Um vermelho único... Assim como ele escrita por Luminária


Capítulo 1
Único


Notas iniciais do capítulo

Ho hey
Ah, leiam ouvindo: Música sem nome; Banda: Topaz




Depois de muitos anos eles finalmente podiam relaxar.

Tudo aquilo que haviam passado seria reduzido a lembranças, não podendo mais controlá-los.

Eu tive sorte e tive azar

Tive motivos pra acreditar

Que existe gente com medo de arriscar

Alphonse se olhava no espelho e quase não acreditava no que via. Já tinha alguns dias que ele havia recuperado seu corpo, mas ainda não conseguiu se acostumar, afinal ficou tantos anos vivendo como um espírito preso em uma armadura. Olhar seu reflexo e ver um rosto real: estranho, diferente, louco, mas, ao mesmo tempo, trazia uma sensação muito boa.

Eu tive sono quando eu dormia

Tive amigos que não queria

E inimigos que ainda quero bem

O ruim de ter um corpo é que todas as suas emoções se tornaram mais nítidas, muito mais difíceis de disfarçar. Além de tudo, Alphonse ainda tinha de se acostumar com os diversos tons de vermelho que seu rosto pode ter. Há o vermelho de raiva, o vermelho que aparece em seus olhos e nariz quando se está triste e começa a chorar e o vermelho que simplesmente surge quando fica muito próximo de seu irmão.

Mas como você eu nunca tive ninguém

Às vezes se lembrava de tudo o que passou ao longo desses anos, de todas as dificuldades que enfrentou e, consequentemente, de todos os momentos em que Edward lhe estendeu sua mão. Bastava apenas pensar em algum desses momentos que sentia mariposas batendo descontroladamente nas paredes de seu estômago, seus lábios ficando secos e aquela vermelhidão tomando seu rosto. Havia uma sensação de calor percorrendo todo seu corpo, tinha pensamentos e fantasias estranhos envolvendo seu irmão, não conseguia tirá-lo da cabeça por nem um minuto se quer.

Esse era o vermelho mais intenso que seu rosto poderia alcançar; o da paixão.

Alphonse estava completamente apaixonado por seu irmão, e talvez isso fosse uma coisa boa. Afinal, Edward era único, o único que sempre esteve ao seu lado.

Mas como você eu nunca tive ninguém



Notas finais do capítulo

Ficou legal?
Beijinhos de luz :*



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Um vermelho único... Assim como ele" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.