu sei que vou conseguir convencer-te…

- Oh!

- É uma oportunidade única, não a vais desperdiçar pois não?

- Está bem… Eu vou...

  - Podes dar-me a tua morada? Eu passo por tua casa para te buscar por volta das sete, que tal?

  Kelly pegou na caneta e no papel que o Sr. Martin lhe deu e começou a escrever. Ainda estava um pouco reticente em relação àquele jantar, mas quem não arrisca...

   Entretanto em casa, Danielle atende o telemóvel:

  - Liam! Que bom ouvir a tua voz!

  - Olá Peazer! Então estás pronta para logo à noite?

  - Nem por isso, estou um bocado nervosa...

  - É normal. Mas tens algum ensaio hoje?

  - Sim, tenho que ficar lá a tarde toda. Nem tenho tempo de vir a casa jantar...

  - Vai correr bem, eu sei que sim! E eu vou estar lá.

  - Vais? Oh Liam, que melhor amigo lindo!

  - Vou com a Kelly.

  - Ainda bem...

  Fez-se um longo silêncio entre os dois. Danielle queria perguntar como é que estavam as coisas com Raquel. Ela reparou nos olhares que tinham trocado na noite do jogo de futebol na casa dele. Não quis pressioná-lo sobre o assunto. Durante a semana já o tentara convencer que a Raquel não merecia perdão. Mas não queria arranjar conflitos, por isso não voltou a tocar no assunto.

  - Bem, vou almoçar. Xau Liam! Beijinhos.

  - Xau... Beijinhos e até logo! Boa sorte miúda!

  Liam não conseguia falar sobre Raquel com a sua melhor amiga. Sempre o fizera e agora... A relação deles estava um pouco estranha, já não havia tanta confiança como antigamente. Talvez pelo sentimento de culpa que ele carregava. Ainda não sabia se tinha feito a coisas certa ao perdoá-la e muito menos a começar a ter algo mais com ela. Danielle não o ia compreender de certeza! Não podia, não conseguia, por isso, contar-lhe a versão inteira da história. Talvez melhor assim.

- Bem, este parque é um espetáculo! - Comenta Niall. - Nunca tinha andado por aqui...

- É mesmo lindo, principalmente agora que está a nevar. Parece mágico!

- Vocês moram num sítio mesmo altamente. Acho que me vou mudar para a tua casa! – Brinca o loiro com ela.

- Sim, sim... Sonha Niall. – Ironiza Sofia.

- Olha, aquela ali não é a Kelly?

- Sim, acho que sim. Chama-a aí.

- Kelly!

A loira irlandesa não ouviu chamarem por ela. Estava de fones nos ouvidos e demasiado concentrada nos seus pensamentos. Assim, Niall correu até ela e tocou-lhe no ombro.

- Niall?!

- Não ouviste-me a chamar por ti?

Ela sorri e aponta para os fones que já estavam nas suas mãos.

- Hey Kelly. Que fazes por aqui? - Pergunta Sofia.

- Vim espairecer um bocado...

Os três começaram a conversar sobre o quão fantástico era aquele parque.

- Ei, eu tenho de ir! - Exclama a portuguesa dos caracóis. - Tenho de ir comprar cenas para o jantar!

- Ainda são quatro da tarde...

- Mas eu quero comer cedo que é para depois ver a Danielle na televisão! - Sofia dá um beijinho a cada um dos loiros e caminha para casa.

- Vais ver a Danielle ao vivo? - Interessa-se Niall.

- Sim, vou com o Liam.

Os dois começaram a andar, lado a lado, serenamente. Depois de alguma conversa sobre Danielle e Liam o assunto do produtor musical veio à baila.

- Aceitaste certo? Jantares à borla tens sempre de aceitar! E comer muito também!

Kelly riu-se. Quando se trata de comida, Niall é sempre o primeiro a dizer alguma coisa. Infelizmente, Kelly não sabia cozinhar muito bem, era a amiga que costumava tratar desses assuntos, por isso, se alguma vez quisesse surpreender Niall não poderia ir pela culinária.

- Apetece-me um chocolate quente. Vamos ali tomar um? Eu pago. - Diz Niall.

- Se é de graça...

Ambos se riem.

Fora uma bela tarde, com um pouco de neve, e no final uma rica caneca de chocolate quente. Bem a calhar no Inverno nevoso.

Durante aquela tarde, Kelly sentiu-se nas nuvens. Aquilo tinha sido praticamente um passeio romântico. Já pelo contrário, Niall apenas a via como uma boa amiga. Já lhe tinham perguntado se sentia algo mais por ela e ele ficou na altura a pensar na hipótese, mas naquela tarde percebera que era apenas amizade, e esperava que ela não sentisse nada mais por ele; não a queria magoar...





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Just In One Direction" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.