The Girl Of Cutting escrita por Fafa Moraes


Capítulo 25
My Secrets, Our Secrets


Notas iniciais do capítulo

Olá, Mortos-Vivos!
Boa Leitura...
Link do blog oficial: http://thegirlofcutting.blogspot.com




Eu e o Mike resolvemos cabular aula, seria melhor do que ficar olhando para a Jess e para a Belly com todos aqueles olhares delas que diziam algo como "O que vocês estão escondendo? Em que diabos estão se metendo, seus loucos?"

Ficamos no estacionamento enchendo a cara com a bebida que roubamos ontem, eu não sou de ficar bêbada muito fácil...Mas, ele sim, então, não bebeu muito...

- Ali, tem certeza que vai contar sobre..você sabe pra elas? - Ele parecia realmente preocupado, o que me fez rir... -

- Acho que sim, não tem nada de mais, e, se elas contarem a alguém, elas sabem que estarão mortas antes de poderem piscar o olho novamente....E, desde quando eu tenho medo de que descubram, Mike?

- Tinha esquecido do fator vadia número 1 não tem medo de nada...Mas, mudando de assunto, você tem certeza que só matou 6 pessoas ontem a noite?

- Mike, eu sei como eu mato...Com cortes em X, e nem de preto eu tava! Tem outro assassino na jogada...

- E isso é bom?

- Não sei...Eles podem pensar que esse cara que viram ontem a noite é o assassino X, o que seria bom, mas, temos que descobrir quem é, ele ainda pode se mostrar bem ruim para os meus negócios...

- Hmm, vai rolar balada hoje?

- Vai continuar respirando hoje?  É claro que vai...E, acho que consigo convencer as duas mocinhas indefesas chamadas Jess e Belly a irem...Mas, agora eu acho que vou pra casa...daqui a pouco o sinal vai tocar, e, eu tenho que falar com o Jhon ok?

- Ok, minha vadia...Mas, posso te fazer um pedido?

- Fala logo, Mike...

- Transa comigo de novo hoje?

- Veremos, Mike, veremos... - sussurrei isso no ouvido dele, e depois dei uma leve mordida em sua orelha, é, eu sei provocar, e muito bem.... -

Peguei o meu carro que estava no estacionamento da escola desde só Deus sabe quando, entrei no personagem de Alicia boazinha e fui para "casa" Jhon não trabalharia hoje, quando cheguei ele estava cozinhando, ah, que bom homem...Bom e idiota...Mas, que cozinha bem...

- Oi, Jhon...

- Ah, oi Ali... - DESDE QUANDO EU TE DEIXEI ME CHAMAR DE "ALI" SEU FILHO DA MÃE IDIOTA QUE NÃO CONSEGUE VER A VERDADE NEM SE ELA ESTIVER NA SUA CARA?  - Pelo visto você se divertiu ontem, só voltou hoje... - ele falou isso com a preocupação que alguém diria "Enchi o tanque de gasolina" ou "comprei uma caixa de bombons"

- Sim, foi divertido...Desculpa por não dizer a você que dormiria fora, eu estava muito cansada, acabei dormindo na casa de uma amiga...Acabou a bateria do meu celular e eu tinha que ir para a escola...

- Tudo bem, Alicia, fico feliz porque se divertiu... É, vamos comer? - A idiotice daquele cara me impressiona, e, é bom ter um padrasto idiota, te deixa livre para fazer um bando de coisas sem ter que matá-lo e com um pouquinho de atuação você ainda ganha tudo que quer...Pobre Jhon, convivendo com uma assassina, ha-ha.

Eu não esqueci do que tinha que fazer depois da aula, encontrar Mike, Jess e Belly em um bar onde a gente sempre se encontra, então tomei um longo e demorado banho, com direito a uma coisa que eu não fazia a muito tempo: me cortar. Velhos costumes nunca mudam, e, eu gosto de sentir um pouco de dor as vezes pensando em como tudo ficou tão bom...Mas, o corte que fiz foi bem superficial.

Coloquei um vestido azul marinho justo e um pouco curto, uma jaqueta de couro e meus coturnos, saí de casa em ao menos falar ao Jhon, quero ver até onde a ingenuidade dele vai...

