Férias com os Marotos escrita por Alice Prongs


Capítulo 15
Hi Emmeline.


Notas iniciais do capítulo

oi oi gente linda do meu coração!!!! eu sei, eu sei. eu demorei muuuuuito, mas como eu disse pra Jane Malfoy, minha imaginação e minha criatividade saíram pra dar um passeio e só voltaram agora. espero que gostem do cap!!! dedicado a: g_grace, Mari Lupin, Mrs Morgan, Sunday Girl, LoveFreddieMercury, Nati Potter, Mari, Pamymalvada, CarollBlack, Leticia Mendes da Silva, Princesa de Genovia, Tauane Kojo, Alpha Momsen, Jane Malfoy e Bruna Potter pelos reviews (brigada gente!!! significa muito!!!) e especialmente à Moony e Janaina Potter Chase Everdeen, pelas LINDAS recomendações!!!! eu amo vcs, sério msm. Agora, enjoy!



POV Dorcas

Eu aparatei na casa da Emmeline, ok, e agora? Como chamá-la? Eu já até aparatei na casa dela, e não sei se a chamo de Emmeline ou de Emme. Como se chama uma pessoa com quem você volta a falar depois de anos, ou melhor, depois que ela te humilhou publicamente quando vocês eram melhores amigas?

Decidi chamá-la de Emmeline por enquanto. Até me acostumar com a ideia de que ela é minha melhor amiga agora, e não as... As garotas. Caminhei em direção ao portão da entrada da mansão dos Vance, me lembrando de todas as vezes que estivera ali. Em situações diferentes da que eu estava agora, chorando após uma briga com as minhas (ex) melhores amigas.

Era irônico o fato de que aquilo já havia acontecido antes. Mas os papéis estavam invertidos. Da outra vez, eu estava chorando após uma briga/humilhação pública com Emmeline, e quem me acolhera? Lene, Lily e Alice. Foi pensando nisso que eu sequei as lágrimas com as costas da mão e toquei a “campainha” da casa.

Eu fui recebida por Holly, a elfa dos Vance, que me olhou surpresa. Eu sorri e ela logo se apressou a fazer uma reverência exagerada.

- Srta. Meadowes! É um prazer recebê-la novamente na casa de meus senhores após tanto tempo. – disse ela e eu ri do jeito cortês da elfa – Por favor, Srta. Meadowes, entre.

Ela deu espaço para eu passar pelos portões da mansão e me guiou pelo imenso jardim até a porta da frente da casa de Emmeline. Nervosismo se apossou de mim enquanto Holly me levava até a sala.

- Srta. Vance! A Srta. tem uma visita! – Holly gritou.

- QUEM É? –Emmeline gritou de volta.

Mas a elfa não precisou responder, pois a loira já descia as escadas, com uma cara de entediada. Ao me ver, ela congelou.

- Oi Emmeline. – eu a cumprimentei timidamente, acenando levemente.

Ela continuou me olhando, e... Aquela era uma expressão de raiva? Mas ela logo se recompôs e abriu um sorriso gigante. É... Não deva ser raiva, eu devo ter me enganado... Não é?

- DORCAS! – ela gritou, correndo até mim e segurando minhas mãos – Você veio! Por que não me avisou?

- Eu também não sabia que vinha, eu saí da casa de James, e o primeiro lugar que eu consegui pensar foi a sua casa. Tem problema? – eu disse rapidamente e me sentindo muito, muito nervosa.

- Claro que não! Holly, leve a mala dela para o quarto de hóspedes. – ela disse e a elfa se apressou a pegar minhas coisas. Emmeline se virou para mim – Você... Quer comer algo? Beber? Qualquer coisa?

- Não, obrigada. – eu respondi, surpresa. Desde quando Emmeline oferecia coisas aos outros? Talvez ela realmente tivesse mudado e estava arrependida do que tinha feito.

- Vamos para o meu quarto, então. Temos muito o que conversar.

***

POV Lene

Eu não conseguia parar de chorar, parecia impossível. Eu simplesmente não conseguia acreditar em tudo que estava acontecendo. Lily escondendo coisas de mim e da Dorcas e só contando para Alice, Dorcas indo embora para a casa da VACA VANCE, mesmo depois de tudo que a Vance fez para ela e o que NÓS fizemos para ela, Sirius e Dorcas pensando que eu e Remus tínhamos algo. Parecia que a minha cabeça ia explodir de tantas confusões. Parecia que eu ia secar de tanto que eu chorava.

A única coisa que eu precisava era exatamente o que eu estava tendo agora: um pouco de paz e silêncio. Mas é claro que tudo que é “bom” dura pouco, e logo a porta se abriu, revelando Lily. Eu bufei.

