Just In One Direction escrita por CostaSalazar


Capítulo 108
Capítulo 108





Depois da noite anterior, Gina acordou constipada, com febre e cheia de dores no corpo. Lúcia e Sofia já estavam à beira dela como se fossem enfermeiras.

- Eu vou à farmácia buscar-te remédios. - Ofereceu-se Lúcia.

- E eu vou fazer canja. Vai fazer-te bem.

- Obrigada. - Agradece a doente, começando a cobrir-se.

- Não te cubras! Assim a febre não passa!

- Fogo, pareces a minha mãe. Odeio estar doente...

- Se calhar era melhor chamarmos um médico.

- Mas a Lúcia já foi à farmácia.

- Que tal o Dr. Styles?

- Não. Ele ainda vai ser pior do que tu! E também não quero que ele me veja assim toda ranhosa, nhac!

- É o teu namorado. E para além do mais eu vou sair com o Zayn e de certeza que a Lúcia não vai ficar aqui a tomar conta de ti...

- Eu sei tomar conta de mim.

- Mesmo com namorado és difícil, porra!

Gina sorriu orgulhosa.

- Eu vou ligar ao Harry.

- E a minha canjinha?

- Depois de ligar ao “doutor” eu faço-a.

-x-x-x-

Com Harry na casa da namorada a dar-lhe miminhos para ela recuperar mais depressa, o resto dos rapazes foram almoçar ao Nando’s. Já lá não iam há algum tempo.

- Coitada da Gina… - Lamenta Louis.

- Ontem até não estava assim tanto frio. – Repara Liam.

- Mas entende-se. Até eu fiquei com o pingo no nariz. – Acrescenta Zayn.

- Ui… A festa com a Sofia já ficou estragada. – Insinua o irlandês.

- Uh! – Exclama Zayn de repente.

- Que foi? – Perguntam os outros.

- Vem aí a Débora… E a Raquel também.

- É… tu estás é a gozar comigo. Só porque falei da festa estragada com a Sofia.

- Não Niall… Vem mesmo aí a Débora. – Confirma Liam.

- Niall olhou para trás e já ela estava quase a passar por ali.

- Convidem-nas a juntar-se a nós. – Sugere Louis.

No instante seguinte Raquel viu-os e chamou a atenção de Débora. Zayn chamou-as com um gesto e elas aproximaram-se. Cumprimentaram-se, trocaram umas piadinhas e Louis convidou-as a juntarem-se a eles. Liam sentiu-se um pouco sem jeito. Dede o dia em que acabara tudo com Raquel que ainda não tinha falado com ela. Já Niall tinha gostado da ideia. Há muito que não estava com Débora.

- Então loirinha? Que é isso de andares a faltar às aulas? – Quis saber o grande amigo.

- Gravações! Tenho andado tão atarefada! Uff! Não tens noção!

- Acredito. E está tudo a correr bem? – Mostra-se Niall preocupado.

- Tudo. – Sorri-lhe ela.

- Eu tenho visto todas as noites a novela. Estou a começar a viciar-me na história. Pena que não tens aparecido. Estou sempre na espetativa de te ver aparecer. – Diz-lhe Louis.

- É, sabes que existem certas pessoas lá em casa que fazem da hora da novela, hora sagrada! – Insinua Liam para Niall.

- Sois uns queridos. Obrigada. – Sente-se ela envergonhada..

- E tu Liam, que tens feito? Há muito que não falamos. – Interfere Raquel.

Ele engoliu primeiro em seco. Não esperava que ela falasse com ele. Mas ficou contente. Não gostava de ter ninguém chateado consigo.

- Nada de mais. Aulas, casa, casa, aulas.

- Danielle… - Completa ela.

O rapaz ficou sem jeito.

- É minha amiga…

- Liam… - Insinua ela com o olhar, dando a entender que no fundo sabia de tudo mas que não queria falar ali.

Os outros falavam ainda sobre a telenovela.

- Temos de falar um dia. - Sugere Raquel.

- É. Marca-se um café ou assim. Ainda bem que não ficaste ressentida comigo.

- Achas? Impossível! Tu és um rapaz especial. Ninguém consegue ficar chateado contigo.

- Não foi Liam? – Interrompe Louis.

Liam, não fazia a mínima do que Louis lhe estava a perguntar, mas ainda assim confirmou.

- Foi, foi. Ou deve ter sido. – Diz baixo para Raquel depois.

- É como eu te digo, Débora, tens aqui o teu fã número um. – Louis conta a Débora batendo nas costas do amigo.

O irlandês estava envergonhado e a própria Débora ficou um pouco acanhada.

- É melhor falarmos de outras coisas. Estou já a ficar embaraçada. Vocês só me elogiam… Até gostava de ver o que falam de mim por trás das costas. – Brinca.

- Esses? Ui! Por trás é só criticas! – Goza Zayn.

- E tu ó Malik, como andas com a Sofia?

- Que pergunta! – Responde Niall. – Andam a comer-se em tudo quanto é canto.

- Pois é! Eu e o Niall tivemos de impor respeito há uns dias porque esses dois já estavam na varanda na marmelada.

- Só dor de cotovelo. Usem Nívea que passa… - Responde Zayn.

Ela ria-se.

- Acho muito bem que os controlem. Este é um tarado, a minha pequenina é tarada e meia… Ui, ui… E a Gina e o Harry?

- Esses é só amor. Partimo-nos sempre a rir com as coisas que ela lhe diz. Só visto! – Explica Liam.

