The Shield escrita por MariSpoladorMoreira, Sandy


Capítulo 50
Capítulo 49: Adeus Ano Velho...


Notas iniciais do capítulo

Boa noite meninas!
Agradecemos de coração os reviews maravilhosos e a atenção de vocês!
Bem vindas leitoras novas, esperamos que gostem!
Beijos,
Dyy e Máh.




Edward Pov

Charlie estacionou dentro da enorme garagem. Uma Lisa espevitada desceu correndo para dentro de casa. Ajudei Bella a descer do carro com os bebês.

- Aaaah vovô você é o melhor! Eu não acredito. Uhuuuuul! Tenho um quarto só para mim! – ela começou a dançar no meio da sala, pulando em Charlie.

- Você gostou mesmo?

- Claro vovô é perfeito. Eu amei.

- Pai- Bella ralhou- O que eu disse sobre isso?

- Bells, vocês são a minha única família, e Lisa merece, deixa. Quando os bebês tiverem idade suficiente para dormirem sozinhos eles também terão o quarto deles.

- Mamãe, anda eu quero ir à piscina.

- Lisa espere. Vamos nos acomodar primeiro. - disse para ela

- Amorzinho...

- Lisa não discuta com Edward- Bella a repreendeu. Coisa que nunca tinha feito. Lisa se calou, abaixou a cabeça subindo a enorme escada.

- Bella... Ela é uma criança. - Carlisle disse para Bella

- Desculpe-me eu perdi o controle. – ela falou com a voz chateada – Desculpe...

- Eu vou até lá. - disse-lhe

- Edward deixe, eu vou. Será melhor- Charlie disse, e subiu as escadas em seguida.

Charlie Pov

- Lisa?- chamei na porta.

- Oi- ela estava deitada no tapete chorando.

- Oh pequena não chora, eu vou acabar achando que você não gostou do quarto.

- Não é isso vovô. É que a mamãe nunca falou daquele jeito comigo. Eu fiquei meio assustada. Depois que o Thom e o Peter nasceram eu entendo que ela tem que ficar com eles, porque eles são pequenininhos, e eu já sou grande. Eu não falo nada, mas eu queria deitar com ela às vezes como antigamente... Essa semana agente nem se viu. Eu tentei ficar longe sabe? Eu saia com a vovó e o vovô, tia Alice e tal, eu até pedia para me levar e eu me divertia, mas era tudo para a mamãe ficar com eles e não preocupar comigo. Tudo mudou depois deles... – ela falou baixinho, e parecia muito triste.

- Lisa você tinha que falar com ela isso. Ela te ama. Só que dois bebês são novidade para todo mundo. Ela vai aprender a dividir o tempo. É só enquanto eles ainda mamam muito.

- Eu sei mais ela não plecisava brigar comigo, eu nem ia reclamar com o Amorzinho, eu só ia falar que estava tudo bem e que era para ele vim ver meu quarto, mas a mamãe nem esperou eu terminar.

- Lisa desculpe ela ok? Eu vou instalar todos lá embaixo e depois trago sua mala, e aí a gente vai comer um sanduiche de presunto do vovô Charlie, e vai brincar um tantão ok?

- Mesmo?

- É mas agora você pode ficar aqui brincando no laptop... O que você acha?

- Tá bom vovô. Te amo viu?

- Eu também minha querida, demais... – beijei sua testa e saí andando, torcendo para que Bella conseguisse conciliar tudo.

(***)

- Então pai?- Bella estava sentada vigiando-me descer as escadas.

- Ela disse que ficou assustada e que você nunca tinha falado com ela daquele jeito. E que ela não iria reclamar com o Edward só ia chamá-lo para ver o quarto e dizer que estava tudo bem.

- Eu sou uma péssima mãe!

- Bells não diga isso. – Edward disse a ela.

- Ah e também disse que ela saiu e passeou a semana toda para te dar um tempo com os gêmeos, e não queria dar trabalho para vocês.

- Oh meu deus, está vendo Edward? Eu não mereço uma filha assim.

- Bella não fala bobagem. Ela agora está lá no quarto deixei-a brincando com o laptop.

- Eu vou vê-la. - eles disseram ao mesmo tempo.