- O que você quer aqui, amiga que não é mais minha amiga por              que escondeu a melhor coisa que já aconteceu com você nos últimos tempos? – eu disse, e o olhar que ela dirigiu a mim depois dessa frase quase fez eu me arrepender de ter dito aquilo. Eu disse QUASE.

- Eu só quero conversar. – ela disse, com a voz fraca, me olhando tristemente com os olhos vermelhos e inchados de chorar.

- Eu não tenho nada para falar com você. – eu disse – Pode sair? – eu completei, apontando para a porta aberta do quarto atrás dela. Ao invés de sair, ela fechou a porta e chegou um pouco mais perto.

- Você tem coisas para falar comigo sim. – a ruiva disse, a voz agora um pouco mais firme – E você VAI me ouvir.

***

POV Dorcas

Nós subimos as escadas e entramos no quarto de Emmeline. Eu olhei ao redor, o quarto estava quase a mesma coisa desde a última vez que eu estivera ali. As únicas diferenças eram as fotos. Antes, sua parede estava cheia de fotos de nós duas, aos onze, treze e quatorze anos. Agora, nenhuma daquelas fotos estava lá, e ela tinha fotos com a família, com garotos e com suas novas amigas. Achei estranho, já que no dia que ela me pedira desculpas, dissera que guardara todas as fotos, e eu tinha entendido que elas estavam em sua parede ainda.

- O seu quarto... – eu falei baixinho, mas ela me ouviu.

- O que tem ele? – ela disse, num tom quase defensivo.

- Nada, nada. – eu me apressei a dizer, e logo completei – É só que... não mudou quase nada desde a última vez que eu estive aqui. Só... As fotos.

- Pois é, né? As fotos! As NOSSAS fotos! Estão guardadas, é, guardadas. Numa... Caixa no armário. Isso! As nossas fotos estão guardadas numa caixa no meu armário! – ela disse rapidamente, parecendo nervosa.

- Mesmo? Posso ver? – eu perguntei, e por um momento ela pareceu assustada com a pergunta, mas seu sorriso logo voltou a aparecer em seu rosto.

- Depois né? – ela disse, e de repente me olhou de cima a baixo com muito interesse, demorando mais um pouco em meus olhos vermelhos e inchados – Vocês brigaram?

- O... O quê? – eu a olhei, confusa com a  sua pergunta.

- Ai, desculpa a intromissão, é só que... Quando eu te ofereci para vir aqui nas férias, você negou veemente, dizendo que não confiava em mim e essas coisas. E aí, do nada, você aparece na minha casa no meio das férias com uma mala e jeito de quem estava chorando, e muito. E eu só queria saber se... Você brigou com aquelas três. – ela disse em um fôlego só, como se estivesse preocupada com o que eu acharia de sua resposta.

- Ah! Entendi! E... Sim. A gente brigou. Feio. – eu disse, abaixando a cabeça e tentando controlar as lágrimas que ameaçavam cair.

Foi então que eu senti um par de braços me rodeando e me puxando para deitar em seu colo. Era Emmeline. Ok... As coisas estão começando a ficar estranhas por aqui. A Emmeline Vance que EU conheço, simplesmente NÃO puxa as pessoas para deitar em seu colo e muito menos faz... Cafuné nelas? Era isso mesmo? Emmeline Vance realmente estava fazendo cafuné em mim.

- Conte-me. – ela disse, numa voz calma, carinhosa, quase um sussurro, uma voz que NÃO era dela – Você pode confiar em mim. – ela falou, quando notou que eu hesitara em contá-la sobre a briga.

E foi exatamente isso que eu fiz. Confiei nela. Contei tudo para ela. Mesmo que eu estivesse com um estranho sentimento de que talvez aquilo não fosse a coisa certa a fazer e que eu iria me arrepender depois.



Notas finais do capítulo

ok ok, eu sei que nao botei a conversa da Lily e da Lene e tal, mas isso foi só uma introdução pro próximo cap, que infelizmente vai demorar pelo menos duas semanas porque amanha eu vou pra praia e lá é zero comunicação, zero internet, mas talvez eu consiga postar lá, porque já sei mais ou menos o que vai acontecer nos próximos dois capítulos! outra coisa, a fic vai passar por algumas mudanças também, coisas que eu vou editar porque relendo tudo eu nao gostei e tal, e vou mudar os nomes dos capítulos também, porque me dei conta que eles tão muito sem-graça. bom, é isso. REVIEWS!!!! e se quiserem me dar recomendações... EU ACEITO TB!! (mesmo que eu nao mereça nenhum dos dois...) até o próximo gente!!!