Um Helsing no encalço escrita por Meilyn


Capítulo 10
Quando não sabe se corre e o monstro pega, ou se fica e o monstro come


Notas iniciais do capítulo

Go Stiles Go!



 

 

Não precisou de muito tempo para Stiles se arrepender de ter dito aquilo. Principalmente depois de um sorriso perigoso começar a surgir nos lábios de Kali.

— Um Helsing? Você não parece tão forte quanto aquele que matou Drácula... Tem certeza que são parentes?

O caçador não conseguiu nem ficar ofendido com isso, visto que seu instinto gritava para que tomasse cuidado ou simplesmente que corresse sem olhar para trás. Ainda assim se viu respondendo automaticamente a pergunta dela.

— Sou filho dele...

— Certo, certo. — ela lambeu os lábios mirando diretamente o humano. — Isso deixa tudo mais interessante.

Stiles engoliu em seco voltando o passo que tinha dado para a frente e cutucando o braço de Derek com certo nervosismo. Por que o nível de perigo parecia ter aumentado agora que tinha revelado ser um Helsing?

— Acho que eu não deveria ter dito isso, não é?

Derek bufou.

— É, não deveria.

— Aliás, Derek, você não me disse que o segundo vampiro era uma mulher! — disse rápido ainda aos sussurros.

O lobisomem deu de ombros, estalando o pescoço e deixando as unhas se tornarem garras. Sua mente pensando o mais rápido que conseguia sobre como terminar aquele combate veloz o suficiente para evitar a morte do humano tagarela.

— Vampiro é vampiro.

— Eu não gosto de bater em mulheres.

— E eu não me importo com isso. — respondeu, sem tirar seus olhos de cima de Deucalion, que por sua vez parecia pensativo sobre algo.

Não tinham mais o que conversar, então Stiles respirou fundo para se preparar mentalmente para a luta iminente. Entretanto, em questão de segundos Kali saíra de onde estava e aparecera ao seu lado, jogando-o contra um dos quadros antigos da parede com a mesma facilidade que uma criança teria de arremessar uma pedra pequena. Stiles curvou-se com o choque da batida, sentindo o ar lhe faltar. Poeira e pedaços da moldura do quadro caíram ao seu redor. Milagrosamente ainda estava com a besta em mãos.

— Interrompi a conversa de vocês? Ah, não me culpe. Não conseguia parar de pensar em como seria maravilhoso afundar meus dentes em seu lindo pescoço... — disse ela já parada a sua frente e, num movimento rápido, pressionando o peito dele contra a parede com o pé nu. — Qual seria a cara que seu pai faria ao saber da sua morte?

Stiles piscou surpreso, arfando sofrido com a força que o pé o pressionava. Apesar disso como agora estavam perto um do outro ele notou que as vestes dela eram um tanto justas e gastas, até um pouco sujas — se tratava de uma calça escura, uma camisa semitransparente e um corselete por fora deixando os seios ressaltados —, mas o que realmente roubou sua atenção foi: Ela estivera o tempo todo descalça? E por que as unhas do pé eram tão longas?

— Você não usa sapatos?

Surpreendida pela pergunta aleatória, Kali se desconcentrou no meio da frase provocativa que estava falando, fazendo uma careta de desagrado.

— Estava pelo menos ouvindo o que falei até agora?!

Stiles até abriu a boca para responder — a resposta bailando na ponta da língua —, mas acabou não precisando já que a vampira logo foi jogada para longe de si por um Derek de dentes pontiagudos e braços ligeiramente mais peludos. O homem lobo já começara a sua transformação, passando a ter uma aparência mais bestial a cada segundo que se passava.

Derek o encarou de esguelha, com um azul sobrenatural brilhando em seus olhos.

— Eu não disse para você tomar cuidado?! — esbravejou com a voz um tanto mais grave por causa da progressão da transformação.

— Ela pulou em mim!

Apesar do tom indignado dele, Derek não lhe deu atenção. Precisava ficar atento aos mínimos movimentos de seus inimigos. Ao longe viu Kali se erguer, batendo as mãos nas roupas, tirando o excesso de poeira.

— Acha que consegue me impedir de rasgar o pescoço dele, cachorrinho? — exibiu seus caninos proeminentes numa clara ameaça.

Antes que pudesse tentar outro ataque a Stiles, no entanto, Deucalion apareceu silenciosamente na sua frente, impedindo-a de avançar.

— Cuide do Hale. O humano é meu.

Kali não ficou muito feliz com essa ordem, mas não se manifestou contra. Apenas deu de ombros e deixou sua aparência vampiresca vir completamente à tona a medida que andava em direção a Derek. Como num passe de mágica suas roupas desapareceram e ela virou uma criatura de pele cinzenta — que parecia muito grossa por sinal —, grandes asas de morcego e olheiras profundas ao redor dos olhos. Stiles precisou morder a língua para não comentar involuntariamente sobre seu aspecto medonho.

Derek, por sua vez, não teve uma transformação tão sutil assim. Suas roupas praticamente explodiram quando aumentou de tamanho, ficou mais peludo e com feição de lobo. A única peça de sua vestimenta que não se desfez por completo foi sua calça, que devia ser feita de um material muito resistente para aguentar daquele jeito.

O lobisomem rugiu sem sair da frente do humano, dando a entender que não pretendia se afastar dali. Porém ele não pôde evitar ser levado para longe quando, com um guincho ensurdecedor, Kali o agarrou numa velocidade incrível e alçou voo mesmo não tendo tanto espaço disponível para isso. Voou apenas o suficiente para jogar Derek no alto da escadaria, quebrando uns vasos antigos que por ali estavam.

Stiles ergueu a mão com a besta, pronto para lançar virotes na vampira, mas não chegou nem a conseguir apertar o gatilho antes que Deucalion batesse em sua mão e fizesse a besta cair a alguns metros de distância. O vampiro de roupas negras estava parado a sua frente com os olhos cegos mirando o nada.

— Mais um Helsing... Depois de tantos anos... — falou Deucalion parecendo saborear as palavras.

E o vampiro que estivera sério até então, sorriu de tal maneira que um calafrio intenso correu o corpo do caçador. Se antes nada tinha percebido que denunciasse um possível nível de insanidade nele, depois do sorriso Stiles teve plena certeza que aquele era o autor das tantas mortes horríveis que vira.

 

 



Notas finais do capítulo

não sei se todo mundo aqui assistiu Van Helsing, mas Derek tá bem no estilo daquele lobisomem no final. Ele anda em 2 patas mesmo ♥



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Um Helsing no encalço" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.