- Melhor não. Eu disse para ela que iria instalá-los e depois levaria a mala dela.

Bella Pov.

Burra! Eu sou uma troglodita como eu posso fazer isso com o meu bebê? Meu pai nos levou ao nosso quarto que tinha dois Moisés para Peter e Thomas.

- Bem vou deixá-los à vontade... – ele sorriu fracamente e saiu, fechando a porta.

- Estou me sentindo o pior dos mortais amor... – falei para Edward, enquanto ele ninava Peter, e eu trocava a fralda de Thomas. – Pobre da minha bebê... Sou tão ruim!

- Hey, hey... Não diga isso! – ele falou se aproximando de mim – Você tem uma família maravilhosa, que te ama demais. Temos filhos lindos e maravilhosos, que te amam. Eu te amo, você é uma mulher incrível. Só precisamos saber ter jogo de cintura para conciliar tudo...

- Será?

- Vai dar tudo certo, eu tenho certeza...

Terminei de trocar a fralda de Thomas e os amamentei um pouco. Dormiram logo.

- Você acha que eles vão acordar agora? – perguntei.

- Não, eles acabaram de mamar amor, leve a babá eletrônica. Vamos ficar com Lisa um pouquinho.

Edward me deu um beijo calmo na testa, e depois, um selinho, sorrindo em seguida. Ele parecia tão confiante que tudo daria certo... Verificamos se estava tudo em ordem, e descemos as escadas de mãos dadas, em rumo aos gritos no quintal.

- Me segura Tio Emm! – Lisa correu pulando dentro da piscina no colo de Emmett.

- Quem é o tio mais lindo que você tem?- Emm perguntou. Rose e Alice estavam nas espreguiçadeiras, Esme e Carlisle tinham ido dar uma volta nas redondezas, e Jasper dormia em uma das redes da varanda.

- Você! – Lisa gritou rindo.

- O mais forte?

- Você!

- Você me...

- AMA!

- Isso ai garota, agora posso te segurar... – Emm riu.

- Sabia que isso é abusar dos pequenos e indefesos Emm? – Edward falou rindo, e se aproximando da piscina.

- Papai! – Lisa gritou sorrindo, e sorriu um pouco quando sorri para ela – Venham nadar com a gente!

- Quer amor? – Edward ofereceu.

- Não amor, mas pode ir...

- Não mesmo?

- Não, não estou muito contente com meu corpo ainda, e o médico mandou não abusar, porque querendo ou não, tive um parto há três dias... – ela sorriu.

- Verdade... Nesse caso, ficarei com você!

- Pode ir querido, fico bem.

- Quero ficar. Vamos apenas admirar nossa bebê... – ele sorriu babão.

Passamos boas horas sentados a beira da piscina, apenas vendo Emmett (quase mais criança que Lisa) e Lisa brincando... Pareciam tão felizes! Carlisle e Esme voltaram, Jasper acordou e fomos fazer alguns preparativos para o Ano Novo. Lista de compras para o jantar, e depois fomos fazer a decoração. Usamos branco junto com prateado, e tons de azul. Optamos por montar uma mesa ao ar livre, onde comemoraríamos a chegada do novo ano, todos juntos. Charlie comprou alguns fogos, e prometeu que soltaria, para a enorme alegria de Lisa.

Estávamos todos cansados no final da tarde. Os gêmeos bateram recorde de sono: Quatro horas seguidas, sem acordar para nada. Quando finalmente acordaram, me aproximei um pouco de Lisa, e pedi que ela me ajudasse com o banho deles. Ela aceitou de bom grado, e ajudou, mas ficamos caladas. Tomei banho, e descemos todos para o jantar. Vimos TV, e todos se ocuparam com outras coisas.

- Bella... Ela foi dormir com Charlie.- disse Edward fazendo bico.

- Edward não acredito que está com ciúmes do meu pai! – tive que rir da carinha dele.

- Poxa a minha garotinha não quer dormir comigo... Estou magoado!

- Pare com isso! – eu ri – Venha, vamos tentar dormir e descansar ao máximo. Se os gêmeos dormirem bem como de tarde, podemos ficar abraçadinhos mais tempo...

Um convite assim, Edward não sabia recusar, jamais.