Just In One Direction escrita por CostaSalazar


Capítulo 44
Capítulo 44


Notas iniciais do capítulo

Descobre lá quem é a personalidade pela qual és maluca que eu falei neste capitulo, ó loirinha ;)




Mais uma semana passara, sem que nada de interessante tivesse acontecido. Os rapazes, aliás, andavam um pouco desaparecidos e as raparigas tinham muitos trabalhos para entregar. Mas chegara o fim-de-semana e era preciso gozá-lo.

- Sabem quem vai dar um concerto hoje? - Pergunta Gina muito animada às suas duas colegas de casa.

- Quem?

- Bruno Mars!

- Não gosto. - Responde de imediato Sofia.

- E tu Lúcia?

- Já tenho coisas combinadas com o Louis.

- Vou ter que ir sozinha?

- Porque é que não perguntas à Danielle ou à Kelly? - Sugere Sofia.

- Foram elas que me disseram deste concerto e não podem...

- Porquê?

- A Danielle tem o direto do programa e a Kelly tem um jantar qualquer.

- Pergunta ao Harry... - Lembra Lúcia.

- Sim, e ir à Lua a pé também era fixe não era?

- Olha sabes que já começas a enervar com essa tua dificuldade!

- Eu só não quero sair magoada desta "relação"...

- Já ouviste falar em oportunidades? Tu ainda não lhe deste nenhuma!

- Oh!

E assim Gina sai da beira das amigas e vai-se preparar para o concerto. Teria de ir sozinha mas assim também podia espairecer um bocado.

- Eh lá, que linda! - Elogia-a Lúcia. - Aposto que se fosses com o Harry ias de camisola de capucho e calças de fato de treino!

- Bem, o Harry outra vez?

- Como é que vais para o concerto?

- Como as pessoas que não têm carro vão... De metro.

- Sozinha? À noite? - Preocupa-se Sofia.

- Lembram-se que eu sei karaté?

- Sim, foste a uma aula grátis!

As três amigas riem-se. Aquela piada já durava há anos!

- E tu Lúcia, quando é que vais? - Questiona Sofia.

- Daqui a um bocado. O Louis já deve estar a chegar. - Um sorriso apaixonado apareceu na sua face.

- E eu vou já lady's! Chau aí! - Despede-se Gina.

- Ei, espera! Eu vou contigo, o Lou já está lá em baixo. - Diz Lúcia, olhando para o telemóvel e correndo atrás da amiga morena. - Chau Sú!

Gina acena a Louis que estava dentro do seu carro e caminha em direção ao metro.

- Onde é que ela vai sozinha? - Pergunta ele.

- Vai ao concerto do Bruno Mars.

- A sério? O Harry e o resto dos moços também!

Lúcia começa a rir-se. Gina, que não queria ir com ele, iria agora encontrá-lo sem saber.

- O quê? Os bilhetes já esgotaram?

- Sim, menina. Devia ter vindo mais cedo.

- Ok, boa noite.

Que desilusão. Podia ter ficado em casa no quentinho a ver a Danielle atuar e foi para um concerto com os bilhetes esgotados. Ainda por cima foi um concerto surpresa, os fãs só ficaram a saber dele nesse mesmo dia. Que azar!

- Gina? O que estás a fazer aqui?

Ela olhou para cima e viu Harry, Niall, Liam e Zayn e apenas sorriu pois logo de seguida foi arrebatada com outra pergunta.

- Também viste ver o Bruno Mars?

- Vinha, já não há bilhetes. Esgotaram...

- O quê? - Protesta Zayn - Não me parece. Eu vou falar com o homem!

O resto do pessoal ficou a observar o moreno e em pouco minutos, Zayn levanta bilhetes e dirige-se aos amigos.

- Infelizmente só tenho três bilhetes...

- A sério? Vais-me dar um certo Zayn fofinho?

Zayn olha para Harry e vê este a dizer que não. Percebeu que o amigo queria ficar a sós com Gina.

- Desculpa pequena, mas eu tenho que ir com os meus amados: Niall e Liam. Ficas com o Harry. Xauzinho!

Os três começam a correr para não darem tempo à rapariga de responder e para não perderem o espetáculo.

Harry tinha-se sentado num banco ali em redor. Ela, naquele momento, lembrou-se do que as amigas lhe disseram: "Já ouviste falar em oportunidades?".

- A sério que eu vou fazer isto? - Pensou ela.

- Pensei que me ias deixar aqui sozinho... - Queixa-se ele vendo que ela se sentou ao pé dele.

- Vais ficar aqui até acabar o concerto?

- Não tenho outra maneira de ir para casa.

- Já ouviste falar de transportes públicos?

- Não gosto muito...

- Mimado. - Diz ela sussurrando para ele não ouvir.

- E tu?

- Eu vou de metro como várias pessoas fazem.

- Sozinha a estas horas?