Débora sentiu-se tentada a perguntar a Louis por Lúcia, mas achou melhor não o fazer. Não queria ser inconveniente.

- Sim, senhora… Muito amor por esses lados. – Conclui ela. – Eu também já comecei a gravar as minhas cenas românticas. A parte mais difícil para mim…

No rosto de Niall o sorriso desvaneceu.

- Se eu fosse a ti não fazia nada disso. Vais beijar um gajo qualquer… Tipo, não sabes nada sobre ele.

- Niall, é o meu trabalho!

- Pois é loirinho, pois é… - Goza Louis.

Depois do almoço, como combinado, Zayn ia buscar a namorada para saírem. As duas portuguesas que tinham almoçado com ele, como viviam lá perto, aproveitaram a boleia.

-x-x-x-

Harry passou o dia todo com a namorada e ia passar também a noite. É que as amigas iam ver Josh a tocar bateria no concerto da banda dele. Estavam super entusiasmadas para o ver.

- Sortudas! Eu era a que mais queria ver e não vou poder ir.

- Hás-de ir um dia. – Acalma-a Sofia.

- Deixa lá fofa. Ficas muito melhor acompanhada.

- Mas vê lá o que fazes! Olha que estás doente! Nada de esforços! – Brinca a namorada de Zayn. – Veja lá o que faz à sua menina, Dr. Styles.

- És mesmo tarada! – Acusa-a Harry.

A campainha tocou.

- Olha, deve ser a Danielle. Vamos? – Chama Lúcia a outra.

- Vamos. Comportem-se meninos! – Continua ela na brincadeira com o casal.

- Filmem! Por favor! – Pede Gina.

- Tu muito te fascinas com a bateria do moço. – Reclama Harry.

- E tu muitos ciúmes tens.

- Porque te amo. – Responde-lhe ele aproximando-se para um beijo, porém no mesmo momento ela vira-lhe a cara para evitar espirrar por cima dele.

- Desculpa.

- Não faz mal. Anda cá. – Aconchega-a ele, abraçando-a.

-x-x-x-

As três raparigas que foram ver Josh divertiram-se bastante no Macbeth, um bar com música ao vivo todos os sábados. Josh pingava suor de tanto bater nos pratos e nos tambores da bateria. Ele era espetacular! Já o vocalista da banda era lindo! Tinham babado a noite toda por ele. Até chegaram a pensar em pedir a Josh para lhes apresentar a ele. No final do concerto, foram ter com ele para lhe dar os parabéns e Lúcia não conseguiu evitar. As outras duas nem conseguiam acreditar que ela tinha mesmo pedido ao amigo para apresentar o rapaz. Ou melhor, tinha pedido para apresentar o resto da banda só para poderem “dar os parabéns pelo magnifíco concerto”. O rapaz não negou o pedido às tão recentes amigas. Elas nem decoraram o nome dos outros, só sabiam que o vocalista se chamava Kayky Brito. Era brasileiro! As duas portuguesas ficaram louquinhas. Sofia só dizia sempre para as amigas “Ai meu Deus, que eu tenho namorado! E amo-o muito!”. Só que ainda assim, não conseguia resistir à tentação de olhar para ele e a apreciá-lo tal como as outras duas solteiras. Foi uma experiência engraçada para Lúcia e Sofia falar em português para outra pessoa que não as raparigas do costume. Estavam já muito habituadas ao inglês. Toda a banda era muito simpática e gozaram ainda um restinho da noite em conversa com eles. Depois acabaram por vir para casa, já muito tarde. No carro, Sofia reparou nas três chamadas não-atendidas que tinha de Zayn, por entre mais umas tantas sms’s. Ficou super preocupada, sem saber o que fazer. Ele sabia onde ela tinha ido e com quem, mas ainda assim tinha medo que ele pudesse fazer filmes e com isso que viessem as discussões. As outras acalmavam-na mas ela não conseguia ficar descansada. Sentia-se culpada por tanto apreciar um outro rapaz ao longo de toda a noite. Já as outras duas, que iam à frente no carro, só falavam precisamente do brasileiro. O plano agora era convidá-lo para ir até a casa de Danielle tomar um copo. Claro que através de Josh. Tinham simpatizado realmente com ele. Não só pelo facto de ser bonito, mas também porque era muito simpático. Além do mais, por muito que tivessem ficado louquinhas com ele, todas elas tinham o coração ocupado.

Ao chegar a casa, Sofia e Lúcia, foram espreitar a amiga ao quarto. Viram uma cena mais romântica do que nos filmes. Harry era um namorado espetacular. Estava ali ao pé dela, abraçando-a. Notava-se um sorriso na cara de ambos. Fecharam a porta com cuidado e despediram-se uma da outra. Antes de dormir, a namorada de Zayn achou por bem, mesmo que já sendo quatro da manhã, enviar uma mensagem ao namorado: “Desculpa amor, não ouvi o telemóvel enquanto lá estive no bar. Já estou em casa. Vou agora para a cama. Liga-me mal acordes. Amo-te. Beijo.” Do outro lado, Zayn, que dormira com o telemóvel caído na cama, acordou com a mensagem. Mesmo com sono, ficou muito mais descansado. “Ainda bem que está tudo bem. Dorme bem fofinha. Depois liga-me tu, mal acordes. Não te quero acordar depois da noitada. Também te amo. Beijinhos.”.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Just In One Direction" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.