Lua Minguante escrita por Mandy Blanche


Capítulo 3
Capítulo Dois


Notas iniciais do capítulo

Gente desculpa a demora.Eu acho que esse capitulo não esta bom.Os posts em Destinada tambem estão atrasados, eu juro que vou tentar atualizar ainda esse fim de semana mais não garanto nada.
Obridada para o pessoal que me manda reviews, não sabem como eu fico feliz quando recebo um
Vamos la então!
Aproveitem o capitulo.
Bjos
Ass:Amanda




Bella POV


–O jantar esta pronto!-exclamou tia Jenna me tirando do transe em que eu estava.

Me levantei e segui os outros para a mesa da cozinha.Então me perdi em pensamentos.Eu tinha que concordar com a minha tia, ele não só era absolutamente gostoso mas também era absurdamente lindo.Era uma beleza diferente da de Edward e os Cullen,mas ao mesmo tempo pareciam tão iguais,a beleza de Damon era misteriosa e ameaçadora,fazia você querer decifrar todos os seus segredos mas ao mesmo tempo fazia você tremer de medo.Seu rosto era pálido com um leve bronzeado,as feições eram bem definidas ,praticamente perfeitas sob o os desalinhados e lisos cabelos castanhos claros.

Quando ele me olhou eu não conseguia desviar os olhos. Não se pareciam com nada que eu já vira. Azuis como um céu que espera uma tempestade, pupilas dilatadas como a de um gato, eles encheram minha visão. Eram azuis, pareciam guardar tantos segredos, e tão profundos que eu tinha a impressão que eu poderia afundar neles. E por poucos segundos enquanto eu afundava neles tinha acontecido algo inacreditável, por poucos segundos eu tinha esquecido Edward.

–Tudo bem prima?-perguntou Jeremy me tirando do devaneio

–Sim eu só me distrai-disse sorrindo.

Jeremy tinha crescido muito, estava com 15 anos. Imagino como deve ter sido difícil para ele, parece que ele ate teve problemas com drogas. Mas parece que agora ele estava muito melhor.

–Então Bella nos conte como é Forks?-disse Stefan

Stefan era diferente de seu irmão, parecia mais... amigável.Tinha os cabelos da mesma cor dos do irmão, pele bem pálida e olhos azuis só que de um tom diferente de Damon,pareciam mais com um azul de um dia de primavera.Ele parecia ameaçador mais não tanto como o irmão.

–Fria, parece um planeta alienígena também - disse e eles riram, só Damon que mantinha um sorrisinho quase imperceptível nos lábios-E é muito pequena,chove o tempo todo e raramente faz sol.

–Deve ser diferente - disse Jeremy

O jantar foi muito transcorreu bem, tia Jenna nem parecia ser responsável por dois adolescentes, ops agora três, ela na verdade parecia um de nós, tinha uma aura jovem única. Me lembrava muito Renée.Elena continuava querendo fazer literatura inglesa assim com eu,então nós combinamos de começar a fazer nossas inscrições para as faculdades que queríamos ir.Eu antes queria me inscrever na universidade do Alaska,mas isso era de um tempo que não irá mais voltar,eu não tinha mais um motivo futuro que me incentivasse a ir para lá,então eu iria tentar Yale,Harvard,Princeton a Universidade de Seattle e eu e Elena combinamos de tentar Cambridge que era na Europa já que Mystic Falls tinha os folhetos de inscrição.

Elena estava feliz, eu percebia que ela estava preocupada com algo mais ainda assim não estava afetando muito sua felicidade. Stefan parecia que a amava de verdade. Jeremy estava bastante misterioso com algumas coisas, parecia que estava escondendo algo. Damon era o mais intrigante, ele não parecia ligado ao irmão na verdade parecia que apesar de Stefan demonstrar preocupação com ele, Damon na verdade não parecia estar preocupado com nada, mas se eu olhasse bem para ele eu podia perceber uma profunda dor em seus olhos e isso de algum jeito me machucava. Mas ele disfarçava isso muito bem com seus sorrisos sarcásticos e irônicos charmosos que pareciam capazes de deixar toda ala feminina suspirando. Peguei-o algumas vezes olhando para mim só que não dei muita importância, apesar de minhas bochechas corarem automaticamente com a intensidade do seu olhar.

–Pessoal eu e meu irmão já vamos indo já - disse Stefan-O jantar estava ótimo Jenna e Bella seja bem vim foi um prazer - disse Stefan se despedindo de todos seguido por Damon que tinha acabado se despedir de Jenna,Elena e Jeremy vindo em minha direção.

Ele me deu um beijo na bochecha e sussurrou:

–Foi um prazer conhecê-la Bella- disse com um sorrisinho charmoso- Nós vemos por ai

Eu corei furiosamente e respondi

–Prazer Damon – disse eu, ele riu e saiu pela porta

Damon POV


–O que pensa que esta fazendo Damon?-disse Stefan assim que entramos em casa.

