Caminho do Ninja Amador: missão 01. Meta 03: acentuação das paroxítonas e proparoxítonas
Postado por Lady Salieri

Olá, ninjas noob queridos!


      Como estão todos? Espero que bem e se divertindo no nosso dojo! Devemos confessar que estamos bem bem bem contentes com o apoio de vocês e agradecemos imensamente as mensagens carinhosas (continuem comentando, por favor!)! Como havíamos dito antes, cuidar deste espaço demanda muita responsabilidade e Nah e eu estávamos até com dificuldade de dormir à noite! Mas já estamos mais tranquilas. De todas as formas, quando algo não agradar, deixem a gente sabê-lo imediatamente! O mal há que ser cortado pela raiz, hã!

      Também queremos agradecer muito quem nos escreveu pedindo dicas de leitura. Foi emocionante! Para todos que se dirigiram a mim (Lady Salieri) indiquei os contos do Edgar Allan Poe, o gênio do suspense, e indiquei também a coleção "As brumas de Avalon", de Marion Zimmer Bradley. Espero que se divirtam com a leitura, e nos contem quando terminarem de ler (se lerem, claro, o que eu espero!). E podem seguir  mandando MPs, pedindo as sugestões, porque a gente gosta de receber, ok?

      E saibam que estamos anotando todos os comentários para responder um por um depois desta aula, no tópico de dúvidas. Mas na meta anterior dois comentários nos chamaram a atenção: Um deles foi o da Cayara Costa que nos sugeriu uma aula sobre o uso do travessão. Cayara, a aula já está programada - para muito breve. O outro comentário nos perguntava se íamos falar sobre o novo acordo ortográfico, e, sobre isso, estamos passando as regras conforme o novo uso, sem ficar comparando com o uso anterior, para que a adaptação seja mais rápida, e a aula seja mais curta. A ideia é que quem nunca aprendeu já aprende do jeito certo, e quem sabia compara o que sabe com o que está na aula. Basicamente isso.

    Ah, uma última coisa sobre a enquete: nosso muito obrigada aos que votaram! O resultado nos orienta para que comecemos pelo caminho do ninja amador mesmo, conforme planejado desde início. Quem quiser verificar, o link está aqui:  http://is.gd/kAVCFF 

    Não tendo mais o que dizer, melhor começamos.




Missão 01 - Meta 03:
Dominar a  acentuação das paroxítonas



        Meus queridos, na primeira meta falamos que a língua portuguesa tem um ritmo e que este segue um padrão, certo? Ainda disse que o ritmo da língua era o ritmo paroxítono, confere?



Mas o que é um ritmo paroxítono mesmo, mestres?



        Na segunda aula, muito acertadamente, mostramos para vocês como classificamos as palavras segundo a sílaba tônica, não foi? Fizemos um esquema mais ou menos assim:



a cer to
3 2 1




        Com este esqueminha lembramos que:


         
 --> Se a sílaba forte da palavra é a última, ou seja, onde no quadro está o número 1, a palavra é uma oxítona.
          
 --> Se a sílaba forte está onde no quadro está o número 2 (penúltima sílaba), a palavra é uma paroxítona.
          
 --> E se a sílaba forte está onde no quadro está  o número 3 (antepenúltima sílaba) a palavra é uma proparoxítona.


        Pois, quando dizemos que a língua portuguesa tem um ritmo paroxítono, isso quer dizer que a maioria das palavras que falamos tem como sílaba forte a número 2, conforme a palavra do quadro (a - CER - to). Por isso mesmo a maioria delas nem tem acento.

        E também, na primeira meta, dissemos que as paroxítonas eram a maioria, mas não eram todas, vocês se lembram? As palavras terminadas em "r" (como aMOR), em "l" (como paPEL), "i" (aQUI) e "u" (caJU), dentre outras, a gente lê como sendo a última a sílaba forte sem elas precisarem de acento.



Ai, tias, mas por que, então vocês estão repetindo isso tudo de novo? Aneim, eu quero conteúdo novo!



    Lá lá lá, vamos ignorar o tias, tá (porque senão vamos te mandar deitar e fazer 100 flexões com os dedos mindinhos apoiados no chão, recitando de cabeça o poema "Língua portuguesa" do Ovalo Bilac), e vamos te dizer que estamos repetindo esse assunto porque se as palavras que tiverem aquelas terminações que citamos no parágrafo acima (ou seja, se forem terminadas em "R", "L", "I", etc) e tiverem a penúltima sílaba mais forte, elas serão as paroxítonas acentuadas.



