Comentários em Olhos fechados

SrtaZ42

27/04/2016 às 19:48 • Olhos fechados
Uooow, finalmenteee! Uma história que representa minha linha de pensamento!
Antigamente, devo confessar, achava estranho demais. Até alguns meses atrás: Agora não me importo mais. "E daí?", me questiono. Não me importo em ver meninas se beijando, tampouco em ver meninos confessando seu amor uns aos outros. É sério.
Fui apenas sozinha nisso, em uma estranha viagem pela minha cabeça. Sei lá porquê. E, garanto-lhe: Se uma das minhas amigas fosse lésbica, não me importaria. Sei lá, acho que cada uma é cada uma.
E, autora, devo perguntar-lhe: Por que as pessoas simplesmente não são o que são? O problema é delas, não daqueles que ficam incomodados.
E, no final das contas, acho até fofo shippar um casal lésbico/gay.
Eu sou muito estranha.
Bye-bye!


Resposta do Autor [Moonpierre]: Oi :3
Bem, vou responder a sua pergunta pelo o que eu acho:
Eu acho que desde muito cedo a sociedade ensina a todo mundo o que "deve" ser "certo" ou "errado", e quando as pessoas crescem e percebem que são gays ou lésbicas a maioria entra em um conflito interno, pois até entenderem que eles devem almejar a felicidade sem se preocuparem com os pensamentos dos outros pode levar algum tempo.
Também não culpo, exatamente, as pessoas que acham estranho pois elas também foram ensinadas a pensar desse modo (seja pelos pais, pela mídia, colegas...), apesar que quanto mais aberta a mente for melhor :)
E... por último: Também acho fofo shippar casais gays, lembro-me que quando passava Sakura Card captors na TV shippava a Sakura e a Tomoyo xD (e eu nem sabia o que era shippar naquela época... só ficava pensando: "por que ela está com aquele menino quando a amiga gosta mais dela?" hahhaha
Eu não te acho estranha, mas se você for, claramente também sou uma rss
Enfim, muito obrigada por comentar!
Tchau c:
 
 
 


Ella

30/04/2016 às 20:09 • Olhos fechados
Hey ♥
Tem um bom tempo que eu não comento em algo, então me perdoe se eu acabei perdendo o jeito pra coisa haha
Quando eu era pequena, eu gostava de garotos, alguns deles eram lindos, só alguns. Maioria brincava de bater e se sujar, eu odiava isso. Mas eu também gostava de garotas, elas eram todas bonitas, fofinhas, viviam de rosa e tinham cheiro de doce.
Era aquela fase em que odiar garotos era normal. Talvez por isso eu não tenha pensado que gostar de garotas era errado.
E ainda assim, não sei se pela linguagem em segunda pessoa super bem usada, eu me senti TÃO dentro da história.
Você escreve tão bem. Sua escrita é tão envolvente. Tão real. 
É raro achar uma história em segunda pessoa no Nyah. Quando você acha uma em segunda pessoa, bem escrita e que te faz realmente se identificar, você já sai soltando confete e gritando de alegria.
Sério, que lindo. Bata palmas pra si mesma já que você não consegue ouvir as minhas.


Resposta do Autor [Moonpierre]: Oi Ella :)
Primeiramente, muitíssimo obrigada por seus elogios, fico muito feliz em saber que você gostou! 
Rss, é sempre engraçada essas fases de quando somos crianças e achamos que garotos são "nojentos" e "odiamos" eles, mas no meu caso mesmo...eu só pensei que era errado justamente porque ninguém falava sobre isso, e eu nem via nada sobre isso na televisão xD
E...obrigada novamente ♥
 
 


