Rebirth | NamJin escrita por Pauline


Capítulo 8
Stand By You


Notas iniciais do capítulo

Boa noite pra quem se empolgou na escrita e conseguiu adiantar o capítulo!
Meu vminkook está vivíssimo nesse capítulo, afinal, quem não ama essa maknae line?

Música do capítulo: Stand By You - Rachel Platten
Com amor, Pauline ♥



Foi na terça-feira, o novo dia de folga de Jin, que o loiro teve a sua casa invadida por seu irmão. Taehyung, que nunca parecia se contentar com uma cor de cabelo só, tinha agora as madeixas vermelhas, o que com certeza influenciou Jimin a pintar seu cabelo também, dessa vez de ruivo. Pois é, aqueles dois eram assim: se um mudava algo na aparência, o outro mudava também, apenas para que ninguém ficasse sozinho nessa decisão. Jungkook parecia ser o único a se salvar dessa ideia de mudar a cor dos fios, sempre acabando no preto ou castanho.

—Por que eu tenho a leve desconfiança que você – Jin apontou para Jimin – é o culpado por isso? – apontou para Taehyung, que estava em suas costas como o verdadeiro bebê coala que ele é.

—Eu só comentei o seu dia de folga – o mais novo ruivo deu de ombros – eles que vieram sozinhos.

—Taetae estava com saudades – Jungkook disse doce, sem se importar com o uso de honoríficos.  Ele podia ser o mais novo, mas Taehyung era definitivamente o bebê da relação. Além do mais, os dois estavam juntos desde que aprenderam o que era a palavra “namorar”, título não era tão importante assim.

—Yah, como se você não estivesse com saudades do hyung – o rapaz saiu das costas do irmão apenas para bagunçar o cabelo castanho do namorado – não se finja, dongsaeng.

—Pronto, começaram a melação – Jimin revirou os olhos – Jin hyung, tem alguma coisa pra comer?

—Fala isso como se você não estivesse casado aos vinte anos – o loiro sorriu – eu fiz uns biscoitos ontem com o Namjoon, vou buscar.

—Namjoon hyung veio aqui? – o ruivo sorriu dessa vez com malícia no olhar – Então vocês dois estão evoluindo...

Isso fez Jin parar no meio do caminho para a cozinha e corar muito.

—Nós não temos nada, saeng – disse alto o suficiente para Jimin ouvir, mas ainda em tom de voz baixo – Yah, vocês dois, parem de se comer na minha sala!

Ele correu até a cozinha, pegando o pote onde guardara os biscoitos, voltando para a sala apenas para ver que Jungkook e Taehyung tinham sentado em uma ponta do sofá, com o seu irmão tendo as pernas jogadas em cima das coxas do namorado, que mexia nos dedos de Taehyung carinhosamente. Jimin estava sentado na outra ponta, digitando no celular com um sorriso doce nos lábios, provavelmente conversando com Yoongi. Era bonito de ver os sorrisos sinceros nos rostos de seus dongsaengs e Jin se perguntou se algum dia teria um sorriso trazido por aquele sentimento novamente.

Sorrira muito no dia anterior ao ensinar Namjoon a fazer os biscoitos, mas não sabia se a paixão ardente que crescia em seu peito era recíproca.

Sentou-se no meio, fazendo o sofá de três lugares ficar apertado e seu irmão gritar com ele, apenas para se ajeitar no colo de Jungkook, dizendo que era novo demais para ser esmagado até a morte. Os doramas realmente perderam um grande ator quando Taehyung escolheu fazer fotografia.

—E então – Jimin retomou o assunto depois de desistir de fazer Yoongi ignorar seu trabalho e conversar com ele – Você e Namjoon hyung?

—Já disse, não temos nada – Jin suspirou – eu queria, mas não temos nada e não teremos por enquanto.