Entendi sabe o quê? NA-DA!!!



    Ficou com medo das flexões ou do poema do Bilac? Nós ficaríamos com mais medo do poema (risada maléfica).


    Então vamos voltar ao começo. Pensemos na palavra:



ca qui



    Assim como está, naturalmente, nós lemos: caQUI. E esse caqui se refere à fruta, diga-se de passagem.

    Mas não queremos dizer caQUI (a fruta), queremos dizer CAqui, ou seja, a cor. O que vamos fazer para deslocar a sílaba forte da última para a penúltima e, assim, mudar a palavra? Muito simples, vamos colocar um acento! Dessa forma, a palavra fica cáqui. Pronto, resolvemos o problema!

    Aí está a 1ª regra, meus amores: acentuamos todas as paroxítonas terminadas em "i", seguida ou não de "s". Olha outros exemplos:



safári
safáris
tênis
grátis
  
 
  
     


    Por que acentuamos essas palavras mesmo? Para não falarmos safaRI, graTIS etc., porque se nenhuma dessas palavras do quadro tivesse acento, seria graTIS, safaRI etc., que falaríamos. 


    Só compara as frases:

O caqui está maduro. / Quero uma calça cáqui.
                                      (fruta)                                                             (cor)

   
    Agora pensemos em uma palavra "normal" (normal, falamos, sem acento) terminada em "L":
paPEL. Quando há uma palavra terminada em "L", e ela não tem acento em lugar nenhum, nós lemos como sendo a última a sílaba forte. Por isso mesmo se tivermos uma palavra terminada em L e ela tiver a penúltima sílaba como a mais forte, devemos acentuar essa sílaba mais forte. Mas prestem atenção nisto: só se a palavra tiver a PENÚLTIMA sílaba mais forte. A palavra papel não tem a penúltima sílaba forte, não tem acento e também não tem pretensão de ter, ok?  Foi só um exemplo para que você visse uma palavra terminada em "L" sem acento e ver como a gente a pronuncia normalmente. Agora veremos as palavras que terminam em "L", têm a penultima sílaba mais forte e precisam de acento: 



amável
possível



        O acento no lugar certo vai evitar de dizermos possiVEL, amavEL, que é como diríamos se essas palavras não tivessem o acento para nos guiar...


    Para a próxima regra, vamos pensar em uma palavra "normal" terminada em R: aMOR. As palavras terminadas em R que não têm nenhum acento pronunciamos sempre como sendo a última sílaba a mais forte. Mas tem muitas 
palavras terminadas em R e que têm a PENÚLTIMA sílaba mais forte. O que faremos com elas? Vamos acentuá-las onde a sílaba é mais forte. Uns exemplos para facilitar a vida:




câncer
revólver


   
    Para não falarmos nem canCER nem revolVER...

    Agora pensemos na palavra:


 
al gum



    Normalmente (naturalmente) quando temos uma palavra terminada em UM e ela não tem acento em lugar nenhum, pronunciamos sempre a última sílaba mais forte, ou seja,
"alGUM", certo? Mas do mesmo jeito que acontece com as palavras que vimos anteriormente, existem palavras terminadas em UM, UNS e US que têm a PENÚLTIMA sílaba mais forte. Pois, essas palavrinhas são as paroxítonas e elas precisam de acento, ou seja, acentuamos as paroxítonas terminadas em UM (ou UNS) e US. Uns exemplos para clarear a cabeça:




médium
médiuns
vênus
vírus
 

   
    Se não acentuássemos a penúltima sílaba, seguramente pronunciaríamos essas palavras como mediUM, veNUS. E não são essas as pronúncias corretas, não é mesmo?


    Dá uma outra olhada nessa  frase aqui, para esclarecer:


A última foto do álbum é do neném com o bumbum de fora.
 
                                  (paroxítona term. UM)     (palavra "normal" term. UM)


   
     Percebeu a diferença de pronúncia de palavras com a mesma terminação, de uma que leva acento e outra que não leva?