Encontrei o Mike no meio do caminho para o bar, fomos juntos e quando chegamos Jess e Belly já estavam lá...

- Então, seus misteriosos, o que vocês tem a nos dizer? - Belly parecia nervosa dizendo isso, como se o que íamos contar fosse algo que mudaria radicalmente a vida dela, bom, até poderia mudar...

- Ui, que ruiva curiosa...Calma, Belly, nos vamos dizer...Mas, primeiro Vodka, e vamos nos sentar em um lugar mais discreto... - Mike pediu as bebidas e fomos para uma mesa bem longe do balcão e de outras pessoas, se bem que além da gente só tinha um cara meio bêbado lá e uma mulher de aparentemente 30 e tantos anos fumando...

- Gente, pelo amor de Deus! Desse jeito o meu cabelo vai passar de rosa candy pra branco de tanta ansiedade, falem logo!

- Vadia, tem certeza?  É arriscado... - Mike não parava de olhar pra mim, realmente poderia ser arriscado, mas, e dai? Eu não tenho medo de me arriscar, e, nunca vou ter, porque, se alguém mexer comigo ou fazer algo que me prejudique eu simplesmente corto...

- Tenho, Mike, tenho sim! Quer ter a honra?

- Ehh, pode ser....

- Sim, mas... - abaixei o tom de voz - Se vocês contarem a alguém, estarão mortas, e, falem baixo...Mike, é sua vez...

- Bem, garotas...Vocês vêem televisão certo? Conhecem o assassino X, não é?

- É, Mike, a gente tava falando sobre ele hoje mesmo, agora, diz pra gente, o que que isso tem a ver? - Belly parecia realmente impaciente e curiosa -

- A nossa querida Alicia é ele...A Ali é o assassino X.... - Algumas pessoas esperariam que elas ficassem assustadas, gritariam e sairiam correndo, mas, elas simplesmente começaram a rir porque não acreditaram, eu já esperava por isso, e Mike também, mas, eu tinha como provar, e já que estava convencida a contar eu iria mesmo provar!

- Não acreditam, certo?

- É claro que não, Ali...essa história é um absurdo!

- Ótimo, então venham comigo, eu vou provar...

- Vadia, você ficou maluca? - Mike parecia assustado, mas, eu sei o que estava fazendo...-

- Calma, Mike...

Entramos no carro e eu os levei até o galpão escondido onde eu faço algumas das minhas vítimas e cuido para que nada saia de maneira errada, e, não eu não tinha limpado o sangue desde a ultima vez eu eu estive aqui, resultado? Chão com sangue e uma das minhas facas caídas no chão, mas, isso não era uma ameaça para mim, já que toda a cidade e todo o mundo pensa que ninguém entra naquele lugar a mais de 50 anos...

- Bom, acreditam agora? - Elas estavam boquiabertas por causa do sangue... -

- E-eu acho que sim, mas, isso não prova que foi você que fez isso tudo...

- Quer mais? - eu tirei uma arma e o canivete da minha bolsa, elas iriam acreditar, fosse por bem ou por mal... -

- Você guarda uma arma na bolsa, vadia?  Essa garota é a melhor assassina a que o mundo já teve, inspirando todos os criminosos, Ali sua vadia perfeita! - Mike ainda não sabia que eu tinha algumas armas -

- É, Mike, eu tenho uma arma...E a minha coleção de canivetes e facas...Eu consigo cortar a pele humana como ninguém, em um X perfeito, por isso sou realmente o assassino X, garotas...Pra quem ainda duvida... - Fiz um corte superficial no meu pulso em forma de X, realmente agora eu sou imune a dor da automutilação, Jess e Belly ficaram perplexas quando viram -

- Meu Deus, Meu Deus, Meu Deus! Você é o assassino X! Eu não acredito... - Jess dizia isso, enquanto Belly apenas se afastava de mim...

- Acalmem-se, eu não vou machucá-las, ok, Belly? Podem ficar tranquilas, vocês estão seguras comigo...Eu não mato quem eu conheço, muito menos quem eu gosto...E, é, eu acho que gosto de vocês...

