New Legends - Cavaleiros do Zodíaco escrita por Phoenix Matt Marques W MWU 27


Capítulo 93
Os inimigos do Norte


Notas iniciais do capítulo

Começa uma nova saga.

Os cavaleiros de Bronze descobrem que a nova ameaça ao Santuário reside na figura dos Guerreiros Deuses de Asgard, revividos por Hades, que são guerreiros poderosos que se equiparam aos Cavaleiros de Ouro.



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/264005/chapter/93

— Irmão? – indagou Rina ao ouvir Milo. – Isso é verdade?

— É – respondeu o cavaleiro de Escorpião. – Por que outro motivo, você acha, que a armadura de Escorpião foi até você? E digo mais, fui eu quem te salvei da morte naquela luta contra o Andrômeda Negro... Estive zelando por você, em espírito, nesse período em que o selo da Torre dos Deuses esteve enfraquecido, quando vaguei pela Terra como espírito, para que o sangue da família continuasse a defender o Santuário.

Rina não teve palavras naquele momento. Então, se atirou sobre Milo e o abraçou.

Os dois estavam na Casa de Escorpião, no dia seguinte à derrota de Saga e dos outros Cavaleiros de Ouro, e Milo acabara de contar à amazona que eles eram irmãos.

— Nossos pais, pelo visto, tiveram um pouco mais de fôlego, mesmo depois de me darem à luz – disse Milo, sorrindo de leve para a irmã. – Para dar à luz mais DOIS filhos...

— Está falando do Filipe? – perguntou Rina. – Eu e ele fomos criados juntos, mas então quer dizer que somos irmãos de sangue também...?

— Ah, sim. Mas eu esperava que o seu amigo Cisne tivesse contado isso a você, depois que eu o encontrei na sua batalha das 12 Casas, depois que ele venceu o Koji...

— Você contou isso a ele?? Aquele infeliz, vou matar o Thiago, ah, se vou...

— Poupe seu fôlego – disse Milo. – Vai precisar dele logo, logo.

— Eu o deixei o Filipe na ilha de Andrômeda com os outros instrutores quando fui para o Japão – continuou ela. – Como irei busca-lo para cuidar dele?

— Podemos dar um jeito nisso. Vou conversar com o Grande Mestre a respeito.

Enquanto isso, Matt, Gustavo, Thiago e Betinho estavam no pátio, conversando.

— Bom, já que estamos presos aqui no Santuário por enquanto – ia dizendo Matt -, vamos bolar algo para fazer.

— O quê, por exemplo? – indagou Thiago.

— Qualquer coisa – disse Matt. – Estou aberto a novas ideias.

— Que milagre você dizer isso – disse Gustavo. – Você NUNCA está aberto a novas ideias...

— Os ventos são outros – disse Matt em tom profundo.

— Eu diria que os TEMPOS é que são outros – afirmou Betinho.

— Como assim? – indagou Gustavo.

— Tipo assim – disse Betinho apontando para a casa de Áries, onde era possível ver Isabella dialogando com Mu.

Gustavo riu com prazer, enquanto Matt, corando, lançava olhares fulminantes ao primo.

Aconteceu naquele mesmo instante. Uma brisa gelada e forte passou pelos cavaleiros no pátio, na verdade aquela brisa parecia envolver todo o Santuário; fazia um dia claro, com muito sol, não havia razão para aquela repentina mudança de temperatura.

— Isso é alguma brincadeira sua, Thiago? – perguntou Matt, ainda irado por conta do chiste jocoso de Gustavo. – Se for, devo dizer que não tem a menor graça...

— Não sou eu – disse Thiago. – Mas esse ar me é familiar. Muito familiar...

Os quatro estavam com suas armaduras, mas isso não os impedia de sentirem frio. Então, rápido como um relâmpago, um vulto passou veloz pelas 12 Casas, passando pelo pátio e indo parar dentro do salão do Mestre.

Matt, Gustavo, Thiago e Betinho correram para lá; Rina e Milo saíram da Casa de Escorpião e foram acompanhados pelos outros Cavaleiros de Ouro.

Aldebaran de Touro estava postado de costas a Shion e Saori, impedindo um homem de armadura negra de passar à frente. O homem tinha os dentes caninos um pouco maiores de que o normal, e sua barba grisalha era enorme, alongando-se pelos cantos do rosto.

— Estou dizendo, VOCÊ não passará! – berrou Aldebaran; Isabella estava com Marin e Shaina um pouco à direita de Shion e Saori, contemplando a cena. – Seja você uma assombração, uma ilusão, um fantasma, seja o que for...

