Meu querido sonâmbulo > Recomendações

Min Suga

03/01/2019 às 12:33
Novamente estou aqui para recomendar uma história dessa escritora que conquistou meu coração. Apesar de ainda não ter muitos capítulos, já me senti cativada, pois eu vim de outra história da autora e fiquei impressionada como ela consegue escrever vários gêneros sem tirar nada da qualidade da narrativa.
Os personagens dela são muito bem construídos, mulheres muito independentes e que sabem o que querem, isso é um dos elementos que mais me fez gostar dessa história. (além de um certo policial chamado Namjoon hehehehe)
Recomendo de todo meu coração!

Lee Mi Cha

07/08/2019 às 07:06
Precisava recomendar esse tesouro que é essa fic. A escrita é maravilhosas os personagens mesmo tendo como base os meninos do Bangtan são cativantes de acordo com a descrição da autora e mais tem um Jimin com uma perspetiva totalmente diferente do que você já leu. Estou amando ler, cada capítulo eu me sinto mais próxima dos personagens e sem sobra de dúvida é muito divertido.

Carol Stark

08/09/2019 às 17:51
Quando uma autora é completa, ou se tem muito a dizer sobre ela ou simplesmente as palavras dão as costas e te deixam na mão. Eis meu caso. Amo tanto a Cellis e esta escrita linda que ela tem que sinceramente não sei bem por onde começar.
Só pela autora, já deixo minha recomendação, independente de que enredo seja. É isso. A Cellis já te uma marquinha própria que cativa qualquer amante da boa leitura - destes gêneros e afins – nos apresentando personagens fortes e bem desenvolvidos, trama bem delineada e fluida, escrita cuidadosa e cativante com inovação, criatividade e sincronia.
Mas, vamos ao ponto principal pelo qual vim aqui:
Meu Querido Sonâmbulo. Bom, vou começar pontuando que só a capa já diz muito. O titulo, então, nem se fala. Sim, é exatamente isso que vocês deduzirão assim que verem esses dois elementos: o sonambulismo é a alavanca principal e que nem de longe é algo escondido pela autora. MAS É AEW QUE VEM A MELHOR PARTE. Cellis põe as cartas na mesa, expõe o ponto principal, deixa todo mundo saber e se envolver com os personagens e com a comédia que permeia por este sonambulismo, mas eis que esta é apenas a pontinha do iceberg e ninguém melhor que esta minha dong para saber desenvolver como ninguém algo ainda mais profundo. Então, vêm algumas gotas de drama. Esta uma trama que pode te faz pensar que tudo terá uma vibe mais tranquila, soft, quiçá com um romance docinho, água com açúcar, afinal, e sem spoilers, nos 1ºs capítulos já conhecemos a Soojin, nossa personagem diva e determinada e o nosso querido sonâmbulo, com suas confusões, berros e samba-canções (uhauhauha). Mas não seria a Cellis se as coisas se resumissem a isso e ficassem por aew. Muita coisa ainda pode acontecer por trás de um simples estado sonambúlico de um personagem aparentemente comum. E mais uma vez nos deparamos com evoluções seguidas de arcos narrativos e perfis. Informações e conflitos vêm à tona, além das suspeitas atrelada aos mistérios do enredo, sem contar com o romance e a comicidade bem moldada desde o início.
Ah e estarão enganad@s se pensarem que os personagens se resumem ao Jimin, à Soojin e à casa, um dos palcos principais. Todos os demais personagens são hiper importantes para cada mínimo detalhe e de repente já esquecemos que se trata de uma também comédia romântica e nos deparamos com alguns mistérios e interrogações instigantes!
Como sempre, na dose certa, Cellis trás personagens com cargas emotivas em seus mais variados humores: tensos, sutis, expansivos, determinados, misteriosos, suspeitos, cômicos, perigosos, apaixonados... E assim é Meu Querido Sonâmbulo: quando começamos a leitura mirando por uma perspectiva até que venha a autora com caminhos diferentes, nos dando um banho de novidades e mistérios que só te fazem querer mais e mais!
E se você chegou até o final da minha recomendação, parabéns! Já está curios@? Quer saber o que acontece em Meu Querido Sonâmbulo e quais são todos os mistérios e surpresas do enredo? Corre lá, a Soojin e o Jimin estão te esperando!