    Por que "meio" que estamos obrigando vocês a pensarem assim? Porque se vocês entenderem esse padrão que a língua segue, não vão precisar ficar decorando regras (decorar regras é muito ruim, convenhamos, elas não são pra serem decoradas, elas existem por alguma razão... E quando digo razão estou pensando em uma além de infernizar a nossa vida, viu?)

     Vamos andando um pouquinho mais rápido (já estamos acabando).

    Uma outra regra vai nos dizer que devemos acentuar as palavras paroxítonas terminadas em ps, om, ons. Pensemos em :



bíceps
elétrons
prótons
nêutrons



    Para que, mesmo, se acentuam essas palavras? Porque se elas não tivessem acento, falaríamos biCEPS (na minha região biCEPIS), eleTRONS etc. Bendito acento, não é, não?


    Outra regra, ainda, (OMG, quanta regra!!!!Nós já ficamos doidas aqui!) vai nos dizer que devemos acentuar as palavras paroxítonas terminadas em ã, ãs, ão, ãos. Faz sentido, não é? Na aula passada, mostramos que o til (~) não é acento, mas uma marca da nasalização da palavra. E aqui notamos que, de fato, não é mesmo um acento. Até mesmo porque uma palavra não pode ter dois acentos, isso aqui não é francês! Vamos pensar nas palavras:




ímã
órfão
bênçãos
 



E dar uma olhadinha nesta frase:



Sua irmã tem o ímã que você procura. 
                                               (normal)        (paroxítona term, em ão)

 

 
 
As palavras  paroxítonas terminadas em X também devemos acentuar. Pensemos em:



 
fênix
tórax


   
     Estão acentuadas para que não falemos nem feNIX ou toRAX...

     E para terminar, as palavras paroxítonas terminadas em EN são acentuadas. A ver:



hífen
pólen




    Mas esta regra é bastante engraçada, porque o plural destas palavras NÃO SÃO ACENTUADOS. A regra diz que palavras  paroxítonas terminadas em ENS não levam acento. Estranho, não? Dona Norma também tem suas "noias" de vez em quando. Então, 



Acentuamos Não acentuamos
hífen hifens
abdômen abdomens
pólen polens



                                                    Ai, mestres, mas por que isso?


    Vocês acham que não íamos responder, não é? Até parece que não conhecemos  nossa amiga de balada, a Norma. Isso acontece simplesmente porque o plural das palavras terminadas em EN é o mesmo das palavras terminadas em EM. Dá só uma olhadinha:




Singular Plural
pólen polens
hífen hifens
homem homens
jovem jovens




                                                            Isso é uma exceção?


    De jeito nenhum! A regra é clara: se acentua as paroxítonas terminadas em EN, mas não se acentua palavras terminadas em ENS. Deus me livre, imagina ter que ficar meia hora pensando quais palavras terminadas en ENS pertecem ao grupo das palavras de singular EN e separar daquelas de singular EM? Todo esse  serviço só para poder colocar um acento? Não, deixa para lá! Nossa querida Norma, creia-me, ela se preocupa em ser simples, mesmo que não pareça!


    Então é isso, terminamos a luta...



                                                            NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO!!!!!!


Não?


       Lógico que não! Cadê as palavras tipo assembléia, idéia, heróico, baiúca...? Cadê?


    Querido ninja noob, acento em assembleia, ideia? Acento em heroico, em feiura? ISSO NÃO TE PERTENCE MAIS!  Pode esquecer, todas essas palavrinhas perdem o acento com o novo acordo, finge que esse acento não existe. Esquece MESMO. Só pensar: A palavrinha tem ei/oi/ui? Esse ei/oi/ui é onde está a sílaba forte? Sem acento. Ninguém vai ler assembleia e pensar em assembleIa, nem ler heroico e pensar heroIco. 

    Vamos ser sinceros, isso é muito estranho, mas, é o acordo. Quem sabe um dia estejamos com o humor suficientemente bom para explicar o porquê das mudanças do novo acordo... Mas hoje, não, falamos muito.


Mas ainda não acabou, mestres! E as proparoxítonas?????


 
    É verdade! Você tem toda razão, querido ninja. Mas acentuar as proparoxítonas é muito fácil, afinal, TODAS têm acento. E só pensar na palavra e raciocionar: a sílaba forte é a antepenúltima? Se sim, pronto, ela automaticamente tem acento. Muito simples, certo?
   