Aldebaran notou os outros Cavaleiros de Ouro e os de Bronze parados atrás do recém-chegado, que aproveitou a distração do Touro para chutar a pernas do cavaleiro, fazendo cair para o lado.

— Você continua o mesmo, depois de tanto tempo, Aldebaran de Touro – disse o guerreiro desconhecido, dirigindo-se até Shion e Saori. Shion se adiantou, ficando entre o homem e Atena, mas o guerreiro disse: - Não se preocupe, não vim ferir ninguém.

— Como podemos confiar em você? – indagou Marin, saindo de seu canto com Shaina e Isabella. – Você devia estar morto, Shido de Mizar!!

Thiago deu um tapa na própria testa.

— É claro! – exclamou. – Você é um Guerreiro Deus de Asgard!! Eu ouvi falar sobre a lenda deles quando passei por lá durante meu treinamento.

— Sim. Sou Shido de Mizar, a estrela Zeta, Guerreiro Deus de Asgard. Trago uma mensagem para a deusa Atena.

Shido de Mizar fez uma profunda reverência na direção de Saori. Shion torceu o nariz, mas não disse nada.

— Mas você morreu – disse Saori. – Seiya e os outros mataram você e os seus colegas há anos.

— Nosso novo mestre nos concedeu nova vida – disse Shido. – Em troca, capturamos a princesa Hilda de Polaris e a aprisionamos no gelo.

— Não! – exclamou Saori horrorizada. – Vocês, Guerreiros Deuses, não podem ter feito isso... vocês servem à princesa e ao povo das terras sagradas de Asgard...

— Quem é o seu novo senhor? – indagou Shion, mas todos no salão já imaginavam qual seria a resposta.

— O imperador Hades, é claro – disse Shido, sorrindo pela primeira vez desde que havia chegado ao Santuário. Nesse instante, Aldebaran se ergueu e avançou para ele.

— Desgraçado...!!

— NÃO! MURALHA DE CRISTAL! – exclamou Shion, e sua barreira de cristal separou Shido de Aldebaran. – Controle-se Aldebaran, você já enfrentou esse sujeito, não é páreo para ele...

— Esse infeliz covarde foi desleal! – exclamou Aldebaran, apontando o dedo para o Guerreiro Deus. - Naquela época, ele usou algo ou alguém para me deter e...

— Chega Aldebaran – disse Saori, e voltou-se para Shido. – Sua atitude é deplorável, Guerreiro Deus, assim como a dos seus colegas...

— Não cabe a você, Atena, julgar nossa atitude – disse Shido rispidamente. – O imperador Hades salvará a humanidade...

— Deixe de blasfêmia, Mizar – disse Shion, enraivecido.

— Seja como for, é tolice tentar lutar, se agora estou em menor número – disse Shido. – Estamos com a princesa Hilda; a princesa Freya fugiu, mas isso não importa. Se os Cavaleiros de Atena estiverem dispostos a lutar conosco... Sabem onde nos encontrar. Nós, os Guerreiros Deuses, estamos declarando guerra ao Santuário.

Shido saltou sobre a multidão atrás dele, com a brisa gelada conduzindo-o, e desapareceu de vista. Saori juntou as mãos, parecendo horrorizada.

— Eis aí, Atena, o perigo que as estrelas apontaram – disse Shion.

— Nós iremos até Asgard, Atena – disse Mu de Áries adiantando-se.

— Não – disse Saori. – Os Cavaleiros de Ouro devem ficar no Santuário. Motivos de força maior... Vocês não compreendem ainda. Isto é uma missão para os Cavaleiros de Bronze.

Matt, Gustavo, Thiago, Rina e Betinho se entreolharam, apreensivos.

— Não temam – disse Saori. – Vocês devem seguir logo para Asgard e salvar Hilda. Mas os Guerreiros Deuses certamente oferecerão resistência como fizeram com Seiya e os outros. Hilda é responsável pela manutenção das geleiras de Asgard; sem suas orações, o gelo de Asgard irá derreter, o nível de água do planeta irá aumentar e será o fim da Terra.

E Saori orientou que se apressassem em sair do Santuário. Quando os Cavaleiros de Bronze saíram, Shion perguntou discretamente a Saori:

— A razão pela qual os Cavaleiros de Ouro não podem sair é a mesma da última Guerra?

— Claro – respondeu Saori. – Nós temos uma boa ideia do que Hades seria capaz de fazer se o Santuário ficasse desprotegido.


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

Revisão do capítulo concluída em 29.05.2020



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "New Legends - Cavaleiros do Zodíaco" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.