Meu, somente Meu Vizinho, Sasuke Uchiha. escrita por heyouitsady


Capítulo 27
Eu não te mereço.




POV's Sasuke:

Ué, cadê a Sakura? Uma garota me pediu ajuda porque a amiga dela tinha caído e machucado o pé, fui lá né. Mas agora que voltei, percebi que só Ino e Hinata estão na mesa.

- E ae Sasuke? O que aconteceu com a menina lá?- Naruto me perguntou e eu sentei no meu lugar.

- Ah, ela machucou o pé, aliás, acho que nem machucou, porque do jeito que ela estava, parecia tudo encenação.

- Ah cara, e você não pensou nisso antes de ir ajudar?- Gaara disse com cara de sabe-tudo.

- Não posso fazer nada se sou mais caridoso do que você.

- Mais otário né?

- Vai a merda.

Olhei em direção a mesa das garotas outra vez, Hinata e Ino cochichavam sem parar enquanto olhavam em volta, o que aconteceu?


---------------------

POV's Sakura:

Esmurrar não estava adiantando, ninguém passava ali naquela hora, ainda era intervalo.

- Ada, ada, ada. A Karin vai levar paulada.- Comecei a cantar sentada no chão, quando parei de repente, comecei a sentir cheiro de queimado. 

Poderia estar entrando debaixo da porta ou... Ah não. Estava entrando pelo duto de ar. Será que... não, não pode ser... Era a Karin? Ela não pode, ela é louca! Me asfixiar?De repente o desespero me invadiu, comecei a esmurrar a porta e a gritar.

- ALGUÉM! POR FAVOR!- Comecei a tossir, percebi que se eu continuasse a gritar, mais a fumaça entraria nos meus pulmões. Tapei a boca  e o nariz e com uma mão continuei batendo na porta. Mas se com as duas e meu grito ninguém ouviu, era inútil gastar minhas forças nisso agora.


Tudo o que passava por minha mente era: Pânico... Karin é uma vaca. Desespero... Karin é uma vadia. Vou morrer, vou morrer, vou morrer. Comecei a bater mais forte na porta, alguém tinha que ouvir ou a porta podia fazer o favor de cair. Comecei a tossir ainda mais, fui andando pra trás, não conseguia ver nada, só o escuro que a fumaça fazia escondendo todas as outras coisas, sentei no chão de costas pra estante e de frente pra porta, eu estava sufocando. Será que ninguém vai me salvar? Será que ninguém vai ver a fumaça passando por debaixo da porta a tempo? E o cheiro? Mãe... Pai... Não vou poder dizer que os amo de novo? Já estava com saudades porque eles foram nessa viajei de um mês e agora nem vou vê-los retornar. Como vou viver sem brigar com o Konohamaru? Ah esquece, não vou viver mesmo. Ino e Hinata... Sempre me ajudaram tanto, e nem agradeci. Sasuke... Sasuke... Eu amo tanto esse garoto e nem vou poder dizer isso a ele, ou beijá-lo. E a Ranny? Não sei porque lembrei dela, mas eu queria falar com ela de novo... quem sabe el...

Escuridão total.

------------------------------

POV's Sasuke:

Tá, vou lá perguntar.

- Hey, meninas.- Falei e elas olharam pra mim e vi uma interrogação na cara delas.

- Sasuke?- Ino perguntou.

- Não, o bozo.- Revirei os olhos.- Cadê a Sakura?

- Ela não está com você?- Hinata perguntou. Elas estão com sérios problemas, se ela estivesse comigo eu perguntaria? Apenas cruzei os braços.

De repente vi Ino se levantando bruscamente desesperada.

- Sakura...- Disse e começou a andar até a saída do refeitório rapidamente.

- O que houve?- Falei e Hinata estava ficando branca.

- A Karin disse que você queria ver a Sakura!- Ela começou a andar, seguindo Ino.

De repente gelei. Não sabia muito sobre Karin, mas sabia que ela era louca... e líder do meu fã-clube. Se ela tiver feito algo com a Sakura... Eu... Eu não sei o que faço. Antes que percebesse já estava saindo do refeitório também.Mais a frente, Ino encontrou com Karin, o que deu tempo a mim e a Hinata para alcançar a mesma.

- Cadê ela? Cadê a Sakura sua imunda!- Ficou nervosa e eu estava vendo a hora dela pular na Karin.

- Ué, ela foi ver o Sasuke.- Karin disse com um sorriso de lado. Semi-cerrei os olhos olhando pra ela.- Ah! Oi Sasuke-kun, você está aí?- Disse acenando com a mão. Voltou a olhar pra Ino.

Aquela cena foi inédita, eu não poderia ter imaginado melhor. Ino deu um soco no nariz da Karin que caiu no chão com a mão no mesmo.

- VOCÊ NÃO PRESTA SUA VADIA!- Ino voou em cima dela e começou a puxar os cabelos de Karin.

- VAI INO!- Naruto começou a gritar. Quando me virei Gaara também estava junto, deviam ter me seguido até aqui.

Eu queria ficar mais, só pra ver a Karin apanhando. Mas só de imaginar o que podería ter acontecido com a minha Sakura, eu sentia o sangue correr mais rápido e o coração acelerar.Saí de perto deles e comecei a procurar, Naruto veio comigo, Gaara ficou com Ino e Hinata. Antes de não poder ouvir mais a voz de Karin, ela disse:

- Não adianta, vai ser tarde demais quando encontrá-la.- Disse e riu. Ouvi um barulho de alguma coisa se chocando, creio que Ino deve ter lhe acertado um belo soco.

Aquilo que Karin disse me deixou ainda mais aflito e nervoso, comecei a procurar mais rápido, andando a passos largos.

- SAKURA!- Abria portas, berrava pra ver se tinha alguma resposta. Nada.

