I Will Never Give Up On You escrita por JTLYNCH


Capítulo 19
Dia Ruim


Notas iniciais do capítulo

OI GENTE, CAPÍTULOS DE HOJE, ESPERO QUE GOSTEM......



—eu acho melhor não, você mesmo disse que esse lugar não é seguro

—eu vou rápido

—você vai tomar cuidado?-questiona prim e peeta assente, pegando o galão de gasolina

— suspiro- em não poder ir com ele

—eu já volto, vai ser rápido.

—ande um pouco, se não achar nada volte e nos damos outro jeito

—tudo bem-diz saindo e suspiro de novo

—não gosto quando ele faz isso

—calma prim, ele já vai voltar

—e se não voltar?

—ele vai-afirmo, mesmo nervosa sobre o que vai acontecer.

Fico acalmando prim, louca por dentro,  esperando qualquer sinal de movimento em que possa ser peeta

—acha que ele se perdeu?

—não, ele não ia, é apenas pra ir e voltar. Ele deve ter só ido um pouco mais longe

—espero que sim-diz aflita e começo a ficar mais preocupada

Depois de um tempo vejo um movimento nas arvores e penso ser peeta, mais ao invés disso aparece uma criatura grande, preta, cheia de pelo  e prim fica com medo. Peço pra ela fazer silencio, olho ao redor e não vejo meu arco

DROGA!

A criatura faz um barulho de arrepiar os pelos, anda um pouco e começo a ficar com mais medo.

 Porque peeta ainda não voltou?

O que será que aconteceu?

A criatura observa ao redor, vê o carro e começa a se aproximar. Parece um tipo de lobo, mais pelo jeito que estão seus olhos ele esta infectado.

—katniss-diz prim com medo, a puxo pra perto de mim e a abraço temerosa

—abaixa prim-digo e ficamos abaixadas

 O carro se mexe, fazendo nos duas balançarmos  e prim grita, fazendo ela bater mais forte

—katniss-diz prim com medo

Abro a porta, me jogo pra fora e puxo prim

—anda devagar-digo e ela concorda com medo

  Engatinhar no chão em direção á pra floresta a tempo de ouvir o bicho virar o carro,  que faz um barulhão, prim se assusta atrás de mim e a puxo pra perto de uma arvore. Afastamo-nos rapidamente e no segundo seguinte somos empurradas no chão por uma explosão, que deve ter sido do carro.

 Rolo o barranco, batendo em uma arvore  e  grito sentindo minhas costas doerem mais fico calma

 Olho ao redor

—prim, prim-digo olhando ao redor e vejo-a caída ao lado de uma pedra.

 Desespero-me, engatinho ate ela  e sinto  sua pulsação devagar

 DROGA!

Posiciono minhas mãos sobre seu peito e começo  a fazer massagem cardíaca, bem forte. Faço vinte e paro pra respirar, continuo a fazer a massagem ate ela acordar assustada e começar a tossir.

—calma prim-digo, ela vira e vomita no chão, me levanto com dificuldade a ajudo a vomitar  ate ela parar e ficar tremendo

—calma prim, calma.

—agua, agua-diz apontando pra garganta.

—espera aqui-digo a colocando sentada no chão.

 Ando mancando, trincando os dentes pra aguentar a dor,  pela floresta e não acho nada.

Ouço um tiro

—peeta, PEETA, PEETA-digo e ouço passos de dois lados

Viro, vendo um homem com roupa de lenhador

—oi

—oi, pode me ajudar?-peço e ele concorda

 Ele se aproxima, quando menos espero  me derruba no chão e tento chuta-lo, mais ele me segura

—você é a katniss ne?

—como sabe meu nome?!

—seu namorado disse seu nome-diz e arregalo os olhos

—O QUE VOCÊ FEZ COM ELE?!

—ELE ATIROU EM MIM PRIMEIRO-diz e arregalo os olhos-AGORA VOCÊ VAI PAGAR PELO O QUE ELE FEZ!-diz  tentando me beijar

 Bato nele mais ele é forte e consegue rasgar minha blusa e tira meu short. Enfio minhas unhas em seu pescoço, ele grita e consigo chuta-lo.

Arrasto-me, mais ele consegue me pegar, me prende no chão  e tira  sua calça, me debato, nessa hora me desespero mais, ate que vejo balas atingirem sua cabeça e ele cai pro lado.

—katniss!-diz peeta vindo ate mim

 O abraço apertado e começo a chorar de desespero

—calma, calma-diz, olha pra mim, tira sua blusa me cobrindo  e me abraça

 Continuo a chorar

—o que aconteceu?

—um... um bicho...-digo voltando a respirar –destruiu o carro

—eu vi, achei que tivessem morrido, fiquei desesperado

—prim, prim –digo apontando, ele me pega nos braços e me leva pra onde esta prim

—peeta

—prim, que droga!-diz ajoelhando na frente dela, comigo-tudo bem?

—si.... sim-diz respirando com dificuldade

—prim respira fundo

—não da

—respira fundo agora-digo, ela prende a respiração e depois volta a respirar normalmente e a abraço  -tudo bem ?–digo e ela concorda, lembro do tiro e olho pra peeta-você levou um tiro?!

—foi de raspão

—me deixa ver -digo e ele me coloca no chão e levanta a blusa, mostrando  um machucado em sem abdômen.

 Coloco a mão estocando o sangue

—preciso costurar isso

—não da, não tem como-diz trincando os dentes

—precisa amarrar

—usa minha blusa-diz prim, tirando sua blusa de frio e amarro bem apertado, fazendo peeta gritar

—temos que sair daqui agora-diz levantando comigo nos braços

—leva a prim-digo descendo.

—não, estou bem katniss, só fraca

—você estava com batimento fraco-digo pegando seu pulso, vendo seu coração normal

—viu, estou bem

—não. leva ela peeta

—você não consegue andar

—eu consigo, eu to bem-digo, ele  suspira, pega prim nos braços e me abraça

 Me apoio nele e começamos a andar  e fico aguentando a dor, não vou deixar a prim andar

—viu alguma coisa quando estava andando?

—não, não vi nada-diz e suspiro

—o que aconteceu?

—eu andei bastante ate que encontrei aquele cara, ele disse que ia me ajudar e eu disse que estava com vocês. Então ele me deu um tiro, eu dei um nele e ele disse que ia vir atrás de vocês. Eu o persegui , mais ele entro na floresta e eu fui pela estrada. Quando cheguei, vi o carro destruindo e entrei em desespero, ate que ouvi uns gritos e quando fui ver..-diz parando e o vejo trincar o maxilar

—você chegou na hora certa

—podia ter chegado antes

—mais pelo menos não aconteceu nada

—ele tocou em você?

—nada com que você precise se preocupar e eu muito menos-digo e ele concorda, mais sei que esta bravo.

—hoje não foi um dia bom

—não, não foi-digo concordando



Notas finais do capítulo



—JT.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "I Will Never Give Up On You" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.