Em branco escrita por Arisusagi


Capítulo 1
TadoMaki - Só uma vez.


Notas iniciais do capítulo

Mais uma fanfic de um casal flopado de uma categoria flopada por: Alice.
Quando vi a frase sorteada, não tive nenhuma ideia, mas aí lembrei dessa fanart que está aí embaixo (feita pelo usuário do tumblr venbeam).
Faz um tempo que não escrevo TadoMaki, gostei de como ficou :3



—Vai, Maki... Por favor...

Makishima suspirou, olhou para ele e para os três novatos.

Eles estavam na casa de Makishima para assistir vídeos de corridas e para falar sobre estratégias para o próximo Interhigh. De onde Tadokoro tirou aquela ideia absurda?

—Tá bom, tá bom...—ele resmungou, fechando os olhos e apertando a ponte de seu nariz.—Só uma vez.

Tadokoro sorriu e beijou sua bochecha. Ele envolveu seus ombros com um braço, e passou o outro atrás de seus joelhos, levantando-o do chão.

—Se você me derrubar, eu te mato.—Makishima cruzou os braços para resistir à tentação de abraçar o pescoço de seu namorado.

Imaizumi e Onoda deram um passo para trás, enquanto Naruko continuou no lugar que estava.

—Você não vai conseguir, Ossan

—Cala a boca.

Tadokoro mudou a posição de suas mãos, colocando uma entre as omoplatas de Makishima e outra na região lombar, e o levantou devagar. Depois de fazer algum esforço, ele conseguiu segurá-lo sobre sua cabeça.

A cabeça de Makishima pendeu para baixo, seu cabelo iridescente fazendo cócegas no braço de Tadokoro. Ele olhou ao redor, vendo tudo de ponta-cabeça. Até que era divertido ficar daquele jeito, tirando a sensação de que ele poderia cair a qualquer instante.

Imaizumi e Naruko pareciam surpresos, enquanto Onoda aplaudia empolgado. Tadokoro sorria, satisfeito com o pequeno show que estava fazendo. Ele adorava impressionar seus novatos.

—Meu pescoço tá doendo, eu quero descer—Makishima disse, mas Tadokoro não se mexeu.—Tadokorocchi?

E, de repente, ele sentiu que estava sendo jogado para cima. Ele gritou e fechou os olhos, esperando pelo chão duro batendo contra seu corpo. Mas em vez disso, ele sentiu aquele par de braços grossos os segurando de novo.

—Seu desgraçado!—Seu coração batia acelerado. Tadokoro tentou o beijar, mas ele empurrou seu rosto para longe.—Eu achei que fosse cair, sho!

—Eu te segurei, calma!—Ele o pôs no chão.

—Você me assustou!—Makishima olhou para as próprias mãos, que tremiam de uma forma que ele nunca vira antes.

Tadokoro segurou sua mão direita, entrelaçando seus dedos e beijando suas falanges.

—Desculpa... —Ele murmurou, tirando uma mecha verde do rosto dele e a colocando atrás de sua orelha.

Makishima suspirou de novo. Era engraçado como Tadokoro sempre fazia aqueles gestos românticos na hora de pedir perdão, e como Makishima sentia seu estômago se enchendo de borboletas em todas as vezes.

—Ok, eu te desculpo—ele resmungou, e o deu um selinho.

Tadokoro o beijou mais uma vez, segurando sua cintura com aquelas mãos enormes. Depois de trocarem mais uns quatro ou cinco beijos, eles se lembraram que não estavam sozinhos ali.

—Que nojo! Arrumem um quarto, vocês dois!—Imaizumi e Onoda estavam visivelmente desconfortáveis, mas Naruko foi o único a se pronunciar.

—Ok, vamos logo assistir aquelas corridas.—Makishima enfiou as mãos nos bolsos da calça e seguiu para a sala de TV.

Enquanto ouvia Tadokoro e Naruko discutindo, ele sorriu para si mesmo.

Ele não conseguia ficar bravo com Tadokoro por muito tempo.



Notas finais do capítulo

O próximo vai ser HaruMichi (Sailor Moon).



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Em branco" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.