    E aproveitando que ainda estamos aqui, vamos passar um quadro esquemático das regras de acentuação das paroxítonas, para eventuais consultas. O certo mesmo é se fazer consciente de como as palavras são pronunciadas, porque automaticamente você vai saber quando acentuar, mas o quadro pode ajudar em casos de emergência.

 

RESUMO:
 

Paroxítonas:  palavras que têm como sílaba tônica a penúltima sílaba

 

Acentuam-se as paroxítonas terminadas em:

 

 

 

l

avel


n

fen


r

revólver

 

ps

ceps

 

x

rax

 

us

rus

 

i, is

ri, grátis


om, ons

prótons


um, uns

álbum, álbuns

 

ã(s), ão(s)

ímã, órfão, órfãos

 

ditongo oral (seguido ou não de s)

hisria, neis

 

 

 

 
   
Queridos, nos perdoem pela aula imensa! Mas matamos os monstrinhos dos acentos todos e ainda temos HP (pontos de vida) disponível - ou pelo menos teremos mais 15 dias para recarregá-los, verdade? 
    Deixamos um abraço suado (que lindo a gente trocando suor assim tão rápido!), foi uma honra lutar ao lado de vocês e nos vemos em 15 dias!

           

                                                                                      Lady Salieri e Nah Rangel


PS. Aproveitar o rodapé aqui para fazermos um agradecimento especial à With, nossa BETA reader ninja suprema preferida. Obrigada demais, Thai o/
 



  
 
 


Comentários

Cris Reese

22/11/2016 às 12:50

Me pergunto se sou apenas eu que leio como uma conversa, Rio muito



Princess Serenity

21/10/2016 às 23:51

Ufa para resumir não é fácil não em? imagine quando fez a matéria que trabalho foi em?kkkk...

Foi um ótimo trabalho eu amei!

Arigato!



Hermione Malfoy

24/09/2016 às 20:44

Amei a aula. Acho que entendi direitinho. Beijos.



Lu

21/02/2016 às 11:28

Muito obrigada mestres pelas aulas incríveis,minhas fics melhorarão muito.



15/01/2016 às 21:15

A aula foi um pouco grande, mas foi leve e gostosa de se ler e estudar.



Ever

15/12/2015 às 22:28



Srta Sun

09/10/2015 às 09:26

Nhaaa, eu te chamei de tia >< E ainda tenho que fazer flexões com os dedos mindinhos? E ainda recitando um poema de um carinha que nem eu sabia que existia até tal momento.. Ó deus vida cruel.. >V

É brincadeira, eu nunca que iria te chamar de tia depois desta. Uffz sem flexões. ♥



MESSATSU

09/08/2015 às 17:38

Essa aula se resumiu a:

100 flexões com os dedinhos no chão lendo um poema de um cara que (me perdoem) nunca ouvi falar.

Acentuamos todas as paroxítonas terminadas em: "i(s)", "L", "R", "UM(NS)", "US", "PS", "OM(NS)", "Ã(S)", "ÃO(S)", "X" e "EN".

Terminadas em "ENS" não levam acentos. Dona Norma, ta loucona.

Todas as proparoxítonas são acentuadas.

Mesmo assim, não seria tão divertido aprender com esse resumo quanto com essa aula XD. Muito boa a aula de vocês, re-lembrei coisas que esqueci, isso ajuda muito a fazer redações (que ainda sim, acho bem chatas) que o professor de português manda a gente fazer e diz que vale nota (só pra infernizar a vida da gente), a partir daqui começo a olhar a nossa língua com outros olhos, não de falar certo por que é certo, falar certo por que é divertido.

OBS: não sei se os "por ques" ali em cima estão certos, também já me esqueci dessas regras. Percebi que as próximas lições são "especiais" sobre o diabo do meu cangote: a crase, espero que nunca me esqueça de como usá-las, sou tipo os muleques da década de 80 tentando fazer de tudo para fazer um mísero meia-lua-pra-frente pra soltar o hadouken, eu necessito de saber as míseras "meias-lua-pra-frente" da crase. Partiu próxima aula.



letmf2

18/07/2015 às 01:55

Não consigo evitar ler polens como pÔlens, e palavrans com ON no final tb n são acentuadas? Elétron.

Obrigada



amanda

28/04/2015 às 16:26

As aulas de português do site são incríveis estou aprendendo muito com as aulas.