Após Columbine escrita por Sensei Oji Mestre Nyah Fanfic


Capítulo 13
Fleumático na expressão... incólume na resposta


Notas iniciais do capítulo

Palavra do dia: ilação.

Tive que retalhar 29 palavras pra encaixar as 100. Triste isso.

Boa leitura a todos.



Ilação, dedução... é algo que eu sou muito boa.

A casa de Elizabeth era simples.

Ela ficou sentada ao lado do pai. Este, um homem de meia-idade e ostentador de um bigode preto, ficou abraçando a filha o tempo todo.

Perguntamos sobre a relação dela com os atiradores; a única vez que eu a vi se entusiasmar. O pai, fleumático nas expressões e incólume nas respostas, foi o interlocutor na maioria das vezes.

Terminamos, sob a promessa da ida dela à delegacia prestar depoimentos.

"Que foi?" perguntou Teague.

"Tem algo de errado naquele homem".

Eu sabia o que era.



Notas finais do capítulo

Xiii, o que a Cordelia descobriu?

Cenas offscreen: No primeiro parágrafo ela falaria que é boa em dedução, mas que o único caso em que ficou "cega" foi quando confiou no Stuart.

Ela chega na casa de Elizabeth e vê muitas armas na parede. Ela fica olhando cada canto da sala.

Capa nova. Aêêê!



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Após Columbine" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.