I Will Never Give Up On You escrita por JTLYNCH


Capítulo 5
Hora de ir?




—bom dia-diz prim acordando e peeta em seguida, que apenas joga seu travesseiro pro banco de trás e volta a dirigir –dormiu bem katniss?

—sim obrigada-digo balançando a cabeça e ela me olha desconfiada

—porque esta com olheiras?

—eu não estou-digo tentando parecer convincente

—na verdade, você esta todo esse tempo, mais agora você esta bem pior

—não deve ser nada-digo ainda abraçada ao meu travesseiro

—hoje vamos parar pra abastecer

—eu odeio isso!

—o que? Por quê?

—às vezes os postos de abastecimentos tem banheiros e aproveitamos pra tomar banho-diz peeta explicando

—mais é péssimo, eu odeio, peeta fica me apressando

—estamos em um apocalipse zombie prim, não em férias.

—eu não ligo, não estou falando com você-diz, ele suspira e depois me olha

—nos entramos juntos, então não olhe pra trás, apenas ande pra dentro da loja e me ajude a trancar a porta, certo?

—tudo bem-digo confirmando e solto o travesseiro.

—porque ainda esta com esse jaleco?

—esta bem frio aqui, é melhor ficar com ele.

—posso te emprestar uma blusa. mais acho que não vai caber-diz e assinto.

—tudo bem prim, obrigada-digo e ela concorda.

Peeta dirige ate o posto de abastecimento, nós, nos preparamos e corremos pra fora rapidamente entrando na loja.

 Ajudo peeta a trancar a porta com uma prateleira

—olha aquele lado-diz e concordo

 Andamos devagar deixando prim na porta, olho entre as prateleiras a procura de alguma coisa mais não tem nada e vou ate peeta que não achou nada.

—esperem aqui, vou ver o banheiro-diz e concordamos.

 Fico do lado de prim, vemos peeta entrar  no banheiro e esperamos ele voltar

—ta tudo bem, pode ir

—ótimo-diz prim, indo pro banheiro com sua mochila e fico com peeta que esta pegando um salgadinho

—posso pegar alguma coisa?

—claro, não precisa pagar-diz dando de ombros

Vou ate o frízer e pego uma garrafa d´agua e bebo inteira  

—suspiro-

 Sentindo minha boca finalmente hidratada de novo e acabo tomando mais duas garrafas. Pego uma bolacha sem recheio, porque é a única que posso comer e volto a ficar ao lado de peeta e prim sai do banheiro.

—muito bom, tomar um banho.

—sua vez katniss

—eu to bem

—certeza? nossa próxima parada fica em 30 km.

—tudo bem, eu vou-digo indo entrar no banheiro.

—espera-diz peeta me parando e me entrega uma jaqueta-pode usar essa-diz me surpreendendo

—obrigada-digo pegando da sua mão e ele confirma

 Entro no banheiro

Me dispo, rapidamente e entro no pequeno chuveiro, sentindo a agua quente  -suspiro-  

Achei estranho  peeta me emprestar alguma coisa e não sei se considero isso uma coisa boa. Afinal, ele nunca parece estar fazendo algo por boa vontade.

Saio do banho e como não tem onde me secar uso toalhas de papel. Volto a colocar minha roupa intima, minha calça jeans e minha blusa branca. Prendo meu cabelo molhado e ao invés do jaleco, coloco a jaqueta. Ela fica bem grande e vejo que emagreci muito, daqui a pouco vou poder contar meus ossos se continuar a comer assim.

—katniss vai logo-diz peeta na porta

 Pego meu jaleco, abro a porta e peeta me olha irritado

—pronto?

—sim-digo saindo e ele entra em seguida

 Vou ate prim que sorri

—o que?

—peeta te emprestou a jaqueta dele

—o que tem?

—ele sempre foi gentil mais desde que..-diz e para ficando em silencio um tempo -isso não importa, mais ele foi gentil

—eu sei, é estranho, mais foi apenas uma gentileza

—não sei

—como assim?-questiono confusa

—nada. Quer comer alguma coisa?

—não, já comi

—tem tantos doces e besteiras, vou levar algumas, não aguento apenas comer sopa de legumes-diz fazendo careta e rio

Ela abre sua mochila e começa a colocar vários doces, depois vejo peeta sair do banho com um pouco de seu rosto aparecendo, grande parte da sujeira que estava nele saiu, deixando sua pele mais clara e sua blusa deixa seus músculos mais a vista

—pronto, vamos?

—sim-diz prim com a boca cheia

 Peeta vai ate a porta e olha pra nos

—rápido-diz e concordamos nos preparando

 Ele abre a porta empurrando a prateleira, corremos rapidamente pro carro e peeta acelera.

 -suspiro- me encostando no banco

 Sinto algo bater em meu ombro e olho vendo um pacote de doritos que prim me estende

—peguei pra você

—obrigada prim, mais eu na..

—come, por favor, afinal pra quem ficou sem comer uma semana, você deve estar sem energias-diz  e suspiro pegando de suas mãos, ela sorri e rio e abro o pacote

 Olho pros salgadinhos já pensando em minha mãe gritando e brigando comigo, porque não posso comer besteiras e acabo deixando de lado sem prim ver

Seguimos viajem e comemos nosso almoço que foi uma lata de legumes e mesmo assim parecia deliciosa. Como e bebo mais uma garrafa de agua inteira e seguimos viajem, ate peeta parar o carro

—chegamos ao seu destino-diz e olho pra um carro na estrada

—o que, mais ela na..

—prim foi o combinado, você sabe

—mais..

—tudo bem prim é o combinado-digo tirando o cinto e saio do carro

 Engulo em seco

 Vou me aproximando do carro bem devagar e ouço passos atrás de mim e peeta suspira

—vou ver se é seguro-diz indo na frente e confere o carro, vendo se tem alguma coisa e depois volta ate mim-tudo bem, pode ir

 Vou andando, ouço barulhos e olho pra prim batendo no vidro e dou tchau. Entro no carro, procuro na ignição e dou a partida mais o carro não emite som algum

Giro a chave de novo e nada

 -suspiro-

 Droga!

 E agora?  eu não sei concertar um carro

 Olho ao redor e não acho nada

—você não vai conseguir-diz peeta na janela, me dando um susto e ele ri-prim é bem insistente, quer que eu veja se você esta bem

—tudo bem

—então porque não foi ainda?

—ele não ligou

—então ligue-diz, giro a chave de novo, continua sem acontecer nada e peeta fica confuso

—espera-diz indo ate á frente do carro

 Fico olhando ao redor pra ver se algum deles aparece, peeta chuta o carro me assustando e vem ate mim

—parece que vai continuar com a gente-diz grosso, andando de volta pra van

Saio do carro e volto pro dele, sentando no banco do passageiro

 Prim me abraça por trás e rio sem dentes

—obrigada por voltar

—o carro não ligou prim, quando ligar ela vai embora.

—nenhum vai ligar tenho certeza

—por quê?-diz a olhando com sobrancelha arqueada

—katniss tem que ficar com a gente, é uma de nos.

—pare de inventar prim e vamos seguir viajem-diz peeta, ela bufa e volta a sentar no seu lugar e peeta a dirigir.

— suspiro-

 Não sei por que, mais estou feliz em ficar



Notas finais do capítulo



—JT.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "I Will Never Give Up On You" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.