Laís Cahill

30/04/2016 às 20:18 • Olhos fechados
Eu acho que esse negócio de descobrir você mesmo não acontece naturalmente na vida real. Tudo o que as pessoas pensam sobre as decisões dos outros hoje é baseado em conceitos que surgiram muito antigamente antes. Por exemplo: Quem foi que criou a instituição casamento? Como seria se isso não existisse, a primeira pessoa que percebeu que amava a outra e queria viver o resto da vida com ela? Será que se censuraria? Será que ficaria num dilema?
O que estou dizendo é que há rotas determinadas do que é esperado que você siga. Uma pessoa ama pela primeira vez. Se nunca tivesse ouvido falar de amor, de casamento, o que faria? Será que se beijariam? Beijar faz parte da nossa cultura, em outras culturas isso não existe. Não existe mais amor inocente, porque uma vez que você sabe que é amor, você já tem um roteiro produzido para seguir. Não há descoberta. Tem sempre aquele idiota que vai dizer "Tão namorando!" pra vc e seu amigo. Por isso, não há espaço para abrir os olhos e, dentro de si mesmo, descobrir qual é o seu sentimento em relação à pessoa e agir naturalmente, uma vez q tem que lidar com fatores externos.
Não sei se você conseguiu me entender, comecei meio que a filosofar aqui, kkkk.
Me considero hétero, mas não sei o que aconteceria se uma amiga minha gostasse de mim e quisesse ficar comigo. Provavelmente continuaríamos só amigas, mas não sei se conseguiria conter a curiosidade.


Resposta do Autor [Moonpierre]: Oi Laís :) Quanto a sua filosofia, eu concordo com você na parte em que tudo o que as pessoas pensam sobre as decisões dos outros hoje é baseado em conceitos que surgiram muito antigamente, sim, de fato se nossa cultura não nos ensinasse o que era um beijo dificilmente teríamos esse impulso quando gostássemos de alguém, mesmo porque acredito que o beijo foi algo descoberto e não feito naturalmente desde os primórdios, mas o que tentei dizer nessa parte de abrir os olhos foi perceber coisas das quais se está negando para si próprio(a), lógico que os fatores externos influenciam pois primeiramente se estava negando devido a tais fatores, e o que quis mostrar foi isso, não que alguém consiga ser tão livre assim e abandonar os fatores de se viver em sociedade, sempre existem certas pressões, apesar de eu achar (e posso estar errada) que os sentimentos são algo que somente acontecem - e não se pode forçá-los, ou tentar tê-los. Enfim, espero que você tenha me entendido também rss, e sim, eu gosto de filosofia também, acho ela muito importante para nós seres-humanos, e se quiser continuar essa conversa pode me enviar uma mensagem xD
Muito obrigada por comentar, fico feliz!


Jackie

13/07/2016 às 16:04 • Olhos fechados
Uau! Você meio que contou minha história!
Adorei... Momento de reflexão, muito boa mesmo! Parabéns continue assim!



Resposta do Autor [Moonpierre]: Oi!
Adoro momentos de reflexões kkkk :)
Bem, eu fico muito feliz que tenha gostado dessa também!
Muito obrigada ♥


Lina Ferrere

20/08/2016 às 23:32 • Olhos fechados
O que acha que precisa ser melhorado?
Um errinho besta: Conselho com "c"

O que mais gostou no capítulo?
De como as emoções foram transmitidas. Sério, eu tô um pouco atordoada aqui.

Oizinho, Moon. Sou a garota que tava no grupo do Nyah pedindo fic e já comentei em outras one-shots suas com Nina Ferrere. Eu deletei essa conta por motivos de organização, só para esclarecer.
Eu já tô amando essa fic por ser em segunda pessoa. Adoro segunda pessoa!
A parte de se hidratar me lembrou isso aqui:https://pbs.twimg.com/media/B_cb476UIAAHEhn.jpg . Tá, tá, parei. Eu não devia estragar o clima da fic assim, eu sei...
Essa história mal começou e já tá sendo um gatilho pro meu passado e até mesmo para alguns momentos do presente, então não se surpreenda se eu falar de mim nesse comentário. A parte sobre a dúvida entre a inveja e a atração foi muito, muito real.
Eu sei o que são lésbicas desde os cinco anos, acho. Comecei a ter noção de que poderia ter atração por garotas com cerca de nove, mesmo tendo minhas paixõezinhas masculinas. - acho que dá pra ter uma noção do que eu sou, eh?
SOS ( isso é porque essa fic tá realmente interferindo no meu psicológico). Na sétima série, meu colega começou a me zoar dizendo que eu gostava de uma menina e eu falei "Eu sou uma pessoa heterossexual" e senti que estava mentindo.
Olha, eu só posso dizer que eu amei demais esse pequeno conto. A one-shot tua que eu mais gostei. Se eu falar mais, vou acabar contando toda a minha vida, então é melhor eu ir parando por aqui.
No fim das contas, acho que não estamos tão sozinhos quando temos dúvidas em relação a nossa sexualidade. Bom, eu pelo menos lembrei disso enquanto estava lendo.
Au revoir~ 


