As Bruxas De Oz escrita por HatBox Ghost


Capítulo 9
Capitulo 9 - A Pior das Bruxas




Sabrina naquele momento dormia, dormia um sono profundo, sonhava que tudo tinha se normalizado, que Oz já estava bem novamente, Elphabá tinha triunfado, e Glinda se explodido, Madame Leota tinha sido trazida de volta a vida, e meu deus, em seu sonho, sua aparência era tão mais bonita do que ela era presa naquela bola de cristal, aqueles cabelos azuis estonteantes, seu olhar sereno, olhos oblíquos de cigana dissimulada. 
    Dorothy, tinha finalmente conseguido voltar ao cansas, e estava revendo sua tia e seu tio, e mostrando sua magia, contando tudo o que passou em Oz, e tudo que aprendeu lá. 
    Ela naquele momento, estava sentada na mesa da cozinha de sua casa, tomando café com sua Tia Zelda e sua Tia Hilda, e acariciava, o negro e sedoso pelo de Salém. Ela estava com Alex e Maddie, e mais algumas pessoas que ela julgou ser a familia das duas, e todos olhavam admirados para elas, enquanto contavam sobre suas aventuras em Oz.
    Quando ela ouviu a voz de Elphabá...
— Acorde, Sabrina, acorde. - ela abriu rapidamente os olhos, e a bruxa de pele esverdeada, olhava pra ela, seus cabelos estavam totalmente soltos, ela parecia também ter acabado de acordar, suas roupas negras estavam amarrotadas. 
— Elphabá, o que foi?
— A sua barreira Sabrina, a barreira que você fez, você tem de fazer novamente?
— Por que?
— Leota e Dorothy estão fazendo o mesmo! Todas as proteções que tínhamos aqui caíram como água da chuva; Estamos a mercê... de tudo que tiver armas para nós atacar durante a noite.
— Meu Deus do Céu Elphabá, precisamos acordar as outras.
— Acorde-as, eu, Leota e Dorothy estaremos lá fora, afinal, nós temos de dar um jeito, para impedir o plano da pior de todas as bruxas. A batalha contra elas está chegando, e creio que será o Ragnarok de Oz, Sabrina...infelizmente...
   Sabrina deu um jeito de acordar Alex e Maddie, as três se vestiram, com algumas roupas, que Elphabá preparara justamente para elas, 3 capas negras, e chapéus com ponta, bem típico de bruxas clássicas, é óbvio que aquilo era bastante ultrapassado, e mesmo Tia Zelda e Tia Hilda que eram bruxas clássicas, sabiam bem que aquele não era o estilo de Sabrina, e que ela odiaria ter que usar isso, mas Elphabá durante uma das lições de seu treinamento, disse que essa espécie de roupa ajudaria os poderes delas a fluírem de maneira melhor. 
    As três sairam correndo pelos corredores do castelo, até que chegaram a porta, abriram há, e deram uma olhada, Madame Leota e Dorothy, faziam alguns feitiços de defesa, assim como Elphabá, elas então impuseram sua mãos a frente começaram a recitar os mesmo feitiços que as bruxas estavam fazendo. 
         - Senhora Elphabá - gritou Dorothy - a mágia de Leota não é tão forte dentro da bola de cristal!
          - Bom, isso é bastante fácil de se resolver.
disse Elphabá, então a bruxa se aproximou de Leota, colocou a mão sobre sua bola de cristal e disse:
     - Ouça bem Madame Leota, pois agora ao seu corpo você retorna.
A bola de cristal então caiu no chão e quebrou em mil pedaços, Sabrina e todas as outras olharam apavoradas para aquilo, mas então uma fumaça azul saiu dela, e se multiplicou mil vezes pelo ar,virando uma grande fumaça, dessa fumaça, surgiu uma mulher... era ela mesma, aquela mesma Madame Leota que ela Sabrina viu em seu sonho. 
      - Não deveria ter feito isso Elphabá, você conhece a pena por trazer alguém de volta da morte.
       - Eu assumo os risco, Leota. 





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "As Bruxas De Oz" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.