—Yah, como o hyung sabe? – Jungkook entrou na conversa, sabendo do assunto porque o ruivo era ótimo em resumir nas horas necessárias – Aposto que nunca conversou com ele sobre isso.

—Cadê o respeito com os mais velhos? – o loiro bateu na cabeça do mais novo, que apenas deu de ombros – lembre-se que você ainda é o maknae daqui.

—Ele tá certo, não tá? – Taehyung, que conhecia as maneiras do irmão, perguntou – Você realmente não falou com Namjoon hyung.

—Não, não falei com ele – o loiro bagunçou seu cabelo em frustração antes de pegar um biscoito. Aquilo parecia ter sido a permissão silenciosa que os outros três precisavam para atacar o pote – Aigoo tem pra todo mundo, seus esfomeados!

—Eu ainda tô em fase de crescimento hyung – Jungkook se justificou, sendo calado logo depois com um selinho de Taehyung.

—Ele odeia esse argumento, amor – piscou enquanto sussurrava, sinalizando que ia demonstrar como derreter Jin de verdade – Jin hyung, isso é a melhor coisa que eu já comi...

—Kim Taehyung, não venha tentando me ganhar com essa carinha – o mais velho acusou – Você usa esse truque desde que você era um bebê.

O rapaz murchou, fazendo um biquinho manhoso, que foi desfeito quando Jin começou a fazer cosquinhas no irmão.

—Criança insuportável – disse ao parar, apenas porque percebeu que o rosto de Taehyung estava assustadoramente vermelho – até parece que você nunca cresceu.

—Ele só cresceu de tamanho, hyung – Jimin comentou apenas observando a pequena bagunça.

—E você nem em tamanho cresceu, não é? – Jungkook provocou o que fez as orelhas do ruivo ficarem vermelhas.

—Yah, eu ainda sou seu hyung! – ele gritou irritado, mas logo se acalmou quando ouviu a notificação especial que as mensagens do marido tinham.

—O amor é lindo – Jin revirou os olhos. Taehyung e Jungkook apenas concordaram, sabendo que agora era impossível de tirar os olhos do baixinho do celular.

—E toda essa história do Namjoon hyung? – o rapaz de cabelo vermelho perguntou baixinho – Vai dar uma chance?

—Eu realmente quero, mas... – o mais velho suspirou – eu tenho medo, sabe? Faz tão pouco tempo que tudo aconteceu com o marido do Namjoon e ele anda tão empenhado em ser um bom pai e um bom produtor... Não acho que tenha espaço para um romance na vida dele.

—Mas e se ele quiser? – Jungkook questionou baixinho – Como você se sentiria se esse fosse o caso?

Maldito seja Jungkook e o primeiro semestre de psicologia que ele tinha completado.

—Eu sinceramente não sei – confidenciou – parece ser tão fora da realidade, sabe? Começar do zero, me apaixonar de novo... Eu nem lembro como flertar, quem dirá conquistar alguém.

—Hyung, amor nem sempre é sobre conquistar – Tae entrelaçou as mãos com as de seu namorado, sorrindo doce para ele – Talvez você já tenha conquistado e nem sabe disso!

—Não seja bobo, Tae – Jin riu – como eu vou ter conquistado ele? Com o poder do meu sorriso ou dos ombros largos? – isso fez o Kim mais novo rir, afinal era uma piada interna dos dois – Eu não tentei nada, não tem como eu ter conquistado o Namjoon.

—Não foi isso que ele disse para Yoongi – Jimin sussurrou baixinho, fazendo três pares de olhos o encararem com curiosidade – Namjoon foi conversar com o Yoon hoje, e é sobre você, hyung.

 



Notas finais do capítulo

Yoonmin são oficialmente mais fãs de Namjin do que eu haha. Ninguém toca nesse meu Taejin precioso também, eu mordo :3
A empolgação de alguém que passou no trimestre mesmo tendo tirado 3 de 10 numa prova :3
Com amor, Pauline ♥



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Rebirth | NamJin" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.