- Eu sei defender-me sozinha!

Ele olhou-a com um olhar terno. Aquela miúda dera-lhe mesmo a volta à cabeça.

- Olha, ouve-se daqui a música!

- Bestial, assim tens com que te entreter. - Afirma ela levantando-se do banco.

- Já vais embora?

- O que é suposto eu ficar a fazer aqui?

- Que tal esperares comigo? Até era uma boa ideia.

- Harry...

Ele levanta-se e põe as suas grandes mãos em volta da cintura dela. Gina não recuou, nem tentou tirar as mãos dele da sua cintura. Gostava dele e talvez devesse dar-lhe uma oportunidade. Como ela está sempre a dizer: YOLO [you only live once]. Ambos deixaram levar-se, as suas bocas estavam cada vez mais próximas. Harry não hesitou e beijou-a de imediato. Tanto um como o outro desejavam aquilo e estava mesmo a acontecer. Aquele beijo estava a ser sentido. Contudo, ela não se deixou levar por muito tempo. Quando os seus lábios se desapegaram, ela olhou-o nos olhos e correu sem dizer uma única palavra. Ele ficou imóvel, completamente apaixonado. Já tinha ganho um motivo para não desistir dela.

Quando as amigas lhe disseram que a iam deixar sozinha em casa, logo teve uma ideia. Não estava com vontade de passar a noite sem fazer nada. Pegou no telemóvel e, depois de alguma hesitação, tratou de combinar a sua noite. Só tinha de aguardar a resposta dele…

Niall, Liam e Zayn iam a entrar quando são abordados por Raquel.

- Então, por aqui? – Pergunta a rapariga.

- Bruno Mars! Claro que tínhamos de vir! – Exclama Zayn.

- Por essas e por outras é que eu gosto tanto de ti. – Diz-lhe Débora. Ambos eram doidos pelo Bruno Mars.

- Temos de ficar todos juntos. – Propõe Niall com olhar de conquistador em Débora. Sabia que isso a irritava.

- Boa ideia! – Assente Raquel.

Os amigos estavam a divertir-se bastante, quando de repente, Zayn sente uma vibração no seu bolso. Pega no telemóvel, era Sofia: “Estou sozinha em casa. Pensei que talvez me quisesses fazer companhia… Beijo.”.

Zayn sorriu ao acabar de ler a mensagem. Era uma proposta tentadora, mas… era o concerto especial do Bruno Mars. Era uma sorte ter conseguido entrar e ia desperdiçar? Por outro lado, não estava com nenhuma rapariga desde a festa em sua casa. E macho que é macho, escolhe mulher em vez de homem!

- Débora, vou embora.

- Mas… mas porquê? – Surpreende-se a portuguesa.

- Estou um bocado maldisposto. – Desculpa-se ele.

- Mas ainda agora estavas tão bem…

- Pois. Mas estou com dores de cabeça. A música nem parece a mesma. É melhor ir…

- Mas não precisas de nada?

- Não Débora! – Responde o Zayn, tentando esconder a sua irritação. Ela só fazia perguntas e ele já queria despachar-se.

Depois de avisar Niall do mesmo, foi-se embora. Custou-lhe deixar o Bruno Mars para trás, mas estava certo de que valeria a pena.

Raquel e Liam nem deram pela saída de Zayn. Os dois, juntinhos, iam-se embalando pelas músicas mais românticas do cantor. Já Niall, que via Débora tão longe de si, decidiu aproximar-se dela.

- Então loira? Estás a gostar do Bruno?

- Estás a gozar? Eu amo-o! – Responde Débora automaticamente, esquecendo-se de ser má para ele. Mas logo de seguida retoma a resposta. – Mas o que tens tu a ver com isso?

- Nada… Era só para fazer conversa. Estes dois, ao que parece, vai dar caso… E nós estamos aqui, os dois, a fazer de vela.

Débora não respondeu, não queria que ele tivesse de se aproximar de mais de si para ela o poder perceber. De outra forma não o ouviria. No entanto o loiro era persistente.

- É a primeira vez que vês o Bruno Mars?

- É. – Responde-lhe secamente.

- Eu já o vi várias vezes.

- Sorte a tua. – Continua ela, muito seca.

- Adoro as músicas dele.

- Ah! Pensava que só ouvias Justin Bieber… - Diz-lhe ela em tom depreciativo.

- Também. Mas Bruno Mars também é bem fixe!

- Nisso tenho de dar o braço a torcer e concordar contigo. Ele é simplesmente o maior!

O facto de ele gostar do Bruno Mars mexeu de alguma forma com Débora. Depois de dizer aquilo, sem dúvida que Niall tinha subido na sua consideração, mas não podia ceder e começar agora a trata-lo bem. Não, não podia! Era melhor calar-se. De qualquer forma, ele não insistiu muito mais em fazer conversa. 





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Just In One Direction" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.