–Do que você esta falando irmãozinho? – perguntei

–Como do que eu estou falando Damon! Estou falando de você flertando com a prima de Elena!-disse ele já começando a ficar exaltado

–Aah sim... Bella-disse me lembrando de como suas bochechas coravam com um rubor encantador.

–Fique longe dela Damon!-disse meu irmãozinho em um tom ameaçador

–Por que eu ficaria?-disse irônico começando a ficar com raiva. Odeio quando tentam me controlar.

–Porque ela é prima de Elena, e Elena já tem bastantes problemas e parece que Bella já sofreu demais, sem contar que a ultima coisa que nós precisamos e de uma garota correndo por ai gritando “vampiro!”-disse Stefan nervoso.

–Pode deixar irmãozinho, Bella não vai sofrer nenhum dano por minhas mãos - disse dando o meu sorriso e subindo para o meu quarto.

O jantar foi melhor do que eu esperava, pelo menos conseguiu desviar minha atenção de Katherine. Eu ainda a amo... Isso é algo que eu não posso negar, na verdade eu também tenho muito dela. Estava pensando em Katherine quando o rumo dos meus pensamentos mudou totalmente para uma garota de longos cabelos castanhos avermelhados e olhos de um profundo tom de chocolate. Por que estou pensando nela?Ela é só uma humana qualquer, o copo onde fica minha bebida favorita... Só isso. Ela me intriga... Esse deve ser o porquê de ocupar tanto meus pensamentos, eu posso ver que ela guarda um segredo, eu sinto isso, sem contar na dor profunda que da para ver em seus olhos em alguns momentos, faz ela parecer tão frágil, e me faz ter uma vontade quase incontrolável de protegê-la.E esse com certeza não sou eu.Não o eu de agora.


Bella POV


Já havia passado dois dias do jantar. Eu e Elena estávamos muito unidas, parecíamos ate irmãs, também tínhamos muito em comum.Eu já estava estudando na mesma escola de Elena,já tinha conhecido Matt e Caroline dois dos melhores amigos de Elena,eles eram muito legais.Caroline era loira de um tom platinado tinha a pele clara e lindos olhos azuis claros,Matt era alto com um desgrenhados cabelos loiros e olhos azuis.Matt era ex namorado de Elena e agora estava tentando um relacionamento com Caroline.

Tinha uma que eu ainda não havia conhecido, Bonnie, Elena disse que a avó dela havia morrido e como as duas eram muito ligadas Bonnie foi passar um tempo fora porque estava muito triste.

Hoje eu sairia um pouco para conhecer a cidade enquanto Elena saia para um encontro duplo.

–Bella me ajuda a me arrumar?-perguntou Elena

–Eu ajudo, mas você sabe que eu não tenho muito senso de moda-eu disse e ela riu

–Eu sei, mas venha me fazer companhia. -disse sorrindo e eu entrei no quarto dela.

–O que você vai fazer hoje?-perguntou ela enquanto passava rimel.

–Acho que vou sair para conhecer mais a cidade sabe... -disse a ela

–Sei sim, passe no Mystic Grill, você pode nós encontrar lá a noite - disse Elena

–Ta bom!Eu vou indo dar uma volta, tia Jenna me deixou usar o carro dela - disse

–Então vai lá. Tchau Bella-disse sorrindo

–Tchau Elena - disse retribuindo o sorriso

Desci as escadas e sai de casa em direção ao carro da Jenna.

Não sei porque mais algo me dizia que essa noite is ser muito reveladora.

Damon POV


Tinha acabado de conversar com uma maratonista que estava fazendo trilha na floresta. Ela foi uma boa doadora de sangue para mim, não é a toa que dizem que praticar exercícios é saudável.

Quando cheguei em casa minha porta estava aberta,fui seguindo um cheiro do visitante.Cheguei a sala e me deparei com Pearl e Anna paradas em pé entre os sofás.

–As pessoas costumam tocar a campainha - disse cínico

–Não mora nenhum humano por aqui, como você e seu irmão fazem para nenhum vampiro invadir a casa?-perguntou ela me respondendo com outra pergunta

–Matamos-então rapidamente agarrei seu pescoço só que para minha surpresa ela estava muito mais forte do que eu.

–Porque não se senta Damon - disse ela tirando minha mão de seu pescoço me empurrando pro chão - Esperava que pudéssemos conversar Damon

–Claro - disse nervoso

–Estamos residindo em uma fazenda fora da cidade-disse ela se sentando em outro sofá- o suficiente por agora

–Todos os 25 vampiros?-perguntei, não era possível, era?

–Nem todos. Alguns - esclareceu ela - Imagino que alguns já deixaram a cidade.E outros provavelmente ainda estão andando pela floresta ou como nós, se adaptando.

–Como eles saíram da tumba?-perguntei

–Acho que a bruxa errou na parte do abracadabra - disse Anna divertida

–Ooh-disse assimilando os fatos.

Praticamente todos os 25 vampiros daquela tumba estavam soltos. Stefan e Elena ficariam furiosos.