- O-Ok... - Belly ainda estava trêmula e nervosa -

- Ah, mais uma coisa...Sabe ontem a noite? Naquela boate onde todo mundo ficou dopado e ouve um assalto?  O Mike me ajudou, é, fomos eu e ele...O pai dele e o meu se conhecem e são assassinos e ladrões e blablablá...Longa história, mas, e aí, vocês vão na balada com a gente ou não?

- Bom, já que é assim eu vou...Mas, e quanto a mulher que te viu matando aquele cara ontem? - Jess estava bem mais relaxada do que Belly- 

- Ah, isso...Bom, eu só matei 6 pessoas ontem, a outro assassino na jogada, que, até agora não sabemos quem é, mas, temos que descobrir...Mas, fiquem tranquilas, ninguém mexe com vocês enquanto eu estiver por perto...Entãooo...você vem, Belly?

- Ah, porque não, né?

- É assim que se fala! Mas, se contarem do nosso segredinho para alguém...Vocês sabem, ganharão uma bela "tatuagem" de X em vermelho-sangue...Sem medo!

- Bom, Vadia número um...Posso me atrever a fazer uma pergunta? - Mike não parava de olhar para o meu vestido...- Você não acha esse figurino recatado de mais para uma balada...E creio que você irá fazer algumas vítimas...

- Ah, claro, bem lembrado...Eu resolvi isso em um segundo... - Peguei meu canivete e aprofundei a 5 centímetros o decote do vestido, o que deixou metade dos meus seios a mostra - Bem melhor, não?

- Com certeza...

Fomos para mais uma das centenas de boates espalhadas em Los Angeles, hoje eu faria vítimas, mas, estava muito a fim de me divertir também...

Então simplesmente peguei dois homens, que aparentavam ter menos de 30 anos, dopei eles e os matei...Simples e rápido, sem rodeios, mas, é claro não iria deixar de dar o meu recadinho aos policiais que dessa vez foi "Mais dois para a minha coleção, 27 até agora, quais serão os próximos da fila?...Assassino X"

Logo voltei para a balada, onde Jess me perguntou:

- Fez  o que você faz nas noites, Ali?

- É claro, mais 2 hoje, totalizando 27...logo logo chegarei a 30, 40...É, eu sou mesmo incontrolável...

Fui logo pegando a Vodka e bebendo, Jess estava falando com um cara e Belly já havia beijado umas 8 garotas, sim, a Belly é Lesbika...

Agora, um pouco de matemática queridos leitores... Eu, Alicia Montomery + Mike + Vodka, o que isso poderia resultar? Sexo, e foi isso que aconteceu...

Fomos até um dos meus pontos onde a sedução das vítimas era iniciada, tiramos logo as roupas e começamos...Ele acariciava meu sexo suavemente, me masturbando, eu soltava alguns gemidos baixos e passava as unhas em suas costas, o arranhando as vezes também o beijando, a noite foi mágica e prazerosa, é, eu gosto mesmo do Mike...

Nós dormimos ali mesmo, e, sem roupa...Acordamos com o barulho do meu celular tocando, era meu pai...

- Alô, seu chato me acordando a essa hora da manhã, eu deveria te matar, sério...

- Muito engraçadinho, Alicia...Mas, temos que conversar, você e o Mike que eu tenho 100% de certeza que está com você já devem saber sobre outro assassino que está na cidade, temos que descobrir quem é...

- É, nos estávamos discutindo isso ontem...

- Esse cara pode colocar nossos planos em risco...Faltem a escola e nos encontrem no mesmo lugar de antes daqui a 1 hora e meia, ok?

- Tá, pai pode ser...



Notas finais do capítulo

Reviews? Sabem, meus leitores...Eu adoro ver sangue no meu canivete, e a minha toca sangrenta adoraria ser decorada com o sangue de vocÊs...
Ah, mais uma coisa, se gostam de The Girl of Cutting e acham a fic digna de uma recomendação, poderiam mandar uma recomendação por favor? *0* Ficarei muito agradecida e pouparei a vida de quem recomendar...
♥ Lady Suicide ♥



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "The Girl Of Cutting" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.