Resposta do Autor [Moonpierre]: Olá Plume/Nina :) primeiro, desculpe pela demora em responder!
Segundo, adorei achei engraçada essa imagem: "tu é muito hidratado brother, eu me orgulho muito" xD
Terceiro, muito obrigada por me ajudar a corrigir o erro, sempre é bom corrigir o que está errado rss
Bem, quanto ao que você disse: realmente, apesar de "parecer" que estamos sozinhos quando temos dúvidas em relação a nossa sexualidade não somos os únicos, e isso é bom de certa forma... não se sentir sozinho em uma situação (que na hora) pode parecer até meio desesperadora...  porém, depois tudo vai se ajeitando e começando a fazer sentido nas nossas mentes rss, ou pelo menos é nisso que gosto de acreditar.
Enfim, não preciso nem falar o quanto gostei do seu comentário não é? Pois além do seu elogio (aliás, agradeço a ele ♥), você conseguiu se relacionar com a história e gosto bastante quando isso acontece, pois significa que o texto cumpriu o propósito ^^
Muito obrigada e até mais ♥
 


Zoé

14/11/2016 às 14:08 • Olhos fechados
Estou atordoada com essa história!
Adorei a forma como você conseguiu passar um conto tão bonito com uma mensagem extremamente importante de um jeito tão emocional e racional ao mesmo tempo. Parabéns pela fanfic! 


Resposta do Autor [Moonpierre]: Oi moça :) que bom te ver por aqui!
Muito obrigada pelo seu elogio, fico feliz que eu tenha conseguido passar essa impressão & mensagem para você.
Agradeço mesmo! 
Beijos ♥


DaDa Chan

16/04/2017 às 13:00 • Olhos fechados
Muito bonita a história. U.U
Realmente, se conhecer é essencial acima de tudo. Arrasou! Parabéns! :)


Resposta do Autor [Moonpierre]: Olá DaDa Chan :3
Desculpe ter demorado para respondê-la (wifis horríveis ;_;).
Muitíssimo obrigada pelo seu comentário e elogio ♥, fico realmente muito feliz que tenha gostado!
Beijos ♥
 


Entre Nós

30/04/2017 às 20:44 • Olhos fechados
Gostei bastante do enredo! 
Só que... Fiquei um pouco curiosa porque acaba meio que "do nada" e não nos faz saber o que aconteceu com ela depois, sabe? Então caso escreva, adoraria ler :)


Resposta do Autor [Moonpierre]: Olá! :)
Muito obrigada, eu fico feliz que tenha gostado ^^
Se eu escrever uma continuação, vou te avisar :)
Muitíssimo obrigada ♥
Beijos ♥


Fernanda Dantas

06/05/2017 às 02:56 • Olhos fechados
Aaaaaaaaaaaa, desculpa o comentário meio merda, é que são 3 da manhã e eu vou acordar 6:30. MAS EU ADOREI, VIU? 


Resposta do Autor [Moonpierre]: Olá Fernanda :) 
Fica tranquila que nenhum comentário é meio merda kkkkk, e entendo totalmente xD 
Fico feliz que tenha gostado! 
E agradeço muito seu elogio ♥
Beijos ♥ 


Kori Hime

01/06/2017 às 21:59 • Olhos fechados
Oi, tudo bem?
Foi um texto bem interessante de ler. Seguir a história da vida dela e as suas dúvidas quanto ao que ela sente por outras pessoas.
No final, a gente precisa encarar a verdade e ser fiel ao que somos. Não é fácil, ainda mais com a nossa sociedade.
Beijocas!