–Pelo que Anna me explicou as famílias fundadoras ainda tem o conselho?-perguntou Pearl

–No qual você faz parte-disse Anna

–Isso é ridículo - era o que me faltava, gente bisbilhotando a minha vida

–Estou em Mystic Falls desde o cometa, Damon. Estou bem atualizada. -é realmente ela estava bem atualizada

–E agora eu também. E agora que se infiltrou no conselho, preciso saber tudo o que ele sabem. Começando com uma lista de nome dos membros e suas famílias. -disse Pearl

–E de todos para quem forneceu verbena - completou Anna

–Sim, isso terá de parar imediatamente. -disse Pearl veemente

–O que exatamente estão tentando fazer?-cortei as duas.

–Mystic Falls é nosso lar Damon. E eles tomaram de nós. Nossa terra, nosso lar. É hora de reconstruir. -disse Pearl, como se estivesse dizendo que roupa ia usar e não esse absurdo maluco que estavam me fazendo ouvir.

–Vocês estão loucas? Isso era em 1864. Acorda mulher!O mundo evoluiu-disse tentando ver se elas eram ainda mentalmente capazes de entender. Acho que esses anos debaixo da terra afetaram a cabeça dela.

–E como recompensa, estou disposta a te dar o que mais deseja. -continuou ela como se eu não tivesse falado nada. Definitivamente ela tinha enlouquecido, e o que é que diabos eu poderia querer?

–Não quero nada-só quero que vocês sumam daqui, completei mentalmente

–Katherine-disse ela simplesmente

Não posso negar que minha respiração se acelerou com isso. Mas eu não seria idiota de aceitar, ela tinha mentido para mim. Enquanto eu fazia de tudo só pensando nela, ela estava por ai não dando à mínima se eu estava vivo ou não.

–Você nem deve saber onde ela esta. Ficou embaixo da terra pelo os últimos 145 anos. -eu disse. Ela achava mesmo que podia me enganar tão fácil

–Katherine e eu éramos melhores amigas muito antes de virmos para Mystic Falls, Damon. Eu sei como ela pensa, sei seus padrões. Sei onde encontrá-la.

–Não tenho nenhum desejo de ver Katherine, nunca mais.E não tem nada nesse mundo que me faça ajudá-la - disse decidido já me levantando

–Não estou pedindo por sua ajuda Damon. Encontrar Katherine foi apenas um gesto de bondade. O resto é inegociável - disse Pearl me empurrando de volta para o sofá e machucando meus olhos.

A dor era horrível, meus olhos iam se curar mais iam ficar bem sensíveis por um tempo.

Algo me dizia que tudo isso ainda iam me causar muitas dores de cabeça.

–Sou 400 anos mais velha que você garotinho. Posso estripar você sem nem piscar e você sabe disso. Manterei contato. -disse Pearl

E as ouvi saindo. Tentei abrir os olhos, só que a dor era insuportável ainda. Diabos isso era um problema.

Bella POV


Não podia negar a cidade era linda, o sol não era muito forte mais também não era fraco, era na medida certa. Aqui também era cheio de eventos, como o dia do Fundador, a Corte Fundadora que iam eleger a Miss Mystic Falls e muitos outros.

Já era de sete da noite quando eu terminei de andar pela cidade, estava com fome então resolvi ir ao Mystic Grill. Elena ainda não estava lá, assim era melhor eu e que não ia ficar segurando vela, sem contar que ia ser pior do que filme romântico com certeza, e eu não queria terminar me encolhendo por causa do buraco no meu peito em algum canto.

Me dirigi ate o balcão e sentei em um dos banquinhos e pedi uma coca e uma porção de batatas fritas.O Mystic Grill era bem movimentado,era um bar e restaurante.Resolvi voltar para casa,eu estava muito cansada mesmo.

Paguei minha conta, e sai. Tinha estacionado o carro um pouco longe, então fui andando devagar aproveitando a noite e a brisa calma que levantava meus cabelos,quando estava chegando perto do lugar onde estacionei o carro,percebi que o local estava escuro e vazio.

A poucos passos do carro comecei a me sentir observada, olhei para traz e tive a impressão de ver um vulto passando. Automaticamente meus batimentos cárdicos aumentaram e eu senti a adrenalina passando por minhas veias fazendo eu andar mais rápido.

Quando ia abrir a porta me senti prensada no carro e um rosnado vindo de atrás de mim. Me virei e olhei,e não pude acreditar.Era um homem jovem ele devia ser normal...Só que não era.Suas pupilas estavam dilatadas e tinha presas a mostra,era um vampiro,isso foi tudo o que eu pude assimilar antes dele morder meu pescoço e eu fiz a única coisa que podia fazer em um caso desses enquanto sentia minha vida sendo sugada, dei um grito que duvido que alguém que estivasse a duas ruas de distancia não tivesse ouvindo.

Então só senti o vampiro ser arrancado do meu pescoço, e fui caindo na inconsciência,mas antes de mergulhar na escuridão ouvi rosnados, e depois perto de mim focalizei dois conhecidos olhos azuis.



Notas finais do capítulo

Não se esqueçam de deixar review.Prometo que não demoro para postar o proximo capitulo.Ate o proximo post!