- SAKURA-CHAN!- Naruto berrava procurando dentro das salas também.


Parei bruscamente, quando um pouco antes do corredor da nossa sala, senti cheiro de queimado, muito forte, uma fumaça escura. De repente, vi alguém correndo na nossa direção com alguém nos braços.Esse alguém era a Sakura.

- SAI DA FRENTE!- O cara gritou enquanto corria sem parar. 

Quando ele passou por nós, comecei a seguí-lo correndo.

- O QUE ACONTECEU? ONDE VOCÊ A ENCONTROU?- Falava aflito, correndo, com o coração a mil.

- Na armário do zelador.- Disse e acelerou o passo. Ele e, principalmente ela, tinham um cheiro forte de fumaça. O que tinha acontecido?

Passamos por Ino, Hinata e Gaara, Naruto estava me seguindo desde que comecei a correr.

- SAKURA!- Ino se levantou e percebi que Karin estava quase desmaiada no chão, vadia.

Todos seguimos o tal sujeito que eu nunca tinha visto antes até a enfermaria, onde uma enfermeira recebeu a Sakura e pediu pra que todos nós saíssemos da sala rapidamente.

-------------------------------

Eu ficava andando de um lado pro outro, Ino chorava sentada e Gaara a consolava, Hinata estava sentada ao lado de Ino, calada, segurando a mão da amiga, Naruto estava sentado do lado de Hinata com o braço em volta de seus ombros.O ser que havia trazido Sakura até aqui também estava de pé, parado.

- O... O que aconteceu?- Hinata levantou o rosto e encarou aquela pessoa de sombrancelha grossas.

- Bom, eu não sei. Eu estava só andando, ninguém fica no corredor no intervalo, é calmo e tranquilo.

- Tá, tá. Mas o que houve?- O apressei.

- Calma! Já vou chegar lá!- Franziu a sombrancelha o que fez uma careta engraçada.- Então eu senti um cheiro de queimado, e quando olhei, havia fumaça saindo por debaixo da porta do armário do zelador, tentei abrir mas estava trancada, então eu arrombei.- Disse com uma cara de " sou foda, digdindigdin ".

Essa Karin não tinha limites, será que aquela menina que me pediu ajuda, era só um pretexto pra me tirar do refeitório?

Sakura... De repente, Itachi me veio a cabeça, agora eu lembrava de como ele havia dito que as coisas só piorariam, que eu não sabia cuidar da Sakura, que não a merecia... Será?


----------------------------------------

POV's Sakura:

Eu conheço esse lugar... colorido.

- Olá de novo Sakura.

- HERNESTO!- O abracei.- Já tava ficando com saudades.

- Pois agora estou aqui. E que jeito de nos encontrarmos ein.- Ele disse e começamos a caminhar.

- Do que você tá falando?- Como assim? Eu estava dormindo, como sempre nos encontrávamos não é?

- Estou dizendo que não foi um dos nossos melhores momentos pra se ver.- Ele olhou pra mim e eu ainda não entendia nada.- Sakura, não sabe mesmo?

Balancei a cabeça negativamente.

- Ai, ignorância.

- Olha aqui Hernesto, se for pra você ficar me xingando ae, eu vou acordar ok?

- Você não pode.

- Por que não? Quer ver?- Fechei os olhos, quando abri, ainda estava no mundo colorido.- Ué.- Fechei de novo e quando abri, nada tinha mudado.- QUE BRUXARIA É ESSA HERNESTO?

- Quer parar?- Suspirou (?).- Você não pode acordar porque desmaiou.

- An?

- Sakura, não se lembra de toda fumaça? Da sala do zelador?


De repente, flashes vieram a minha mente. Socos na porta, berros, fumaça pelo duto de ar.

- Essa não.- Falei.

- Lembrou?

- Hernesto! Eu morri?- Falei e entrei em desespero.

- Cala a boca menina.- Fechei a cara.- Você só desmaiou. Vou ficar aqui com você enquanto não acorda.

- Hun, obrigada Hernesto! Você nunca me abandona.- Falei fazendo carinha fofa.

- Mas que ogro é esse que apareceu na sua cara?- Falou da minha " carinha fofa ".

 - Quero acordar logo.- Sentei e cruzei os braços.

- Eu também espero que seja logo.- Deitou do meu lado.



-------------------------------------------------

POV's Sasuke:

Já estava sentando ao lado do Lee, nome da pessoa que achou a Sakura, Ino de tanto chorar dormiu no ombro de Gaara que fazia carinho no cabelo da mesma, sei não ein. Isso parece mais que amizade. Hinata estava escorada no ombro de Naruto e o mesmo estava quase dormindo. Todos tínhamos permissão pra ficar ali como acompanhantes de Sakura e faltar as aulas restantes do dia. Vimos Karin passar por ali carregada por uma pessoa mais cedo, tomara que fique por lá uma semana.
A enfermeira saiu e eu me levantei, todos ficaram alertas exceto Ino que continuava dormindo.

- Então?- Perguntei.

- Ela tinha muita fumaça nos pulmões, mas a situação é estável. Uma pessoa apenas pode entrar agora. Mas não pode demorar.- Ela disse e saiu. 

Olhei pra todos ali e os que estavam acordados acenaram positivamente com a cabeça pra que eu fosse. Sorri e caminhei até onde Sakura estava, quando entrei, meu coração apertou de ver Sakura respirando com ajuda de um aparelho.Sentei ao seu lado e segurei sua mão.

- ...- Olhei pra ela, tão serena.- Desculpe.- Falei.- Eu... não pude te ajudar. Eu sinto muito...- Estava tentando conter as lágrimas.- Itachi tinha razão, eu não mereço você.



Notas finais do capítulo

Enjoy it sz'