I Will Never Give Up On You escrita por JTLYNCH


Capítulo 9
Pesadelos




 

Será que vai?

Espero ansiosa e ele apenas volta pra trás, deitando no seu travesseiro, me deixando confusa

—ta me devendo um marshmallow-diz e fecha os olhos e virando pro outro lado indo dormir

 Fico sem entender, estávamos tão perto, seu hálito já estava no meu nariz. Meu  coração já estava explodindo e mais uns centímetros e eu... PARE COM ISSO VOCÊ É NOIVA, NOIVA!

Tenho que me lembrar disso, o que gale vai pensar sobre eu ficar beijando garotos por ai, é melhor eu ficar normal

Abraço meu travesseiro e fico olhando a janela

—eu sei que você não vai dormir-diz peeta no meu ouvido, fazendo meu corpo sentir um choque tão forte que  encosto na porta rápido, fazendo ele rir

—não me assusta assim!

—eu sei que você não dorme

—como sabe?

—eu acordo às vezes a noite, pelos pesadelos, então você não deve ser diferente, certo?

—não sei do que esta falando

—sobre você não dormir katniss, sobre isso, deve estar muito cansada. Por isso tem essas olheiras enormes

—estão tão ruins assim?!-digo olhando no espelho e ele ri

—não é isso, devia dormir um pouco

—eu vou

—não me engane. Porque não quer dormir?

—é melhor na..

—conta, afinal, que diferença vai fazer?-pede e mordo o lábio, fazendo ele tremer

—ta com frio?

—não-diz negando e se afastando, volta pro seu banco mais ainda me encarando-conta

—estava na minha faculdade e eu tinha uma lição pra fazer

—qual?

—um remédio pra curar alguma doença não identificada e iriamos usar animais, então eu precisei ter muito cuidado

‘’ eu fiquei tempo tentando e tentando fazer dar certo, mais eu errei tantas vezes e quebrei tantas coisas que meu professor, o senhor White, brigava comigo todo tempo e ate ganhei um armário de limpeza

—nossa-diz peeta rindo e cruzo os braços

—não tem graça-digo, mais ele continua rindo, vejo que ate que é engraçado e rio junto –ta tudo bem, é um pouco engraçado

—bastante. continua

—um dia antes de tudo, minhas amigas disseram pra irmos a uma festa, mais eu realmente não podia,  tinha que acabar o remédio que era pro dia seguinte. Então elas foram e eu fiquei trabalhando por um longo tempo ate resolver descansar

‘’ eu peguei minha comida e meu celular. Fiquei assistindo serie ate cair no sono, sem querer e quando acordei meu celular tinha descarregado; eu fiquei desesperada porque ainda não tinha terminado. Voltei pra sala, continuei meu trabalho e deu certo

‘’Com tudo pronto eu fui pra minha sala, mais estava vazia, tudo estava vazio e eu comecei a achar estranho, ate eu ver o senhor White; ele estava tão estranho, começou a me perseguir e me tranquei no armário de limpeza

—suspiro-

‘’ Fiquei muito tempo esperando que meus amigos e minha família viessem me buscar ou alguma coisa assim, mais nada. Então comecei a achar que eles..-digo mordendo o lábio e respiro fundo

—tudo bem, entendi

—eu não consegui dormir por uma semana e não comi nada. fiquei apavorada aquele tempo todo ate bom..

—eu aparecer-diz e concordo -então ficou muito tempo esperando alguém e como eu era o único, você resolveu investir?

—eu não sabia o que fazer, você não parecia um zombie então fui atrás de você e é apenas isso

—sinto muito por ter sido tão grosso com você

—e bota grosso

—mais não podermos ser legais com todos, é um apocalipse

—sim, eu sei

—então você não consegue dormir porque esta com medo?

—não é só isso, fico pensando em tudo que pode ter acontecido com todos que conheço, no que eu vou fazer,   neles me perseguindo e tudo-digo respirando fundo, me sentindo sufocada

—não precisa ter mais medo.  Esta segura

—eu sei que sim-digo concordando e suspiro-porque tem pesadelos?

—o mesmo que você, não sei exatamente o que fazer. Meus pais morreram, eu não tenho outra família além de prim, então vou cuidar dela custe o que custar

—eu acho legal o quanto você se importa com ela, é raro, mais não precisa ser grosso

—você meio que aprende a ser grosso quando precisa matar pra viver

—eu entendo, mais você não vai mais fazer isso

—não acho que não-diz, concordo e ele me olha -eu queria agradecer você

—pelo que?

—por ser legal com prim, ela esquece um pouco sobre tudo que estamos passando quando esta com você

—com você também, só tem que participar mais e sei que a proteção é importante, mais você também esta seguro

—eu sei disso-diz confirmando, dando um risada baixa, fazendo meu coração palpitar –acho melhor irmos dormir

—sim-digo concordando e deitamos nos bancos com os travesseiros e viro pra porta

—suspiro-

 Ficamos um tempo em silencio e acho que peeta esta dormindo

—não ta dormindo ne?-diz e rio, virando, o olhando

—não, não to

—você pode dormir comigo-sugere e arregalo os olhos-calma, não leva na malicia. Prim sempre dorme comigo quando tem pesadelos

—não sei se é uma boa-digo envergonhada e surpresa com sua proposta

—eu não vou fazer nada e acho que você também não

—eu não vou-afirmo

—certo, então vem aqui-diz abrindo espaço

 Fico pensativa sobre o que fazer

 O que gale pensaria sobre isso?

Vai ficar bravo, achar que o trai ou coisa pior

 Bom, nos estamos tentando sobreviver e não vou conseguir morrendo de sono, então espero que ele me perdoe por isso

 Levanto do meu lugar e vou pro lado de peeta

 Ele passa o braço por baixo de mim, viro, ficando de cara com seu peito. Acabo me aconchegando pra usar como travesseiro  escutando as batidas de seu coração, me acalmando

— suspiro-

 Inalando seu cheiro viciante

—boa anoite katniss

—boa noite peeta-digo fechando os olhos

Finalmente dormi  totalmente segura pela primeira vez na vida



Notas finais do capítulo



—JT.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "I Will Never Give Up On You" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.