New Legends - Cavaleiros do Zodíaco escrita por Phoenix Matt Marques W MWU 27


Capítulo 59
Ajuda dos Antigos Inimigos! Bronze e Aço unidos


Notas iniciais do capítulo

Os Cavaleiros de Bronze ganham um surpreendente reforço de peso para enfrentar o rebelde cavaleiro de Câncer!!
...
...
...
Em meio à batalha contra Gildson, surgem os antigos Líderes de Aço e os cavaleiros de Aço contra-insurgentes que se voltaram contra eles durante a revolta de Aço, e todos eles estão prontos para ajudar os Cavaleiros de Bronze a vencer o oponente em comum. É hora de deixar as antigas rixas de lado e unir os dois grupos de Cavaleiros em prol do cumprimento da missão.



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/264005/chapter/59

Então, ao redor de Pedro, surgiram Beatriz de Urso Polar, Inácia de Jubarte, Karinne de Plástico, Mello de Salamandra, Bianca de Jaguar, Chiara de Furacão, e Fael de Leopardo; todos eles Cavaleiros de Aço que haviam traído os rebeldes Líderes de Aço e se aliado aos Cavaleiros de Bronze na missão pela qual eles haviam passado antes das Doze Casas.

— Olá, Matt – cumprimentou Pedro. – Viemos ajudar. – E então, ele se voltou para a amazona negra de Lebre: - As bonitinhas primeiro! GARRAS DO TIGRE BRANCO!!

CRASH!! E Pedro arranhou toda a extensão da armadura da amazona, que deu um gemido de dor e desmaiou. Então, um vulto saiu da terra e atacou a amazona de Girafa:

— TENTÁCULOS VENENOSOS!!

UGH! Tentáculos sujos de terra se enroscaram na amazona, que ficou sufocada e caiu. Um novo rosto, sujo de terra, porém amigável, surgiu na escuridão da madrugada.

— Olá, amigos – disse Jadiel de Verme. – Trouxe companhia, hyuc, hyuc!

E de trás de Gildson, saiu um vulto escuro, que assustou o cavaleiro de Câncer e atacou a Formiga:

— ERUPÇÃO HORRÍVEL DE LAMA!!

A amazona de Formiga ficou envolvida pela lama ácida e também foi derrotada. Marcolino de Lama havia se juntado ao combate, e acenou para os cavaleiros de Bronze, postando-se ao lado de Jadiel e de Pedro. Agora, todos encaravam Gildson.

— Você está sozinho, Gildson – disse Thiago. – Renda-se, se sabe o que é melhor para você.

Gildson desceu do telhado, e encarou Thiago.

— Vocês pensam que só por estarem em maior número, podem me derrotar? – disse ele. – Lembre-se, estou vestindo uma armadura suprema, a armadura de Ouro. Cavaleiros de Aço, Cavaleiros de Bronze, Cavaleiros de Prata... Até mesmo os outros cavaleiros de Ouro não são páreo para mim! Morram todos! ONDAS DO INFERNO!!

— MURALHA DE CRISTAL! – berrou Isabella; o golpe se refletiu na parede de cristal, mas Gildson, em vez de ser mandado para o mundo dos mortos, segurou o próprio golpe facilmente.

— Estão vendo? – berrou ele, sem se impressionar com a técnica defensiva da garota de Taça. – Nem a armadura mais forte entre vocês é páreo para mim. Vocês não podem me vencer!

Gildson preparou-se para um novo golpe. Porém, várias coisas aconteceram naquele mesmo instante.

O vento, de repente, ficou mais rápido; rajadas de raios caíram na direção de Gildson (que conseguiu, porém, desviar); as rochas ao lado das casas voaram contra ele, mas Gildson simplesmente destruiu-as com um simples gesto; bolas de fogo caíram do céu, mas o cavaleiro de Câncer as bloqueou com as mãos. Perguntando-se a razão de toda aquela repentina hecatombe, Gildson olhou para os lados, sendo imitado por Matt, Gustavo, Betinho, Rina, Thiago e os outros.

E ali, entre Gildson e os cavaleiros de Bronze, surgiram dez novos vultos – cinco garotos, cinco garotas – todos trajando armaduras de Aço, e eram rostos bem conhecidos pelos Cavaleiros de Bronze.

Fidelis de Rocha, Jota de Radar, Luiz de Som, Leonardo de Vento, Kevynne de Trovão, Ilana de Raio, Júlia de Gato, Fernanda de Fogo, Ubarana de Água e Lírcia de Pedra estavam encarando Gildson, prontos para atacar.

— Mais perdedores? – disse ele em tom de zombaria. – Agora só faltam vir os Cavaleiros de Ouro!

— Cuidado com o que deseja – disse Fidelis.

— O Santuário decidiu que bastava nos mandar – disse Jota. – Seríamos suficientes.

— Ei, vocês – interpôs Matt, ficando em frente aos Cavaleiros de Aço. – Esta batalha devia ser nossa, mas, já que chegaram, são bem-vindos. Devemos unir forças para derrotar esse aí.

— Concordo – disse Fidelis, sorrindo. – Vamos lutar juntos, Aço e Bronze!

Mal ele terminou de dizer isso, um portal de luz familiar se abriu ao lado dos Líderes de Aço. Duas pessoas irromperam dele: Marília de Grou, a amazona de Prata que havia sido enviada para resgatar a armadura de Libra na batalha contra os cavaleiros de Aço, e a amazona de Aço Gabriella de Brilhante, que eles não viam desde a batalha contra os Líderes de Aço, poucos dias atrás. Gabi voltou seu olhar gélido, já temido tanto pelos Cavaleiros de Bronze quanto de Aço, para Gildson, e proferiu seu discurso.

— Eu, Gabriella de Brilhante, fui designada para seguir o rastro do invasor Gildson, e consegui descobrir por onde ele havia andado desde que havia sido banido de seu treinamento para cavaleiro, investigando suas passagens pelo Brasil e pelo Havaí até chegar ao Santuário. Logo após seu confronto com os Cavaleiros na casa de Câncer, rastreei Gildson até descobrir que ele havia regressado ao Brasil, levando consigo lacaios que havia recrutado no Havaí antes de ir para o Santuário. Com minha investigação, o Mestre pôde enviar os Cavaleiros de Bronze e de Aço até aqui para deter Gildson. Marília e eu fomos enviadas aqui, juntamente com os cavaleiros de Aço, para auxiliar os Cavaleiros de Bronze a capturar esse infrator.

— Gildson, de Natal – entoou Marília, como se lesse um mandado de prisão. – Eu, Marília da constelação de Grou, em nome do Grande Mestre do Santuário, o declaro prisioneiro do Santuário e réu sentenciado a julgamento por seus crimes de invasão, conspiração, revolução e furto de armadura. Cavaleiros de Bronze, Cavaleiros de Aço, vamos juntos acabar com esse infeliz. Não se segurem nem um pouquinho que seja até que tenhamos acabado com esse miserável.

Com essa nota de ameaça, todos os cavaleiros que ali se encontravam voltaram seus olhares para Gildson.


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

Vamo que vamo! ainda tem muita água pra rolar. como será o desfecho da batalha contra Gildson?? Será que essa ruma de cavaleiros será suficiente para dar conta dele?






Revisão do capítulo concluída em 03.05.2020



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "New Legends - Cavaleiros do Zodíaco" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.