Resposta do Autor [Moonpierre]: Oi kori :) estou bem sim, e você? 
Fiquei muito feliz que você achou meu texto interessante, e agradeço muitíssimo pelo seu elogio! 
Realmente, é muito difícil encarar a verdade e ser quem somos nessa sociedade, mas eu realmente espero que um dia ela não seja tão preconceituosa assim ^^
Beijos, e muito obrigada ♥ 


Lyubi

14/06/2017 às 19:47 • Olhos fechados
Seguinte: terminei de ler com lágrimas nos olhos. É um texto muito lindo e acho que o tema é mais lindo ainda. A humanidade criou e cria tantas regras e moralidades, mas o que importa de verdade é o que está dentro da gente, o que a gente sente, como a gente se sente... sexualidade é um ótimo tema para explorar isso já que está em voga no momento (e foi reprimido até agora a pouco - nós sabemos que ainda é...), mas não é só sobre isso... é sobre ser quem você é, como você é, fazer o que te faz feliz, por dentro ou por fora. Quando a gente entende que só nós podemos viver a nossa vida... e que a gente vive a nossa vida por nós mesmos e por mais ninguém... não sei se isso é maturidade (tem adultos que vivem a vida inteira sem saber o que é ser livre), mas pensar sobre isso me faz muito feliz. Ler o seu texto me deixou muito feliz, compartilho dos seus sentimentos e pensamentos. Obrigada


Resposta do Autor [Moonpierre]: Oi Lyubi ♥ 
Primeiro: muito obrigada mesmo por ter lido! 
Segundo: eu fico muito contente que você tenha gostado do texto e ele tenha te permitido pensar sobre coisas que te deixaram felizes. 
Aliás, você fez uma grande reflexão aí, nós podemos fechar nossos olhos para vários aspectos de nós mesmos (muitos sem relação nenhuma com a sexualidade). 
Enfim, agradeço muitíssimo você :)
Você fez minha madrugada!
Beijos ♥


Tris Pond

22/09/2017 às 13:37 • Olhos fechados
Gostei, achei bastante interessante.
Beijos


Resposta do Autor [Moonpierre]: Oi Tris! Muito obrigada, fico feliz que tenha gostado :)
Beijos ♥


Filha de Anúbis

27/09/2017 às 13:18 • Olhos fechados
Ahhhhhhhh, que incrível ♥ é tão espontânea e verdadeira ao mesmo tempo, adorei ♥  


Resposta do Autor [Moonpierre]: Olá :) muito obrigada! Eu fico feliz que você tenha gostado ♥ 
Beijos ♥


lost star

20/10/2017 às 10:25 • Olhos fechados
"pare de fechar os olhos. Comece a se entender."
Sabe aqueles textos em que a personagem ou narrador parecem tomar vida e dialogar com o leitor?
Eu amei a simplicidade das suas palavras, que não precisaram de "acessórios" para manter o leitor atento, não precisou de artifícios para passar uma mensagem.
Eu não sei se me vi dentro da história, ou se apenas me identifiquei com a personagem, talvez uma mistura de ambas as coisas. O seu texto além de criar um diálogo com o leitor, também ressalta questões poucos exploradas, foi direta ao ponto sem intimidar, com suavidade e tato. 
 
Parabéns pelo texto, eu gostei de verdade!
 
Um abraço, e até mais ♥


Resposta do Autor [Moonpierre]: Olá, desculpe por ter demorado em te responder!
Muito obrigada pelos seus elogios, fico feliz que eu tenha conseguido te fazer se identificar com a personagem, isso é muito bom :)
Agradeço muito!
Beijos e até mais ♥


Deniza Tavares

20/02/2018 às 22:27 • Olhos fechados
O que acha que precisa ser melhorado?
faltou um beijo

O que mais gostou no capítulo?
show perfeito

.